17 de janeiro de 2022

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

 

 

Dentro dos bastidores: Passamos basicamente uma semana em visitas ao município de Taquaritinga do Norte e na ocasião conversamos e ouvimos MUITO os principais agentes políticos do município, em uma de nossas visitas, participamos diretamente de uma mala com oito, dos 11, vereadores da cidade, parlamentares de todas as alas políticas da Dália da Serra, e é perceptível que de frio, só existe o clima da cidade, pois a política na Terra do Café, esquenta a cada dia. Nesse contexto, nas Curtinhas desta semana, vamos tentar destrinchar o que colhemos nos bastidores.

24h: Taquaritinga está respirando política 24h por dia, pois estamos acompanhando, diariamente, a antecipação da discussão política de 2024, mas na Câmara de vereadores, particularmente, a grande maioria absoluta dos parlamentares estão fazendo as contas e articulações para fazer à mesa diretora que estará à frente da Casa de Leis no biênio 2023/2024, mesmo as eleições só ocorrendo na penúltima reunião ordinária do ano, que deverá ocorrer em dezembro.

Elemento principal: Os grupos de oposições, juntos, têm seis dos 11 vereadores e entre os seis parlamentares, está o vereador mais velho (principal critério de desempate) que é o Milton Cícero (MDB). Mas falta o elemento principal: UNIDADE.

Sinuca de Bico: O vereador oposicionista Ronaldo César (PSD) deixou mais que claro, tanto ao utilizar a tribuna da Câmara na última sessão (13), como em conversa com este colunista, que será candidato a presidente da casa, independente de ter apenas o próprio voto. Nos bastidores, existe uma forte resistência de membros da bancada Gravatinha de votar em Ronaldo, pois não engolem a forma que o parlamentar deixou o grupo, nem a postura política do vereador.

Pelo empate: Mesmo sem o desejo de votar em Ronaldo e sem contar com o voto do mesmo para eleição do próximo biênio, o grupo Gravatinha tem a opção de compor com Milton Cícero e jogar pelo empate, já que o parlamentar é o mais velho. Contudo, membros do grupo Gravatinha nos confidenciam que ainda precisam digerir a falta de gestos, por parte de Milton, no último biênio, onde não compôs com o grupo Gravatinha e contribuiu para o grupo Calabar assumir a mesa diretora, levando o vereador Demir assumir a presidência.

Fortalecer?: Outro ponto de preocupação de membros do grupo Gravatinha, a possibilidade de fortalecer um novo grupo político da cidade, caso Milton e Ronaldo cheguem à presidência. Por outro lado, existe o dilema de assistirem mais uma vitória Calabar. Necessário também apontar que no grupo Gravatinha, tanto o vereador Amauri Mino, quanto o parlamentar Guilherme Cumaru colocaram o nome a disposição para disputar a presidência.

Sem resolução: Um parlamentar de oposição nos informou que uma reunião entre as oposições existiu nos últimos dias, mas sem chegar a uma resolução.

Chamou atenção: Em entrevista a Rádio Filadélfia FM, na ultima sexta-feira (16), o vereador oposicionista Hélio de Novo afirmou que, dependendo da conjuntura, não tem dificuldades de votar no vereador situacionista Eraldo da Pedra Preta. Necessário lembrar que Eraldo já chegou à presidência uma vez com os votos e compondo a mesa com oposição, entre eles o próprio Hélio, e não é a primeira vez que Hélio elogia a presidência de Eraldo.

Faca e o queijo?: Olhando as dificuldades existentes para que os grupos de oposições possam se unir e ocasionar uma derrota no grupo de situação, nós poderíamos até imaginar que o grupo Calabar estaria com a faca e o queijo na mão. Contudo, não é fácil encontrar um nome que tenha, hoje, a unanimidade.

Novo elemento?: De forma aberta e sem pedir reserva o presidente Demir nos afirmou, na frente dos demais pares, que poderá colocar o projeto da reeleição para ser votado pelos vereadores. Entre os parlamentares presentes em nossa conversa, percebemos que as bancadas Calabar e Gravatinha, hoje, não teriam unanimidade em uma linha de aprovação ou reprovação do referido projeto. Contudo, dificilmente, hoje, o projeto passaria sem um dispositivo na lei que garantisse que a reeleição só valesse para a próxima legislatura.

Fica ligado: Hoje, logo mais às 17h, na Rádio Polo, estaremos trazendo os bastidores da política de nossa região, e Taquaritinga também estará em pauta. Entre alguns pontos: O recuo dos aliados do deputado Lessa e mais uma expulsão na política na cidade, além de outros bastidores, fica ligado.

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor.

Postado por: Walter Miro

12 de janeiro de 2022

RESUMÓRIO – com o professor Tenório

 

 

PEQUENO – Assim como o sossego no grupo Verde em Santa Cruz e no Calabar em Taquaritinga, o recesso do Resumório em janeiro é pequeno demais. Já estamos de volta para, de forma peculiar, trazermos o resumo de tudo que acontece na política de nossa cidade e região, assim como fazemos desde 2015.

LITORAL – O recesso foi curto, mas deu tempo passar dois dias no litoral e voltar com alguns fuxicos na bagagem. Fuxicos políticos, claro. Enquanto uns falavam de quem estava descansando, a ‘euquipe’ do Resumório estava passeando e trabalhando na coleta de informações. Participar de uma mala política é muito bom, se for a beira mar, melhor ainda.

ANO NOVO – O ano pode até ser novo, mas o que não falta é problema velho. Se você parar para acompanhar um pouco do que acontece na nossa cidade, perceberá que muitas pessoas continuam reclamando de buraco, saneamento estourado e muriçoca. Isso mesmo, muriçoca. Elas estão de volta em 2022.

INDEFINIÇÕES VELHAS – Chegamos quase na metade do mês de janeiro e ainda não se definiram, de forma oficial, as candidaturas de Edson / Alessandra, Valmir Ribeiro, Robson Ferreira e José Augusto Maia, se é que todos serão mesmo candidatos.

PROBLEMAS – E se você acha que seu ano novo está repleto de problemas velhos, com buracos e muriçocas, imagine o ano novo do ex-prefeito Edson Vieira, com o Governo do Estado querendo devolução de 10 milhões e o MPPE abrindo inquérito civil para investigar a gestão dele, mais especificamente a abertura de crédito suplementar de 19,6 milhões. Vou nem falar de uma queixa de popular por ameaça.

SAÚDE – Informações dão conta de que o ex-monte de cargos públicos, José Augusto Maia, está bem DE saúde e bem NA saúde. Carlinhos da Cohab pode até ter uma cota maior de indicações, mas os Maias também estão na área.

FINANÇAS – Um projeto político de Zé diferente do caminho seguido pela maioria do grupo Taboquinha poderá prejudicar a ‘saúde’ financeira de filhos e aliados. A eleição para síndico do Moda Center continua como opção.

VERDINHOS – E o grupo político denominado Carneirinhos mais uma vez faz jus a cor que os representa. O envolvimento da vereadora Nega, de sua assessora e da assessora do vereador Emanuel Ramos no uso de diárias para participação em evento político do PSD Mulher em Recife está dando o que falar. Importante dizer que o valor das diárias foi devolvido pela vereadora e assessoras.

AMBIENTE HOSTIL – Para quem leva informação a população, o ambiente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz ultimamente deixou de ser acolhedor e passou a ser um ambiente hostil para alguns. Esse caminho que estão seguindo, esse receituário é contraindicado para quem tem bom senso e preza pela boa relação entre as pessoas e instituições.

QUARTA VIA – Em participação por telefone no programa Rádio Debate, da Rádio Polo, o deputado estadual Diogo Moraes criticou o apoio do vice-prefeito de Taquaritinga, Gena Lins, ao deputado estadual Delegado Érick Lessa. Diogo disse que não considera mais Gena como Calabar, falou em quarta via e essa praticamente expulsão esquentou a política na Terra do Café.

BATATA ASSANDO – Do outro lado, o apoio de Batata a Chaparral, abandonando o projeto Vieira para 2022 também movimenta os azuis, que parecem só assistir de camarote as confusões dos vermelhos.

CAFÉ, CENOURA E BETERRABA – Depois de conseguir articular a candidatura em 2020 do hoje prefeito de Santa Cruz, Fábio Aragão, e contar naturalmente com seu apoio, o deputado federal Eduardo da Fonte está dando uma atenção especial a políticos de Taquaritinga, Brejo da Madre de Deus e Jataúba. A aproximação com um prefeito e dois vices segue lindamente. O deputado estadual Diogo Moraes testemunhou o poder de articulação de Da Fonte em 2020.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor

Postado por: Walter Miro

10 de janeiro de 2022

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

 

 

2022 chegou e…

Chegou: 2022 chegou e com ele os prazos para mais um pleito eleitoral se encurta e as definições políticas em nossa região se aproximam, movimentando e deixando sequelas no tabuleiro político regional. Na verdade, algumas das definições já existem, só não foram ainda oficializadas. É nesse contexto que iremos construir não apenas as Curtinhas dessa semana, no Blog da Polo e Rádio Polo, mas também as das próximas semanas.

A rede da esperança: Estamos em meados de janeiro de 22 e até agora o grupo Carneirinho não oficializou as diretrizes para o pleito que se aproxima. Contudo, um “Carneiro do alto berro”, nos informou que o nome do empresário Valmir Ribeiro será, sim, oficializado e ainda esse mês acontecerá uma reunião interna com os vereadores, suplentes e lideranças que marcharam com o grupo em 2020. O anúncio estaria dependendo só do aval da Rede Sustentabilidade sobre as condições do diretório municipal do partido em Santa Cruz, pois a pré-candidatura de Valmir será pela Rede e tem o apoio de Túlio Gadelha, aliás, o deputado é quem estaria viabilizando a aquisição de algumas cidades onde ele é votado.

Fortalecimento e restruturação: A Rede Sustentabilidade passará por um fortalecimento no munícipio, pois terá o candidato a deputado estadual do grupo Carneirinho em seus quadros, Valmir Ribeiro, e o seu diretório local provavelmente terá o empresário Alan César e a psicóloga Yasmina Souza à frente da legenda, ambos estavam filiados ao PSD e PDT, respectivamente.

Dificuldades: Valmir não era a primeira opção, e nem de longe é uma unanimidade no grupo Verde em Santa Cruz, mas as dificuldades não param aí, saindo das fronteiras da Capital da Moda, a possibilidade de um possível apoio ao projeto já foi descartado pelo prefeito de Toritama, Edilson Tavares (MDB), nome de proximidade do grupo na cidade, e também foi colocado como carta fora do baralho por parte do prefeito de Taquaritinga, Lero (PSB), com quem Valmir afirmou, em entrevista, que conversaria.

E aí, quem vai?: No grupo Boca Preta, as apostas continuam de que o ex-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), irá se candidatar a deputado estadual, substituindo assim, a deputada Alessandra Vieira (PSDB) na disputa. A bola já é cantada e os adversários políticos de Edson Vieira na cidade já miram com artilharia pesada no ex-prefeito, na tentativa de lhe desgastar a cada dia, por exemplo, propagando e potencializando as ações jurídicas que existem ou surgem contra o mesmo.

E região: Apesar de bases consolidadas em várias cidades de Pernambuco, a família Vieira tem algumas situações pontuais em nossa região que precisam resolver, por exemplo: conseguir manter o apoio do grupo liderado pelo empresário Boy em Jataúba e estancar uma possível sangria no grupo gravatinha de Taquaritinga do Norte, iniciada pelo vereador Ronaldo César em 2021 e podendo ser potencializada pelo ex-vereador Batata.

A novela: O deputado Diogo Moraes enfrenta uma novela, pasmem, não estamos falando, ainda, em uma altura dessas, de uma possível novela Taboquinha em Santa Cruz do Capibaribe. Mas nas dificuldades e resistências políticas que o deputado estadual Diogo Moraes (PSB) vem encontrando no grupo Calabar, em Taquaritinga do norte. O vice-prefeito Gena irá caminhar com o deputado Erick Lessa (PP), que também conta com o apoio do vereador situacionista, João Eugênio, e de alguns suplentes e lideranças do grupo Calabar.

Não emplacou: Brejo da Madre de Deus, que sempre deu uma votação interessante ao deputado estadual Diogo Moraes, hoje, é uma incógnita, pois, nos bastidores, ainda não deu pra sentir e identificar os nomes em defesa do projeto de reeleição do deputado no município. Por exemplo, o vereador mais votado do Brejo da madre de Deus, Coió, que era dado como um possível apoio nos informou que ainda não tem nada definido de sua parte e que dependerá da resolução de demandas que foram apresentadas, mas ainda não resolvidas.

Amanhã tem mais: Fique ligado em 100.7, pois excepcionalmente amanhã às 17h, na Rádio Polo, teremos as Curtinhas em áudio, onde traremos mais informações sobre os bastidores quentes e intensos, típicos de um ano eleitoral na nossa região.

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor.

Postado por: Walter Miro

23 de dezembro de 2021

RESUMÓRIO ESPECIAL DE NATAL – com o professor Tenório

 

Assim como o Natal de Poço Fundo, a Festa da Cohab e entrega de obras e ações no final de ano, não pode faltar o tradicional Resumório Especial de Natal, a coluna que traz com exclusividade os pedidos de Natal dos políticos e personalidades de Santa Cruz e região ao nosso querido e Bom Velhinho. Algumas cartinhas apócrifas que estão rolando nas redes sociais com pedidos de crianças a Papai Noel criticando a gestão Taboquinha são fictícias, mas os desejos postados aqui são bem reais.

Lívia Borba – Desejo permanecer como Secretária de Saúde até o fim da gestão, que os ofícios de minha Secretaria sejam entregues e devidamente protocolados e que a vereadora Jéssyca pare de me chamar de mentirosa.

