22 de junho de 2022

RESUMÓRIO – com o professor Tenório

 

 

SÃO JOÃO COM FARTURA – Quando o assunto é estrada na zona rural não, mas se tratando de pagamento de servidores, o prefeito de Taquaritinga do Norte, Ivanildo Lero, arranca elogios. Ele resolveu antecipar o salário de junho e a primeira parcela do décimo terceiro dos servidores para que eles tenham um São João farto, com milho, pamonha, canjica e dinheiro no bolso.

DIÁLOGO – E se faltava uma conversa franca e esclarecedora para aparar arestas e acabar com alguma mágoa, oportunidade não faltou, pois Dida de Nan esteve presente na casa do ex-prefeito Edson Vieira, na concentração da comitiva Boca Preta, rumo ao Parque de Eventos com Miguel Coelho, vereadores e lideranças políticas.

ESTADUAL – Como as oportunidades não são lá tão frequentes, acredita-se que houve uma conversa entre Edson Vieira e Dida de Nan. Sabendo que Dida já declarou e confirmou seu apoio para o deputado federal Mendonça Filho, resta saber para quem Edson pediu o voto de estadual a Dida, para Alessandra ou para ele mesmo.

APOIOS DISTINTOS – Enquanto tem partido expulsando filiado que não segue orientação da legenda, em Jataúba, a prefeita Drª Cátia apoia a pré-candidatura de Danilo Cabral para o Governo do Estado e, seu vice, Fábio Mamão, apoia Marília Arraes. Como diz o ditado, cada qual com seu cada qual…

AUMENTO – Devido os constantes aumentos no preço dos combustíveis, os vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, através de projeto de lei de autoria da mesa diretora, resolveram alterar o fornecimento de combustível para os parlamentares e estão sendo crucificados nas redes sociais. Em vez dos mil reais de antes, eles passam a ter direito a sessenta litros por semana para usar em atividades parlamentares, quando necessário.

MAIS FÁCIL – É bem mais fácil meter a lenha neles do que imaginar que não são obrigados a consumir todo o combustível disponibilizado dando voltas em torno da Câmara. Quem nunca precisou da ajuda (socorro) dos vereadores, principalmente em emergências de saúde, certamente não reclamará.

O PROBLEMA É DE TODOS – Eles ganham muito bem e têm benefícios extras, assim como todos os políticos do Brasil. Não adianta essa indignação toda vez que regularizam seus salários e afins. Basta escolher muito bem seu voto, pois quem o representará vai ganhar o suficiente para fazer um excelente trabalho. Se não faz, o problema também é seu que o elegeu.

A VOLTA DO MITO – Jair Bolsonaro está com agenda marcada para o maior ou segundo maior São João do mundo, Caruaru. Possivelmente, o presidente irá desfilar em carro aberto e, aproveitando que o preço dos combustíveis está barato, vai fazer a tradicional motociata de que tanto gosta.

PRIMEIRO OS PEÕES – No xadrez, na política e na guerra, os peões vão sempre na frente. Partindo da ideia de que seus liderados já declaram abertamente apoio ao pré-candidato Danilo Cabral, ninguém precisa esperar até julho para saber em que projeto estará o deputado federal Eduardo da Fonte.

E O FEDERAL QUEM É? – Especula-se nas malas da cidade que tem gente importante por aí empenhado em resolver certas questões jurídicas para viabilizar uma candidatura em Santa Cruz do Capibaribe em 2022. A promessa é que dessa vez a ata não some, o que pode sumir é a esperada votação expressiva de quem, no passado, já fez ata desaparecer.

POR AÍ – Podem até ter parado de se falar muito nisso, mas as muriçocas e gente positivada para Covid-19 estão por aí aos montes, em toda parte. Aproveitem o período junino, mas não esqueçam de se cuidar e cuidar dos seus.

NA MODA – A estreia do São João da Moda no Novo Tempo, aparentemente, conseguiu arrancar mais elogios do que críticas da população que curte forró e não política. Muitos já estão entendendo que sem bebida e estacionamento caros, além de murinho separando quem pode pagar por um espaço melhor, não tem São João da Moda nesse padrão.

MENOS POLÍTICO E MAIS FORRÓ – A live de abertura no Instagram oficial do São João da Moda mostrou, logo no início, que o povo quer menos políticos e mais forró nesse São João. Os discursos até foram pequenos, mas a paciência do povo estava menor ainda.

CHUVA E FORRÓ – E a previsão para este mês de junho é de mais chuva e muito forró por essas bandas. Outra previsão é de muita imagem no 360º, porque quando uma coisa vira moda aqui, ou o povo faz ou endoida.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor

Postado por: Walter Miro

20 de junho de 2022

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

 

 

O óbvio: Como já era esperado, após o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Fábio Aragão (PP), anunciar que iria colocar em prática as emendas impositivas dos vereadores do município, destacando, principalmente, as primeiras que seriam contempladas, lógico que o tema ganharia expectativas, cobranças e repercussão.

Expectativas: Nos bastidores da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, as expectativas estão em quais são as próximas emendas contempladas e as cobranças já chegaram à tribuna da Casa de Leis, por parte dos parlamentares.

Cobranças: Podemos utilizar como exemplo dessas cobranças, o vereador Demir da Saúde que ao complementar sua crítica de que atual gestão se aproxima de um ano e seis meses e não colocou um novo carro para auxiliar a saúde do bairro Malhada. Segundo o parlamentar, o mesmo colocou uma emenda impositiva no valor de R$ 60 mil para aquisição de um veículo para a localidade que não foi, ainda, contemplada.

Seis meses: As emendas impositivas anunciadas pelo prefeito Fábio Aragão repercutiram positivamente não apenas na cidade, mas em toda região. Contudo, o prefeito tem o desafio de colocar todas as emendas, contemplando os 17 vereadores, em pouco mais de seis meses, ou passará a ter muito barulho pela frente, pois têm na conta duas oposições que não dão sossego e uma pequena base que também que ser contemplada.

2023: Necessário destacar que a discussão do orçamento 2023 começará muito em breve, com novas emendas impositivas que serão indicadas pelos vereadores e as polêmicas e desgastes que surgem todas as vezes e a gestão precisa evitar, mesmo contando com uma base tão pequena para aprovação.

Repercussão: Como já era esperado e destacamos nas Curtinhas acima, a ação do prefeito Fábio ganhou repercussão em outras Câmaras da nossa região. Um dos exemplos mais claros foi Taquaritinga do Norte, que ao destacar a cidade de Santa Cruz, vereadores de oposição e situação cobraram e apontaram, no uso da tribuna da última sessão (no dia 14) a importância das emendas impositivas indicadas pelos vereadores e a necessidade do prefeito Lero colocar as mesmas em práticas.

Endossadas: A discussão em Taquaritinga sobre as referidas emendas foi iniciada pelos vereadores oposicionistas Milton Cícero e Ronaldo César, mas também endossadas pelo vereador situacionista e líder do governo, Geovane César. Segundo Geovane, o parlamentar teria se reunido recentemente com o prefeito e apontado a importância das referidas emendas e acredita que Lero também colocará em prática.

Falando nele: O vereador Geovane César continua em processo de estranhamento com o setor da comunicação institucional da prefeitura, pois mais uma vez sua imagem teria sido cortada na divulgação de uma conquista, desta feita, na propagação da emenda do deputado federal Ricardo Teobaldo, no valor de 500 mil para saúde.

Má intenção?: Após apontar que não seria a primeira vez que era cortado do material de divulgação institucional da prefeitura, Geovane relembrou o caso do material institucional do Natal de Pão de Açúcar, onde sua imagem teria também sido excluída. Para o líder do governo, das duas, uma: “má intenção ou falta de profissionalismo” das pessoas ou pessoa desse setor, como no final do discurso Geovane apontou acreditar que não era falta de profissionalismo, sobrou à má intenção.

Uma foto?: O vereador oposicionista, Amauri de Mino, aproveitou a deixa e fez uma crítica forte a gestão Calabar e ao líder do governo. Para Amauri, com tanta coisa para se preocupar no município, enumerando os problemas existentes na atual gestão, “o vereador Geovane estaria preocupado em aparecer em uma foto”, pontuou.

Se liga na Polo: Logo mais, às 17h, temos um encontro marcado com as Curtinhas em Áudio na programação da Polo, em 100.7, estou te esperando!

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor

 

Postado por: Walter Miro

17 de junho de 2022

Politicando, com César Mello

 

 

No ar mais uma coluna ‘Politicando’, com os principais fatos da sempre animada (ou quase sempre) cena política de Santa Cruz do Capibaribe.

Maior sugesta do mundo – Se Campina Grande e Caruaru disputam ano após ano o título de cidade que promove o ‘Maior São João do Mundo’, o ex-vice-prefeito Dida de Nan deu, ao conceder entrevista a Marcondes Moreno, a maior ‘sequência de sugestas do mundo’.

Escanteado – Dida não escondeu suas mágoas em relação ao ex-prefeito Edson Vieira, a quem tratou na entrevista como ‘o rapaz’, e mandou vários ‘recados’. Disse, entre outras coisas, que não é convidado para reuniões do grupo liderado por Edson, e que para falar com o mesmo, precisa de intermediários.

Fora do ar – O ex-vice afirmou ainda que em dezembro de 2020 chegou a ser convidado para participar da última edição do programa A Hora do Povo daquele ano, no entanto, ao chegar na Rádio Vale desistiu de entrar no ar. Dida disse, com todas as letras, que foi mal recebido nos bastidores da emissora por pessoas ligadas a Edson.

E tome sugesta – Dida voltou a afirmar que não vota em Edson na eleição deste ano, já que o seu ‘federal’ é Mendonça Filho e que só vota em Alessandra em sua reeleição se a mesma ligar para ele para que uma linha de diálogo seja estabelecida. “Eu não sou candidato a nada este ano, quem for candidato que me procure”, disse ele.

Esperar em pé cansa – Desde a entrevista, ocorrida na noite de segunda, Edson não se pronunciou. “Edson não vai comentar o que Dida falou, não vai repercutir isso… O projeto de Edson este ano é bem maior que tudo isso”, garantiu uma pessoa ligada ao ex-prefeito, que disse ainda que Dida pode esperar sentado a tal ligação que ele aguarda de Alessandra em busca do seu apoio.

Presidente na bronca – E no Brejo da Madre de Deus o presidente da Câmara, vereador Silvano, mandou um recado duro a ‘meia dúzia de 3 ou 4 gatos pingados’, que segundo ele, tem espalhado fuxicos sobre o seu destino político/partidário.

De forma oficial – Silvano disse, de forma dura, que se mudar de grupo político, e quando isso ocorrer, ele irá fazer um pronunciamento, provavelmente através de uma entrevista coletiva. “Sou um homem de qualidade, não sou um cara covarde. Se for preciso eu sair do grupo eu vou avisar e não vou ficar de ‘mimimi’, pois sou um homem de qualidade”, disse ele.

O resultado das manobras – Há duas semanas no ‘Perguntar não ofende’ eu questionei os ex-prefeitos brejenses, Hilário e Dr. Edson se os mesmos ainda consideravam Silvano um aliado político. A sequência de lambanças protagonizada pela dupla, em busca da salvação das contas rejeitadas, deixou graves sequelas no grupo Boca Preta e uma delas foi a mágoa que ficou Silvano ao final do processo.

Lá vem o São João da Moda – E vai começar na noite desta sexta-feira a edição 2022 do São João da Moda. Sob os cuidados do vice-prefeito Helinho Aragão e do secretário Magno Cumaru, o evento carrega consigo o peso de uma grande marca e deverá ter este ano o padrão implementado pela atual gestão na promoção de festas e grandes eventos.

Ficou com o bronze – E por falar em eventos promovidos pela gestão Fábio e Helinho, o projeto Natal Encantado foi o terceiro colocado na 11ª edição do prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor. Mais de 50 municípios concorreram em 8 categorias e o Natal Encantado disputou na categoria Cidade Empreendedora.

A boa pressão – “Estou muito feliz com esse resultado. O natal encantado trouxe diversos benefícios para o nosso município, tanto na questão econômica, como no lazer e bem estar da população. Foram 40 dias de evento e um incremento de 8 milhões na economia e um aumento de 20% nas vendas do comércio local. Santa Cruz é uma cidade empreendedora. Disputamos com grandes cidades e nosso natal encantado está sendo destaque no Estado”, disse Fábio, que sabe que, a partir de deste ano existirá uma cobrança por um Natal ainda maior e melhor.

E para finalizar, perguntar não ofende: Se não for Alessandra Vieira, quem será o estadual de Dida de Nan na eleição deste ano?

Para mais informações da política e cotidiano acesse também o www.blogdocesarmello.com.br

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor

Postado por: Walter Miro

15 de junho de 2022

​RESUMÓRIO, com o professor Tenório

 

PAUTA REQUENTADA – A não novidade da semana foi a falta de novidade no anúncio de permanência de apoio de Dida de Nam a Mendonça Filho para federal, juntamente com a indefinição dele no apoio a Alessandra Vieira para estadual. Tão inédito quanto o “Parará” numa campanha Taboquinha.

 

POR TABELA – Para quem é otimista, gosta de sempre enxergar o copo meio cheio e não quer que a velha guarda Boca Preta tenha mais um abalo em seu reduzido quadro, basta acreditar que Dida estará votando em Edson Vieira por tabela, já que Edson e Mendonça estão no União Brasil. É só o eterno ‘minino’ ter mais votos do que Mendonça Filho e ser eleito que o voto de Dida estará como cauda nessa empreitada.

 

GRANDE MÁGOA – Diferentemente do show da Claudia Leitte em Caruaru que foi bem curtinho, a mágoa de Dida com Edson é longa! Já se vão quase dois anos de mágoa, sem a conversa esclarecedora e definitiva para colocar um ponto final nessa história, com rompimento ou paz.

 

PREMIAÇÃO – O bem avaliado prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Fábio Aragão, recebeu para alegria de muitos e desapontamento de outros tantos, uma premiação do Sebrae pela realização do falado Natal Encantado.

