18 de abril de 2021

As curtinhas com Romenyck Stiffen

Solto na bagaceira

Começo ruim: Após um início de terceiro mandato apagado, o Deputado Estadual Diogo Moraes (PSB) deu margens para críticas de adversários e até mesmo aliados. Somando esse mergulho nos dois primeiros anos do terceiro mandato de Diogo, fora da mesa diretora da ALEPE após uma boa temporada na Primeira-Secretaria e com o mau posicionamento político em nossa região no primeiro semestre de 2020, período da pré-campanha eleitoral municipal, podemos afirmar que foi o pior momento perceptível dos três mandatos do referido deputado.

Guinada: Após o resultado e respostas das urnas de 2020, Diogo saiu do comodismo deu uma chacoalhada em sua equipe, principalmente a de marketing, arregaçou as mangas e deu uma guinada em um mandato que estava em baixa.

Um leão: Pra quem acompanha os bastidores políticos e principalmente a trajetória do Deputado Diogo Moraes, sabe que apesar do político promissor que o mesmo se apresentou há quase duas décadas atrás, sua carreira até então sempre teve momentos de mergulhos e momentos intensos de ações. No entanto, é nesses momentos de intensidade que o mesmo se transforma em um leão nas ruas, incomodando adversários e por diversas vezes mudando estruturas de grupos políticos da cidade, só dar uma pesquisada no que ocorreu com os grupos Taboquinha e Boca Preta, em 2010 e 2018 respectivamente.

Atuando: Só uma vasculhada nas redes sociais do Deputado Diogo Moraes, que observaremos a intensidade de sua agenda em seus redutos eleitorais. Contudo, acompanhando e buscando os constantes bastidores, obtemos informações que o deputado está agindo politicamente em sua casa, Santa Cruz do Capibaribe, na tentativa de consolidar a manutenção de seu mandato em 2022. Nesse contexto, ex-vereadores de grupos adversários, assim como lideranças e nomes de expressão em diversas áreas dos bastidores políticos estarão declarando apoio à Diogo Moraes e fazendo parte de sua equipe em um futuro não tão distante.

Cedo?: Para alguns políticos dos principais grupos de nossa cidade, ainda é cedo para discutir 2022. Mas está sendo nessas indefinições iniciais dos grupos verdes e azuis em 2021 que Diogo está aproveitando o vácuo e correndo solto até então. Um destaque a ser feito, Moraes pode até não ser unanimidade em seu grupo, mas aponta a certeza de sua candidatura e vem consolidando o apoio das principais lideranças e dos políticos de mandatos nos Taboquinhas.

Desafio: Em seu grupo, Diogo Moraes terá como principal desafio, no momento, entender e monitorar o silêncio ensurdecedor de José Augusto Maia (REPUBLICANOS). Apesar de um filho em um cargo de confiança do governo e outro vereador da base, informações de bastidores dão conta que Zé esperava ser lembrado pela gestão, ao menos como um “conselheiro”. Contudo, uma fonte nos informou que houve uma conversa entre Zé e Fábio Aragão (PP) há cerca de um mês e até o início da última semana nenhum retorno teria ocorrido por parte do prefeito, como resolução da conversa. Esta situação estaria deixando o líder do clã Maia chateado.

Casa ou fora?: O grupo Carneirinho ainda não definiu se irá com uma solução caseira a estadual ou irá procurar fora este nome. Nessa indefinição, demora a fortalecer alguém do grupo e nossa população vem mostrando a duas décadas que não vota nos denominados “candidatos municipais”, assim como não é uma tarefa fácil transformar um candidato de fora competitivo frente aos filhos da terra, só observar o histórico desde a década de 1990. Mesmo achando que seria cedo, o grupo corre contra o tempo.

Ela ou ele: Nos Bocas Pretas, a indefinição nos nomes da Deputada Estadual Alessandra Vieira (PSDB) e do ex-prefeito Edson Vieira (PSDB) para a cadeira na ALEPE que o grupo conquista de forma consecutiva desde 2006, vem iniciando um mal estar interno que se não for sanado de forma rápida pode virar uma bola de neve. Este mal estar é perceptível nas conversar ao pé do ouvido com integrantes do grupo.

Sem coragem: Existe uma ala do grupo que deseja a manutenção do mandato de Alessandra em 2022. Contudo, até o momento não tem coragem de peitar o ex-prefeito sobre o referido tema e apoiarão, mesmo que contrariados, Edson Vieira, caso ele decida disputar a vaga na ALEPE.