Irmão Soares – Papai Noel, quirido, ixpero que todush e todash tenham um muito de paciência quanto à possibilidadje dje minha adesão ao grupuô… denominado, Taboquinha. Ixpero que ixperem o tempuô que for necessário para que eu possa encontrar um motchivo e um discurso que justchifique a minha adesão.

Zé Augusto – Papai Noel, cara, eu desejo ser eleito deputado federal ou deputado estadual ou síndico do Moda Center. Também gostaria que o prefeito Fábio Aragão me desse espaço no governo e ouvisse minhas ideias para transformar essa cidade que tanto amo e dediquei toda uma vida por ela.

Douglas Ferreira do SINDUPROM – Querido Papai Noel, desejo que o prefeito Fábio Aragão valorize mais a categoria de professores como o prefeito de Toritama, que seja mais transparente e conceda os reajustes que tanto almejamos.

Ernesto Maia – Amigo Noel, só peço que os Bocas Pretas apaixonados e doentes pelo partido não só votem em Jéssyca para ver se dessa vez eu passo dos trezentos votos e consiga voltar à Câmara de Vereadores.

Capilé – Querido Papai Noel, muito obrigado por atender meu pedido de 2019, que era conseguir me eleger pela Terceira Via e o pedido de 2020 que era ser o presidente da Câmara de Vereadores. Obrigado por atender meus pedidos, me querer bem e falar bem de mim sem precisar gastar com publicidade feito alguns profissionais da imprensa de Santa Cruz. Carlinhos da Cohab e Jéssyca Cavalcanti, Vossas Excelências podem ler essas colunas e tenham CERTEZA que vocês nunca terão dois pedidos consecutivos atendidos que nem eu. Eu acredito que estou fazendo uma grande gestão na Câmara de Vereadores e também acredito em Papai Noel. Sim, antes que me esqueça, meu pedido para 2022 é só que Alberes Xavier, Carlinhos da Cohab e Jéssyca parem de encher meu saco.

Fábio Aragão – Papai Noel, como fiz o maior Natal da história dessa cidade, festa em homenagem a você, acredito que tenho direito a alguns pedidos. Primeiro, desejo que mais nenhum secretário peça para sair do governo. Segundo, que minha aprovação em 2022 chegue a 90%. Terceiro, que mamãe e Jason Lagos se destaquem mais na minha gestão. Quarto, desejo que o sindicato dos professores entenda que não tem dinheiro para conceder rateio e reajuste. E, por fim, espero que o abono tecnológico, concedido com “esforços inimagináveis”, consiga melhorar a relação de parte da categoria comigo por um tempo.

Valmir Ribeiro – Amigo Papai Noel, estou estreando com pedidos este ano, porque para meu grupo vencer mais uma eleição no Moda Center e eu ser eleito deputado estadual, precisarei recorrer até às crendices populares. São só esses dois pedidos, ALEPE e Moda Center. Diferente das entregas dos tratores, não aceito vitória simbólica e oficial. Se for para perder em alguma dessas disputas, que não sejam por tão pouco, porque é ruim demais assim.

Alessandra Vieira – Papai Noel, meu pedido é que eu seja candidata a deputada estadual em 2022. Se tiver de ser candidata a prefeita em 2024, não tem problema. Edson era deputado e disputou a prefeitura em 2012, por que eu não posso fazer do mesmo jeito?

Diogo Moraes – Noel amigo, meu pedido é que os vereadores e lideranças que me apoiaram na eleição passada em Taquaritinga e na região do Polo de Confecções continuem comigo. Você resolve isso pra mim e os pedidos que chegarem aí para requalificar rodovias, cobrir Central de Feiras, água nas torneiras e construção da nova Rodoviária, pode me repassar que eu prometo prometer resolver.

Jéssyca Cavalcanti – Papai Noel, máquina! Já que o senhor não atendeu meu desejo do ano passado de ser a presidente da Câmara, retirei meu nome da próxima disputa, mas pelo menos garanta minha reeleição em 2024. Só peço isso! Sei que é perdido pedir ao senhor, mas espero que resolvam aquele caos no estacionamento do Moda Center e o calor nessas feiras horríveis.

Cleciana Alves – Querido Papai Noel, meu desejo além de continuar como Secretária de Educação até o fim da gestão de Fábio Aragão é que Santa Cruz melhore ou pelo menos mantenha as mesmas notas nas avaliações externas do SAEPE e SAEB.

Augusto Maia – Papai Noel, já que você não me atendeu ano passado, que pedi pelo menos metade das indicações que Carlinhos da Cohab tem no governo, vou pedir a presidência da Câmara, pois sobre a forma que conduzi a Casa José Vieira de Araújo tenho recebidos elogios até da vereadora Jéssyca Cavalcanti. Obrigado Capilé, por me fazer um presidente melhor do que fui.

Nega da ONG – Papai Noel, só desejo que não misturem política com meus cachorros, que parem de botar os animais inocentes no meio desse jogo sujo que é a politicalha dessa cidade.

Vando da Sertec – Papai Noel, nada a pedir, só agradecer por você ter me atendido, não permitindo que Galego de Mourinha assumisse o mandato. Só lembre de continuar assim até o fim da legislatura, esse foi o pedido.

Carlinhos da Cohab – Papai Noel minha potência, desejo que o prefeito Fábio Aragão me conceda só mais alguns empregos para meus eleitores, porque tenho de ter mais voto que Marcelo Cumaru e ser um dia o vereador mais votado de uma eleição em Santa Cruz, feito Nailson Ramos e Nega da ONG. Desejo também que o Natal de Poço Fundo seja um sucesso como foi a Festa da Cohab.

Edson Vieira – Papai Noel, claro e evidentemente que não farei como Zé Augusto que aceita ser eleito até síndico do Moda Center. Minha prioridade é ser eleito Deputado Federal, mas se não for possível, me contentarei com a vaga para estadual.

Marcelo Cumaru – Papai Noel, meu desejo é que eu continue fazendo esse excelente trabalho como secretário de governo, seja candidato a vereador sem ser fritado pelos concorrentes do partido e, a cereja do bolo, ter mais votos do que Carlinhos da Cohab, mas não deixe ele ficar sabendo disso para não ficar com inveja de mim e me criticando em seu programa de rádio feito ele faz com o pessoal da Polo que dizem as verdades que ele quer esconder.

Gena Lins – Querido Papai Noel, desejo que o povo de Taquaritinga reconheça meu trabalho e minha história e que eu seja o único candidato a prefeito do Grupo Calabar em 2024.

Allan Carneiro – Papai Noel, desejo que se Valmir Ribeiro tenha uma votação pífia em 2022, nosso grupo continue firme e forte para 2024. Desejo também que se a votação dele for boa, não tenham dúvida que o líder do grupo e candidato a prefeito serei eu. Sei que esse é bem mais difícil, mas espero que Capilé pare de fazer tanta besteira na presidência da Câmara de Vereadores.

 

E o desejo do resumorista é que em 2022 tenhamos todos muita saúde, amor, paz, conquistas e, como sempre, muitos motivos para sorrir.

 

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor.

Postado por: Walter Miro

20 de dezembro de 2021

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

 

 

 

Coluna Especial (I): Concluímos mais um ano no Blog da Polo e Rádio Polo. Estamos entrando na nona temporada no Grupo Polo e a responsabilidade de fazer parte de dois grandes meios de comunicações de Santa Cruz do Capibaribe e região só aumenta. Portanto, nesse aprendizado constante só temos a agradecer aos parceiros de 2021.

Coluna Especial (II): Agradecer e abraçar nas últimas curtinhas do ano a toda uma equipe que nos dá um imenso suporte: a família Polo, pois sem ela, nossas opiniões e material com exclusividade não chegariam até vocês.

 

Coluna Especial (III): O agradecimento se estende a todos os políticos de Santa Cruz e região do Polo de Confecções, pois apesar das constantes divergências ideológicas, o respeito sempre foi mútuo e nos rendeu exclusividade em diversos assuntos.

 

Coluna Especial (IV): Agradecer aos amigos que estiveram diariamente em 2021 e que nos irmanamos a cada dia no programa Rádio Debate: Silvio José, Professor Tenório, Melqui Lima e Euzébio Pereira.

 

Coluna Especial (V): Mas, nosso agradecimento especial é para você, leitor do Blog da Polo e ouvinte da Rádio Polo, que durante o ano de 2021, sofreu ao nosso lado, sentiu a emoção que sentimos, ficamos felizes juntos, divergiu de nossas opiniões, mas como uma família de verdade não nos abandonou.

 

Coluna Especial (VI): Portanto, nessa última curtinha do ano de 2021, desejamos boas festas e firmamos o compromisso de encararmos lado a lado mais um ano que chegará cheio de desafios, mas juntos driblaremos todas as adversidades, em especial desejo muita prosperidade a minha querida Santa Cruz do Capibaribe que completará, próximo dia 29 de dezembro, 68 anos de nossa emancipação. É o que deseja esse amigo, Romenyck Stiffen e família.

 

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor.

Postado por: Eliton Araujo

15 de dezembro de 2021

RESUMÓRIO – com o professor Tenório

 

QUENTE – Os bastidores da política na Terra do Café continuam fervendo, principalmente com o grupo Calabar. O tempo vai passando e em vez de se resolverem os problemas internos, aparece mais pré-candidato para majoritária e mais insatisfação de aliados.

 

BOM E RUIM – Segundo vereadores da situação, a exemplo de Geovane e João Eugênio, a gestão de Lero está boa administrativamente e ruim politicamente falando. O que será que a população acha da gestão Lero?

 

NÃO SÓ VEREADORES – Além de vereadores de situação, pelas falas públicas do vice-prefeito Gena Lins sobre o deputado estadual apoiado pelo prefeito Lero, Diogo Moraes, a insatisfação do grupo nem é pequena e só tende a crescer.

 

ARTICULADOR – Se o articulador político de Santa Cruz é criticado em toda mala de esquina, não quero nem imaginar o que deve ser falado do articulador Calabar lá em Taquaritinga do Norte.

 

NA MESMA – Por aqui as pessoas continuam criticando implacavelmente o presidente da Câmara de Vereadores, Capilé da Palestina. Só por que ele organizou a confraternização da Câmara numa segunda-feira meio-dia, numa piscina em dia nublado, as pessoas ficam pegando no pé dele.

 

PACIÊNCIA – É preciso um pouco de paciência com o presidente, da Câmara, com o do Brasil, precisa de muita paciência. Capilé não tinha como adivinhar que o dia seria nublado nem poderia imaginar que uma segunda-feira não agradaria vários parlamentares.

 

MAIS UM – Além de Capilé da Palestina, mais um que anda sendo bastante criticado é o secretário de mobilidade de Santa Cruz do Capibaribe, Cleiton Barboza. Depois do apagão no Semáforo da PE 160, no cruzamento com a Maestro Alexandre, com a “brilhante ideia” de interditar o cruzamento, os “deselogios” só aumentaram. Já pensaram se ele assumisse a pasta de mobilidade de Xangai?

 

PAPAI NOEL DA POLO – Tomara que o Papai Noel da Polo este ano não seja nem Capilé, nem Cleiton Barboza, pois se for um deles nem o prêmio de mil e quinhentos reais e nem o espírito natalino serão suficientes para evitar a chuva de críticas que os dois têm canalizado nos últimos dias.

 

NATAIS – E o sucesso do momento são os natais nas cidades da região. Antes só Garanhuns e Taquaritinga se destacavam pela decoração natalina. O sucesso das duas cidades definitivamente contagiou os prefeitos da região e já temos o Natal Encantado em Santa Cruz e o Natal da Esperança em Jataúba, além de um capricho maior na decoração de algumas cidades da região.

 

OCUPAÇÃO TRADICIONAL – As ocupações do MTST estão virando tradição no início das gestões em Santa Cruz do Capibaribe. O prefeito anterior passou por essa situação que se repete com o atual. O detalhe é que a ocupação em vigor está em clima de Natal, com direito à decoração e homenagem ao pai do prefeito.

 

CONSELHO – Resta saber qual dos gestores teve/terá mais habilidade para lhe dar com as ocupações e qual será o conselho que o assessor especial do gabinete de Fábio Aragão, entender de ocupações, está dando ao prefeito neste momento.

 

OCTÓGONO – Espera-se que o conselho não seja para resolver o impasse num octógono entre prefeito e líder da ocupação, assim como aconteceu numa cidade do Amazonas com o prefeito e um ex-vereador oposicionista. Que esse fato vire folclore e não exemplo para ninguém no Brasil.

 

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor.

Postado por: Walter Miro

11 de dezembro de 2021

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

Bastidores

 

Bastidores: Quem vem se tornando figurinha carimbada na política de Taquaritinga do Norte é o deputado estadual delegado Erick Lessa (PP), sua presença na abertura do Natal do distrito de Pão de Açúcar e no time dos políticos do município, só vem aumentando as expectativas do seu desempenho nas urnas da cidade no pleito de 2022, onde disputará à reeleição.

Robusto: Recentemente, debatemos que Lessa recebeu apoio de correligionários dentro do grupo Calabar, entre eles, podemos destacar, o suplente de vereador e assessor especial do gabinete do prefeito Lero (PSB), Baiano (PDT). Contudo, recebemos a informação de que o delegado terá apoio de dois vereadores de bancadas distintas e terá um grupo robusto no município, fazendo frente, principalmente, ao deputado estadual Diogo Moraes (PSB). Com os nomes em mãos, fomos à busca da confirmação ou não.

Confirmado: Um dos nomes destacados foi o vereador situacionista João Eugênio (PDT) que nos confirmou que caminhará, sim, no projeto de reeleição do deputado Lessa. Segundo João “na outra eleição, eu já não apoiei Diogo, tenho um grande respeito por ele, sei de toda sua trajetória em Taquaritinga, mas hoje, no momento político, nós vamos seguir caminhando com Lessa e nossos companheiros estão vendo a presença dele em Taquaritinga bastante favorável”.