 

TERCEIRO – Dependendo da situação, ficar em terceiro lugar não é tão ruim assim. Na disputa eleitoral pela prefeitura gera mágoa, na disputa de prefeito empreendedor, gera muita alegria.

 

PREMIADOS – Já que pauta requentada está em alta, os premiados pela gestão do Novo Tempo são os servidores públicos que agora têm calendário de pagamento e recebem em dia todo mês. Outros que serão premiados são os vereadores que terão, finalmente, suas emendas impositivas colocadas em prática. É obrigação? Sim. É lei? Sim. Os prefeitos anteriores faziam? Não! Então, parabéns para quem cumpre sua obrigação e a lei, porque nem isso os outros faziam.

 

SEM NOÇÃO – Tem gente pensando que a conta de energia do Natal Encantado foi dividida pela população de Santa Cruz, é um pensamento sem noção feito quem comenta comentarista em vez de comentar a notícia.

 

IN-DEFINIÇÕES – As definições eleitorais estão acontecendo a conta gotas, feito divulgação dos cachês das apresentações do São João da Moda 2022. Não sei para que pressa se o destino é a união… ou não! A situação está inconstante feito a grade de programação do São João da Moda anunciada em maio.

 

SOMOS TÃO JOVENS – Quem desdenhou de ‘nosso’ Zé quando ele disse que era jovem, pois usava tablet vai ter de reverenciá-lo pela composição da música em homenagem ao São João da Moda, com a inclusão de hit do Tik Tok na canção. Ficou muito bacana, vale a pena ouvir de novo!

 

TRILHA DOS INTRIGADOS – Nem todo banho de lama é medicinal, e se for numa trilha dos namorados, é confusão garantida. Digo isso por que viralizou nas redes sociais os vídeos de uma jovem revoltada com o banho de lama que tomou na Trilha dos Namorados no último domingo. Ela ficou “P” da vida com o sujeito e só não o chamou de santo.

 

NÃO É A MESMA – Eles podem até participar, mas o encanto da tradicional Trilha dos Namorados não é mais o mesmo sem a presença dos prefeitos de Santa Cruz e Brejo da Madre de Deus em cima de um reboque e dando tchau pra galera.

 

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor

 

Postado por: Walter Miro

13 de junho de 2022

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

 

 

Só o clima: Em Taquaritinga do Norte, de frio, só o clima, pois os bastidores políticos estão fervendo como sempre e quem voltou à cena política com tudo foi o ex-prefeito Evilásio Araújo, guardem esse nome.

Reconstrução: O Barack Obama do Agreste, como carinhosamente é chamado o ex-prefeito Evilásio por seus seguidores, vem reaparecendo muito à vontade ao lado do prefeito Lero e reconstruindo seu espaço dentro do grupo Calabar, após um momento muito conturbado nas eleições municipais de 2020, onde optou pela neutralidade.

O espaço: Um ponto a se destacar, é que a reaparição de Evilásio ao lado de Lero, surge após o distanciamento do prefeito em relação ao seu vice, Gena Lins.  O atual vice-prefeito vem tentando buscar seu espaço dentro do grupo Calabar no intuito de encabeçar a chapa de 2024, mas esse referido “espaço” é desejado por muitos dentro do grupo, a exemplo do jovem Alisson Dias. Contudo, a reaparição de Evilásio esquenta os bastidores e deixa muita gente de orelha em pé, pois não é segredo pra ninguém o desejo do ex-prefeito em voltar ocupar a cadeira do Executivo da cidade.

Superado?: Resta saber o quanto esse ressurgimento de Evilásio irá afetar os bastidores político do grupo Calabar, pois a postura de neutralidade do ex-prefeito nas eleições municipais de 2020 não foi vista com bons olhos por muitas lideranças que compõem o grupo Calabar. Mas uma coisa é certa, o maior interessado no resultado de 20 era o prefeito Lero que visivelmente já superou o passado.

Sorriso largo: Evilásio ainda ressurge conseguindo aprovar as contas de sua gestão dos anos de 2015 e 2016, após sua defesa jurídica convencer o Tribunal de Contas em reverter à decisão de rejeição por aprovação com ressalvas. Evilásio fez questão de aparecer na votação da Câmara e usar da palavra, usando um discurso forte e de defesa de sua gestão. Uma coisa é certa, o homem ressurgiu igual uma fênix, quem o conhece nos bastidores políticos sabe que ele sempre pretende voar mais alto, resta saber se alguém vai querer cortar as asas, pois por enquanto, o Barack Obama do Agreste se encontra com o sorriso largo.

Tem mais: Segundo o vereador Geovane César, em recente discurso na Câmara de Vereadores, as contas do prefeito Lero, referente aos exercícios de 2018 e 2019, estão programadas para serem votadas no próximo dia 21 de junho, as mesmas tem a recomendação do tribunal de contas pela aprovação.

Expectativas: Contudo, as expectativas estão voltadas em relação às contas do exercício de 2017 do prefeito Lero, a mesma tem o parecer de reprovação e se o prefeito não conseguir convencer juridicamente o próprio tribunal em refazer o parecer, dificilmente aprovará as contas na Câmara de Vereadores.

Falando em Câmara: Em Santa Cruz do Capibaribe, o prefeito Fábio Aragão tem um quadro no seu programa semanal denominado de “a boa notícia da semana” e na última sexta-feira (12), o quadro teve uma notícia que atinge não apenas a população, mas também a Câmara de Vereadores, pois Fábio deu a entender que irá colocar em prática as emendas impositivas dos vereadores, seja ele de situação ou oposição.

A primeira: Nesse contexto, as primeiras emendas impositivas colocadas em práticas e anunciadas pelo prefeito foi relacionada ao aumento significativo em relação ao valor da Bolsa Universitária.  Fábio fez questão de nominar que as referidas emendas são do vereador situacionista Augusto Maia (PSB) e dos vereadores oposicionistas Gilson Julião (MDB), Nailson Ramos (MDB) e Emanuel Ramos (PSD).

Uma grita: As emendas impositivas eram uma grita dos vereadores, desde quando foi criada na última legislatura, onde nos bastidores até mesmo vereadores aliados de Edson Vieira reclamavam do ex-gestor por não colocar em prática. Com a referida ação, se colocada em prática contemplando os 17 vereadores, Fábio poderá dar vida a uma legislatura que é vista até o momento com desconfiança pela população, devido ao próprio comportamento de alguns parlamentares.

Maioria: A ação de Fábio pode ser vista como uma tentativa de reaproximação com a Casa que tem como maioria absoluta vereadores de oposição, diga-se de passagem, duas bancadas de uma oposição muito forte. A ação é suprapartidária e uma vez em prática, nenhum gestor, incluindo o próprio Fábio, poderá “moralmente” deixar fazer.

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor

Postado por: Eliton Araujo

10 de junho de 2022

Politicando, com César Mello

 

No ar mais uma coluna ‘Politicando’, com os principais fatos da sempre animada (ou quase sempre) cena política de Santa Cruz do Capibaribe.

Agora vai? – E eis que, com a vinda no último final de semana de Miguel Coelho a Santa Cruz do Capibaribe, foi reacendida a fogueira da possibilidade de Alessandra Vieira ser a ‘vice’ na disputa eleitoral do próximo mês de outubro.

O nome – Aliada de primeira ordem de Miguel, Alessandra é, para muitos, a favorita a ocupar o espaço de vice, faltando apenas alguns ajustes para que o anúncio aconteça. Outros nomes são especulados, mas o dela é, sem dúvidas, o mais forte deles.

E agora? – Supondo que dê certo e Alessandra seja realmente a vice de Miguel, a dúvida que resta é: Edson mantém a pré-candidatura a deputado federal ou ‘desce’ e disputa uma vaga para a Alepe?

Vai pra federal – O fato de ele manter uma agenda de visitas e anúncios de acordos para a disputa ‘federal’, me levar a crer que, qualquer que seja a decisão em torno do projeto de Alessandra, Edson manterá sua pré-candidatura a deputado federal.

Sobra um – O espaço ‘estadual’ sobraria então para ser preenchido, por algum aliado que venha de outra região do estado, ou, preferencialmente, por alguém de Santa Cruz, que mantenha sob o comando de Edson a condução da candidatura e, claro, as beneficies de mais um mandato Boca-Preta na Casa Joaquim Nabuco.

As alternativas – Olhando para o cenário local, observando, óbvio, os nomes do grupo Azul, consigo enxergar dois nomes com chances de serem escolhidos para uma eventual candidatura a deputado estadual: Dida de Nan e Joselito Pedro.

Dida de novo? – Nome tradicional do grupo, com alguns mandatos de vereador e um como vice-prefeito, Dida (que é filiado ao União Brasil) é tido como uma opção viável para muitos do partido. Tendo obtido quase 15 mil votos na última eleição municipal, o nome de Dida ainda está muito vivo na memória do eleitorado santa-cruzense, o que pode ser um trunfo ao seu favor.

Fazer as pazes – Visivelmente afastado de Edson, Dida teria que reatar laços que estão bastante desgastados, ou mesmo rompidos, desde 2020. Episódios mal resolvidos ou simplesmente não resolvidos, deixaram feridas abertas desde então.

O preferido – Já Joselito, faz questão de aparecer sempre ao lado de Edson e Alessandra. Ele tem como principal trunfo a confiança total e sintonia com o principal casal Boca Preta, assim como aconteceu no último domingo no Forró do Menino, quando os três posaram juntos para várias fotos.

O antes e o depois – Nesta quarta-feira o prefeito Fábio entregou o novo prédio da Central de Abastecimento Farmacêutico. As imagens do ‘antes e depois’ impressionam. “Quando a gente entra aqui e vê as prateleiras totalmente abastecidas, a gente sabe que está trabalhando no caminho certo. Essa farmácia popular é do povo de Santa Cruz, esse é o padrão novo tempo. A entrega da CAF marca o início de uma sequência de inaugurações da nossa gestão”, disse o prefeito.

E para finalizar, perguntar não ofende: Dida de Nan teria o apoio de Edson para ser candidato a deputado estadual na eleição de outubro?

Para mais informações da política e cotidiano acesse também o www.blogdocesarmello.com.br

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor

Postado por: Walter Miro

8 de junho de 2022

RESUMÓRIO, com o professor Tenório

 

PÉ ESQUERDO – Depois de dois anos sem a realização de forma presencial, o São João de Caruaru começou com o pé esquerdo. Bronca em camarote e bronca de Cláudia Leitte, por conta da redução do tempo de seu show. Atraso significativo e desorganização nota dez, mas foi só o início.

 

CARONA – Além do São João de Caruaru, o que não repercutiu positivamente foi a carona na solidariedade de alguns políticos que produziram vídeos recebendo os donativos da campanha Santa Cruz Solidária lá em Recife. Se posar comendo pastel já é feio, imagine se promover com a tragédia alheia.

 

ATRÁS – E o que está curto feito coice de preá e o show de Cláudia Leitte é a intenção de voto de Danilo Cabral nas pesquisas eleitorais divulgadas até o momento. A partir de que momento a ‘Frente’ Popular deixará de ficar ‘atrás’?

 

TRATORAÇO – A repercussão do orçamento secreto e como foi a aquisição dos tratores distribuídos pelo Brasil já acabou. As zonas rurais de Santa Cruz e cidades aqui da região foram contempladas com as máquinas, cada entrega com as fotos mais bacanas de candidatos e pré-candidatos com a mão no volante. Entrega duplicada nunca mais tivemos por aqui. Um grupo fez com uma ambulância, o outro com um trator. Estamos duplamente atentos a tudo que os políticos fazem em dobro.

 

PASTEL – A agenda do pré-candidato ao Governo de Pernambuco, Miguel Coelho, teve entrega de trator em zona rural, forró na cidade e visita ao Calçadão Miguel Arraes, não necessariamente nessa ordem. Por aqui, a foto de político comendo pastel em feira tá saindo de moda. Pelo menos não vi nenhuma nos últimos dias.

 

PLANEJAMENTO – Dinheiro tem, só falta mais dinheiro! Parece estranho, porém é mais ou menos o que está acontecendo com a reforma da Câmara de Vereadores de Santa Cruz. Antes de iniciar a obra, o presidente Capilé dizia que o dinheiro estava em caixa. Agora precisa de suplementação, aditivo, licitação e sei lá mais o quê, talvez de planejamento.

 

FORÇA TAREFA – Se a quantidade de pessoas que está trabalhando na montagem do São João da Moda foi enviada para o leste europeu, a Ucrânia derrotaria a Rússia em uma semana. Se essa turma fosse trabalhar na reforma da Câmara de Vereadores de Santa Cruz, em dois dias concluiriam a obra.

 

ETERNO MININO – A “dôzima” Edição do Forró do Menino aconteceu normalmente domingo passado na quadra da Cecap, sem nenhuma intervenção de bombeiros ou outras pessoas cobrando laudos e ameaçando acabar a festa antes da hora.

 

PETER PAN – A primeira eleição disputada por Edson Vieira foi em 1992, quando ele foi eleito o vereador mais jovem do Brasil. De lá para cá, já se vão trinta anos e ainda o chamam de menino. Parece até que ele tem a síndrome de Peter Pan, por querer ser um menino eternamente.

 

MITO – Com a realização até o fim da décima segunda edição do Forró do Menino, cai o mito de que no Novo Tempo só os Taboquinhas podiam fazer festa. Pode até ser que a queda desse mito não se aplique à realização de festival de quadrilha, mas já é alguma coisa.

 

AUSÊNCIAS – O Forró do Menino não contou com a presença do pré-candidato ao governo Miguel Coelho, lá estiveram vereadores e lideranças políticas de Santa Cruz e região. Outra ausência sentida foi do ex-vice-prefeito Dida de Nam.

 

FORRÓ NA EDUCAÇÃO – Até o momento não se falou no ex-tradicional Forró da Educação, o que nos leva a crer que foi extinto. Se serve de consolo, sábado passado, na formação da educação, aconteceram algumas apresentações juninas.