O discurso: Enquanto isso existe um grupo de insatisfeitos com o resultado das urnas de 2020 que estão apenas esperando a decisão do ela ou ele para montar o discurso e desembarcar do grupo em busca de novos horizontes. Só um pequeno detalhe, analisando os fatos e as conversas de bastidores, independe se ele ou ela é apenas a questão da montagem do discurso mesmo.

 

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor

Postado por: Eliton Araujo

14 de abril de 2021

RESUMÓRIO – com o professor Tenório

 

 

JÁ NÃO – O que encabula na gestão atual é o “JÁ”. Meses depois, o retorno na Av. 29 de Dezembro “JÁ” está liberado… Os itens para o kit merenda “JÁ” chegaram, só falta um… O governo não percebe que está Barrichelizando, atrasando ações importantes e ainda propaga com um ar de agilidade.

VENCIMENTO – Inclusive, bom prestar atenção quando receberem esse kit merenda. Confiram a data de validade dos produtos, pois esperaram tanto pelo kit e por um item específico que é bem possível dos outros estarem próximo do vencimento.

COMIDA PARA QUEM PRECISA DE COMIDA – Quem tem fome tem pressa e quem não tem fome, também. Está demorando muito a entrega do kit merenda para os estudantes da rede municipal de Santa Cruz e também está demorado o desfecho sobre a questão do vale alimentação dos vereadores, que era de R$1.200,00 e fala-se nos bastidores que poderá mudar para R$500,00

A PEDIDO – Segundo o presidente Capilé da Palestina, o polêmico aumento na gratificação de alguns cargos comissionados de servidores da Câmara, que já virou caso de justiça, será reduzido a pedido dos servidores. Será que essa redução no vale alimentação dos vereadores foi a pedido também? Se foi, foi a pedido de quais vereadores? Não é muito comum político pedindo redução de salário ou benefícios não.

LOOK DA SEMANA – Já contemplamos em Resumórios passados o figurino da deputada estadual Alessandra Vieira, do vereador Caetano Motos e da secretária de saúde, Lívia Borba. Mas o look da semana que chamou a atenção foi o da secretária e mãe do prefeito Fábio, Dona Ivone Aragão, no encontro com a imprensa para a divulgação das ações realizadas nos cem dias de gestão, na última segunda-feira no restaurante Bellitate Garden.

BÊNÇÃO – Dona Ivone estava com a roupa idêntica à da gerente do restaurante. Além da roupa, o cabelo e estatura também eram muito semelhantes, confundindo algumas pessoas. Vi a hora o prefeito Fábio Aragão pedir a bênção a gerente do Bellitate.

AUSTERIDADE – Não se enganem com o lugar do encontro com a imprensa, o restaurante é excelente, mas o cardápio para imprensa, no evento, foi restrito e sem sobremesa. Parece que Fábio quis mostrar, na prática, mais um exemplo de economia e cuidado com o gasto do dinheiro público. Não podemos reclamar!

MACARRÃO – Pelo menos entre as opções tinha uma deliciosa parmegiana, com um macarrão tão bom, que parecia até que foi pra encabular vereador situacionista e trabalhadores da saúde que atuam no combate à Covid-19.

PERDEU A OPORTUNIDADE – O vereador Carlinhos da Cohab perdeu a oportunidade de almoçar com a secretária de Saúde, escolher juntos o cardápio e colocar os pingos nos is. Quem almoçou na mesa em que estava a Lívia Borba foi o também representante da Cohab, Marlos Mello.

TERRA DO DOCE E DA TRISTEZA – Moradores do distrito de Poço Fundo estão sem motivos para sorrir, porque são apenas três ou quatro ficha para dentista por dia, tendo que acordar de madrugada para não ficar na mão. Se fosse um prato de macarrão com soja, o defensor do distrito já teria resolvido ou pelo menos alardeado. Já mostraram umas ações lá, poderiam resolver mais essa demanda tão importante para população.

CHAMOU A ATENÇÃO – Vereador denuncia lixo e metralha na rua, mas o vídeo ficou tão ruim que se destacou mais do que a necessidade de coleta. Dedo do filmador na frente da tela e orquestra de fundo musical não se vê todo dia em reivindicação parlamentar. Lixo e sujeira na rua todo mundo tá acostumado.

NOMES – Depois de quase dois anos, resolveram o problema da ponte velha que agora está nova. Mas quando vão resolver o problema da nomenclatura? Quando a gente falar ‘ponte nova’, será aquela da PE-160 ou a recém-inaugurada perto do antigo açougue? Bom ver como vai ficar isso pra não causar confusão.