Naturalidade: Questionamos João Eugênio sobre o apoio a um candidato a deputado estadual diferente do prefeito Lero e ele nos apontou que “Eu vejo com naturalidade, uma vez que o prefeito Lero não ofereceu nenhum empecilho da outra vez que apoiamos Tallys, então não será diferente agora, não é somente eu do grupo que está tomando esse caminho”. Também perguntamos se o deputado federal seria diferente do prefeito, o vereador respondeu “Nós ainda estamos conversando, vamos ver o que pode acontecer”.

O desabafo: Em conversa com esse colunista, o vereador João Eugênio fez um forte desabafo, destacando “o problema maior da questão dos deputados do nosso grupo (Calabar) é que eles deixaram bem claro que eles têm prefeito, não tem vereadores, aí fica difícil, então quem tem compromisso com eles é apenas o prefeito, dessa forma. Tanto o estadual, quanto o federal, nós já recebemos esse recado”.

Avaliação: João Eugênio ainda nos fez uma rápida avaliação sobre o governo Lero, segundo o parlamentar “A questão administrativa do governo Lero tá bem melhor do que no mandato passado, mas a questão política é zero, sempre foi zero. Lero não dá atenção política aos vereadores dele, nem se importa com os deputados. Isso aí sempre foi nítido quando nas disputas pela Presidência da Câmara, ele não fez nenhuma interferência e deixou que a gente perdesse pra oposição, a gente tendo a maioria. Então isso aí já mostra a falta de habilidade política do prefeito. Lero é muito político pra resolver as coisas pra ele, agora pra quem sempre deu sustentação, aí ele não é político não, ele se esquece. Isso daí é a política da ingratidão”.

Nítido: Nas curtinhas em áudio da última segunda-feira, 06/12, trouxemos que não é de hoje que a parte política da gestão Lero estaria falhando, e essa é uma queixa constante dos vereadores de situação, contudo, essa falha passará a ser sentida pelos deputados apoiados pelo prefeito e pela própria gestão, o que ficou claro na última sessão, 07/12, onde os vereadores de situação rejeitaram a urgência urgentíssima do Projeto do Executivo, Nº 019/2021, que institui a Fundação Taquaritinguense de Artes e Turismo – FUNTART, deixando claro, em algumas falas, que era devido à falta de articulação política da gestão. Nesse contexto, o referido projeto só será discutido em 2022.

Alinhado: Na referida sessão, o vereador e líder do governo na casa, Geovane César (PSB), fez uma avaliação da gestão Lero, muito semelhante à de João Eugênio. Segundo Geovane, a parte administrativa no ano foi muito proveitosa, destacando as ações do governo, mas a parte política foi mais um ano desastroso, “mais um ano com a carência da postura de um líder político”. Ao fazer uma observação do resultado da última eleição e a falta de habilidade política atual da gestão, Geovane fez o seguinte questionamento: “Será que existe gordura política pra se errar tanto?”. Geovane ainda destacou que Lero é um prefeito do grupo Calabar, mas hoje, não estaria com a postura de um líder do grupo Calabar.

Chateado: Geovane demostrou chateação com a gestão em diversos pontos de seus discursos, e alguns nos chamou muita atenção, foram eles: Quando mandou o recado para pessoas que compõem o governo e estaria tentando atingir a sua comunidade, em uma espécie de boicote de ações e no momento que destacou ter sido cortado das imagens nas peças publicitárias da inauguração da iluminação do Natal de Pão de Açúcar, solicitou esclarecimentos do prefeito, mas não obteve a resposta necessária. Geovane chegou a afirmar que irá observar a postura do governo, até a volta dos trabalhos da Câmara, e decidirá se irá se manter como líder do governo ou não.

E o outro?: Havíamos destacado, nas curtinhas acima, que recebemos a informação que o delegado Lessa iria ter o apoio de dois vereadores de bancadas distintas, um era o vereador João Eugênio, da situação, e o da oposição seria a vereadora Natália de Luquinha (PTB), e o próprio Luquinha. Conversamos com o ex-vereador Luquinha da Saúde que nos afirmou que “Não teria nenhum vínculo com o deputado”, destacando que, ao lado de sua filha, vem sofrendo com diversas notícias falsas e reafirmou seu compromisso com os deputados do grupo, ou seja, o candidato da família Vieira para estadual e André de Paula (PSD), para federal.

Fica ligado: Próxima segunda-feira, 13/12, às 16h, nas curtinhas da Rádio Polo, sintonize 100,7 e acompanhe os bastidores da política de nossa região, entre as cidades em destaque, Jataúba, Santa Cruz do Capibaribe, Brejo da Madre de Deus e a própria Taquaritinga do Norte.

As informações trazidas nesta coluna, são de total responsabilidade de seu autor

Postado por: Eliton Araujo

8 de dezembro de 2021

​RESUMÓRIO – com o professor Tenório

 

 

24 É LOGO ALI – Os bastidores da política de Taquaritinga do Norte fervem com a disputa interna para saber quem será o candidato a prefeito em 2024 pelo grupo Calabar.

DOIS NO PÁREO – O ex-prefeito Evilásio Araújo não é mais o responsável pelas polêmicas do grupo. Os protagonistas da vez são o vice-prefeito Gena Lins e Alisson Dias, o $obrinho favorito. O trabalho agora vai ser dobrado, feito entrega de trator em Santa Cruz, para acalmar os ânimos do grupo até 2024.

NOVES FORA – E as polêmicas na Terra do Café não são apenas na majoritária. O legislativo norte-taquaritinguense segue quente com Hélio de Novo tendo sua ligação atendida pelo prefeito Lero e debochando dos vereadores situacionistas, que devem ter esquecido de colocar o 9 antes do número do prefeito.

LÍDER ESQUECIDO – Além disso, tem o líder do governo, Geovane Cezar, chateado por que foi cortado do vídeo institucional na abertura do lançamento da decoração natalina de Pão de Açúcar. Segundo ele, foi a primeira vez que viu se esquecerem do primeiro a discursar. E até agora não sabe se foi erro, má fé, amadorismo ou qual a razão para cortarem o líder do governo e divulgarem o delegado Lessa que também discursou.

MAIS RESPONSABILIDADE, MENOS SECRETÁRIOS – E a reestruturação pretendida pelo prefeito Fábio Aragão nas secretarias dá mais responsabilidade aos secretários e está deixando a gestão com menos secretários, pois segundo informações de bastidores, pelo menos uns três quiseram entregar os cargos. Aparentemente, dois desistiram de desistir e Beatriz Arruda vai deixar a pasta de Desenvolvimento Urbano.

CONCURSADO – As malas políticas da cidade são os lugares mais indicados para quem gosta de política e pretende dar boas risadas. O Resumório deve muito a elas. O episódio caricato mais recente de uma mala foi esta semana, na aparição de Galego de Mourinha, que disse estar confiante e que em breve estaria com seus trabalhos na Câmara. Assim que Galego saiu, um gaiato perguntou se ele teria feito o concurso da Câmara de Vereadores. Parece que o caminho via concurso está mais fácil do que pelo jurídico. Boa sorte ao amigo Galego de Mourinha, mesmo o pessoal da mala não acreditando muito nesse retorno.

AUDIÊNCIA – Nesta quarta-feira (8), aconteceu uma audiência pública na Câmara de Vereadores de Santa Cruz para debater problemas relacionados ao atendimento das pessoas com deficiência da cidade. Dessa vez, não teve gemidão do WhatsApp atrapalhando, como num outro evento ocorrido lá. Mas chamou a atenção e causou risos a promessa da Secretária de Saúde ao promotor. Lívia Borba disse e repetiu que dia 15 não, mas 30 DE FEVEREIRO aumentará a quantidade de profissionais da saúde para atender as pessoas com deficiência. Algumas mães acabaram concordando: “só se for dia 30 de fevereiro mesmo”.

MAIS TRABALHO – Os seguranças do Moda Center deveriam ter um reajuste salarial dos grandes, pois assim como Helinho Aragão que trabalha como vice-prefeito e acumula as funções de eventos e articulação política na gestão, eles fiscalizam o povo que quer usar aplicativo concorrente nas imediações do parque de feiras, apreendem equipamentos que consomem muita energia nos boxes, como por exemplo, aparelhos de som, ferro elétrico e sanduicheira. Como se não bastasse tudo isso, ainda desempenham a função de evitar jumento acasalando no estacionamento do Moda Center. É mole, ou quer mais?

ARTICULAÇÃO – E quem está tão feliz quantos os professores efetivos de Toritama é o prefeito de Santa Cruz, Fábio Aragão, com a ainda repercussão positiva do Natal Encantado. Com a repercussão do Natal e com o remanejamento de 20% do orçamento aprovado na Câmara com emenda e votos da bancada Verde. Um ano depois, a articulação política da gestão finalmente funcionou.

PAPAI NOEL DA EDUCAÇÃO – O prefeito Edilson Tavares foi o papai Noel dos professores, atendendo até os pedidos que não foram feitos. O gestor deu reajuste salarial para categoria com retroativo a janeiro, deu computador, antecipou décimo e vai dar rateio. Com certeza, não será convidado para a confraternização os prefeitos da região, porque ele deixa os colegas constrangidos fazendo assim.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor.

Postado por: Walter Miro

6 de dezembro de 2021

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

 

 

O encontro: No próximo sábado (11), a Direita de Santa Cruz do Capibaribe estará realizando um encontro no Espaço Viventy, as 19h. Em conversa com um dos organizadores do evento, o objetivo do encontro será unir as pessoas de direita e conservadoras que fizeram campanha em 2018, além dos direcionamentos para 2022.

Presenças: O evento terá a presença do empresário e filho da terra, Robson Ferreira, que se coloca como pré-candidato a deputado federal, da deputada estadual Clarissa Tércio, pré-candidata ao Governo de Pernambuco e figurinha já carimbada em Santa Cruz do Capibaribe, além da expectativa de um possível nome do Governo Federal.

Mais um: Através da articulação do vice-prefeito de Taquaritinga do Norte, Gena Lins, o grupo Calabar ganha mais uma adesão de um membro que disputou as eleições municipais de 2020 no grupo da Terceira Via. Desta feita, estamos falando de Suerlan Santiago, candidato a vice-prefeito pelo grupo em 2020.

Fragilidade: O grupo da chamada Terceira Via de Taquaritinga, que surpreendeu ao abrir as urnas em 2020, começa a mostrar fragilidade ao perder membros importantes, pois Suerlan se junta a nomes como Genilson, Irmão Beto, Neto da Vila, Geraldão do Tatus, Queiroz da Pedra Preta.

Força: Em uma pré-campanha constante, o vice-prefeito Gena Lins vai aglutinando forças para encabeçar a chapa majoritária em 2024, pois todos os nomes acima citados, ou especulados, estão migrando para o grupo Calabar para apoiar o projeto do vice-prefeito, que hoje tem em seus calcanhares a ameaça do empresário Alisson Dias, na disputa interna do grupo, no quesito majoritária.

Não acredita: Diversos áudios do vereador Milton Cícero (MDB) estão rolando nos grupos de WhatsApp, onde o mesmo responde a um convite de Queiroz da Pedra Preta para aderir ao projeto do vice-prefeito Gena Lins. Nos referidos áudios, Milton reafirma seu projeto na Terceira Via e sua postura de independência, descartando uma possível adesão para o momento e aponta, analisando a conjuntura política, não acreditar que Gena será o escolhido para ser o candidato do grupo Calabar.

Momento: Afirmando não ter medo de ser candidato por uma Terceira Via, como ocorreu em 2020, o vereador apontou que não servirá de troféu pra ninguém e que ainda tem mais de três anos de mandato, afirmando não ser momento de tomar decisão política pra adesão para qualquer que seja o grupo político, mesmo apontando respeitar as decisões dos ex-companheiros de grupo.

Cedo: Em conversa com este colunista, além de reafirmar tudo que falou nos áudios vasados, o vereador Milton Cícero apontou ser muito cedo para discutir 2024, reconheceu que manter um grupo além dos tradicionais Calabar e Gravatinha em Taquaritinga não é fácil, devido os assédios políticos destes grupos, principalmente de quem está com o poder na mão, mas destacou que irá cumprir toda sua defesa de campanha até o próximo pleito e que em 2024 é que irá analisar as conjunturas políticas, analisando sempre o que for melhor para Taquaritinga.

Sonho: Ao falar sobre a presidência da Câmara, Milton afirmou ser um desejo de todos os vereadores ser, um dia, presidente da Casa, portanto, seu sonho não seria diferente, mas destacou que a coisa tem que acontecer naturalmente. Apontou que a conjuntura atual estar diferente do último pleito e em nossa conversa ficou perceptível que o mesmo vem mapeando as movimentações de forma constante e que uma composição para chegar à presidência não caracteriza uma adesão ao grupo político que venha lhe garantir a votação necessária.

Tem mais: Fica ligado, pois nesta segunda-feira, às 16h, nas Curtinhas do Romenyck na Rádio Polo, tem mais informações da política de nossa região.

 

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor.

Postado por: Walter Miro

1 de dezembro de 2021

RESUMÓRIO – com o professor Tenório

 

 

O(S) ASSUNTO(S) – Tirando os arames farpados nas estradas da zona rural, a variante ômicron e os acordos comerciais entre Brasil e países asiáticos que podem derrubar a taxa de importação de confecções e afetar diretamente as cidades do Polo de Confecções, não se fala em outra coisa na cidade além do Natal Encantado.

 

NÃO ESTAVA LÁ – Quem não estava presente mais uma vez em um evento Taboquinha ou pelo menos não foi visto no Natal Encantado foi José Augusto Maia. Não sei quem é o Papai Noel da Polo, mas bem que o do Natal Encantado poderia ser Zé, surpreendendo todo mundo que desacredita na união do grupo para 2022.