 

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

 

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor

 

Postado por: Walter Miro

3 de junho de 2022

Politicando, com César Mello

 

 

No ar mais uma coluna ‘Politicando’, com os principais fatos da sempre animada (ou quase sempre) cena política de Santa Cruz do Capibaribe.

Enfim, o fim da novela – depois de muito moído, de dois adiamentos, até que enfim, as contas de governo dos ex-prefeitos brejenses, Hilário Paulo e Dr. Edson Souza foram votadas na Câmara local. O resultado, como eu já havia previsto, foi ruim para ambos, com a manutenção, por 6 votos a favor e 5 contra, do parecer do relatório do TCE, que recomendou a rejeição de ambas.

Capítulos dramáticos – Na segunda-feira, um dia antes da votação, os ex-prefeitos ainda tentaram o último recurso, ao acionarem a justiça, pedindo que a votação não ocorresse. Pedido negado, tempo perdido, presidente magoado…

Na bronca – Silvano notadamente não digeriu bem as manobras dos ‘aliados’, tanto é que, na votação ele preferiu se abster, negando, assim, o que para muitos seria um voto de partidário de Hilário e Dr. Edson.

Tô fora – Quem também pulou fora do barco boca-preta (ao menos nessa votação) foi a vereadora Jeane da Saúde. Uma semana antes ela chegou a passou mal e teve que ser socorrida, de ambulância, para a UPA Mestre Camarão. Na sessão decisiva, ela também se absteve.

Final infeliz – Creio que ficou uma dura lição para o grupo dos ex-prefeitos, que moeu demais para que essas contas não fossem votadas neste momento, constrangeu o presidente ‘aliado’, perdeu o voto da vereadora ‘aliada’ e no final das contas, viu que ‘tudo deu em nada’.

Além de queda… – Como se não bastasse a rejeição de suas contas, com a iminente inelegibilidade de longos 8 anos vindouros, o ex-prefeito Dr. Edson viu o comunicador Atahanderson Mesquita publicar na tarde desta quinta-feira a notícia de a Justiça Federal determinou a devolução de 220 mil reais aos cofres públicos, a suspensão dos direitos políticos de Dr. Edson por 5 anos e a perca da função pública.

A bronca é pesada – A questão é referente a acusação de fraudes e desvio de recursos cometidos em um convênio com o Ministério do Turismo, com a participação de mais uma pessoa e uma empresa especializada em promoção de festas. O dinheiro seria utilizado para a realização do então tradicional São Pedro de Seu Pedro.

Esfriou tudo – Enquanto isso, em Santa Cruz do Capibaribe o debate político local esfriou, assim como a temperatura nos termômetros. As fortes chuvas que caíram na região metropolitana no último final de semana fizeram com o que a classe politica pernambucana, de uma forma mais ampla, refizesse ou mesmo cancelasse alguns dos seus principais compromissos.

Bola murcha – E por falar nas fortes chuvas dos últimos dias, a vereadora Nega perdeu mais uma oportunidade de ficar calada… No afã de provocar e questionar a competência do prefeito Fábio Aragão, ela propôs, sem nenhum argumento concreto, (em grupos de WhatsApp e no Facebook) o cancelamento do São João da Moda deste ano.

Bola murcha II – Nas redes sociais, assim como no meio político, a reação foi imediata e a rejeição a ideia de Nega foi massiva. Assim como em outras polêmicas que ela mesma provocou, a vereadora sai do debate pior do que entrou.

Sem festival? – Aparentemente o ex-prefeito Edson Vieira desistiu da promoção do Festival de quadrilhas juninas Biu e Gogó, uma vez que, nos últimos dias ele não se pronunciou mais sobre o assunto.

Mas com Forró – Edson e a deputada Alessandra Vieira promoverão neste domingo, dia 5, na Casa da Criança a 12ª edição do Forró do Menino. “Será uma noite de muita alegria com as apresentações de Jordão Jó, Garota Dengosa, Bidinga do Acordeon, Cavaleiros do Forró e Walkyria Santos”, disse a deputada em convite enviado a imprensa.

E para finalizar, perguntar não ofende: Dr. Edson e Hilário Paulo ainda consideram o presidente da Câmara, Silvano e a vereadora Jeane da Saúde, aliados políticos?

Para mais informações da política e cotidiano acesse também o www.blogdocesarmello.com.br 

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor.

 

 

 

 

Postado por: Walter Miro

1 de junho de 2022

RESUMÓRIO, com o professor Tenório

 

 

JUNHO – Estamos chegando na metade do ano e algumas definições políticas ainda estão pendentes nos principais grupos políticos que disputarão o Governo do Estado. Enquanto as lideranças da capitá não se resolverem, muitos prefeitos também não se resolverão, do Agreste ao Sertão.

OPORTUNISMO – Mas enfim, o que tem de gente se autopromovendo com tragédia alheia não está no gibi. Lamento pelo sofrimento do povo e por quem faz disso palanque político. Lamento também por quem escolhe seu representante sem levar isso em conta.

CARO OU BARATO? – Para quem se questiona se é caro ou barato shows de quase um milhão para atração de São João, a resposta é: depende de qual partido está realizando e quem está questionando. Aquela velha história, quem achava caro agora acha normal e quem achava normal agora questiona. O que mudou? A cor do partido que governa a cidade e nada mais, pois quem quer vai e quem não quer fica em casa, assim como era no azul agora e no verde e mais além.

NOVELAS – As conhecidíssimas novelas Taboquinha e Calabar perderam espaço para novela política de Brejo da Madre de Deus esta semana. Um capítulo trata da badalada farra da gasolina e outro capítulo trata da votação das contas dos ex-prefeitos Dr. Edson e Hilário Paulo.

É LIMINAR – Sobre a votação das contas dos ex-gestores na Câmara de Vereadores, eles até tentaram eliminar a votação através de um pedido de liminar, mas o pedido foi indeferido pelo juiz e a sessão aconteceu na tarde de ontem e a maioria dos vereadores seguiram o parecer de rejeição das contas.

TEMPERO – Em Taquaritinga do Norte, repercutiu durante a semana o possível retorno de Evilásio ao grupo Calabar. Seria o Barack Obama do Agreste o tempero que faltava na insossa pré-campanha de Allyson Dias? Essas histórias de pesquisa na Dália da Serra vão acabar virando folclore qualquer dia desses.

CANDIDATURAS – Ainda tem muita coisa para se definir na eleição de 2022 e, naturalmente, na de 2024, mas o que não falta em Santa Cruz e nas cidades da região é menino gripado em UPA e pré-candidaturas para estadual, federal e prefeito.

FILME REPETIDO – Quando o ex-prefeito de Santa Cruz, Edson Vieira, falou de pesquisa com 80% de aprovação, seus opositores não acreditavam, assim como está ocorrendo agora com a aprovação divulgada pela gestão de Fábio Aragão.

TESTE – Ainda não foi dessa vez que o milionário sistema de drenagem do Moda Center teve seus limites testados. As chuvas caídas em Santa Cruz ficaram abaixo da previsão, não causando transtornos na cidade, que ficou em estado de alerta durante o final de semana. O fim de semana foi de chuva moderadas e vendas escassas no imponente parque de feiras.

MÁGOA – A narrativa segue sendo alimentada para o desembarque da Frente Popular e ingresso na campanha de Marília Arraes. Foi o sinal dado por Eduardo da Fonte ao ser questionado no programa Independente da semana passada se havia alguma aresta entre ele e Diogo Moraes oriunda ainda da campanha de 2020 em Santa Cruz. Para o Progressista, ficaram arestas e o posicionamento de Diogo gerou muitos traumas. São os sinais…

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor

Postado por: Walter Miro

30 de maio de 2022

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

 

 

Climão: A fala do deputado federal Eduardo da Fonte (PP), no programa Independente da última sexta-feira (27), deixou um climão nos bastidores do grupo Taboquinha, após relembrar a pré-campanha traumática que todo mundo sabe que existiu e envolveu diversas lideranças do referido grupo, entre eles, o deputado Estadual Diogo Moraes (PSB).

Transição: A fala do deputado Da Fonte, direcionada a Diogo Moraes, surge no momento de transição do PP estadual, onde acompanhamos a saída da sigla dos braços da frente popular e sua adesão ao projeto de Marília Arraes em busca da cadeira do palácio do campo das princesas.

Afeta: Óbvio que o posicionamento político do PP e principalmente o do deputado federal Eduardo da Fonte em nosso Estado irá afetar e muito a política de Santa Cruz do Capibaribe, impactando fortemente nos bastidores do grupo Taboquinha.

Condutor: Contudo, apesar das falas polêmicas de Eduardo da Fonte, desenterrando acontecimentos que muitos achavam superados, o deputado federal afirmou que o “grande condutor” do grupo Taboquinha nas eleições de 2022 em Santa Cruz do Capibaribe será prefeito Fábio Aragão (PP).

Em formação: Com a movimentação do PP estadual, o tabuleiro político do grupo Taboquinha será refeito, provavelmente, grande parte do grupo que já não queria apoiar a Frente Popular irá se sentir muito a vontade em aderir à pré-candidatura de Marília Arraes.

E agora?: Resta saber como será essa “grande condução” do prefeito Fábio Aragão, principalmente em relação a uma provável adesão ao projeto de Marília Arraes com a manutenção do apoio a reeleição do deputado Estadual Diogo Moraes. Nesse contexto, também é necessário observar como será a reação do deputado Diogo as falas de Da Fonte e a nova conjuntura que se forma no grupo Taboquinha.

Novela: Pois é, uma eleição sem uma novela Taboquinha, não seria uma eleição. Contudo, jogaram o roteiro para um novo diretor, Fábio Aragão. Esse será um teste de verdade para o prefeito Fábio mostrar seu poder de articulação política dentro do grupo, pois 22 de alguma forma afeta 24 e o grupo sair fortalecido do pleito que se aproxima é um passo importante.

Fica ligado: Vamos ficando por aqui, semana que vem nos encontraremos mais uma vez nesse valoroso espaço do Blog da Polo. Contudo, fica ligado nas Curtinhas em Áudio, toda segunda-feira, na programação da Rádio Polo, a partir das 17h, estou te esperando.

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor.

Postado por: Eliton Araujo

27 de maio de 2022

Politicando, com César Mello

 

 

No ar mais uma coluna ‘Politicando’, com os principais fatos da sempre animada (ou quase sempre) cena política de Santa Cruz do Capibaribe.

Um festival de polêmicas – O primeiro assunto a render uma boa pauta esta semana foi a polêmica em torno da realização ou não do Festival de quadrilhas juninas ‘Biu e Gogó’. Criado ainda na primeira gestão do ex-prefeito Edson Vieira, o festival teria a frente na edição deste ano o promotor de eventos Alberto Grilo.

Não – A Prefeitura negou a possibilidade da realização do festival. Segundo nota assinada por secretários da gestão, a máquina pública não teria como dar o suporte necessário a realização de dois festivais, uma vez que a Prefeitura já está promovendo o Festival ‘Fogoió dos Oito Baixos’.

Chateados – Grilo ficou na bronca, claro, alega perseguição política e prometeu judicializar a questão. O ex-prefeito Edson Vieira, principal patrocinador e interessado político do evento, também disse ‘poucas e boas’ contra a gestão do prefeito Fábio Aragão.

No final das contas – Quem quiser dançar em festival quadrilha junina, ao menos por enquanto, só tem uma opção, que é o Festival ‘Fogoió dos Oito Baixos’.

A novela que não acaba – Em Brejo da Madre de Deus segue o moído em torno da votação das contas de governo dos ex-prefeitos Dr. Edson e Hilário Paulo. A votação deveria ter ocorrido na última terça, no entanto, foi adiada, devido a um intenso bate-boca entre situacionistas e oposicionistas, que findou com o desmaio da vereadora Jeane da Saúde, que teve que sair da Câmara, de ambulância, direto para a UPA Mestre Camarão.

O próximo capítulo – Vereadores do grupo de situação acusam o grupo de oposição (aliados de Dr. Edson e Hilário) de armarem manobras, uma após a outra. Vereadores aliados dos ex-prefeitos juram ‘de pés juntos’ que querem apenas que o regimento seja respeitado. Enquanto isso, a próxima sessão já tem data marcada para acontecer, terça-feira, dia 31.

O próximo capítulo II – Se tudo ocorrer normalmente e a sessão seja, enfim, finalizada, Dr. Edson e Hilário deverão ter as contas rejeitadas também pela Câmara, já que o TCE já as rejeitou.

Bronca federal – A cidade foi surpreendida esta semana com a notícia de que a Polícia Federal notificou a Prefeitura e a Câmara de Vereadores. A notificação tem como objetivo, obter cópias de contrato firmado e de empenhos extraídos do sistema de contabilidade entre a gestão da Câmara (que tinha como presidente Laelson do Sindicato) e uma empresa local fornecedora de combustíveis e lubrificantes.

Bronca federal II – A investigação é fruto de uma Auditoria, que identificou o abastecimento de forma irregular de carros, gerando, segundo o TCE, o prejuízo de mais de 37 mil reais. Um dos automóveis que teria sido abastecido de maneira irregular é o de Dr. Edson, que à época exercia a função de secretário de Saúde do município.

Bronca federal III – Em participação no programa Rádio Debate desta quinta-feira, Laelson do Sindicato disse que está tranquilo, que não tem o que temer com o avançar das investigações e, basicamente, disse que pode ter havido ‘má vontade’ e até mesmo ‘culpa do frentista’ responsável pelos abastecimentos.

Bronca federal IV – É bom que essa turma fique atenta e consciente que, a partir de agora, a Polícia Federal entrará em campo. Investigações e oitivas serão feitas e, mais cedo ou mais tarde, tudo será esclarecido e os culpados serão apontados e responsabilizados.

E para finalizar, perguntar não ofende: Será que em Brejo, assim como já aconteceu em Santa Cruz do Capibaribe, a culpa vai sobrar para o digitador? A diferença é que em Brejo o digitador, na verdade, pode ser um simples frentista.

 

Para mais informações da política e cotidiano acesse também o www.blogdocesarmello.com.br 

 

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor.