NOME – Aproveitem e definam como vai ficar o nome do auxílio anunciado no evento dos cem dias de governo. Anunciaram lá o “Auxílio Municipal Emergencial”, mas alguns meios de comunicação da cidade divulgaram como “Auxílio Emergencial Municipal”, que eu acho que combina mais.

LEI DA MORDAÇA – Em Taquaritinga do Norte, comunicadores reclamam que secretários municipais estariam proibidos de falar com a imprensa. Pelo menos, lá não se invade estúdios. Cada cidade com seus problemas.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade do seu autor

Postado por: Walter Miro

11 de abril de 2021

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

“Reação?

 

 

Esperado: Com o resultado das eleições em Santa Cruz do Capibaribe, onde somado o resultado das oposições se chega a um calculo de mais de 60% do eleitorado, era esperado que o prefeito Fábio Aragão (PP) não teria 100 dias, seis meses ou quatro anos de governo fáceis.

Aumentando: O grupo Boca Preta, através de alguns vereadores e principalmente seu líder, Edson Vieira (PSDB), vem aumentando o tom contra a gestão Fábio a cada dia. O ex-prefeito Edson Vieira fez um comparativo sobre os 100 primeiros dias de seu governo em 2013 e o de Fábio no corrente ano, além de criticar fortemente alguns pontos da atual gestão, a exemplo da saúde em relação ao combate à COVID-19.

Também: Mesmo que de forma mais tímida, se comparado ao grupo Boca Preta, os Carneirinhos, através de sua bancada de vereadores e seu líder Alan Carneiro (PSD), também não deram sossego ao prefeito Fábio nesses primeiros 100 dias e protagonizaram algumas críticas e até mesmo encaminhamento de denúncia ao Ministério Público. Entre os pontos de cobranças, a saúde também foi o mais levantado pelos carneirinhos nesse período.

Economicidade: Em conversas com alguns parlamentares e membros dos governos, pontuaram que o período foi de arrumar uma casa que estava em desordem e observar os gastos da gestão passada em relação a atual para ver o quanto o município pode economizar, para assim investir em obras e ações para população e que nos próximos dias teríamos anúncios, muitas delas com recursos próprios.

Prestação: Nessa segunda-feira (12), o prefeito irá fazer uma prestação de contas à imprensa e a população referente aos 100 primeiros dias e, provavelmente, anunciar algumas dessas possíveis ações para os próximos dias.

Frota: Não especificando se com recursos próprios ou emendas, nossas fontes nos revelaram que uma frota com mais de 10 veículos será entregue a população nos próximos dias. Entre motos e carros, áreas a exemplo de segurança, saúde, meio ambiente e assistência estariam sendo contemplados com esses veículos.

Saúde: Contudo, é na área da saúde que o governo estaria em estudo para o anúncio de uma grande obra que alguns apostam que se tornará a marca da gestão. Em um olhar rápido no plano de governo e falas em debate e entrevistas nas eleições de 2020, se for seguindo os mesmos, sinceramente não observei nenhum ponto dos mesmos que ultrapasse a promessa da construção de um hospital que seria ou será denominado de Fernando Aragão.

Engrenando: Com a reaproximação do ex-vereador Marlos Melo (PSB) ao Grupo, outros nomes que estavam distante serão anunciados ou vistos no governo com mais frequência nos próximos dias. A lista de insatisfeitos não é pequena, contudo apontam que a dobradinha do vice-prefeito Helinho Aragão (PSB) e o secretário de articulação política Jason Lagos, começam a render frutos. Nomes que estiveram na linha de frente do grupo verde e azul também poderão ser anunciados nos próximos dias.

Saída: Em todo ambiente que existe um ponto de chegada, também existe um ponto de saída. Nossa fonte, e dessa água eu bebo, nos confirmou a saída de presidente do Santa Cruz Prev, Israel Carvalho. Segundo nossa fonte, na reunião dos 90 dias de avaliação dos secretários Israel falou sobre seu trabalho, se despediu agradeceu a Fábio e explicou a todos a situação de sua saída que passou, principalmente, por questão do plano de cargos e carreira de sua profissão de professor, onde no local que está lhe acarretaria prejuízos atuais e futuros. Já existe substituto e será também anunciado a qualquer momento.