 

PAPAI NOEL ‘AZUL ACABOU’ – No passado, até Papai Noel azul já apareceu nessa cidade. Essa possibilidade está totalmente descartada durante o Natal Encantado, que caminha para ser uma marca do grupo Taboquinha.

 

VERMELHO, VERDE E AZUL – Os três Reis Magos do presépio do Natal Encantado estão vestidos de vermelho, verde e azul, colocados exatamente nessa ordem. Não sei qual a cor das roupas que Gaspar, Baltazar e Melchior usavam, mas sei o resultado da última eleição em Santa Cruz e não acredito em coincidências na política.

 

FOI BOM – A verdade é que o Natal Encantado encantou a população que esteve nas Avenidas 29 de Dezembro e Padre Zuzinha no último final de semana. Foi tão bom que falar mal ou botar defeito por mera politicagem pode virar crime hediondo, sem direito a fiança. Quem é que tem coragem?

 

PÁGINA VIRADA – Depois de uma semana apanhando mais do que Judas em Semana Santa, finalmente o presidente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz, Capilé da Palestina, teve uma notícia positiva com o arquivamento do MP em denúncia de Carlinhos da Cohab.

 

ÂNIMO – O presidente está bem mais animadinho depois dessa vitória na justiça. Está organizando o jogo amistoso entre políticos de Santa Cruz e Taquaritinga sem aquela carinha triste dos últimos dias que apareceu nas fotos da entrega do trator.

 

FIM DE PRAZO – Ontem acabou o mês de novembro e o prazo estipulado pelo grupo Verde para a anunciação do pré-candidato que vai disputar a vaga de deputado estadual pelo grupo, um filho da terra, conforme os planos iniciais.

 

SEM AGENDA – Segundo informações de bastidores, o grupo Verde já tem candidatura definida, só não teve brecha na agenda do deputado federal André de Paula para vir a Santa Cruz para um anúncio oficial.

 

SEM NOME – Valmir Ribeiro, o nome da vez, concedeu entrevista à Rádio Polo nesta quarta-feira (1°) e disse que colocou seu nome à disposição, mas a situação não está definida, porque ainda falta conversar com pessoas do grupo. Resumindo, a apresentação de candidatura prevista para novembro vai ficar, no mínimo, para dezembro. Existe uma visita programada de André de Paula para próxima sexta-feira e fica a expectativa para todas as definições acontecerem ainda nesse fim de semana.

 

NOME – Carlos Massa, o Ratinho, sabe empreender mesmo, pois vai ganhar milhões em Santa Cruz do Capibaribe sem nem ao menos saber pronunciar o nome da cidade. Isso ficou evidente durante a apresentação da cantora Leidinha Santos no quadro 10 ou 1000 do Programa do Ratinho.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor.

Postado por: Walter Miro

28 de novembro de 2021

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

 

 

Começar 22: Em recente participação no programa Rádio Debate, da Rádio Polo, o ex-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), reafirmou seu desejo de começar o ano de 2022 com o projeto do grupo para o referido ano, já definido.

Convicto: Fomos o primeiro a trazer a possibilidade da dobradinha Edson Vieira (PSDB) Estadual e Alessandra Vieira (PSDB) Federal. Hoje, devido às movimentações de bastidores, estamos cada vez mais convictos que o projeto poderá se consolidar, mas como diz nosso amigo Leone Souza, Vamos aguardar!

Atrapalha?: Repetimos que a questão atual em relação à família Vieira para eleições de 2022 é a consolidação da sigla partidária que os mesmos estarão e até onde o resultado das prévias do PSDB ajuda ou atrapalha o projeto, pois os Vieiras estavam em apoio a Eduardo Leite.

Novos ventos: Com expectativa da agenda do deputado federal André de Paula (PSD), para as futuras definições, o grupo Carneirinho anunciará nos próximos dias o seu projeto político para 2022, mas os ventos dentro do grupo verde tomaram novos rumos e nossa aposta em relação ao candidato a deputado estadual do grupo mudou.

Preservando: Em conversa com alguns membros do grupo Verde, os mesmos nos informaram que os carneirinhos perceberam, em visitas e eventos, que não seria um desejo do povo a candidatura de Alan Carneiro (PSD) para estadual, mas a preservação para encabeçar a majoritária em 2024. Em recente reunião do grupo a discussão foi amadurecida e os que eram a favor Alan no próximo pleito foram convencidos.

A aposta: Em conversas com nossas fontes, da mais alta cúpula carneirinho, os mesmos nos repassaram que o grupo terá um filho da terra como candidato a estadual e o nome que deverá ser anunciado nos próximos dias é o do empresário Valmir Ribeiro. O empresário já vem sendo figurinha carimbada na agenda do grupo Carneirinho, dos últimos dias, principalmente na entrega de ações para população, como foi o caso do trator da Magana.

E o federal?: Aí já é um ponto que ainda não estaria definido, assim como não estaria definido a sigla partidária, e depende das conversas com André de Paula, que deverá ocorrer ainda essa semana. O nome de Túlio Gadêlha ainda é uma possibilidade, mesmo havendo a possibilidade do Deputado Federal se filiar ao PT.

E no vermelho?: A expectativa é por parte das decisões que serão tomadas por José Augusto Maia (Republicanos). Apoiar Eduardo da Fonte (PP) para federal é basicamente impossível, a questão é se Zé apoiará Silvio Costa Filho (Republicanos) ou se sairá candidato. Outro ponto a questionar, é se Zé irá apoiar o Estadual do Grupo Taboquinha, o também filho da Terra, Diogo Moraes (PSB).

Dilema: Segundo pessoas próximas a Zé, o silêncio do mesmo em relação a uma possível candidatura a federal em 2022, é que não seria segredo pra ninguém que ele também estaria de olho na disputa do Moda Center, e uma candidatura em 22 poderia inflamar a paixão política e prejudicar os planos para uma volta ao gigante do Agreste.

Do prefeito: Em conversa com o ex-vereador e assessor especial, Marlos da Cohab (PSB), ele nos falou que seus candidatos em 2022 são os que o prefeito indicar, ou seja, hoje seria Diogo Moraes para estadual e Eduardo da Fonte para federal. Se a moda Marlos da Cohab pega, Fábio não terá tanta dor de cabeça em seu governo em relação ao secretariado e apoios aos seus candidatos em 22.

As opiniões expressas nesta coluna, são de responsabilidade de seu autor

Postado por: Eliton Araujo

24 de novembro de 2021

RESUMÓRIO – com o professor Tenório

 

 

A COLHEITA – Nunca antes na história da zona rural de Santa Cruz se viu tanta entrega de trator e poço artesiano. Um bom inverno e terra arada são sinônimos de lucro para os agricultores. Será que a colheita em 2022 será farta para os políticos que estão destinando essas benesses para os homens do campo?

FOTOGRAFANDO – Ontem o grupo Verde entregou um trator para os agricultores dos sítios Magana e Porteiras. A entrega foi à moda antiga, com muita pose e muita foto em cima do veículo. Não importa se é ônibus escolar ou trator para zona rural, vai ter sempre um político posando para foto na boleia com um sorriso no rosto. Ele era bem vermelhinho, mas a faixa foi verdinha, verdinha.

PROMESSAS E ENTREGAS – Mamógrafo e estruturação do Conselho Tutelar prometidos com as emendas de Túlio Gadelha e trator entregue com emenda de André de Paula. O grupo Verde vai fazendo oposição reclamando, criticando e mostrando trabalho também. Essa parte é bem-vinda e diferente de outros. O quase desfile pelas ruas da cidade é apenas o que todo mundo faz, sem negar a política. Como diria alguém que não lembro quem, é um pastoril de três cores.

TURBULÊNCIA – O grupo Verde teve uma semana para ser esquecida com as polêmicas e divergências envolvendo o projeto de lei sobre a verba indenizatória para o presidente da Câmara, que acabou sendo retirado da pauta após tirar o sossego de Capilé da Palestina.

UNIÃO EM CAMPO – Depois das confusões e do literal abandono do grupo ao Presidente Capilé, só resta acreditar que o time Verde estará unido e entrosado no tradicional jogo festivo entre políticos de Santa Cruz e Taquaritinga do Norte, que acontecerá no próximo dia 10/12 no Estádio Otávio Limeira Alves. Será que vai ter tabelinha entre Allan e Capilé? Ou entre Emanuel e Capilé? Se não houver pelo menos boas trocas de passes, ficará a impressão de que as arestas não foram aparadas.

ROUPA SUJA – Segundo pessoas que conhecem pessoas, aconteceu até uma reunião acalorada entre Allan Carneiro e Capilé na Câmara de Vereadores. Reunião é uma forma mais educada de falar, pois na verdade, rolou foi uma verdadeira lavagem de roupa suja. Que bom que foi a quatro paredes num gabinete. Teve gente que já fez isso ao vivo em programa de rádio.

CONTAGEM REGRESSIVA – Começa próximo domingo o Natal Encantado de Santa Cruz do Capibaribe. Para saber se o projeto será um sucesso total, basta ficar atento aos discursos dos adversários políticos. Se houver elogios, é porque foi extraordinário, pois não se costuma admitir o mérito do outro na eterna disputa política.

DEFEITOS – Não vai faltar quem bote defeito. Vão observar se alguma lâmpada estará apagada e medir a altura da árvore para conferir se bate com a anunciada. Depois do que aconteceu com a praça da avenida 29 de Dezembro, além de não creditarem em políticos, as pessoas desconfiam até das maquetes em 3D apresentadas.

EMPOLGADOS – E se você acha que o prefeito Fábio Aragão e o vice-prefeito, Helinho Aragão, estão muito empolgados com a realização do Natal Encantado, vocês não têm ideia do tamanho da empolgação dos eleitores e militantes pelas malas da cidade.

MELHOR AQUI – Já se falou que o prefeito de Garanhuns virá a Santa Cruz para aprender como é que se faz uma verdadeira decoração natalina. Também se falou que depois do Natal Encantado as pessoas descobrirão que em Gramado-RS eles colocam apenas umas gambiarras. Que nosso Natal afetará até as agências de turismo. Por aí vocês imaginem como está a euforia da galera.

TRANQUILIDADE – Que tenhamos uma semana leve, tranquila e cheia de positividades, diferente da semana de Capilé e dos organizadores das prévias do PSDB em Brasília.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor

Postado por: Walter Miro

22 de novembro de 2021

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

 

 

Pingo nos is: Após uma semana turbulenta no grupo Carneirinho, ocasionado pela tentativa do presidente da Câmara de Santa Cruz do Capibaribe, Capilé da Palestina (PSD), em colocar na pauta de discussão o projeto que regulamenta a verba indenizatória para o presidente da Casa de Leis, o líder do grupo, Allan Carneiro (PSD), esteve visitando a Câmara na última sexta-feira, (19), e em uma reunião extensa com o presidente Capilé, segundo membros do grupo, foram colocados os pingos nos is de ambas as partes.

Mal conduzido: Apesar do presidente Capilé e sua equipe à frente da Câmara ter conduzido de forma atrapalhada o referido projeto e a opinião popular ter visto de forma negativa toda situação, o líder do grupo, Allan Carneiro, também não soube conduzir o processo publicamente, deixando os principais membros do grupo de forma muito solta e alguns em uma fogueira que só o tempo dirá o tamanho e o tipo da queimadura politica, a exemplo do vereador Capilé.

A gasolina: Ficou perceptível que o vereador situacionista Carlinhos da Cohab (PP) jogou o presidente Capilé em uma fogueira enorme, mas também ficou claro que a maior parte da cúpula do grupo Verde tentou apagar o fogo com gasolina. Nitidamente que publicamente Capilé teve mais solidariedade em seu “erro” de membros dos grupos adversários que do próprio grupo.

O encontro: O ex-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), está marcando presença nas prévias da eleição nacional do PSDB em Brasília e seu apoio é ao presidenciável Eduardo Leite. Mas para Edson, essa ida à capital federal tem uma importância ainda maior, pois em participação ao programa A Hora do Povo do último sábado (20), o ex-prefeito relatou que terá um encontro com presidente Nacional do PSDB, Bruno Araújo, onde na pauta estará a organização do partido no Estado para as eleições de 2022.

Decisivo: O encontro pode ser decisivo para família Vieira em relação às eleições de 2022, Edson já deixou claro que estará no campo das oposições em Pernambuco, contudo, apesar de estar no PSDB, à balança entre Miguel com o futuro Aliança Brasil ou Raquel e a permanência no PSDB ainda seria um dilema. Mas a viabilidade “do projeto” ou “dos projetos” da família Vieira é o que vai pesar na decisão.

Justificando: Após forte repercussão, a vereadora situacionista Landa de Giva (PSDB) usou a tribuna na sessão da Câmara de Jataúba na última sexta-feira (19), e justificou o motivo do seu voto contrário a um projeto enviando pelo poder executivo em relação ao aumento das alíquotas na contribuição previdenciária dos servidores do município. Segundo a parlamentar, ela não votou contra a gestão, mas pensando nos aposentados e em quem recebe um salário mínimo. A vereadora ainda destacou que ser uma representante do povo, “e quando um projeto que for colocado em votação, trouxer benefícios, votarei a favor com certeza”.

Saia justa: Não foi só o voto da vereadora que repercutiu, mas nitidamente seu discurso obrigou os seus companheiros de bancada a terem que justificar novamente os seus votos em relação ao projeto e apontarem que caso o projeto não tivesse conseguido a aprovação o município seria prejudicado. Pra quem achava que o dilema da prefeita Dr. Cátia (Republicanos) e o líder Boy seria definir o deputado estadual para 22, é necessário voltar às atenções para Câmara, pois uma má condução em um atrito, pode fazer a viola desafinar.