 

 

Postado por: Walter Miro

23 de maio de 2022

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

 

 

Unidos, unidos…: Depende do ponto de vista, pois é, apesar das diversas tentativas, as oposições em Taquaritinga do Norte não marcharão tão unidas assim em 2022. Só no grupo Gravatinha, que é o maior bloco de oposição, por exemplo, estarão divididas no apoio as eleições para o Governo do Estado. Nesse contexto, uma parte estará com Miguel Coelho (UB), a exemplo dos vereadores Guilherme Cumaru e Hélio de Novo, enquanto outra parte apoiará Marilia Arraes (Solidariedade), caso do ex-prefeito Jânio Arruda e os vereadores Amauri de Mino e Natália de Luquinha.

Pesou: Mesmo havendo declarado apoio a Miguel Coelho em outro momento, em uma conversa que tive recentemente com o vereador Amauri de Mino, ficou perceptível para esse colunista que o sobrenome Arraes na zona rural pesou para decisão do vereador que tem como principal base o povo do campo.

Confirmação: Esse peso que citei na Curtinha anterior, pode ter como confirmação a declaração de apoio do vereador Calabar, Eraldo da Pedra Preta, ao projeto de Marília Arraes. Nesse contexto, observamos dois vereadores de grupos rivais, que disputaram voto a voto na zona rural de Taquaritinga do Norte, apoiando a neta de Arraes, sobrenome de história para o povo do campo.

Investimento: E será principalmente na zona rural que os apoiadores de Miguel Coelho tentarão investir, neste último final de semana os vereadores Gravatinhas, Guilherme Cumaru e Hélio de Novo anunciaram a chegada de uma retroescavadeira com emendas do senador Fernando Bezerra Coelho. Necessário destacar que também foi entregue um trator com emendas do deputado federal e pré-candidato ao Senado, André de Paula (PSD).

Vai afetar?: Nos bastidores políticos de Taquaritinga do Norte, se aponta que a divisão de apoios para as eleições do Governo do Estado no grupo Gravatinha poderá afetar o apoio que estava se construindo uniforme para deputado federal, nesse quesito, é aguardar pra ver.

Misturada: Observando os apoios e divisões dos grupos de oposições e situação em Taquaritinga do Norte, não será fácil para o eleitor distinguir essa misturada sem perder sua essência de grupo, principalmente entre Gravatinhas e Calabar.

A roda gira: Pois é, a política de Brejo da Madre de Deus deu um giro de 180º na última semana. O prefeito Roberto Asfora que assistia seu governo se desgastar com a quebra de braço que comprou com a categoria dos professores, ocasionando a primeira greve de profissionais da educação da história do munícipio e que durou mais de uma semana, conseguiu contornar a situação e definir um acordo com os professores.

Enquanto isso…: O grupo de oposição, do nada, conseguiu conquistar um desgaste sem precedentes ao usar uma estratégia (manobra) errada, de pedir vistas das contas dos ex-prefeitos Dr. Edson e Hilário Paulo. A bancada de vereadores de oposição, com o pedido de vistas de Manoel Bento, dificilmente conseguirá reverter, na própria Câmara, o resultado da votação que tende a manter o parecer do Tribunal de Contas do Estado e rejeitar as contas do ex-gestores.

Repercussão: Outro ponto a destacar, foi o quanto repercutiu negativamente a condução do presidente da Câmara, Silvano, em relação à reunião em que houve o pedido de vistas das contas. Silvano conseguiu puxar pra si, pra mesa diretora e a bancada que faz parte, o desgaste que não cabia aos mesmos.

Expectativas: Com o pedido de vistas, as contas ficaram para serem votadas amanhã (24). As expectativas estão em relação à condução da próxima sessão, assim como no voto do vereador Coió, o mesmo tem se colocado desde início do mandato com uma postura independente, nesse contexto, as apostas e o caminho natural, é que siga o parecer do Tribunal de Contas.

Se liga na Polo: Logo mais, às 17h, eu espero você ouvinte da Rádio Polo, para mais uma edição das Curtinhas em Áudio, trazendo informações dos bastidores políticos da região no final da sua tarde de segunda, forte abraço e até lá!

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor.

Postado por: Walter Miro

20 de maio de 2022

Politicando, com César Mello

 

No ar mais uma coluna ‘Politicando’, com os principais fatos da sempre animada (ou quase sempre) cena política de Santa Cruz do Capibaribe.

Poço Fundo em destaque – E esta semana foi pra lá de movimentada no distrito de Poço Fundo. A localidade atraiu para si os holofotes da política local, com direito a assinatura de ordem de serviço de obra esperada há muitos anos, festas para as mamães e ainda uma sessão ordinária da Câmara de Vereadores.

As obras – No sábado, o prefeito Fábio Aragão e aliados promoveram um grande ato festivo, onde foi inaugurada a praça Vigária Ramos e assinada a ordem de serviço da sonhada quadra poliesportiva do distrito. A obra faz parte do pacote de ações anunciadas recentemente no programa Transforma Santa Cruz e terá investimento de cerca de 1 milhão de reais, com recursos próprios da Prefeitura.

‘Alegria do povo’ – “Trata-se de uma obra prometida há anos e que agora, graças ao empenho de nossa gestão, ganha contornos de realidade. Fico feliz, pois sei que a população de Poço Fundo é a grande beneficiada com esse novo equipamento, que em breve iremos entregar”, disse o prefeito Fábio.

Poço Fundo meu amor – Ainda no sábado, Fábio, o vice-prefeito Helinho, o vereador Carlinhos da Cohab, o presidente da Associação de Moradores do distrito, Givanildo, e aliados participaram da ‘Festa das Mães’, onde foram feitos discursos em homenagens às mamães e o sorteio de vários brindes dentre as presentes.

Poço Fundo minha paixão – Já na quarta-feira, foi a vez do grupo ‘Verde’, liderado pelo empresário Allan Carneiro, promover a sua ‘Festa das Mães’. Como reza o script de todo e qualquer grupo político, o evento contou com a participação dos principais aliados do empresário (que esse ano disputará o cargo de deputado estadual) e assim como no evento Taboquinha, teve como ponto alto falas elogiosas às mamães e o sorteio de brindes.

Câmara itinerante – Ainda na quarta o presidente da Câmara, Capilé da Palestina, promoveu em Poço Fundo uma sessão itinerante do Legislativo local, cumprindo assim uma promessa feita por ele quando assumiu o cargo de presidente.

Ela na bronca, ele satisfeito – Apesar da insatisfação de alguns vereadores, em especial da vereadora Jéssyca Cavalcanti, que reclamou que Capilé não ‘combinou nada com ninguém’, ele se mostrou satisfeito com o resultado final, dizendo, inclusive, que já planeja a realização de novas sessões itinerantes.

Os problemas – Internet ruim e a falta de banheiros, colocados pela Câmara, são pontos falhos, que deverão ser corrigidos, caso Capilé queira mesmo levar adiante essa ideia. “Quem já se viu uma reunião que não dispõe de um banheiro?”, indagou Jéssyca, que ficou na bronca.

Como assim? – Na tarde desta quinta aconteceria na Câmara de Vereadores de Brejo da Madre de Deus a apreciação e votação de contas de gestão dos ex-prefeitos, Dr. Edson e Hilário Paulo. Aconteceria, pois o presidente Silvano concedeu vistas dos projetos ao vereador Manoel Bento, aliado de Dr. Edson de Souza.

Terça-feira, vai? – Silvano ‘jurou de pés juntos’ que na próxima reunião, agendada para terça-feira, dia 24, as contas voltam para o plenário e que dessa vez não irá mais conceder vistas.

Bola cantada – A manobra, que faz parte do jogo político, apenas protelará a situação que é dificílima para os ex-prefeitos, visto que, tanto o Tribunal de Contas do Estado, quanto uma comissão montada na Câmara para avaliar a decisão do órgão, recomendam a rejeição das mesmas.

O milagre – Para salvar Dr. Edson e Hilário, 9 vereadores teriam que votar contra a recomendação do TCE, missão tida como ‘quase impossível’, diante do número de aliados que ambos têm na Câmara.

Cabra disposto – No final de tudo, o presidente da Câmara traz para si um desgaste desnecessário. Gerou um tremendo mal estar com a bancada de situação, entrou em atrito com a plateia presente (quase toda formada por eleitores do prefeito Roberto Asfora) e ainda por cima, deverá ver seus esforços irem por água abaixo, com a rejeição das contas do Dr. e de Hilário.

E para finalizar, perguntar não ofende: Por que o presidente da Câmara de Brejo não mandou servir lanches, com bolo e refrigerante, aos presentes na sessão de ontem, assim como ele fez, em recente reunião do Sindicato dos Professores, que aconteceu no mesmo local?

Para mais informações da política e cotidiano acesse também o www.blogdocesarmello.com.br

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor.

Postado por: Walter Miro

18 de maio de 2022

RESUMÓRIO, com o professor Tenório

 

 

SUCESSO – O HausDay foi o maior sucesso de público e interação, um evento esportivo que envolveu parte significativa da sociedade santa-cruzense. Tirando algumas pessoas que estavam indo arrumar as mercadorias no Moda Center para primeira feira de domingo, algumas pessoas que precisaram atravessar a PE-160, sentido centro da cidade, e alguns motoristas de ônibus de excursão que chegavam para feira do fim de semana, um ex-vereador azul que opinou em texto escrito e mais alguém que esteja passando despercebido, todo mundo gostou.

O DIGITADOR NÃO É FORROZEIRO – No lançamento do São João da Moda teve inúmeros erros de digitação. O painel mostrou a grade de programação com tanto erro de ortografia que já sabemos que o falado digitador da prefeitura não gosta de forró, pois não sabe escrever o nome de parte das atrações contratada para o São João da Moda. Problemas ortográficos a parte, o evento foi show, literalmente.

PULSEIRAS DA DISCÓRDIA – Foi apenas o lançamento, mas as pulseiras da discórdia já começaram a se destacar no período pré-junino. Tinha muito correligionário chateado por que não tinha recebido a pulseira para prestigiar o lançamento do São João da Moda 2022. Quem for o ou a responsável pela distribuição das pulseiras, prepare os nervos, pois está só começando.

O MAIOR – No evento de lançamento, falou-se em “maior São João de Santa Cruz”. Não sei se era em termo de quantidade de dias, peso de atração, organização, erros de ortografia ou se foi apenas aquela velha exagerada, por força de expressão.

COM REAJUSTE, SEM FORRÓ – Diferentemente dos professores de Brejo da Madre de Deus, que ainda estão em greve e lutam pelo reajuste salarial, a situação de Santa Cruz quanto ao reajuste foi resolvida. O que não foi anunciado até agora é se haverá o tradicional, na gestão passada, São João da Educação.

INTERROMPIMENTO – Mais uma festa particular interrompida em Santa Cruz do Capibaribe por falta de documentação. Que documentação tão difícil será essa? Agora nas compras de ingressos sempre ficará a dúvida se a festa vai acontecer, se vai acontecer e não será interrompida ou se será em outra data com outra atração.

CONFLITO NA SERRA – Enquanto aqui em Santa Cruz do Capibaribe os conflitos políticos são mais corriqueiros e marcantes no Grupo Taboquinha, em Taquaritinga do Norte o grupo Gravatinha não quer deixar o grupo Calabar correr solto na liderança das confusões. Quanto mais Batata fala em união das oposições, menos nítida fica essa união.

OI DE LULA – A Frente Popular de Pernambuco quer Lula só pra ela, mas essa exclusividade não está colando para muito eleitor que escuta constantemente declarações de apoio incondicional de Marília ao petista para presidente da república. Parece até Natal, todo mundo esperando do velhinho de barba branca muitos votos de presente.

AINDA NÃO – Mês vai, mês vem, pesquisa vai, pesquisa vem e o pré-candidato ao governo do estado pela Frente Popular, Danilo Cabral, ainda não emplacou nas pesquisas eleitorais. Subindo mesmo só a desaprovação do Governador Paulo Câmara. Pra uns ainda é cedo, para outros é um sinal. Se fosse uma eleição em Santa Cruz, a música do pula pula já estaria nas paradas de sucesso com o “tá todo mundo vendo que o barco vai afundar, pule você também para o lado de cá”.

ESPERANÇA – Quem continua liderando as pesquisas para o governo é a pré-candidata Marília Arraes. Os marqueteiros preguiçosos e sem criatividade em breve a chamarão de “a neta da esperança”. Quero mesmo ver quantos parentes Miguel Arraes ainda vai eleger em Pernambuco, é uma dinastia.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor

Postado por: Walter Miro

16 de maio de 2022

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

 

 

Dia D: Passando por um forte desgaste político ocasionado pela greve dos professores, amanhã (17), poderá ser o dia D para o prefeito de Brejo da Madre de Deus, Roberto Asfora, tentar solucionar o problema. 

Bom pra ninguém: Se de um lado os professores estão sem receber o reajuste, por outro lado o Governo Asfora vem tendo exposto para sociedade as diversas fragilidades existentes na educação, desde uma merenda questionável a falta de recursos didáticos. Ou seja, até o momento, o resultado não é bom pra ninguém, principalmente para população que acompanha as diversas salas de aulas vazias.  

Não ajuda: O que pessoas próximas ou aliadas ao prefeito Roberto Asfora não entendem é que tentar tirar a credibilidade do movimento dos professores ou dos seus representantes pode até animar correligionários políticos, mas não ajuda a mesa de negociação onde está o prefeito que admiram, muito pelo contrário. Antes que esqueça, sou professor de Brejo, desde 2013, tenho pós-graduação, fatores que contribuem o valor que recebo no município e luto pelo reajuste, se quiser fazer a soma de quanto recebo e o que posso receber com um possível reajuste é só pesquisar, já que a informação é pública. Aconselho caprichar na pecinha, pelo valor, dá caldo…

Cobrou: Na última sessão da Câmara de Brejo da Madre de Deus (12), o vereador Jobson Barros cobrou mais uma vez do presidente Silvano a votação das contas dos ex-prefeitos Dr. Edson e Hilário Paulo, pois segundo o parlamentar, a comissão competente já havia analisado e seu relator já proferiu seu parecer.