Reforço: Ainda segundo nossa fonte, na reunião dos 90 dias foi observada a necessidade de alinhar a comunicação e divulgação das ações para os próximos dias, pois muitas coisas boas em prol da população estariam ocorrendo nas secretarias e que a população não estava tendo conhecimento. Ainda segundo nossa fonte, não haverá mudanças nessa área, pois Gabriela Figueirôa vem dando conta do recado dentro das limitações da pasta, contudo haverá reforço e novas formas de chegar às informações a população. Perceptível que os storys e redes sociais do prefeito e prefeitura não dão conta e nem atingem toda população.

Reação: Parece que o governo municipal conseguiu encontrar a antiga receita de que a principal reação às criticas é o alinhamento entre administração, político e comunicação. Sem esses elementos alinhados é apanhar sem reagir.

Postado por: Janielson Santos

7 de abril de 2021

RESUMÓRIO – Com professor Tenório

RADICALISMO – Além dos números de notificações e óbitos que insistem em quebrar recordes dia após dia no Brasil, o radicalismo no debate sobre o nosso país também preocupa. Quer seja em calçada, mesa de botequim ou em estúdio de rádio, falta sensatez e sobra intolerância. Discordem sempre, mas sem insistir nas fake News e nem faltar com respeito a ninguém.

CARDÁPIO INDIGESTO – Agora o Resumório vai ‘Direto ao Ponto’: O vereador Carlinhos da Cohab cobrou explicações a nova secretária de Saúde sobre uma reclamação de alguns profissionais da saúde que trabalham no enfrentamento à covid-19 estarem recebendo apenas macarrão com soja para o almoço. O vereador disse que tentou falar com a Lívia Borba, mas não foi atendido, porque ela estava almoçando.

O CAFÉ – Bom resolver o problema da alimentação e das arestas políticas que possam ficar. Aproveitem também para ver a questão do café da manhã desses profissionais de saúde também, pois já começa circular nos grupos de WhatsApp que o café da manhã também é meia boca.

SOLUÇÃO – O vereador, já que é situacionista, deveria ter resolvido a questão internamente, convidando a secretária para almoçar. O cardápio ficaria a critério dele, de repente, serviria o macarrão com soja para saber se o tempero é bom. Depois dessa polêmica, será que Lívia Borba aceitará convite de Carlinhos para participar do programa de rádio a Voz do Povão?

DESVOTO – Não bastasse a displicência numa reunião on-line, onde o vereador Zezim Buxim apareceu comendo piaba e pouco focado na reunião da Câmara, mais uma vez Zezim chamou a atenção pela falta de atenção numa reunião da Câmara, dessa vez presencial. Ele votou contra um parecer e depois pediu desculpa, porque queria votar a favor. Solicitou um desvoto para votar diferente. Depois querem que o povo não critique algumas coisas que acontecem naquela Câmara.

BANCADA PEQUENA – O prefeito Fábio Aragão foi até a Câmara de Vereadores tentar articular a aprovação do projeto de parcelamento da dívida do Santa Cruz Prev. Parece que não obteve êxito e fica cada vez mais claro que a gestão pode pagar um preço muito alto, feito às férias de Bolsonaro, por só ter elegido uma bancada de quatro vereadores.

PIOR NUNCA DO QUE TARDE – Finalmente, depois de quatro meses e umas reclamações, o ex-vereador Marlos Melo recebeu uma ligação e tem sido lembrado pela gestão. Marlos é muito avexado, achou ruim quatro meses para receber atenção. Quem sabe assim, o bloco dos insatisfeitos não diminui um pouco.

O RETORNO – O Programa a Hora do Povo já tem dia, hora e emissora para voltar! As férias foram demoradas feito a inauguração da Ponte Velha. Edson e Alessandra serão os protagonistas na programação política das manhãs de sábado. Os vereadores azuis que não se sentiram à vontade para participar do Oposição e Ação, versão Boca Preta comandado por Jéssyca e Ernesto, terão outra opção para marcar presença no rádio.

APRESENTAÇÃO – Na apresentação do novo programa A Hora do Povo teremos a inconfundível voz de Ronaldo Pacas. Importante a apresentação do ex-vereador que já demonstrou que sabe lidar calmamente com questões de conflitos dentro de estúdio de rádio.