Ponteiro ajustado?: Ficou perceptível, para quem vêm acompanhando as últimas sessões da Câmara de Vereadores de Taquaritinga do Norte, que o deputado estadual Diogo Moraes (PSB) vem conseguindo consolidar o apoio da bancada de situação em relação ao seu projeto de reeleição para 2022. O vereador Eraldo da Pedra Preta (PSB) era um dos que apontavam dificuldades no apoio e afirmava só apoiar caso suas reivindicações em relação às ações do deputado na zona rural do município fossem atendidas. Nas últimas sessões, não só Eraldo, como outros vereadores da bancada estão destacando as ações do deputado para a cidade.

Pessoal: Na sessão da última terça-feira (16), o vereador e líder da bancada de Taquaritinga do Norte, Geovane César destacou, sem citar nomes, que quem está antecipando 2024 é porque estaria pensando em projeto pessoal e não em Taquaritinga do Norte. A fala de Geovane é muito semelhante a do deputado federal Ricardo Teobaldo em relação à discussão dos bastidores políticos de Taquaritinga do Norte.

Falando nisso…: Fiquem ligadinhos em nossas Curtinhas que irão ao ar nesta segunda-feira (22), na Rádio Polo, às 16h, ficando, assim, por dentro da indignação do líder do governo Lero na Câmara, Geovane César, com parte da equipe do governo municipal, devido um emenda de dois milhões de reais do deputado Ricardo Teobaldo para Taquaritinga do Norte e que pode ser perdida. A discussão esquentou a última sessão realizada na quinta-feira (18), os bastidores da política e a relação entre vereadores da base do governo e secretários.

 

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor.

Postado por: Walter Miro

17 de novembro de 2021

RESUMÓRIO – com o professor Tenório

 

ALERTA VERMELHO – Passado um ano da vitória Taboquinha, a empolgação ainda vive e tomou conta das ruas da cidade na tradicional festa da vitória.

VANDALISMO – Tão tradicional quanto comemorar festa de um ano de vitória está ficando a depredação em casa de adversário político nessas comemorações. Já são mais de três ocorrências semelhantes. Na última segunda-feira (15), foi a vez da casa do ex-prefeito de Santa Cruz, Edson Vieira, ter sua casa depredada por vândalos durante a festa da vitória Taboquinha. A palavra é vândalo mesmo, pois isso não é atitude de eleitor ou militante.

O AUSENTE – Os opositores costumam chamar o deputado estadual Diogo Moraes de ausente, mas quem não se fez presente na festa da vitória Taboquinha foi o ex-prefeito e ex-monte de coisas José Augusto Maia, que esteva devidamente representado pelo seu filho Augusto Maia.

SEM MÁSCARA E SEM RECLAMAÇÃO – A festa de um ano da vitória eleitoral Taboquinha foi marcada por um mar vermelho nas ruas da cidade. Muita gente participou do evento e os críticos do passeio motociclístico do presidente Bolsonaro não notaram que a galera Taboquinha estava sem máscara.

SEDENTARISMO ZERO – Aqueles pais que não conseguem parar o carro a cinquenta ou cem metros da escola particular dos seus filhos e geram um caos no trânsito são os mesmos que percorrem quilômetros numa pelas ruas da cidade numa festa política. Caminham do início da tarde até o início da noite, mas não podem caminhar um pouco para pegar o filho na escola e ajudar o trânsito nas imediações da escola.

TODAS AS CORES – Durante a concentração da festa da vitória Taboquinha na frente da Rádio Polo. Pitombinha passou em cima do carro de som todo vestido de azul, com chapéu verde e sapatos vermelhos. Não é todo dia que se vê um look com as três cores dos grupos políticos da cidade, por isso o registro. A passagem foi tranquila, ainda bem que o pessoal que dá chute em portão alheio ainda não tinha chegado.

PEGA NA MENTIRA – Em recente audiência pública na Câmara de Vereadores, a Secretária de Saúde Lívia Borba disse que convidou o Conselho de Saúde para audiência. Pouco tempo depois foi desmentida pelo conselho.

OFÍCIOS – Há pouco tempo essa mesma secretária participou de uma polêmica sobre ofícios que disse ter encaminhados para três vereadores, mas não tinha os ofícios com protocolo de recebimento para comprovar. Alguém mande um ofício para a Secretária de Saúde dizendo pra ela não esquecer de mandar os ofícios e, naturalmente, protocolar.

QUANTO MAIS MELHOR – Dizem que carinho, voto e dinheiro quanto mais melhor. Assim deve pensar o presidente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz, Capilé da Palestina, que pretende colocar em votação um projeto de lei que prevê pagamento de 50% de verba indenizatória ao presidente da Câmara, ou seja, ele mesmo.

O CULPADO – O projeto estava na pauta da reunião extraordinária de ontem e foi retirado com a justificativa de que foi um servidor da casa que colocou sem o conhecimento do presidente, que ainda pretende discutir o projeto com os pares. Quando se erra e não se quer admitir, o jeito é fazer a caveira de alguém, mesmo que seja a de Caveirinha.

APOIO – Depois da confusão com esse projeto de verba indenizatória é bem fácil Capilé agora conseguir o apoio total do grupo verde na sua pré-candidatura para deputado estadual. Se brincar já vem a declaração de apoio na nota que o líder Alan Carneiro fará sobre o assunto. Alerta de ironia!

FIAT LUX – Se você sofre com problema de iluminação pública na sua rua com postes apagados e uma escuridão assustadora, não se preocupe, pois vem aí o maior Natal Luz da história de Santa Cruz. Parece que será mais ou menos como quem tem problema de saneamento na sua rua e pode apreciar a bela grama verdinha colocada na Avenida 29 de Dezembro.

SIM, NÓS PODEMOS – Durante muito tempo, se questionou por que Santa Cruz não podia ter uma avenida com uma praça tão bonita quanto Taquaritinga, Caruaru e tantas outras cidades. A Av. 29 de Dezembro começou com uma praça cheia de brita e está caminhando para a concretização desse sonho de muitos santa-cruzenses.

SIM NÓS PODEMOS 2 – O sonho dos servidores públicos de terem um calendário de pagamentos também foi realizado nesses últimos dez meses, deixando uma grande responsabilidade para os próximos prefeitos. Não vai rolar atrasar o pagamento de servidor após grande festa junina, alegando redução de receita, alegando que o dinheiro do IPTU só entra no primeiro semestre. Assim como a bela praça toda arborizada e com grama verdinha, calendário de pagamento de servidor e pagamento em dia é e sempre foi apenas uma questão de prioridade.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor

Postado por: Walter Miro

10 de novembro de 2021

RESUMÓRIO – com o professor Tenório

 

 

PRÉ-CANDIDATURA – O ex-secretário da gestão de Edson Vieira e ex-prefeito de Santa Cruz, outrora conhecido como Galeguim dos Zói azul, Ernando Silvestre, foi notícia durante a semana em programas de rádio e blogs da cidade devido a sua pré-candidatura a deputado estadual.

NÃO VAI – Há quem diga que esse projeto de pré-candidatura não tem viabilidade, há quem diga e aposte que ele não será candidato e há até quem diga que os olhos dele não são azuis. Seria uma fake news dos anos 90?

AFIRMAÇÃO VERDADEIRA – Estão colocando em xeque até o carisma do ex-prefeito. Quando a turma é contra é contra pra valer. Enfim, só uma afirmação deve ser verdadeira: Ernando será candidato a deputado estadual em 2022, Ernando tem os olhos azuis, Ernando é carismático. Qual será a verdadeira?

BI – O Botafogo do Rio de Janeiro Goleou o Vasco da Gama pela Série B do Campeonato Brasileiro e assumiu a liderança do campeonato. Façanha maior fez o Botafogo do Pará, que venceu o Rivel da Magana por 3 x 2 no segundo jogo da decisão e foi Bicampeão do primeiro Campeonato Rural Santa-cruzense.

INVICTO – Parabenizo o Botafogo do Pará que venceu o campeonato invicto. Só não sei como se é bi-campeão da 1ª edição de um campeonato. Se tivessem deixado o nome de Campeonato dos Sítios, essas dúvidas não existiriam. Como o Instagram da Prefeitura diz que o Botafogo é bicampeão, só podemos acreditar que nem eles ainda entenderam muito bem esse negócio de mesmo campeonato com nomes diferentes ou nomes diferentes em campeonatos que não são os mesmos. Entendeu? não? Bem-vindo ao clube.

NÃO QUERIAM – O vereador Zeba se juntou a Nega, Edilson Tavares e Lessa no coro dos que não gostariam de ver Allan Carneiro como candidato a deputado estadual em 2022. Não está fácil agradar nem os de casa. Eles preferem a preservação do nome do líder mor do clã verde para a disputa municipal de 2024.

PRÉVIAS – Mesmo com os comentários de bastidores de uma possível candidatura da filha da costureira em 2024, o ex-vice-prefeito Dida de Nan não descarta o seu nome para disputar o Palácio Braz de Lira. As prévias serão animadas, como sempre.

ETERNOS – É Ernando como pré-candidato a estadual, uns Taboquinhas não muito satisfeitos com Diogo Moraes, Zé sem definir se disputará algum cargo eletivo em 2022 e sendo queimado por quem ocupa cargo na gestão, Dida falando com tom mais duro em relação ao grupo Boca Preta e os de casa não gostando da ideia de Allan ser candidato a estadual.  Assim como o novo filme da Marvel que está nos cinemas, os conflitos nos grupos políticos de Santa Cruz são ETERNOS.

VIAJOU – O ex-vereador e atual secretário de turismo de Santa Cruz viajou… na maionese. Em recente participação no programa Contraponto da Comunidade FM, Natálio Arruda teceu duras críticas ao ainda aliado político José Augusto Maia.

RESULTADO – A fala de Natálio foi classificada pelos dois filhos de Zé como desrespeitosa, que repudiaram as colocações. O resultado foi a insatisfação de um dos quatros vereadores do grupo, Augusto Maia, e de um dos melhores quadros de servidores da gestão, Tallys Maia.

A VEREADORA E AS UVAS – Assim como na conhecida fábula da Raposa e as uvas, a vereadora Jéssyca Cavalcanti disse que seu nome não está à disposição para a próxima disputa da presidência da Câmara de Vereadores de Santa Cruz. Ela nem queria…

MENOS DOIS – O atual presidente Capilé da Palestina não pode, pois não há reeleição e Jésyca Cavalcanti retira o nome da disputa. Restam quinze nomes para disputa. Quem será que abrirá mão da sofrida função de comandar o orçamento do poder legislativo municipal?

DIFERENTE – Ao contrário do que acontece em Santa Cruz, Em Taquaritinga do Norte, o vereador Amauri de Mino já deixou seu nome à disposição para disputa da presidência da Câmara. Se é cedo? De jeito nenhum, lá já estão pensando quem será o candidato a prefeito em 2024, quanto mais o candidato a presidência da Câmara.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor

 

Postado por: Walter Miro

8 de novembro de 2021

As Curtinhas do Romenyck Stiffen – EDIÇÃO EXTRA

 

Edição extra das Curtinhas do Romenyck Stiffen, para conferir a outra edição desta semana, clique aqui

 

Batendo cabeça: Mesmo com seus problemas internos para resolver, o grupo Calabar em Taquaritinga do Norte assiste de camarote as oposições do município batendo cabeça e se alfinetando politicamente, assim como iniciou de vez a corrida para a presidência da Câmara do biênio 2023/24, por isso, decidimos fazer uma coluna especial sobre quente política da Dália da Serra.

Pré-candidato: Em conversa com o vereador de oposição Gravatinha, Amauri de Mino (PSDB), ele nos confidenciou que seu nome estará à disposição da bancada de vereadores para ser candidato à presidência da Câmara para o biênio 2023/24 e correrá atrás dos votos que poderão lhe dar êxito na disputa.

Hoje não: Na última sexta-feira (05), o vereador Amauri concedeu entrevista ao programa Cotidiano da Cidade, na Rádio Filadélfia FM, e foi questionado sobre a possibilidade de votar no também vereador oposicionista Ronaldo César (PSD), Amauri não titubeou e afirmou que a peso de hoje não votaria. Para o vereador Gravatinha, Ronaldo “é oposição da oposição”.

Reafirmou: Conversamos com o Vereador Ronaldo César (PSD) ontem (07), e ele reafirmou que será candidato à presidência da Câmara para o biênio 2023/24 e nos adiantou que “diante dos últimos acontecimentos, assim, da minha parte, eu não tenho disposição nenhuma pra votar em nenhum deles, do grupo de Jânio, agora se quiserem votar em mim eu estarei à disposição, pois serei candidato nem que seja para ter apenas o meu voto”.

Chateado: Ronaldo demostrou estar fortemente chateado com o grupo Gravatinha, afirmando que “as oposições aqui, depois de minha decisão de independência, tem procurado me atacar sempre no campo pessoal, não faz política olhando pra frente, e eu serei candidato sim à presidência da Câmara e aos demais cargos da mesa, votarei em mim em qualquer hipótese, logicamente que se quiserem votar em mim serão bem vindos, mas da minha parte não esperem reciprocidade, porque não tenho visto reciprocidade nenhuma da parte deles em relação a mim.

Sem disposição: Ronaldo ainda afirmou que, “da mesma forma não tenho disposição nenhuma para votar no grupo de situação. então se eles quiserem me eleger, meu nome estará à disposição”. Perguntamos sobre se tal posicionamento também se aplicava ao vereador da terceira via, Milton Cícero (MDB), e Ronaldo nos afirmou que sim. Para o parlamentar “em tese, hoje, possa ser que aconteça algumas composições, agora, eu só faço composição se for pra eu ser o presidente, fora disso, não existe essa possibilidade”.