Na pauta: Em resposta direta ao vereador Jobson Barros, o presidente Silvano afirmou que as contas estão programadas para serem votadas próximo dia 19 de maio, em sessão de pauta fechada. As contas em questão são as dos exercícios de 2015 (Dr. Edson) e 2017 (Hilário Paulo), ambas com o parecer técnico do Tribunal de contas pela rejeição. Resta saber, qual serão os votos e argumentos de cada parlamentar, pois para derrubar o parecer TÉCNICO são necessários nove votos dos 13 existentes na casa.

Desculpas: O secretário executivo de Agricultura de Santa Cruz do Capibaribe, Zome do Pará, reconheceu a situação delicada que havia deixado a gestão Fábio Aragão ao afirmar que seu trabalho estava sendo reduzido por ciumeira dos vereadores Carlinhos da Cohab e Vando da Sertec e emitiu uma nota pedindo desculpas aos referidos parlamentares com o objetivo de tentar amenizar a situação. 

Tradição: O ex-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe e pré-candidato a deputado federal, Edson Vieira (UB), confirmou, no programa Oposição em Ação do último sábado (14) o tradicional e sempre muito aguardado “Forró do Menino” que deverá acontecer próximo dia 05/06, as expectativas ficaram pela divulgação das atrações e os políticos do Estado que se farão presentes. 

Não pegou bem: Contudo, o que não vem pegando muito bem é a afirmação do ex-prefeito, divulgado pelo Blog do Ney Lima, em realizar um festival de quadrilhas de rua que percorrerá os bairros do município, no mesmo modelo que fazia em sua gestão. A afirmação de Edson é feita após a Gestão Fábio Aragão divulgar a programação do São João da Moda 2022 e que tem, como sempre teve em várias gestões, a programação das quadrilhas de rua. Já imaginou se cada ex-gestor fizer um festival de quadrilhas de rua?

Pouca fé?: Em participação no programa Pinga Fogo da última sexta-feira (13), a vereadora Jéssyca Cavalcanti demostrou não acreditar que o presidente da Câmara de Santa Cruz do Capibaribe, Capilé da Palestina, entregue a reforma da Casa de Leis em sua gestão. Necessário destacar que a fala da parlamentar surge após poucos dias da reforma iniciar.

Fica ligado: Vamos ficando por aqui, semana que vem nos encontraremos mais uma vez nesse valoroso espaço Blog da Polo.  Contudo, fica ligado nas Curtinhas em Áudio, toda Segunda-feira, na programação da Rádio Polo, a partir das 17h, estou te esperando.  

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor.

Postado por: Walter Miro

13 de maio de 2022

Politicando, com César Mello

 

 

No ar mais uma coluna ‘Politicando’, com os principais fatos da sempre animada (ou quase sempre) cena política de Santa Cruz do Capibaribe. 

Lá vem o São João da Moda – Foi lançado na noite desta quinta-feira, no Restaurante Bellitatte, a edição 2022 do São João da Moda, que volta depois de uma pausa forçada de dois anos, devido a pandemia do Covid-19. 

Para seguir gigante – Criado pelo ex-prefeito Edson Vieira, o São João da Moda se consolidou como um dos maiores eventos do estado, tornando-se referência em termos de estrutura e grade de programação. E pelo o que foi apresentado na noite desta quinta pelo prefeito Fábio Aragão e pelo vice-prefeito Helinho, a festa tende a seguir forte, tendo potencial de crescer ainda mais.

Padrão elevado – A criação do Natal Encantado deixou claro que a gestão de Fábio e Helinho tem um alto padrão na realização de eventos. E agora, o que pesa a favor da gestão é o fato do São João não ser um evento pioneiro, ou seja, já existem referências anteriores, o que facilita a sua ampliação e aperfeiçoamento. 

As atrações – Serão dez noites de festa (de 17 a 28 de junho), com atrações que vão do tradicional Assisão, até Gusttavo Lima, um dos maiores artistas do país, que volta ao São João de Santa Cruz depois de três anos. Brasas do Forró, Geraldinho Lins, Bidinga do Acordeon, Tarcísio do Acordeon, Felipe Santos, Xandy Avião e João Gomes são outras atrações anunciadas.

A dupla segue afinada – Em uma demonstração de desprendimento, o prefeito Fábio deu o mérito necessário e o espaço merecido ao vice, Helinho. A sintonia de ambos, tão perceptível no período eleitoral de 2020, tornou-se uma das marcas políticas da atual gestão, cabendo a Helinho, na noite de ontem, a missão de apresentar a estrutura do evento, bem como, anunciar as principais atrações da festa.   

E João Gomes vem mesmo – O jovem cantor pernambucano, sucesso hoje em todo o Brasil virá mesmo ao São João de nossa cidade. Cabe agora a organização do evento viabilizar um encontro dele com Joãozinho Aboiador. Há alguns dias João Gomes surpreendeu a todos quando cantou um trecho de uma das canções de Joãozinho em entrevista a TV Jornal

Deu certo – E não foi apenas João Gomes que foi confirmado, no final de tudo, as principais atrações especuladas, tanto na mídia, quanto principalmente em redes sociais e grupos de WhatsApp, foram realmente confirmadas na grade do evento. Ou seja, a expectativa criada pelo grande público foi alcançada com os anúncios. 

A turma do contra – E tem também, claro, a turma que ‘bota gosto ruim’ em tudo. Para esse tipo de gente o que importa mesmo é falar mal e botar defeito em tudo, qualquer que seja o cantor ou banda a ser anunciado. 

E para finalizar, perguntar não ofende: O São João da Moda turbinará a popularidade do prefeito Fábio Aragão, assim como aconteceu com a realização do Natal Encantado?

Para mais informações da política e cotidiano acesse também o www.blogdocesarmello.com.br 

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor.

Postado por: Walter Miro

11 de maio de 2022

RESUMÓRIO, com o professor Tenório

 

 

UM PÉ EM CADA CANOA – É bem possível que o presidente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz, Capilé da Palestina, apoie na eleição deste ano, o senador de um grupo político, o deputado federal de outro e um deputado estadual de mais outro grupo. Isso acontecendo, é um bom exemplo da conhecida expressão: um pé em cada canoa.

EMENDA – O grupo Carneirinho anunciou a conquista de um novo veículo para o Tratamento Fora do Domicílio (TFD), adquirido através da emenda de mais de R$ 279 mil do deputado federal Gonzaga Patriota (PSB). Aquisição importante para qualificar a frota da saúde, cuja demanda é imensa. Certamente não haverá omissão de nomes na entrega, prática que volta e meia acontece por aqui.

VÁRIAS CANOAS – É uma oposição que se destaca pela quantidade de emendas conseguidas para população nas mais diversas áreas e partidos. Já teve de Gonzaga Patriota, do PSB, André de Paula, do PSD, Túlio Gadelha, da REDE, entre outros parlamentares e siglas. Como farão para retribuir com voto é um problema do grupo. A população foi, está sendo e será beneficiada ainda mais com esses recursos, depois os greens resolvem a divisão dos apoios.

INCENTIVO – Segundo Capilé em participação por telefone ao programa Rádio Debate da Rádio Polo, o líder do grupo, Allan Carneiro dá essa liberdade, inclusive, incentivou o vereador Irmão Soares a seguir com os deputados que já apoia. Santa Cruz é diferenciada mesmo, já tivemos candidato a deputado federal dispensando voto e agora pré-candidato a deputado estadual incentivando integrantes do grupo a não votar nele.

PUBLICAÇÃO DE MILHÕES – Fazia tempo que víamos uma alegria tão grande por uma publicação de licitação em Diário Oficial. O deputado estadual Diogo Moraes comemorou a publicação no Diário Oficial do último sábado (7), do aviso de licitação para contratação de empresa responsável pela retomada das obras de restauração e duplicação da Rodovia BR-104, trecho entre Toritama e Pão de Açúcar.

EXPECTATIVA – Não é a primeira vez nem a primeira vez em ano eleitoral que a esperança se renova para a possibilidade de finalização dessa obra para o Polo de Confecções que já dura mais de uma década. Tomara que dê tudo certo e que dessa vez os trabalhos sejam reiniciados e concluídos, independentemente da responsabilidade de execução ser federal, estadual ou municipal. O povo e os motoristas querem é o fim da obra, depois cada político e cada militante que disputem a paternidade.

AUMENTO – A previsão é de mais aumento no preço dos combustíveis esta semana. O que definitivamente aumentou bastante, de 2013 para cá, foi também a paciência dos caminhoneiros com o Governo Federal. A era dos adesivos pornográficos e de paralisações foi substituída pela era da compreensão da dificuldade de implantar uma política de reajuste mais justa. Espera-se que qualquer que seja o resultado da eleição essa compreensão seja mantida.

PROPAGANDA – Na era da massificação da informação, os políticos precisam ter mais cautela na propagação de suas ações através de discursos e vídeos bem produzidos, pois se o serviço não for entregue a contento ou for diferente da publicidade, o que não faltam são meios para a população questionar e reclamar. Exemplo disso tem sido as constantes reclamações de pais com as salas de aulas ainda não climatizadas.

LANCHACIATA – Um grupo de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) organiza, no próximo domingo (15), no Lago Paranoá, uma “lanchaciata pela liberdade no Brasil”. Será que em Tamandaré vai ter lanchaciata também? Seria insano um áudio na voz de Zé Augusto convocando as pessoas: Traga sua lancha, seu iate, venha de Jet ski, mas venha!

TABOQUISMO – A desavença está no DNA Taboquinha e a gente até estranha quando não há polêmica no grupo. O diretor de Agricultura, Zome do Pará, disse que a redução de suas atividades, com as estradas vicinais passando a ser responsabilidade da Secretária de Serviços Públicos era por conta de ciúme dos vereadores Carlinhos da Cohab e Vando da Sertec com sua popularidade.

NOTA – A prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe emitiu nota e disse que a redução das funções de Zome do Pará se deu por decisão administrativa. Quem tem razão e quem está equivocado eu não sei, só sei que o Edgar Mafra já recebe pouca reclamação pelos buracos da cidade, ganhou de presente as futuras reclamações pelos buracos da zona rural também. A decisão administrativa deve ser porque o secretário de Serviços Públicos já tem pouco trabalho #SQN

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor

Postado por: Walter Miro

9 de maio de 2022

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

 

 

Reconhecimento: O diretor de agricultura e suplente de vereador, Zome do Pará (PP) tem, até então, seu nome reconhecido pela população da zona rural, devido a sua atuação a frente da referida pasta. A boa qualidade das estradas rurais e a constantes limpezas nas barragens e barreiros vinham sendo creditadas a Zome e causando ciúmes a membros do grupo Taboquinha, contudo, isso era apenas informação de bastidores.

Reduzido: Zome revelou ao Blog do Ney Lima que sua atuação a frente da pasta foi ‘reduzida’ e que as máquinas que ficarão a sua disposição será ‘apenas’ para melhorias das barragens e barreiros. As recuperações das estradas da Zona rural ficarão a cargo da Secretaria de Serviços Públicos.

Ciumeira: Zome ainda escancarou o que até então era conversa de bastidores, ou seja, que a razão dessa ação seria ocasionada por ‘ciúmes’ da parte dos vereadores Carlinhos da Cohab e Vando da Sertec.

Estancar: A exposição do fato por parte do secretário Zome inicia uma crise que é necessária o prefeito Fábio Aragão estancar. Pois o que mais é apontado nos bastidores políticos da cidade, principalmente no próprio seio Taboquinha, é de que a relação de alguns vereadores da base do Governo com alguns secretários não são das melhores.

Mau exemplo: O que mais já tratamos em nossas Curtinhas ou em nossos comentários na Rádio Polo são os conflitos políticos existentes entre vereadores da base do governo Lero, em Taquaritinga do Norte, e alguns secretários, assim como a falta de pulso de Lero em resolver a situação começou a lhe prejudicar na Câmara e na gestão. Esse exemplo, ruim por sinal, é a dica para o prefeito Fábio começar a cortar o problema pela raiz.

O bom exemplo: É necessário destacar a equipe da Diretoria de Esportes do município de Santa Cruz do Capibaribe, que tem a frente o jovem Gabriel Pontes. Ampliar o Campeonato da Moda o tornando regional e criando outras modalidades, a exemplo do futsal feminino, foi uma excelente sacada. O desafio será ampliar ainda mais e manter a qualidade e o sucesso.

Desgaste: O prefeito de Brejo da Madre de Deus, Roberto Asfora, enfrenta no momento o desgaste ocasionado pela primeira greve da categoria de professores na história do município. Os últimos dias vêm sendo marcados por movimentos dos educadores em diversas localidades da cidade e também nas redes sociais, além das salas de aulas vazias.

Educação paralela: Os professores do município de Brejo estão, além de reivindicando o reajuste salarial, apresentando aos meios de comunicações e população em geral uma educação paralela da que vem sendo propagada pela Gestão Asfora. Na pauta, a situação real das estruturas físicas e pedagógicas das escolas, qualidade da merenda, fardamento escolar entre outros pontos estão sendo destacados.

Abrindo mão: A categoria dos professores fez um ato na sessão da Câmara realizada na última quarta-feira (04), e deixaram claro que tem propostas dentro das previsões e números apresentados pela própria gestão, inclusive, abrindo mão de retroativos, mas o Governo Asfora não quer se abrir para o diálogo.

Parafraseando: A situação dos professores de Brejo é tão complicada há anos, que podemos parafrasear algumas frases do atual prefeito Roberto Asfora em uma carta aberta divulgada em julho de 2020, mas muito atual em sua gestão, como por exemplo, “Parte o coração ver como são tratados nossos queridos mestres em Brejo da Madre de Deus”.

Fica ligado: Mais uma vez, em solidariedade aos professores de Brejo da Madre de Deus, vamos ficando por aqui, semana que vem nos encontraremos novamente nesse valoroso espaço Blog da Polo.  Fica ligado nas Curtinhas em Áudio, toda Segunda-feira, na Rádio Polo, a partir das 17h, estou te esperando.