PROGRAMAÇÃO – Sábado tem ‘A Hora do Povo’ às 11h na Vale FM, ‘A Voz do Povão’ às 12h na Polo e ‘Oposição em Ação’ às 13h também na Polo.  Mais de três horas consecutivas de programação política com garantia de polêmica. Ainda haverá o programa da Câmara de Vereadores, que está em processo de licitação. Vou até comprar um rádio novo, pois não vou perder um minuto desse vasto campo de inspiração para o Resumório.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas são de responsabilidade do autor

Postado por: Eliton Araujo

6 de abril de 2021

Rádio Debate traz o histórico do empresário Zezé Diniz, que faleceu hoje, e a repercussão da entrevista de Dida de Nan – Ouça

 

Rádio Debate desta terça-feira (06) trouxe um breve histórico do ex-vereador e empresário Santa-cruzense Zezé Diniz, que faleceu nas primeiras horas de hoje, em decorrência de um câncer que vinha tratando há meses. Zezé havia sido vereador pelo município por três mandatos consecutivos entre os anos de 1983 até 1993. 

Os debatedores deixaram suas mensagens de apoio aos familiares e amigos e destacaram a forma empreendedora da qual Zezé detinha, além de ter sempre atuado nos bastidores da política local. 

Foi discutido também a repercussão da entrevista do ex-vice-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe Dida de Nan, que participou do Estúdio Livre desta segunda-feira (05). declarações fortes, em tom de desabafo e a posição favorável a unidade do grupo foi um dos temas abordados por Dida. 

O vereador Carlinhos da Cohab teceu críticas a nova secretária de Saúde do município, onde teria buscado informações com relação a uma denúncia de alguns servidores que estão na linha de frente da vacinação que teria reclamado do almoço servido pela Secretaria. Carlinhos disse que foi buscar informações da secretária e não foi atendido.

Ouça o programa que vai ao ar de segunda a sexta-feira através da Rádio Polo a partir das 8h30.

Postado por: Eliton Araujo

5 de abril de 2021

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

 

 

O projeto

Outra opção: Há exatos 20 dias, escrevemos em nossas Curtinhas que no grupo Gravatinha, em Taquaritinga do Norte, a situação também não estaria nada azul, pois ao conversar com alguns integrantes do grupo, com mandato e sem mandato, é perceptível que eles querem outra opção para 2024 que não seja novamente Jânio Arruda (PSD) na cabeça. Todos entendem a importância do ex-prefeito no processo, mas apontam a necessidade da construção de outros nomes. Resta saber como seria o entendimento de Jânio, um ou o principal líder do grupo, frente a esses pensamentos e construções.

Faz tempo: Nas mesmas curtinhas destacamos que não seria a primeira vez que integrantes do grupo Gravatinha se organizam para construção de um nome que não seja o de Jânio Arruda em uma majoritária, contudo, o ex-prefeito só não esteve encabeçando a majoritária quando não quis ou não pôde disputar.

Já em 22: Contudo, durante a semana recebemos a informação, de algumas de nossas fontes dentro do grupo Gravatinha, que essa construção passa por 2022. Pois o ex-vereador Batata, seu irmão Bá (candidato a vice na chapa de Jânio em 2020), alguns vereadores e lideranças sem mandatos não irão seguir o deputado a federal apoiado por Jânio, André de Paula (PSD). Contudo, seguirão Alessandra ou Edson Vieira (PSDB) para Estadual.

Confirmam: Para confirmar ou não as informações, conversamos com algumas lideranças com ou sem mandato no grupo Gravatinha. Apesar da maioria não querer se identificar, pois até então esse grupo ainda não conversou com Jânio e muito menos com André de Paula, todos confirmaram as informações de que existe uma construção para 2022 e que será a porta de entrada para 2024 e a busca de um federal atuante no município seria primordial.

Não seria bem assim: O único que conversou conosco, e não pediu sigilo, foi o ex-vereador Batata. Segundo o ex-vereador “Ainda não existe uma decisão definitiva sobre nosso apoio ao deputado André. Estamos avaliando as opiniões, como também esperamos conversar com André sobre algumas insatisfações de alguns membros”… “Não há diálogo aberto com nenhum federal, apenas, houve algumas sinalizações, porém não abrimos diálogo”… “André é um parceiro de longas datas, por isso mesmo acaba sendo mais cobrado, então precisamos avaliar juntos com o mesmo a renovação desta aliança política”.

Independente: Batata também afirmou que a situação de Alessandra é independente. Nesse contexto, as informações que temos de bastidores é que a família Vieira tem o apoio garantido da unanimidade do grupo gravatinha.