O motivo: A chateação de Ronaldo com o grupo Gravatinha foi apimentada após a entrevista do ex-prefeito Jânio Arruda (PSD) no programa Cotidiano da Cidade, na Rádio Filadélfia FM, na última sexta-feira (05). Na ocasião, Jânio foi questionado sobre a saída de Ronaldo do grupo e o ex-prefeito não poupou nas críticas ao parlamentar. Segundo o ex-prefeito, “Quando alguém sai querem sempre colocar a culpa em alguém e em Taquaritinga e nesse caso, a culpa querem sempre colocar em Jânio, Então é necessário colocar para população aquilo que realmente aconteceu”.

A versão: Jânio trouxe uma versão que não agradou Ronaldo, onde de acordo com o ex-prefeito: “Fui procurado por Ronaldo, pois ele não estava insatisfeito lá, não cabe eu dizer, mas ele, pois são razões graves que ele me disse”, sobre a última eleição da presidência da Câmara, Jânio apontou que depois de escolhido pelo grupo para ser o candidato “segundo os pares, Ronaldo não se esforçou, não demonstrou ímpeto para conseguir mais um voto e vencer a eleição”. Ainda segundo Jânio, Ronaldo foi escolhido líder da bancada e não fez uma reunião com os vereadores.

A coisa boa: Para Jânio “Ele [Ronaldo] queria ir embora e arrumou um argumento falso, falho (…) um negócio armado, sem nenhuma consideração, querendo passar por cima de todo mundo (…) Toda situação tem uma coisa ruim e uma boa, a boa é que descobrimos quem é, uma pessoa arrogante, prepotente”.

Outra versão: No programa Ronaldo César em Ação, no último sábado (06), o parlamentar contou outra versão, diferente do ex-prefeito Jânio, destacando que não procurou, mas foi procurado para ingressar no grupo Gravatinha, assim, como, não impôs, mas sua candidatura à presidência foi em comum acordo com o grupo, mas que por inveja e despeito, o grupo trabalhou contra para que o mesmo não conseguisse êxito na disputa de presidência. Ainda pontou que o grupo lhe escolheu pra ser líder, mas trabalharam contra sua liderança, pois “enquanto eu fazia oposição, eles se juntavam com o prefeito”.

Vingança?: Um dos relatos de Ronaldo em relação à corrida pela presidência da Câmara nos chamou a atenção, pois de forma minuciosa, em sua live e programa semanal, o vereador destacou que não se esforçou como foi colocado, pois a condução do processo estava nas mãos de Jânio, do ex-vereador Batata (PTB) e do empresário Bá. Ainda em seu relato, Ronaldo destacou que “Eles” (sem nominar quem) teriam aproveitado o momento de sua candidatura para “se vingarem” de Milton Cícero.

Fogo no parquinho: Conversando com alguns vereadores de Taquaritinga do Norte, percebemos que a discussão poderá render para a próxima sessão que ocorrerá nesta semana, com mais elementos que poderão elevar o clima da Casa. Nesse contexto, é difícil enxergar um dialogo de unidade entre as oposições para fazer frente ao grupo Calabar.

Enquanto isso: Em relação à eleição de 2024, Jânio Arruda destacou mais uma vez que só decidirá em 2023 seu papel político para o pleito em destaque. O ex-prefeito afirmou que na eleição passada tinha uma obrigação de ser candidato, mas agora não, contudo, não retirou seu nome do vasto leque de nomes enumerado pelo mesmo e que poderão ser candidato a cabeça da majoritária em 2024, entre os nomes citados estão: Batata, Bá, Felipe Arruda, Julião do Cartório, Guilherme Cumaru e o próprio.

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor

Postado por: Walter Miro

6 de novembro de 2021

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

 

 

Não vai: A vereadora oposicionista Boca Preta, Jéssyca Cavalcanti (PSDB), em participação no quadro Pinga Fogo, no Santa Cruz Online, afirmou que seu nome não está à disposição para disputa da presidência da Câmara de Santa Cruz do Capibaribe para o biênio 2023-2024. Jessyca apontou que tem outros projetos e sua disponibilidade será para suas bases visando 2024. A parlamentar ainda apontou a necessidade de oportunizar outros nomes e que se empenhará e eleger o nome que o grupo indicar. 

O mapa: A última eleição para presidência da Câmara foi marcada pela aliança entre o grupo de oposição Carneirinho e o grupo de situação Taboquinha, dando a vitória ao vereador oposicionista Capilé da Palestina (PSD) contra Jéssyca. Na referida eleição o mapa da Câmara era de três grupos políticos que ainda existem, mas que as atuais relações políticas entre os vereadores na Casa e as eleições a nível estadual de 2022 podem reconfigurar os três grupos, afetando diretamente a disputa da presidência da Casa de Leis.

Melhor esperar: O vereador oposicionista Zeba (PDT), do grupo Carneirinho, afirmou, também em participação no Pinga Fogo, que externou, em reunião do Grupo, não concordar na possibilidade do empresário e líder político, Allan Carneiro (PSD), sair candidato a deputado estadual em 2022. Para o vereador, o líder Carneirinho deveria se resguardar para disputar a Prefeitura em 2024.

Mais um: Zeba é mais um com mandato no grupo Carneirinho a externar tal opinião, a vereadora Nega (PSD) já havia apontado opinião semelhante há um bom tempo. Opinião também externada recentemente pelo deputado estadual Delegado Lessa (PP), não faz tanto tempo, e muito próxima da opinião do prefeito de Toritama Edilson Tavares (MDB), em participação na última quinta-feira, (04) no programa Independente.  

E agora?: Como já tratamos em nossas colunas semanais, segundo informações de bastidores, até o final do referido mês o grupo Carneirinho irá apontar suas diretrizes políticas para o ano de 2022. A principal expectativa é se o líder político Alan Carneiro irá confirmar se concorrerá uma cadeira na Alepe ou não. 

Em pauta: Em conversa com o presidente da Câmara de Santa Cruz do Capibaribe, Capilé da Palestina (PSD), ele nos afirmou que provavelmente as contas do ex-prefeito Edson Vieira (PSDB) referente ao ano de 2018 serão colocadas em pauta para votação ainda essa semana. Capilé destacou que está “aguardando o parecer das comissões pra colocar em votação, mas pelo prazo das comissões acredito que próxima semana estar liberado”. (Mensagem enviada na última sexta-feira, 5)

Comportamento: É necessário destacar que a recomendação do Tribunal de Contas é pela aprovação das contas do ex-gestor Edson Vieira. Sempre quando contas desse tipo entram em pauta, seja com a recomendação de aprovação ou reprovação, existe a expectativa do comportamento dos vereadores em relação aos discursos construídos para seguir o parecer técnico do TCE ou não.

Falando nisso…: Por falar em contas de prefeitos tramitando em Câmara de Vereadores, Brejo da Madre de Deus e Taquaritinga do Norte já se aguarda há um bom tempo a votação das contas de ex-gestores e gestores das respectivas cidades que “tramitam” nas Casas de Leis. Necessário destacar que a maioria dessas contas tem recomendações reprovações das contas pelo TCE. Outro ponto a destacar, algumas dessas contas são de gestores ou ex-gestores aliados dos presidentes das casas. 

Atenção Brejo e Jataúba: As Curtinhas em áudio da próxima segunda-feira (8), às 16h, na Rádio Polo, irá abordar os bastidores da política de Brejo da Madre de Deus e Jataúba, fiquem ligados!

 

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor

Postado por: Walter Miro

3 de novembro de 2021

RESUMÓRIO – com o professor Tenório

 

 

REVELADAS – Está chegando ao fim o suspense sobre as candidaturas secretas de filhos da terra aqui em Santa Cruz. Pelo menos do lado verde, a promessa de revelação do candidato apoiado pelo grupo está prometida para agora em novembro. Do lado azul, ainda não foi revelado o representante que disputará a vaga na Alepe, porque a Câmara Federal voltou ao radar. E, do lado vermelho, que tem a definição de Diogo Moraes como candidato do grupo, espera os passos enigmáticos do mesmo Zé.

NA CONTA – E se José Augusto Maia se candidatar a deputado estadual ou federal, dividindo mais uma vez o grupo Taboquinha numa eleição, não faltará quem o critique por isso, muito menos quem coloque essa divisão na conta do prefeito Fábio Aragão, que não lhe deu guarita no governo.

PRESENTE – Curiosamente, o outrora chamado de ausente é a única pessoa com candidatura a estadual de filho da terra presente. Mas isso é assunto para mais adiante, pois a guerra de “narrativas”, nova palavra da moda, só começa mesmo depois que todas as candidaturas forem devidamente apresentadas.

NARRATIVAS – Vai ser ausente pra lá, projeto municipal pra cá, machismo pra acolá e falta de viabilidade pra lá, cá e depois de acolá. É só esperar e apreciar os discursos que já vêm todos devidamente ensaiados. E como de costume, toda eleição tem de ter o ex-prefeito Ernando Silvestre se colocando como pré-candidato. Vai virar folclore se não emplacar uma candidatura qualquer dia desses.

DINASTIA – Enquanto isso, a frente de oposição segue articulando a melhor maneira de destituir do poder a dinastia do PSB que se instalou em Pernambuco há quase duas décadas. A ausência do sem carisma Armando Monteiro das discussões de montagem da chapa majoritária já é um avanço significativo.

AUSENTES – Até o penúltimo dia de apresentação, nenhum político tinha ido prestigiar a excelente peça “Politicamente Incorreto”, no teatro municipal. O lugar onde as pessoas consomem cultura não parece ser tão atrativo para políticos. Zona rural, almoços e aniversários fazem mais o estilo deles.

RETA FINAL – E o ex-campeonato dos sítios vai chegando a sua reta final, após algumas polêmicas, como por exemplo, falta de ambulância, ambulância com falta de enfermeiro, partida sendo terminada no escuro e o novo nome de batismo, Campeonato Rural Santa-cruzense.

ÚLTIMOS DUELOS – O Botafogo do Pará venceu fora de casa a primeira partida da final contra o Rivel da Magana por 1 x 0. O último jogo do campeonato será na agora mais do que nunca turística Vila do Pará, próximo fim de semana.

ESTRATÉGIA – Pelas últimas reuniões da Câmara de Vereadores e pelas participações em programas de rádio, ficou bem clara a estratégia da oposição para desgastar o prefeito de Santa Cruz, Fábio Aragão. A ideia é associá-lo ao governador Paulo Câmara o taxando de Fábio cobrador de impostos. A rejeição do governador aqui na cidade é bem graúda.

RESPOSTA – Se não houver estratégia para contrapor e essa narrativa cair no entendimento popular, os cerca de setenta por cento de aprovação da gestão não vão durar muito tempo. A discussão do novo código tributário surge no momento oportuno para explorar esse tema. Quem será que vai saber tirar o melhor proveito? Imposto vai ser o assunto mais falado nos próximos dias.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor

Postado por: Walter Miro

1 de novembro de 2021

Rádio Debate traz atualização sobre o processo do ex-vereador Galego de Mourinha – Ouça o programa na íntegra

 

Ex-vereador trava batalha na justiça para tentar assumir cadeira na Câmara de Vereadores (Acervo/Blog da Polo)

 

Na manhã desta segunda-feira (01) o programa Rádio Debate transmitido pela Rádio Polo abordou a decisão do relator do TSE Luís Felipe Salomão, que negou seguimento à ação rescisória impetrada pelos advogados do ex-vereador Galego de Mourinha (PP).

Com esta decisão, o ex-vereador terá mais uma agravante na sua tentativa de assumir uma vaga na Câmara de Vereadores José Vieira de Araújo.

Outra pauta debatida pelos integrantes do programa foi a cassação do vereador do Brejo da Madre de Deus, Ismar Aguiar (PSL), que teria sido flagrado através de uma câmera de um aparelho celular, comprando votos na zona rural do município, inclusive com degravação do vídeo feito pela Polícia Federal.

Além da cassação, o vereador foi multado em R$ 55.500,00 (Cinquenta e cinco mil e quinhentos reais), e perda dos direitos políticos por oito anos. A decisão ainda cabe recurso.

Ouça o programa que vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 8h30 da manhã pela Rádio Polo.

 

Postado por: Eliton Araujo

1 de novembro de 2021

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

 

 

Novembro: O grupo Carneirinho de Santa Cruz do Capibaribe se reuniu recentemente na cidade de Toritama, na Chácara de Zé Arruda, com objetivo de planejar o futuro do grupo para o pleito de 2022.  Nossas fontes entre os Carneirinhos confidenciaram que até o fim de novembro o grupo irá apresentar suas diretrizes para as eleições estaduais de 2022.

O Allan: Ainda segundo nossas fontes, com a negativa do empresário Alan César ao convite do grupo para disputar uma cadeira na ALEPE no pleito de 2022, o grupo estaria fechado no nome do líder político Allan Carneiro (PSD) para a referida disputa, caso o grupo confirme em novembro que terá candidatura própria.

Observando: As informações ainda dão conta de que Allan Carneiro teria, hoje, três siglas eleitorais para analisar os cenários e decidir disputar em uma delas, são elas: O próprio PSD, o PDT e a REDE.

Conversas: O PDT e a REDE entraram no radar político de Allan Carneiro como possíveis siglas de filiação devido à aproximação recente entre o Líder Carneirinho e o deputado federal Túlio Gadelha (PDT). Contudo, segundo nossas informações, essa parceria só tem chances de concretização com a conquista de bases eleitorais que deem viabilidade para o possível projeto de Allan para deputado estadual, Carneiro não quer anunciar uma pré-candidatura com a desconfiança de que seja um projeto municipal.

Vai dar o que falar: O Projeto de Lei nº 024/2021, de autoria do poder executivo, que institui o novo Código Tributário do município de Santa Cruz do Capibaribe será sem sombras de dúvidas o tema mais discutido nos próximos dias.