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor.

 

 

 

Postado por: Walter Miro

6 de maio de 2022

Politicando, com César Mello

 

 

No ar mais uma coluna ‘Politicando’, com os principais fatos da sempre animada (ou quase sempre) cena política de Santa Cruz do Capibaribe.

O que mais rendeu… – O principal assunto da semana, sem sombra de dúvidas, é o quadro de instabilidade que vive a Frente Popular de Pernambuco. Antes de força e favoritismo inquestionáveis, a Frente vive hoje um momento raro nos últimos 18 anos.

Situação apertada – Com muita gente graúda para poucas vagas na montagem da chapa majoritária, o bloco governista viu a insatisfação de nomes como, Eduardo da Fonte, André de Paula, Zé e Wolney Queiroz, e outros, só aumentar diante da indefinição que persiste até hoje.

‘Ninguém tasca, eu vi primeiro’ – O PT já deixou claro que não abre mão da vaga para a disputa pelo Senado, tendo Tereza Leitão como o nome indicado. A questão teria sido definida nos recentes encontros dos principais nomes nacionais do PSB com o ex-presidente Lula, o que deixa a situação ainda mais ‘apertada’, com apenas a vaga de vice de Danilo Cabral ‘disponível’ para os aliados.

Bola cantada – Enquanto isso, André de Paula se movimenta, anuncia candidatura ao Senado (com ou sem a Frente) e, de quebra, recebe o apoio e solidariedade de Da Fonte. Ou seja, talvez não rompam, mas todos os sinais já foram dados.

Ela está de ‘Melé solto’ – Quem ganha com tudo isso, claro, é Marília Arraes, que segue bem nas pesquisas e deverá ganhar de presente um pacote de insatisfeitos com a Frente Popular de Pernambuco.

O mudinho – E por falar em Marília, Zé Augusto Maia segue calado. Fez uma zoada danada há algumas semanas quando anunciou que apoiaria Marília, prometeu inclusive anunciar seus planos políticos (se seria ou não candidato) para a eleição deste ano, no entanto, se calou desde então e segue fazendo seu jogo, como se nada estivesse acontecendo.

Em Jataúba – O companheiro Marcondes Moreno escreveu em seu Blog que o ex-prefeito Antônio de Roque estaria perto de bater o martelo com Miguel Coelho para a disputa pelo governo do Estado. Ainda segundo Moreno, os dois já tiveram uma reunião neste sentido, e o apoio deve ser anunciado brevemente com visita de Miguel Coelho à Jataúba.

E agora? – Resta saber qual a participação do ex-prefeito de Santa Cruz, Edson Vieira, nessa possível parceria de Antônio de Roque e Miguel. Edson é o principal articulador de Miguel no Agreste e um dos principais no estado.

Idas e vindas – Todos sabem também que Edson sempre nutriu uma excelente relação com Antônio de Roque, que acabou estremecida com a aliança de Edson com Diogo Moraes para as eleições de 2012, 14 e 16. Entretanto, desde 2018, Edson e Alessandra se tornaram aliados do empresário Boy Ribeiro e de sua esposa, a atual prefeita Dra. Cátia Ribeiro, que são, por consequência, os principais adversários de Antônio de Roque.

E para finalizar, perguntar não ofende: Como o empresário Boy Ribeiro tem recebido as novidades que se desenham para o quadro eleitoral na cidade de Jataúba para a eleição de outubro?

Para mais informações da política e cotidiano acesse também o www.blogdocesarmello.com.br

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor

Postado por: Walter Miro

4 de maio de 2022

RESUMÓRIO, com o professor Tenório

 

 

SINAL VERDE – Sábado passado no Espaço Viventy, foi dado o ponta pé inicial na pré-campanha de Allan Carneiro para deputado estadual com o “Movimento Avança Polo”. O evento contou com a presença da pré-candidata ao Governo do Estado, Raquel Lyra, do deputado federal Daniel Coelho e o velho conhecido de Santa Cruz, Armando Monteiro.

 

CONHECENDO A CIDADE – Nunca é tarde para aprender, depois de vinte e dois anos visitando Santa Cruz e sendo bem votado, Armando Monteiro disse no evento que Allan o apresentou a Santa Cruz real, lugares que ele não conhecia. O povo é que parece que não aprende nunca a conhecer os políticos e seus discursos com frases de efeito e conveniência.

 

VINDA DO GOVERNADOR – A próxima vinda do governador Paulo Câmara a Santa Cruz está bem demorada. Algumas datas no ano passado até foram esboçadas, mas a visita não se concretizou. Será só falta de tempo na agenda ou alguma relação com o desgaste aqui na cidade e falta de apoio declarado da gestão? Como diz aquela canção, “eu acho que nãããão”.

 

CABO ELEITORAL – O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, desfruta de um desgaste imenso aqui na Capital das Confecções e se transforma num cabo eleitoral indigesto. A situação do Hospital da Restauração retratada esta semana com infiltração e parte do teto caindo só intensifica a situação da Frente Popular, que mais parece uma gestão em fim de festa.

 

NÃO VIERAM – Raquel Lyra, Anderson Ferreira e Miguel Coelho já estiveram em Santa Cruz e cidades aqui da região nesta pré-campanha. Marília Arraes e Danilo Cabral ainda não. A demora gera certa expectativa, principalmente para os contadores de pessoas em eventos políticos.

 

VINDA DO PRÉ-CANDIDATO – Uma das visitas mais aguardadas é a do pré-candidato da Frente Popular, Danilo Cabral. Não sei se virão juntos, mas se Danilo for conhecedor do amor do povo aqui por Paulo Câmara, pode até sugerir vir sozinho. É melhor estar só do que arriscar ser vaiado.

 

MAIS UM – A gestão do Novo Tempo em Santa Cruz sofre mais uma baixa no alto escalão, pois o Coronel Varêda entregou o comando da secretaria de Defesa Social na última sexta-feira. Já perdi a conta de quantos secretários já pediram pra sair. As razões de cada um são diferentes, só se imagina que não é por que estão felizes e satisfeitos na função. Em time que está ganhando, às vezes também é preciso mexer sem ter planejado.

 

JUNTOS E MISTURADOS – Ele não falou oficialmente, mas já se sabe que José Augusto Maia está filiado ao Solidariedade. Quem também está filiado ao partido da pré-candidata ao governo de Pernambuco, Marília Arraes, é o sobrinho querido de Zé, Ernesto Maia. Mais do que nunca, estão juntos e misturados em 2022.

 

BREGARIBE DO TRABALHADOR – O nome pode ter mudado feito o Campeonato dos Sítios, mas o “Bregaribe do Trabalhador” foi sucesso de público. A turma estava desacostumada com esse tipo de evento e com quanto cobram pela bebida.

 

O PREÇO – Já dizia uma canção de uma banda não de brega, mas de rock: “o preço que se paga às vezes é alto demais”. Tirando o pequeno apagão no palco e o preço das bebidas foi uma bela festa. Não foi uma realização da Voz do Povão Produções e Eventos, mas o destaque político ficou apenas para um vereador.

 

NA MESMA – E não importa a cor, sempre teremos a realização de festas com dinheiro público enaltecendo políticos. Uns cantam, outros apresentam atrações, outros são citados e muitos estão sempre tirando o melhor proveito possível, bastam estar no poder.

 

SEM LUZ – Se na festa do povão teve problema na iluminação, na festa particular que acontecia paralelamente também faltou luz no palco para a principal atração da noite. O cantor logicamente não gostou, mas começou o show assim mesmo. Como disse alguém que não lembro quem, pior foi para alguns verem a situação e não poderem culpar a prefeitura pelo imprevisto na festa particular.

 

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

 

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor.

Postado por: Walter Miro

2 de maio de 2022

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

 

Greve: Caso a gestão do prefeito Roberto Asfora, no município de Brejo da Madre de Deus, não amplie o diálogo de negociação com os professores até a próxima quinta-feira (5), a mesma enfrentará a greve da categoria deflagrada na última semana, que têm por expectativa uma forte adesão dos educadores.

Mínimo…: O diálogo da gestão Asfora com a categoria, em relação ao reajuste, é mínimo, apenas para não dizer inexistente. As poucas vezes que os representantes da gestão se reuniram com a categoria (nenhuma delas o prefeito se fez presente) foram com propostas irrisórias, se comparadas ao que cidades da região, mesmo que em algumas delas com muita luta, concederam, a exemplo de Santa cruz do Capibaribe, Taquaritinga do Norte e Toritama.

Sem valorização: A proposta da gestão Asfora não impacta os 33% de reajuste, determinado pelo MEC, no plano de Cargos e Carreiras do município, desvalorizando e muito a categoria. Roberto Asfora, em sua atual gestão, se iguala, até o momento, aos três últimos anos de governo do ex-prefeito Hilário e o último ano da última gestão de Dr. Edson em não conceder reajuste.

Sem poder: Para ter uma noção, a última vez que a categoria obteve um reajuste foi em 2017, ou seja, de lá até os dias atuais tudo aumentou e o poder de compra no salário do professor de Brejo da Madre de Deus diminuiu. Contudo, infelizmente, perder o poder de compra no salário do brasileiro é uma coisa comum, o que não é comum é ele ter diminuição.

Menos: Devido a Lei do reajuste na contribuição da previdência, em Brejo, como em basicamente todas as cidades do Brasil, o professor está contribuindo 3% a mais para previdência própria. Contudo, a diferença de Brejo para os demais municípios é que sem receber reajuste desde 2018, quando se faz todos os descontos no salário da categoria, principalmente o previdenciário, o professor passa a receber menos do que passou a ganhar em 2017, pois é, pasmem, o professor efetivo de Brejo, na realidade, recebe em 2022 menos do que recebia em 2017.

O pilar: O que acontece em Brejo da Madre de Deus com a categoria de professores há anos já é uma vergonha e na gestão Asfora, na atualidade, passa a ser um tremendo absurdo. Os últimos prefeitos eleitos na cidade, como são de praxe no Brasil, usaram a narrativa do discurso de que a educação é um “pilar da sociedade” e a valorização do profissional da educação é necessário, mas colocar em prática que é bom, nada. No caso do prefeito Roberto Asfora, o seu discurso em relação às graves e existentes falhas da gestão passada foram fortemente explorada, contudo, sua gestão passa a ser cada vez mais um espelho de cacos remendados do que tanto criticou.

Fica ligado: Em solidariedade aos professores de Brejo da Madre de Deus, vamos ficando por aqui, semana que vem nos encontraremos mais uma vez nesse valoroso espaço Blog da Polo. Convido você a ficar ligado nas Curtinhas em áudio, toda Segunda-feira, na programação da Rádio Polo, a partir das 17h, estou te esperando.

 

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor.

 

Postado por: Walter Miro

29 de abril de 2022

Politicando, com César Mello

 

 

No ar mais uma coluna ‘Politicando’, com os principais fatos da sempre animada (ou quase sempre) cena política de Santa Cruz do Capibaribe. 

Semana morna – Com a realização de mais uma Marcha à Brasília em Defesa dos Municípios, e com a ida de boa parte das principais lideranças locais a Capital Federal, o debate político acabou esfriando em Santa Cruz do Capibaribe. 

À distância – O destaque ficou por conta de publicações em redes sociais e principalmente, das participações, via telefone, de alguns daqueles que participaram do evento, com pequenas prestações de contas para a população.

À distância II – O evento ainda é visto por muitos como perca de tempo, ou mesmo, como gasto desnecessário de dinheiro público, no entanto, quase todos (alguns não estão nem aí para o que povo pensa) que participam tentam desfazer essa imagem negativa, com o cumprimento de extensas agendas de visitas a gabinetes de deputados, senadores e ministros. 

O Cruzeiro em pauta – No meio das boas notícias vindas de Brasília, uma chamou a atenção. O prefeito Fábio Aragão conversou com o Ministro Daniel Ferreira sobre a situação das casas do Residencial Cruzeiro, que foi invadido e depredado no final do ano passado e, de desde então, encontra-se com suas obras paralisadas. 

Dinheiro para a obra – O ministro se mostrou ciente do problema e prometeu uma solução rápida. “O processo já foi enviado pela Caixa Econômica Federal para o Ministério e está em fase final. A área técnica já informou que o parecer será favorável e a gente tem recurso garantido para isso”, disse ele.

A hora de Allan – No próximo sábado o empresário Allan Carneiro lançará oficialmente (de novo?) sua pré-candidatura a deputado estadual. Allan, que também foi síndico do Moda Center Santa Cruz por dois mandatos, parece ter tomado gosto pela vida política, já que há menos de dois anos ele disputou o mandato de prefeito de nossa cidade.

Quem vai estar com ele? – O evento, intitulado “Movimento Avança Polo” acontecerá a partir das 10 horas, no Espaço Viventy e contará com a presença da pré-candidata a governadora Raquel Lyra, do ex-senador Armando Monteiro, do deputado federal e presidente do Cidadania Daniel Coelho, da deputada estadual Priscila Krause e de lideranças locais e regionais.

Armandão, o camaleão – E nas idas e vindas da política, lá vem Armandão para mais um palanque em Santa Cruz do Capibaribe. Depois de se tornar ídolo do grupo vermelho e ter passeado pelo azul em duas eleições, ele agora vestirá o verde, do grupo que nasceu sob o signo da esperança de ser ‘o novo’ da política local.

Agora vai – E eis que, na tarde desta quinta foi publicado no Diário Oficial do Estado de Pernambuco, a abertura da licitação que visa contratar empresa para executar as obras da implantação da cobertura da Central de Feiras e Mercados de Santa Cruz.

Méritos para Diogo – Promessa do deputado Diogo Moraes, a cobertura da Central fará bem aos comerciantes e compradores que frequentam o local, como também, fará bem ao projeto político de Diogo, que vê ganhar contornos de realidade uma obra que tanto já lhe foi cobrada. 

Perguntar não ofende: Aqueles que depredaram o Conjunto Cruzeiro seguirão impunes? Devido a ação de vândalos (uns daqui e outros de fora), 500 famílias santa-cruzenses estão prejudicadas até agora e ninguém foi responsabilizado civil ou criminalmente até o momento. 