As versões: O projeto foi suficiente e ficou perceptível, principalmente na última sessão ordinária da Câmara de Santa Cruz do Capibaribe, nos discursos dos vereadores do grupo Boca Preta a estratégia de tentar atrelar o prefeito Fábio Aragão (PP) ao governador do Estado Paulo Câmara (PSB) no quesito cobrador de impostos. Segundo alguns parlamentares, a exemplo de Jéssyca Cavalcante (PSDB), apontam preocupação no aumento de alguns impostos e na situação do imposto das facções.

Discussão: No programa Oposição em Ação do último sábado (30), Jéssyca reconheceu a necessidade de um novo código tributário, pois o que existe, segundo a vereadora, teria mais de duas décadas. Contudo, a parlamentar destacou que o mesmo tem que ser discutido de forma minuciosa, para que ninguém saia prejudicado em período pós-pandemia.

Necessário: Na versão da gestão municipal o novo código tributário é moderno e sua aprovação é necessária. No programa Fala Prefeito da última sexta-feira (29), o prefeito destacou que o projeto reduzirá várias taxas e tarifas, havendo redução no valor do alvará de Toyoteiros, Mototaxistas, taxistas, além de beneficiar os feirantes do Calçadão Miguel Arraes de Alencar e Central de Feiras e Mercados.

Importante: A discussão do projeto é importante, reconhecido por todos os lados, que de fato, é necessário à modernização no código tributário do município, mas sem prejudicar ninguém em um pós-pandemia. Nesse contexto, é necessário a população está acompanhando a discussão que nos afeta diretamente e os nossos representantes tratar o tema com os palanques desarmados.

Fica ligado: Pois as Curtinhas em áudio dessa segunda-feira, às 16h, na Rádio Polo, tratará dos bastidores da política de Taquaritinga do Norte, pois as sessões da Câmara de Vereadores da última semana, pegaram fogo e traremos o nosso olhar sobre alguns pontos.

As opiniões expressas nesta coluna, são de responsabilidade de seu autor

Postado por: Eliton Araujo

27 de outubro de 2021

RESUMÓRIO – com o professor Tenório

 

FRIA – Não sei se coincidência ou por conta das candidaturas secretas, a verdade é que esta semana a política aqui em Santa Cruz está fria. Faltam polêmicas e definições nos três principais grupos políticos da cidade. Tem um esboço de renovação com a juventude de Dida de Nan e Zilda Moraes no novo partido velho, mas pouco se falou sobre isso.

MUDANÇA – Pra não passar em branco sem nenhuma polêmica, comenta-se por aí que depois de terem mudado o nome do Campeonato dos Sítios, essa ‘Semana da Cultura Evangélica’ seria a nova versão do Louva Santa Cruz. Será? Penso que não.

NOVO TEMPO, NOVOS NOMES – Será que algum vereador precisará criar uma lei que não permita a mudança dos nomes dos eventos da cidade? O ex-vereador Afrânio Marques fez uma lei assim com os prédios públicos, que só podem ser pintados com as cores da bandeira de Santa Cruz.

QUENTE – Já em Taquaritinga do Norte, a política segue quente, assim como o clima no centro ficará depois que as ruas em torno da praça forem asfaltadas. Aquele termômetro que o pessoal adora tirar foto terá sua eficácia posta à prova.

MAIS UMA VEZ – Na última reunião da Câmara de Vereadores de Taquaritinga do Norte, mais uma vez aconteceu um bate-boca entre vereador e um profissional da imprensa. Quando isso acontece, todo mundo perde a razão. A gente lamenta e espera sinceramente que não aconteça.

ESTILO DE VIDA – Com mais um aumento no preço dos combustíveis e com a carne do preço que está, ser ciclista vegano, em breve, não será uma opção, será uma obrigação e a solução para grande parte da população brasileira.

E A CRISE? – Mas independentemente de inflação, preço do dólar, do gás, da carne e queda da bolsa de valores, na região do polígono da sulanca, a crise é aferida a partir da lotação em praias no Réveillon, janeiro e Carnaval. Historicamente, é a crise matando e o litoral lotando.

SURPRESA – O presidente Bolsonaro esteve mais uma vez em Pernambuco e fez uma visita super surpresa a Toritama. Não vi nenhuma foto com prefeito ou lideranças da cidade. Apenas um passeio por algumas ruas e uma pausa para um lanche. A coxinha dessa lanchonete de Toritama deve ser muito saborosa, pois não se tem informação de outra coisa que o presidente tenha feito na cidade.

O SONHO FOI ADIADO – E com outro empate dentro de casa, o Ypiranga se despediu do Campeonato Pernambucano da Série A2. Os otimistas disseram que caiu de pé, pois não perdeu na segunda fase e os pessimistas dirão que decepcionou, porque não ganhou um jogo sequer na segunda fase. As opiniões são diversas, mas uma coisa é certa: Só o Ypiranga é capaz de juntar eleitores do vermelho, azul e verde numa só torcida.

AQUELE ABRAÇO – Nando Reis esteve em Santa Cruz pela primeira vez e, além do belo show, presenciei uma mala política e o vereador Augusto Maia receber um abraço da apresentadora do show. A curiosidade é que o vereador patrocinador do evento era Capilé, mas ninguém vai ligar pra um abraço a mais ou um abraço a menos.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor

Postado por: Walter Miro

27 de outubro de 2021

Plano Diretor aprovado em Taquaritinga do Norte é a pauta do Rádio Debate desta quarta-feira (27)

 

Vereador Guilherme Cumaru se absteve da votação e esclareceu os motivos dessa decisão (Acervo/Blog da Polo)

 

Como principal acontecimento da semana na política de Taquaritinga do Norte, o Plano Diretor foi aprovado na Câmara de Vereadores na tarde de ontem (26) e contou com 9 votos favoráveis e apenas uma abstenção.

Com três bancadas na Casa de Leis, a gestão municipal conseguiu aprovar a atualização do Plano contando com votos de vereadores oposicionistas, apenas o líder da oposição Guilherme Cumaru (PSD) que se absteve e relacionou os motivos em participação por telefone do Rádio Debate esta manhã.

“Me abstive porque sou o relator da Comissão de Ética e antes de mais nada eu precisava dá um parecer de forma estruturada e respeitando as pessoas. Fiz um pedido de informação e ele chegou com 600 páginas próximo do início da reunião e eu não teria como dá um parecer em poucas horas analisando toda documentação”, justificou Guilherme.

Outro tema que veio à discussão, foi a sessão ordinária da Câmara de Vereadores do Brejo da Madre de Deus, onde o debatedor Romenyck Stiffen destrinchou os pouco mais de 12 minutos de reunião.

O relatório da CPI da Covid-19 aprovado ontem pelo Senado Federal por 7 votos a 4. Esta manhã, o documento foi entregue ao procurador-geral da República, Augusto Aras, que já manifestou interesse em ‘avançar’ nas investigações contra autoridades com foro privilegiado.

Ouça o programa que vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 8h30 da manhã pela Rádio Polo.

 

Postado por: Eliton Araujo

26 de outubro de 2021

“Quem aqui já foi a Dubai” pergunta feita por João Dória no interior da Paraíba arranca risos da plateia – Ouça o Rádio Debate

 

Governador tem realizado ‘andanças’ em sua pré-campanha visando as eleições de 2022 (Acervo/Blog da Polo)

 

Nesta terça-feira (26) em mais uma edição do programa Rádio Debate da Rádio Polo foi abordado como pautas, a passagem do governador de São Paulo e pré-candidato à Presidência da República João Dória (PSDB) onde ele arrancou risos ao questionar o público se já teria ido à Dubai, e a votação prevista para hoje do Plano Diretor de Taquaritinga do Norte.

Sobre a viagem de João Dória a cidade de Guarabira-PB, município com pouco mais de 60 mil habitantes, o governador paulista provocou risos ao questionar se os presentes já tinham viajado para Dubai, nos Emirados Árabes. Dória cumpre agendas em sua pré-campanha e na busca por apoios para sair vencedor nas prévias do PSDB marcadas para 21 de novembro.

“É possível mudar. Dubai era um deserto completo. Completo. Não tinha um fio de água. Quem aqui já foi a Dubai? Se puder levantar o braço… Alguém aqui já teve essa oportunidade? É uma transformação”, afirmou Dória.

Em nota, a assessoria do tucano informou que a pergunta de Doria foi “retórica” e teve como objetivo “explanar como a seca, que tanto afeta milhões no Brasil, pode ser amenizada quando há vontade política e investimento tecnológico”.

No quadro do jornalista Magno Martins, ele trouxe a expectativa da votação do relatório final da CPI da Covid-19.

Por fim, os debatedores do programa analisaram as prováveis polêmicas que devem ocorrer na sessão marcada para esta tarde, em Taquaritinga do Norte, sobre a votação do novo Plano Diretor que tem dividido os edis na câmara municipal.

Ouça o Rádio Debate que vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 8h30 da manhã pela Rádio Polo.

 

Postado por: Eliton Araujo

25 de outubro de 2021

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

 

Tá próximo: O ano eleitoral de 2022 se aproxima e os principais grupos políticos de Santa Cruz do Capibaribe tentam se estruturar para disputar o pleito, uns mais tardios que os outros, mas vejamos como as coisas começam a caminhar no quesito candidatura a deputados estaduais e federais.

Chapa fechada: O prefeito Fábio Aragão (PP) vêm cravando em suas entrevistas e programas semanais que estará nos projetos de Diogo Moraes (PSB), deputado estadual, e Eduardo da Fonte (PP), deputado federal.

Contudo…: O grupo Taboquinha falta encaixar algumas peças para esse tabuleiro, entre eles, a família Maia. No programa Pinga fogo, da última sexta-feira (22), o vereador Augusto Maia (PSB) não conseguiu cravar apoio ao deputado Diogo Moraes, muito menos que José Augusto Maia (Republicanos) não será candidato algum cargo no referido pleito.

Certeza: Nossos leitores e a maioria da população de nossa região que acompanham noticiários políticos de Santa Cruz do Capibaribe, já estão cansados de saber que a família Vieira irá disputar a manutenção da cadeira na Alepe, assim como a principal aposta é que será Edson Vieira (PSDB) o candidato a estadual. Contudo, isso não quer dizer que Alessandra Vieira (PSDB) estará fora do pleito de 22.

Em comum: Em 2022, informações de bastidores apontam que José Augusto Maia e Alessandra Vieira poderão ter papel em comum. Ambos poderão disputar o cargo de deputado federal para ajudar suas siglas. Vamos exemplificar para um melhor entendimento, se José Augusto Maia e Alessandra tem um potencial de sete mil votos próprios, a transferência para outro candidato pode não chegar a 50%,

Resumindo: Nesse contexto, as siglas partidárias acham melhor ter um Zé ou uma Alessandra na chapa que irão formar do que perder esses votos em uma tentativa de apoio. Resumindo, existe a possibilidade de Zé e Alessandra serem candidatos a “nível municipal” com objetivo de servirem de calda eleitoral para outros deputados, apenas para ajudar no projeto da sigla partidária.

Tome reunião: Segundo o vereador Emanuel Ramos (PSD), no programa Pinga Fogo, mais uma reunião foi realizada na última semana entre a cúpula do grupo verde para definir quem será o candidato a deputado estadual. Emanuel apontou que ainda não existe uma definição, mas o processo estaria bem encaminhado.

É ele?: O vereador Emanuel destacou que seu nome, o do presidente da Câmara, Capilé da Palestina (PSD), os dos empresários Valmir Ribeiro e Alan César, além do líder do grupo, Allan Carneiro (PSD), estariam no páreo. Com a informação que temos de uma fonte no grupo Verde de que Alan César não haveria aceitado o desafio, e com todo respeito que temos aos vereadores e o empresário Valmir, mas não acredito nos nomes dos mesmos na disputa, nossa aposta fica no nome de Allan Carneiro em mais para o pleito de 2022.

Desafio: Independente do nome que irá disputar a cadeira da Alepe pelo grupo Verde, insistimos que a estratégia da definição do referido nome está mais do que tardia, pois é necessário consolidar o possível candidato em uma região onde as bases eleitorais estão cada vez mais fechadas e buscar apoio em outras regiões, para não se apresentar, assim como pode ocorrer com Alessandra e Zé, como uma “candidatura municipal”.

Não compra: É necessário fazermos uma observação, já faz duas décadas que a população de Santa Cruz do Capibaribe e região não compram uma “proposta municipal” em um pleito estadual. O eleitor dessa região comprou a ideia de que vota em um deputado que caia de corpo e alma, apresentando e concretizando projetos e emendas e pra isso o tiro (voto) tem que ser certo.

Fica ligado: Pois as Curtinhas em áudio dessa segunda às 16h, na Rádio Polo, tratará dos bastidores da política de Taquaritinga do Norte, onde a cada semana tem uma polêmica diferente.

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor

Postado por: Walter Miro

21 de outubro de 2021

RESUMÓRIO – com o professor Tenório

 

 

FORÇA TAREFA – Semana passada em entrevista na Rádio Polo, o prefeito Fábio Aragão praticamente disse que tem uma força tarefa fazendo a articulação política da gestão. Seria ele, Helinho Aragão, uma pessoa do gabinete e o articulador político oficial, Jason Lagos. Às vezes acontecem umas pixotadas que parece não ter ninguém pegado no “siviço”, como eles gostam de falar.

REFORMÃO – Na mesma entrevista, Fábio disse que vai ter “A reforma na UPA”, na verdade, um reformão, pois serão gastos um milhão de reais. Não é possível que não se resolva o problema daquela goteira que rende inúmeros vídeos toda vez que chove na cidade.

QUASE TUDO – Ainda falando em reforma, a da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, que ainda não começou, já inviabilizou a realização de algumas reuniões ordinárias no plenário e uso do espaço para velar o corpo de gente conhecida. As reuniões já voltaram a acontecer, já teve audiência pública e até sessão solene para herói de guerra. Se velar alguém estará como antes, só que sem cadeiras fixas para o público.