Para mais informações da política e cotidiano acesse também o www.blogdocesarmello.com.br 

Postado por: Walter Miro

27 de abril de 2022

RESUMÓRIO, com o professor Tenório

 

A VIAGEM – Santa Cruz está presente e muito bem representada na Marcha a Brasília em defesa dos municípios. Essas viagens sempre rendem mais do que belas fotos das paisagens da capital federal. Todos os grupos políticos trouxeram e certamente trarão mais uma vez investimentos importantes para Santa Cruz.

LOOKS – Todos tirando o terno do guarda-roupas e as roupas mais chiques participar da marcha em Brasília. Na verdade, quase todos, porque a deputada estadual Alessandra Vieira estava com um look diferenciado com um tênis e um blazer rosa. Importante lembrar que tanto na moda quanto a vida, ser simples também é ser chique.

EXPLICAÇÃO – A sempre favorita na disputa pelo Governo do Estado, Frente Popular, perdeu Marília Arraes e não pode se dar ao luxo de perder o apoio do PP. O presidente do Progressistas, Eduardo da Fonte, não descarta romper com o PSB. Está explicado por que o prefeito Fábio Aragão não sabe ainda quem apoiará para governador este ano.

ELE TAMBÉM NÃO – E não adianta criticar o prefeito de Santa Cruz por não ter definido quem apoiará para Governo do Estado, porque o muito elogiado Edilson Tavares está na mesma situação. O prefeito de Toritama disse que está aguardando, pois ainda há muita indefinição no atual cenário.

DEFINIÇÕES LOCAIS – Há não muito tempo, falávamos das indefinições dos filhos da terra, que não definiam se seriam candidatos a estadual, federal ou a nada. Com exceção de Zé Augusto que numa entrevista falou e não disse nada, as situações de Alan, Alessandra, Diogo, Edson e Robson Ferreira foram definidas.

INDEFINIÇÕES ESTADUAIS – O muído agora é com o não fechamento das chapas majoritárias para o Governo do Estado, que deixam alguns prefeitos, a exemplo de Fábio Aragão de Santa Cruz, e Edilson Tavares de Toritama, na onda das indefinições. Em agosto tem convenção, quero ver até lá esse povo não definir as suas vidas e, automaticamente, a dos outros.

AGORA SÓ FALTA VOCÊ – Aos poucos o prefeito do Brejo da Madre de Deus, Roberto Asfora, vai ficando isolado na região como um dos poucos prefeitos que não resolveu a questão do reajuste dos salários dos professores. Dívidas de gestões passadas, outros prefeitos também alegaram ter recebido. Nem por isso deixou de aparecer recurso do FUNDEB para fechar acordo com os mestres. A categoria segue lutando, pois nesse caso os últimos não serão os primeiros.

FORRÓ – Segunda passada foi dia de feira e dia da direita de Pernambuco voltar a Santa Cruz e visitar o Moda Center. Teve concentração, caminhada, almoço e cobrança do síndico do Moda Center das reivindicações feitas ao Presidente Bolsonaro no dia da imensa e histórica motociata realizada aqui. Só o forrozinho não foi suficiente, as pessoas querem sempre mais. Entre outros, estavam presentes pré-candidatos a deputado estadual, federal, senador e governador, a chapa completa.

RESGATE CULTURAL – Depois de mais de vinte anos, o ‘Festival da Carroça de Burro’ voltará a ser realizado em São Caetano. A gestão resgatou o evento e anunciou atrações de peso, como por exemplo, Jorge de Altinho, Mastruz com Leite e Dorgival Dantas. Nunca que eu sabia que existia uma festa chamada de Festival da Carroça de Burro. Fica aí a dica para prefeitos nostálgicos.

NOSTALGIA – Ainda nessa vibe de nostalgia será que ainda combinava um quengão no grande e belo São João da Moda? Ou Raça Negra numa Festa de Setembro lá na avenida Padre Zuzinha? Talvez um sim e outro não, mas é a cara dos Taboquinhas.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor.

Postado por: Walter Miro

22 de abril de 2022

Politicando com César Mello

 

Bem amigos e amigas, a partir desta sexta-feira, semanalmente, teremos esse ‘encontro marcado’ na coluna Politicando, um espaço, tanto no Blog da Polo, quanto nas ondas da Rádio Polo (sempre à tarde), onde repercutirei os principais fatos da semana, em especial no campo político, que por mais que ainda esteja nublado e/ou morno, tende a ferver com as definições, debates e embates que ocorrerão até o próximo mês de outubro.

O pacote – O primeiro tema que trago é o pacote de ‘boas notícias’ trazidas pelo prefeito Fábio Aragão nesta semana. Fábio lançou o ‘Transforma Santa Cruz’, em evento que contou com a presença dos principais nomes do grupo Taboquinha e que serviu para o anúncio de obras em várias áreas da gestão municipal, que, segundo ele, serão entregues nos próximos meses.

O desafio – “Eu gosto sempre de anunciar quando tudo já está devidamente encaminhado, que é o caso desses anúncios, que vão iniciar seus trabalhos nos próximos meses e que, muito em breve, vão transformar o dia-a-dia dos santa-cruzenses”, disse Fábio, que terá como principal missão, quebrar a cisma do povo de Santa Cruz, que já viu outros pacotes serem anunciados, para que pouco dos mesmos se tornasse realidade.

O desafio II – Ao todo, as obras terão um investimento de mais de R$ 25 milhões. É muita grana e a expectativa, óbvio, é que tudo se transforme em benfeitorias para a população de nossa cidade.

Diogo na área – “Estamos vendo que Santa Cruz do Capibaribe realmente vive um novo tempo na gestão de Fábio e Helinho, que não medem esforços para transformar a cidade e trazer coisas novas para o nosso povo”, disse o deputado Diogo Moraes, que esteve no ato e se mostrou empolgado com o trabalho de Fábio e Helinho Aragão.

A importância da terra natal – Diogo é inteligente e sabe da importância de Santa Cruz, sua principal base eleitoral, em seu projeto de reeleição.

Lula cá – Quem também esteve no evento de anúncios foi o pré-candidato a deputado federal Lula da Fonte, filho do deputado federal Eduardo da Fonte, e que tem se tornado figurinha carimbada em eventos do grupo Taboquinha.

Povo bom de festa – Uma coisa ficou clara no evento de terça-feira: O Taboquinha é bom de festa! Além das lideranças, centenas de militantes e simpatizantes do grupo marcaram presença e festejaram os anúncios de Fábio.

Na Polo FM – Outro fato que movimentou a semana política na cidade foi a ida do ex-prefeito Edson Vieira ao programa ‘Rádio Debate’. Cauteloso e comedido em suas palavras, Edson evitou polêmicas e se dedicou mesmo a tentar comprovar a viabilidade do seu ‘projeto federal’ para este ano.

As contas – Edson sabe o quão prejudicial pode ser a pecha de deputado municipal, talvez por isso já ande com uma relação de cidades e principais apoiadores a tiracolo.

Resta aguardar – A missão é difícil, no entanto, todos sabem que Edson é um dos políticos profissionais do Polo de Confecções.

O ruído do silêncio de Zé – Enquanto isso, o enigmático Zé Augusto Maia simplesmente se calou sobre quais posições irá tomar em relação ao pleito de outubro. Prometeu um comunicado para o dia 18, data limite do envio das listas dos partidos para o TRE, mas até agora, nenhuma palavra objetiva sequer.

Silvinho deve tá manso… – Até agora, a única informação ‘oficial’ é o fato de ele ter se filiado mesmo ao Solidariedade, partido da pré-candidata ao governo do estado, Marília Arraes. A confirmação veio do filho de Zé, Tallys Maia, que segue no Republicanos, partido presidido no Estado por Sílvio Costa Filho, que deve ter ficado ‘P’ da vida com a decisão de Zé.

E para finalizar, por hoje, deixo um questionamento para os nossos leitores: Seria André Mendonça, ministro do STF, o mais novo comunista da nação?

Para mais informações da política e cotidiano acesse também o www.blogdocesarmello.com.br

As opiniões expressas, são de responsabilidade de seu autor

Postado por: Eliton Araujo

20 de abril de 2022

RESUMÓRIO, com o professor Tenório

 

 

ANÚNCIO DE MILHÕES – O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Fábio Aragão, anunciou na noite de ontem (19) o projeto ‘Transforma Santa Cruz’, com investimento de cerca de 25 milhões de reais em reformas e construções de obras importantes para o município.

SOM DE CAMPANHA – O sonoplasta do evento é Taboquinha da gema, pois as músicas tocadas no Transforma Santa Cruz eram do repertório de campanha de Fábio e Helinho. Animou geral, na campanha e no lançamento do projeto. Mais uma evidência do distanciamento de Zé é não terem tocado o Parará.

ANUNCIAÇÃO – Quem acompanha a política mais de perto estava ansioso pelos tão falados anúncios do projeto Transforma Santa Cruz que aplicará cerca de 20 milhões em reformas e construção de obras na cidade. Mas tem muita gente que a maior curiosidade é pelo anúncio das atrações do São João da Moda 2022.

A RODA GIROU – As voltas que o mundo dá nos mostra que um dia você está no grupo que reclama, questiona. No outro, você está assistindo um show do Safadão direto do palco fazendo story, com direito a selfie. Há quem diga que não está descartada a possibilidade da vinda do Safadão para o São João da Moda 2022. Será?

ATUAÇÃO – Ontem também foi o dia da primeira reunião ordinária da atual legislatura realizada no Teatro Municipal. Não haveria lugar melhor para parlamentar que adora incorporar algum personagem nas falas, discursos e ações.

SEM ESTRUTURA – Depois de passarem meses reclamando dos problemas estruturais da Casa José Vieira de Araújo, que passa por uma ampla reforma, os vereadores se depararam com um Teatro Municipal necessitando de reparos e uma maior atenção do poder público.

DEMORA – Não chega a ser demorado feito a entrega das casas do Residencial Cruzeiro à população, mas a divulgação do partido escolhido por José Augusto Maia para se filiar está bem demorada. Pra saber se ele será ou lançará algum filho candidato este ano é melhor esperar sentado.

NÃO FALOU – Em entrevista ao programa Rádio Debate da Polo, semana passada, Zé Augusto quase não falou. Apenas pediu para aguardarem. A pequena participação Tallys Maia na entrevista acabou repercutindo mais do que toda a participação de Zé.

VISITAÇÃO – Os principais pré-candidatos ao Governo do Estado de Pernambuco foram a Fazenda Nova assistir ao Espetáculo da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém. Uns com uma comitiva grande outros nem tanto assim.

COREOGRAFIA – Ir a Nova Jerusalém assistir a Paixão de Cristo qualquer um vai e muitos políticos foram. Quero ver fazer a coreografia do ‘desenrola, bate e joga de ladinho’ que viralizou no Instagram igual José Augusto fez. As definições de juventude foram atualizadas, esqueçam o tablet.

A FAVOR DO CONTRA – Com a desobrigação do uso da máscara em espaços fechados, exceção para escolas, transporte público e unidades de saúde, não estranhem se virem muitas pessoas ainda de máscara, afinal tem muita gente a favor do contra. Mas nesse caso, a prudência é bem-vinda.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor

Postado por: Walter Miro

18 de abril de 2022

As curtinhas do Romenyck Stiffen

 

O Pacote

“O pacote”: Pra quem acompanha nossas curtinhas, no dia 29 de março trouxemos a curtinha com o tópico “O pacote”, na ocasião destacava que uma fonte da “mais pura e cristalina água” Taboquinha nos adiantou que vem anúncio de um pacote de ações da gestão Fábio Aragão para o município, com várias obras de médio e grande porte iniciando esse ano e algumas sendo entregue até o dia 29 de dezembro. Pavimentações com números elevados de ruas anunciadas para calçamentos e asfaltos, não vai faltar, já que a estratégia é ultrapassar em quatro anos o que a gestão Vieira fez em oito, outra área que nossa fonte nos garantiu que terá ações estratégicas, entre elas, obras de “tijolo e cimento”, será a educação.

Bem avaliado: Ainda nas curtinhas do dia 29 de março, analisávamos que após fortes turbulências no início de 2022, a nossa fonte nos afirmou que a gestão apostará em obras para fechar mais um ano bem avaliado. É esperar para ver, quais serão essas ações, os volumes das mesmas e de que forma elas podem impactar na vida da sociedade ao ponto de alavancar uma possível boa avaliação, como os membros da gestão estão apostando.

Dia D: Após trazermos em primeira mão a referida informação, na última semana o prefeito Fábio Aragão e seus aliados estão propagando o que é considerado por alguns membros da gestão como o “dia D”, nos cabe acompanhar se de fato as expectativas para o próximo dia 19 de abril é de que o “Transforma Santa Cruz” torne a cidade, em futuro muito próximo, em um verdadeiro canteiro de obras.

Sem solução: Basicamente todas as cidades de nossa região do Polo de Confecções terminaram as negociações como os seus professores, independente do desgaste no período de negociação, o desfecho foi sempre com os 33% não apenas no piso, mas também no Plano de Cargos e Carreiras (PCC). Contudo, a gestão do Prefeito Roberto Asfora, em Brejo da Madre de Deus, não consegue dá um desfecho a tal situação sem que apresente uma proposta ridícula à categoria, travando ainda mais o PCC dos referidos profissionais.

Sem reajuste: Os professores de Brejo da Madre de Deus é a categoria que mais sofre com a questão de reajuste, dos últimos sete anos, estão seis sem receber reajustes, vejamos: último ano da gestão de Dr. Edson (2016), três últimos anos da gestão Hilário Paulo (2018, 2019 e 2020) e já se encontram no segundo ano da gestão Asfora sem uma luz no final do túnel (2021 e 2022). Necessário destacar que essa mesma categoria ainda não recebeu os vencimentos de dezembro de 2020, salário e parte do décimo terceiro, deixado pela gestão Hilário e ainda não honrados pela gestão Asfora, apesar de haver a expectativa de receber no corrente ano.

Valorização?: Resta saber se na cabeça da gestão Asfora, valorização do servidor é apenas pagar em dias? Pois até o momento, em relação ao reajuste salarial, pelo menos o do professor, é tão parecido quanto à gestão Hilário Paulo.  Pra quem gostar de sugerir enquete metal, a exemplo do professor Tenório, teríamos um duelo extremamente difícil entre Hilário Paulo x Roberto Asfora, no que diz respeito em ser o pior prefeito na questão reajuste salarial.

As opiniões aqui expressas, são de responsabilidade de seu autor.

Postado por: Eliton Araujo

13 de abril de 2022

RESUMÓRIO – Com professor Tenório

 

 

MAIS CHUVA E MAIS BURACO – A cidade de Santa Cruz do Capibaribe continua sendo agraciada com vários dias de chuva nas últimas semanas. Paralelamente a isso, também estamos sendo contemplados com mais buracos nas ruas de todos os bairros da cidade. Segundo alguém que não lembro quem, o Secretário de Serviços Públicos precisará de um caderno de doze matérias para anotar todos os pedidos de conserto de buracos e saneamentos estourados.

NEM PRECISA SAIR – Para se deparar com essa realidade, os vereadores nem precisam sair tanto de seus gabinetes, como sugeriu o vereador Emanuel Ramos, pois certamente no caminho diário de cada um haverá um buraco. Novo, velho, pequeno ou grande, a única certeza que se tem é a de um buraco no caminho.

PAIXÃO DOS PROFESORES – A palavra paixão, de origem latina, significa sofrimento. Logo, a Paixão de Cristo significa o sofrimento de Cristo. Em Brejo da Madre de Deus, temos a paixão dos professores, que até o momento nem sinal de reajuste para categoria de professores.

CONTRADIÇÃO – Fábio Aragão vai reajustar o salário dos professores de forma gradativa até o fim do ano. Há quem diga que o reajuste dado pelo prefeito de Santa Cruz é mais de 36%. E não era impossível? E não iria comprometer as finanças do município?

ACHOU UMA BOTIJA?  – Não sei como o prefeito dizia que não tinha condição de dar o reajuste de 33% para não comprometer as finanças do município e tem servidor nas redes sociais comemorando que ele deu um reajuste de 36,73%, superando o do governo do estado. E ainda tem recurso para anunciar pacote de ações. Ou o pessoal da contabilidade é de humanas ou o prefeito achou uma botija.

FIM – O projeto de reajuste dos professores de Santa Cruz foi aprovado na Câmara de vereadores e chega ao fim a tensa e polêmica negociação de 2022. Já podemos voltar a falar das muriçocas que voltaram com força total.

O PREFEITO É POP – Fábio Aragão foi visitar a Escola Municipal Lindalva Aragão de Lira, no Santo Agostinho, e foi surpreendido com um monte de crianças pedindo seu autógrafo. Tem militante e servidor que vejo a hora fazer a mesma coisa dessas crianças, tamanha a admiração. É preciso cuidado para não ser picado pela mosca azul nem se sentir um pop star.

O NOVO E O VELHO – Alan Carneiro e Armando Monteiro na mesma foto, com troca de elogios, é um retrato do novo e do velho juntos e a necessidade de novas narrativas.

BREGUICE – Na vida e em Santa Cruz nem tudo acaba em festa! E brigar por brega é muito brega. O povo de Santa Cruz merece homenagem e uma bela festa para comemorar o dia do trabalhador. Se forem duas festas, melhor ainda. Se forem duas festas sem confusão, aí que o negócio fica bom.

INDEFINIDO – Em entrevista na Rádio Polo, questionado sobre o candidato a governador que apoiará na eleição de 2022, o prefeito de Santa Cruz, Fábio Aragão, ficou em cima do muro, disse que estava esperando as definições e que vai definir no momento certo. Temos um muro federal e um estadual!

NA FONTE – Dos três principais grupos políticos de Santa Cruz, o Taboquinha é o único que ainda não sabe quem apoiará para governo do estado. Pelo que se percebeu, quem quiser saber qual será o pré-candidato, é melhor perguntar na ‘Fonte’, pois aqui ainda não sabem a resposta.

 “Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões aqui expressas, são de responsabilidade do autor

Postado por: Eliton Araujo

6 de abril de 2022

RESUMÓRIO – Com o professor Tenório

NORMALIDADE – Aos poucos as coisas vão, de fato, voltando ao normal. Liberação de uso de máscara em espaços abertos, estádios com capacidade máxima de público, São João, eleição, Copa do Mundo e Flamengo sem ganhar título.

JÁ TEM DATA – O São João da Moda 2022 já tem local e data definidos. Será no Estádio Aryzão de 17 a 28 de junho. A expectativa agora é pelas atrações. E dependendo das atrações, ou não faltará nada de básico nos serviços públicos ou o prefeito não seguirá a ideia do pai. Fernando Aragão não era entusiasta de um grande São João enquanto faltava, por exemplo, lençóis no Hospital Municipal.

NA FRENTE DE CASA – O São João da Moda manterá o nome e o local de sua realização, mostrando que as escolhas da gestão Vieira estavam corretas. As tradicionais quadrilhas de rua começarão no dia 26 de maio e seguirão até o dia 16 de junho. O que aparentemente não dará para se manter é a tradição que Edson Vieira implantou de encerrar as quadrilhas na rua de sua casa. Não combina de forma alguma uma quadrilha matuta na frente de um condomínio tão chique. Os moradores da Malhada agradecem a não manutenção dessa tradição.

PEGADINHA DO MENINO – Não ‘PODEMOS’ acreditar em tudo que político fala. Edson Vieira disse em evento no Espaço Viventy que se filiaria ao Podemos e disputaria o cargo de deputado federal. Surpreendeu Dida naquele dia, que disse que não sabia da pré-candidatura nem da filiação ao Podemos. E surpreendeu muita gente no fim de semana quando se filiou ao União Brasil.

UM NÚMERO A MENOS – Descendo uma casa, Edson Vieira e Alessandra Vieira se filiaram ao União Brasil no último fim de semana e já não são mais 45. O número do novo partido é 44. Apesar de terem se filiado ao Cidadania, Alan Carneiro e Valmir Ribeiro devem comandar os destinos do PSDB em Santa Cruz.

SEM MASCOTE – Se o novo partido de Edson e Alessandra tem mascote eu desconheço, mas os botons de tucanos já podem ser doados a Alan e Valmir. Quando obtivermos uma informação de bastidores dos pré-candidatos Edson e Alessandra já não poderemos mais usar a famosa frase: ouvi de um tucano de alta plumagem…

O POWER POINT – A última rodada de negociação dos professores de Santa Cruz do Capibaribe com o prefeito Fábio Aragão foi bastante esclarecedora. De forma didática, os mestres mostraram com uso de datashow que a projeção financeira tão falada, postada e compartilhada estava equivocada e, além disso, mostraram que não deveriam estar usando o dinheiro do FUNDEB para pagar previdência.

COLETIVA – O resultado da análise docente após os três estudos de impacto financeiro feitos pela gestão será apresentado numa coletiva de imprensa. O vereador que disse que ficaria do lado da verdade não pode perder esse evento, será bem esclarecedor.

TOMOU GOSTO – Amadureceu a ideia inicial do grupo verde e em vez de Valmir Ribeiro, Allan Carneiro será o candidato a deputado estadual. Será a segunda disputa eleitoral consecutiva de Allan, mostrando que tomou gosto pela política. Se disputar mais uma em 2024, serão 3 disputas em quatro anos. Se não vencer alguma dessas duas, haverá desgaste natural de seu nome.  Mas se vencer, estará mais forte e poderá mudar o rumo da política santa-cruzense.

VAI TER CLÁSSICO – Os três principais grupos políticos de Santa Cruz vão com força máxima para a disputa de estadual em 2022. Allan, Alessandra e Diogo disputarão a eleição, quem será majoritário na cidade e quem sairá mais forte para 2024.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor.

Postado por: Eliton Araujo

4 de abril de 2022

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

 

 

Definições: Como havíamos adiantado nas últimas Curtinhas, a semana passada seria de definições na política nacional, estadual e local. Nesse contexto, as lideranças dos principais grupos de oposições de Santa Cruz do Capibaribe, pré-candidatos para o pleito de 2022, aproveitaram a janela de filiações e definiram as siglas para disputa.

Aos 45: O ex-prefeito Edson Vieira havia anunciado que iria se filiar ao Podemos a convite do deputado federal Ricardo Teobaldo, presidente estadual do partido. Mas aos 45 minutos do segundo tempo da janela de filiação oficializou que sua entrada no União Brasil, mesma sigla escolhida pela deputada Alessandra Vieira.

Sobrevida: Que Edson Vieira não terá uma vida fácil na disputa para deputado federal, isso todo mundo sabe, contudo, no Podemos a missão era praticamente impossível. O União Brasil pode ser uma sobrevida para Edson, dependendo do desempenho do palanque Miguel Coelho e dos possíveis candidatos a deputado federal do União Brasil, a exemplo de Fernando Bezerra Coelho Filho, Mendonça Filho e Luciano Bivar.

Cidadania: Essa foi à escolha dos pré-candidatos do grupo Verde, os empresários Allan Carneiro e Valmir Ribeiro, definiram o Cidadania como sigla para possível disputa de uma cadeira na Alepe e o futuro palanque de Raquel Lyra (PSDB) na disputa estadual. Mas falta oficializar o nome que irá disputar o cargo de deputado estadual, Valmir ou Allan Carneiro? Nos bastidores, a aposta em cima de Allan, em detrimento a Valmir, estão aumentando.

Fortes críticas: No programa Fala Prefeito da última sexta-feira (1°) o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Fábio Aragão (PP), fez fortes críticas aos seus adversários políticos, em relação às pré-candidaturas a deputado estadual e federal que acredita ser “sem viabilidade”.

Vai não: O discurso de fortes críticas do prefeito Fábio Aragão as “denominadas candidaturas sem viabilidade”, e sua reafirmação de apoio aos projetos de reeleição do deputado estadual Diogo Moraes (PSB) e o deputado federal Eduardo da Fonte (PP), deixa muito claro que a filiação de Helinho Aragão ao PP não representa uma estratégia do grupo Taboquinha para municipalizar as eleições estaduais na cidade, algo contrário disso, será uma contradição de discursos muito grande.

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor.

 

Postado por: Walter Miro

30 de março de 2022

RESUMÓRIO – com o professor Tenório

 

CELEBRIDADES – Não é em todo país que muito like em rede social capacita alguém para disputar uma eleição de deputado estadual ou federal. Vai de quem criou um bordão a mendigo, passando por mãe de celebridade, ator, palhaço e criador de papa capim.

PROTESTO – Muitos pensam que estão protestando quando votam nesses candidatos, mas na verdade estão caindo nas estratégias dos partidos que buscam esses puxadores de voto para eleger outros políticos de carreira. Isso não é protesto, é votar mal e ser responsável por eleger também pessoas que não têm a menor condição de elaborar, discutir e votar em pautas importantes para vida de todos nós.

ILEGAL – Com a greve decretada ilegal pela Justiça, os professores de Santa Cruz do Capibaribe voltaram à sala de aula na última segunda-feira (28). A greve acabou, a luta não.

DIÁLOGO – Além das movimentações nas redes sociais, a categoria de professores mantém a agenda de luta. Conversou com o deputado estadual Diogo Moraes (PSB) que também vai trabalhar na tão falada ‘ponte’ que Flávio Pontes (PP) e Augusto Maia (PSB) sempre mencionam. Vai que rola mais um estudo de impacto financeiro e uma nova proposta.

CERÃO – A decretação de ilegalidade da greve também mostrou que o digitador fez Cerão. Como deu para todo mundo perceber, a greve não era da Guarda Municipal como escreveu alguém da gestão e sim dos professores. Um Ctrl+C, Ctrl+V ajuda bastante. Uma corrigida no que se escreve ajuda mais ainda.

FILIANDO – Se vai fazer a bancada estadual e federal que anda falando não sei, só sei que o deputado federal Eduardo da Fonte está filiando pré-candidatos com força no PP. Segundo ele, será o partido mais atrativo para quem deseja disputar uma vaga na Alepe ou Câmara Federal. O homem é desenrolado…

COPO MEIO CHEIO OU MEIO VAZIO – Em terra de apaixonados por partidos e por políticos, a maneira como se noticia ou se diz algo sobre eles mostra mais sobre quem diz do que de quem foi dito. Mais ou menos como a história do copo meio cheio e meio vazio.

ARQUIVADA OU DUAS A MENOS? – Dependendo da cor preferida, azul, verde ou vermelho, é possível dizer que duas denúncias contra o prefeito Fábio Aragão e a Secretaria de Saúde foram arquivadas pelo Ministério Público, mostrando que a compra das quentinhas e o aluguel da ambulância UTI estavam de acordo com a lei e as denúncias eram apenas para tentar desgastar a imagem da gestão. Ou dizer que agora são duas denúncias a menos sobre suposto superfaturamento na gestão Taboquinha, restando averiguar a situação da aquisição dos kits escolares e a reforma das escolas.

MUNICIPALIZAÇÃO – O cenário ainda não está definido, mas existe a possibilidade de uma municipalização de candidaturas a deputado federal ‘filhos da terra’ aqui em Santa Cruz do Capibaribe. Seriam várias candidaturas de grupos políticos distintos para não deixar ninguém correr solto e dar o esquenta para 2024.

VIABILIDADE – Bases e viabilidade inexistem, mas o objetivo de alguns não seria a eleição. Seria apenas manter o grupo firme e forte para a verdadeira eleição municipal. Basta só iludir o povo com a história de que tem chance de se eleger. O povo tem experiência na arte de ser enganado.

LIDERANÇA – Marília Arraes (SD) lidera intensões de voto para o Senado e para o Governo de Pernambuco nas pesquisas eleitorais. Se estivesse no BBB 2022, também seria líder e acabaria com a sina de eliminados integrantes do quarto Lollipop.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor.

Postado por: Walter Miro

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!