PEDIDOS – Já em entrevista ao quadro Olho no Olho, Fábio Aragão disse que pedirá aos secretários da gestão para votarem nos deputados que ele apoia, Diogo Moraes e Eduardo da Fonte. O prefeito acredita que não haverá nenhum tipo de oposição a esses nomes. Fábio também pediu a todos os secretários que atendam bem a população, mas… parece que nem todo pedido do chefe do executivo tem sido atendido.

DÉBITO – Na audiência pública realizada na Câmara de Vereadores de Santa Cruz foi apresentada uma dívida de 353 milhões deixada pela gestão anterior. O ex-prefeito cuidou de explicar que desse montante 315 milhões são relativos ao cálculo atuarial do SantaCruz Prev para os próximos cinquenta anos. Fábio mostrou débito demais e Edson fez uns cálculos que se brincar ele deixou mais dinheiro em caixa do que dívida. Cada um que apresente os números da norma que lhe favoreça.

VINTE CENTAVOS – Inflação galopante, aumento de combustível e Dólar nas alturas não querem dizer nada. É só tirar Dilma e prender Lula que resolve. Ou não… E pensar que uma banda do mundo quase se acaba por conta de um aumento de vinte centavos…

AUMENTO – Só depois dos constantes aumentos no preço da gasolina e depois da Petrobrás alertar para escassez de combustíveis em novembro é que percebi que essa moda de pedalar em Santa Cruz não é só uma questão de saúde. Já era uma preparação para os tempos difíceis que estão por vir.

VOLTOU – O ex-vice-prefeito Dida de Nam apareceu no racha de segunda, na mala e no cenário político da cidade. Confirmou que caminha para apoiar Mendonça Filho para federal, deu entrevista e disse que às vezes é preciso caminhar com as próprias pernas. O alinhamento com o grupo Boca Preta não deve ser de cabo a rabo como no passado. E não venham me dizer que a postura ainda é fruto de uma derrota mal digerida.

CANDIDATURAS SECRETAS – A Rede Globo lançou nesta quarta-feira (20), “Verdades Secretas 2”, a primeira novela feita para streaming. Agora mais secreta do que o nome da trama que estreia no Globoplay está a definição da candidatura a estadual do grupo Carneirinho. E a definição entre Edson e Alessandra de quem vai para estadual, quem vai para federal, se é que vai ter candidatura de filho da terra a federal. E ainda tem José Augusto Maia que tem o aliado Sílvio Costa Filho como entusiasta de um projeto de candidatura do mesmo Zé.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor

Postado por: Walter Miro

19 de outubro de 2021

Entrevista de Edson Vieira repercute no programa Rádio Debate desta terça

 

O Rádio Debate desta terça-feira (19) abordou a entrevista do ex-prefeito Edson Vieira, concedido na manhã de ontem no programa Estúdio Livre, também transmitido pela Rádio Polo.

Dentre os temas, as críticas do ex-prefeito a audiência pública realizada pelo prefeito Fábio Aragão, que segundo o gestor, teria herdado uma dívida de 353 milhões. O tema eleições 2022 também foi abordada na entrevista e repercutida no programa pelos integrantes, que discutiram as projeções de Edson Vieira para o ano que vem.

Sobre o posicionamento do ex-vice-prefeito e último candidato a prefeito pelo grupo, Dida de Nan, que declarou que deve apoiar Mendonça Filho para deputado federal, em detrimento do grupo que deve seguir, Edson Vieira disse que não acredita que Dida deve seguir candidatos que não estão sendo apoiados pelo grupo, e voltou a defender o nome de Fernando Filho.

Sobre candidatura no próximo ano, Edson Vieira voltou a declarar que no final desse ano terá um posicionamento definido com relação a disputa do grupo. Uma vaga na Câmara Federal é vista dentro da realidade do ex-prefeito.

Ouça o programa que vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 8h30 pela Rádio Polo.

 

Postado por: Eliton Araujo

18 de outubro de 2021

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

 

 

Briga boa: Mais um duelo se aproxima nos próximos dias entre o atual prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Fábio Aragão (PP), e o ex-prefeito Edson Vieira (PSDB). Apenas para contextualizar, na última quinta-feira (14), a equipe de Fabio apontou uma dívida deixada pela gestão de Edson de mais de 350 milhões de reais, sendo que desse montante, mais de 300 milhões são de provisões com a previdência própria para os próximos anos.

Irresponsável: No programa Fala Prefeito, na Rádio Polo, da última sexta-feira (15), Fábio destacou em sua fala a irresponsabilidade da gestão Vieira em como foi criado o SantaCruz Prev, apontando para Edson a culpa em uma previsão de déficit futuro na previdência e a necessidade de resolver o referido problema.

Expectativa: O ex-prefeito Edson Vieira afirmou no programa Rádio Debate, da Polo, que na próxima segunda-feira (18), irá participar do programa Estúdio Livre, na mesma emissora, onde deverá esclarecer os números que foram apresentados pela equipe do prefeito Fábio Aragão. Segundo Edson, os números são “exorbitantes e mentirosos”.

Em jogo: Os números apresentados pela equipe de Fábio repercutiram não apenas na imprensa local, mas em toda região e em alguns blogs a nível estadual. Nesse contexto, tem muita coisa em jogo para Edson Vieira que é pré-candidato a deputado estadual e precisa, urgentemente, rebater com dados e documentos esses números, para que esses números não atrapalhem sua imagem fora das fronteiras de nossa região em 2022.

Sangue novo: O prefeito de Brejo da Madre de Deus, Roberto Asfora (PL), concedeu entrevista ao radialista Alberes Xavier, na última semana, no programa Cidade em Foco, e revelou que poderá apoiar o pré-candidato Tiago Pontes para deputado estadual. Apesar de ser um sangue novo que poderá chegar a nossa região, o nome merece uma rápida pesquisa e seu currículo debatido, conhecendo os bastidores da politica brejense, tenho uma ligeira impressão que esse nome causará pautas que serão muito bem mastigadas politicamente.

Longe: A derrota sofrida pelo grupo Boca Preta de Brejo da Madre de Deus na última eleição tem como um dos principais motivos, apontado claramente nas urnas, o rompimento entre o ex-prefeito Hilário Paulo (PSD) e o ex-vice-prefeito Josevaldo Lopes (Republicanos). Apesar de nos bastidores as duas alas terem a leitura de que a união é o ponto chave para chegar competitivo em 2024, as fortes falas proferidas por Josevaldo em entrevista concedida na Rádio São Domingos FM na última quarta-feira (13), demostram que essa unidade ainda está longe.

Fechada: O vereador oposicionista por Taquaritinga do Norte, Ronaldo César (PSD), anunciou na tribuna da Câmara na última quinta-feira (14), e em suas páginas oficiais que sua chapa para 2022 já está fechada, são eles: O projeto de reeleição do deputado federal André Ferreira (PSC) e a pré-candidatura a deputado estadual do vereador por Recife, Fred Ferreira (PSC).

Mais Taquaritinga: Logo mais, às 16h, as Curtinhas em áudio dessa segunda, na Rádio Polo, tratará dos bastidores da política de Taquaritinga do Norte que pega fogo a cada dia, fica ligado!

 

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor

Postado por: Walter Miro

15 de outubro de 2021

Dívidas apontada por Fábio Aragão é tema do Rádio Debate desta sexta-feira (15)

 

O programa Rádio Debate desta sexta-feira (15) transmitido pela Rádio Polo debateu a audiência pública realizada nesta quinta-feira (14) pela prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe com intuito de apresentar dados dos dois quadrimestres da gestão em 2021, bem como sobre a forma em que o atual prefeito Fábio Aragão pegou as finanças do município.

Ao todo, a auditoria trouxe que a prefeitura teria uma dívida a R$ 325 milhões, onde desse montante, cerca de 330 milhões seria com dívidas de provisões com o Regime Próprio de Previdência Social (Santa Cruz Prev), INSS, Celpe e Ipsep/IRH.

Outros 22 milhões seriam de dívidas a curto prazo, com responsabilidade de pagamento no prazo de 12 meses, com o INSS, recolhimento previdenciário e fornecedores. A audiência também trouxe o balanço financeiro, onde a prefeitura teria recebido em receitas 160.577.000,00 (Cento e sessenta milhões, quinhentos e setenta e sete mil reais).

Durante o programa, o ex-prefeito Edson Vieira fez uma participação rápida por telefone onde foi questionado sobre suposta dívida apontada pela gestão Fábio Aragão. Edson não entrou em mais detalhes e confirmou que na próxima segunda-feira (18) estará participando do Estúdio Livre, às 11h, para esclarecer todas as informações relacionadas ao tema.

Além disso, como em toda sexta-feira, hoje teve o quadro ‘Bola Cheia’ e ‘Bola Murcha’ da semana, que recebeu como convidado especial o blogueiro Sidney Lima.

Ouça o programa que vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 8h30 pela Rádio Polo.

 

Postado por: Eliton Araujo

13 de outubro de 2021

Hospital Fernando Aragão? Será? – Ouça o Rádio Debate desta quarta-feira (13)

 

Imagem foi publicada nos Storys do Instagram do prefeito Fábio

 

Em sua rede social, o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe Fábio Aragão (PP) publicou uma foto que chamou bastante atenção das pessoas e dos debatedores do Rádio Debate. O prefeito tirou a foto caminhando sobre um terreno e colocou as iniciais: H.F.A, e trouxe a frase “Se você pode sonhar, você pode realizar”.

Como principal promessa de campanha utilizado nas eleições de 2020, o então candidato há época, demostrou ter o sonho de, como prefeito, construir um hospital e colocar o nome de seu pai, Fernando Aragão, falecido ano passado em decorrência da Covid-19.

Além disso, o programa abordou o envio da emenda enviada pelo deputado federal Túlio Gadelha (PDT) destinada ao Hospital Geral Severino Pereira da Silva, em Taquaritinga do Norte.

Articulações políticas visando 2024 pelo grupo Calabar não foram bem digeridas pelo deputado federal Ricardo Teobaldo (Podemos), que afirmou achar muito desgastante e prejudicial ao grupo discutir o próximo pleito de prefeito, sem primeiro se articular e vencer as eleições estaduais no próximo ano.

Ouça o Rádio Debate desta quarta-feira, que vai ao ar de segunda a sexta-feira a partir das 8h30 pela Rádio Polo.

 

Postado por: Eliton Araujo

13 de outubro de 2021

RESUMÓRIO – com o professor Tenório

 

 

TÁ PEGANDO FOGO – Se o influenciador digital da Torre estivesse acompanhando o desenrolar da invasão das casas do Residencial Cruzeiro, certamente diria ‘tá, tá, tá pegando fogo’. É o que os invasores estão fazendo após a ordem judicial para desocupação. Estão queimando casas e vendendo o que pode ser arrancado dos imóveis. Com isso, a imagem de populares humildes e ordeiros que precisam de moradia cada dia vai se transformando em cinzas perante a opinião popular.

TRADIÇÃO – Tomara que não inventem mais uma moda nesses residenciais, que pare por aí. São sempre construídos quase que totalmente numa gestão e entregue por outra, questionamentos na lista de contemplados, protestos, etc.

MAIS DO MESMO – Não importa se o prefeito é um publicitário, homem do povo ou empresário. A certeza que se tem é que os professores estarão nas ruas e na prefeitura lutando por direitos e tendo dificuldades para estabelecer um diálogo tranquilo.

PROPOSTA – Diante da crise econômica, se precisar chegar junto do patrão pra pedir um aumento, chama o jurídico da prefeitura que eles são bem legais e dão proposta de aumento. Só esquecem de combinar com a chefia e o pessoal do financeiro.

OFICIAL – Segundo o prefeito Fábio Aragão, a proposta de reajuste ofertada aos professores não foi oficial. Curioso que oficial foi apenas a retirada da proposta não oficial, pois a categoria recebeu um ofício assinado pelo chefe de gabinete retirando a proposta. Quanto mais justificam, mais enrolado fica.

UNIÃO – Lá em Taquaritinga, os vereadores incorporaram a música de nosso Zé que fala que “a união vence todo mal que vier”. É vereador de situação junto de vereador da oposição discutindo os problemas da cidade no mesmo programa de rádio na maior tranquilidade.

AQUI NÃO – Não consigo visualizar Carlinhos da Cohab ou Jéssyca Cavalcanti discutindo os problemas da cidade tranquilamente no Programa de Capilé ou Carlinhos no Oposição em Ação ou Jéssyca no Voz do Povão. Até que seria divertido, mas é muito improvável acontecer.

A COPA – Ainda em Taquaritinga, o foco de alguns integrantes do grupo Calabar está na eleição 2024, enquanto os deputados do grupo estão naturalmente pensando em suas reeleições. Será que o pessoal que gosta de esporte lá está focado na próxima Olimpíada em vez de pensar na Copa do Mundo?

MAIS UMA – Mais uma festa religiosa com sucesso de público e de organização. A festa de Nossa Senhora Aparecida foi muito bem organizada e prestigiada pela população. Gente e fogos de artifício tinham com força.

SÓ SE FOR DE GARGANTA – Como diriam uns amigos canalhas, crise só se for de garganta. A preocupação de morrer de fome que alguns tinham ano passado por conta do comércio fechado devido a pandemia deu lugar a viagens pelo litoral brasileiro, europeu e caribenho.

INAUGURAÇÃO – Próximo sábado será inaugurada a Arena Brejo Mix, no Brejo da Madre de Deus. Na programação está um jogo amistoso entre o time da Rádio Polo e Amigos do vereador Jobson Barros. Como é um evento festivo, o jogo é com a SelePolo. Se fosse pra disputar na vera, deveria ser o Clássico do Tambor, Amigos de Jobson contra Amigos de Maria José. É preciso manter a rivalidade acesa, pois esse distrito conta hoje com quatro vereadores eleitos no último pleito.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor

Postado por: Walter Miro

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!