Conversando: Também tivemos a informação que o ex-prefeito de Santa Cruz, Edson Vieira (PSDB), já teria conversado ao pé do ouvido com alguns integrantes do grupo Gravatinha, com e sem mandato, apontando a possibilidade da sua candidatura a federal ou estadual, assim como a da reeleição de Alessandra e que as respostas mais positivas foram a da cadeira a Estadual, independente do Vieira que disputar. Contudo, em nossas conversas sentimos a preferência pelo nome de Edson.

Será?: Apesar dos bastidores dos Gravatinhas transbordarem o desejo da construção para 2024 sem o nome de Jânio na cabeça, passando por 2022 sem as orientações do ex-prefeito ser enorme por parte de vários de seus integrantes, o ex-vereador Batata tentou amenizar a situação e apontou que “As eleições gerais não terão, necessariamente, reflexos na municipal”, após perguntarmos se esse não apoio ao ou aos candidatos de Jânio em 22, pode representar um rompimento para 24 ou não tem nada haver?

Fazendo contas: Em conversas com essas fontes do grupo Gravatinha, perceptível que todos estão fazendo as contas dos apoios entre as lideranças com e sem mandatos. Os levantamentos de nossas fontes são de que Jânio hoje não conta com o apoio fiel da maioria da bancada de cinco vereadores e das lideranças sem mandato seu apoio estaria restrito aos mais tradicionais do grupo.

E o povo?: Só resta saber se essa conta está sendo feita com o povo, principalmente o eleitorado Gravatinha, pois com ou sem opção nas eleições disputadas nas duas últimas décadas, todas sem êxito, Jânio manteve o carisma e o controle em um eleitorado que rivaliza por igual com o grupo Calabar. Contudo, é notório que o grupo precisa de oxigênio e uma construção bem feita, com uma conjuntura sem imposições, sempre é saudável.

Postado por: Walter Miro

31 de março de 2021

RESUMÓRIO – com Professor Tenório

 

PRIMEIRA BAIXA – O governo Taboquinha teve a primeira baixa no alto escalão em menos de três meses. A secretária de Saúde deixa a gestão sem se destacar num momento de pandemia. O drive thru da Av. 29 de Dezembro, semana passada, bateu recorde de vacinação e críticas quanto à organização.

TORCIDA – Oposicionistas disseram que tinha vereador de situação torcendo pela saída da secretária de Saúde. Quem será que seria? Será que estavam se referindo ao vereador mais atravessado do que o navio que encalhou no canal de Suez?

SUBSTITUTA – Segundo o prefeito Fábio Aragão, Paula Moraes pediu para deixar a Secretaria de Saúde. Imagino como deve ter sido a conversa no convite a Lívia Borba para assumir a Pasta. Fábio deve ter sido taxativo: Você sabe organizar um drive thru em dia de chuva? Se sabe, já está contratada!

INQUIETAÇÃO – A pergunta do prefeito, certamente deve ter gerado uma grande inquietação em Lívia, que pode ter questionado, mas os carros do interior não têm para-brisa? Quando você ler os editoriais nos meios de comunicação da cidade, vai me entender. Pra quem chegou com vinte cilindros de oxigênio na mala, organizar drive thru em dia de chuva deve ser fichinha. O de hoje foi tranquilo. Não choveu.

MUITO DINHEIRO – O presidente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz, Capilé da Palestina, na outra legislatura, disse em entrevista de rádio que o salário de vereador era pífio, depois se desculpou pela fala. O vereador Irmão Soares também numa entrevista no rádio disse que antes achava que o salário de vereador era muito, mas percebeu que não é. Fez uma nota de explicação, reconhecendo a infelicidade de sua fala. Quem não sabe se seis mil ou nove mil e quinhentos é muito ou pouco vai saber desempenhar a função legislativa com excelência? Sobre os valores a discussão é bem mais ampla, mas pra espalhar fake news ou comer piaba durante reunião é, sem dúvidas, muito dinheiro.

ÔH SAUDADE – O ex-presidente da Câmara de Vereadores, Augusto Maia, parece que está deixando saudade nos corações de quem tanto o criticava. Acordar tarde e nunca terminar uma reunião sem se ausentar da presidência? Nunca critiquei.

DIGITAÇÃO – Na prefeitura, salário com gratificação exorbitante foi erro de digitação. Novo tempo, problemas antigos. Na câmara, gratificação generosa é competência e hora extra. O incômodo sobre o assunto depende muito da cor do partido que erra ou decide gratificar.

BLITZ – A turma que não paga IPVA estava arretada com a blitz na volta do serrote essa semana. Os gaiatos encheram as redes sociais que Paulo Câmara tinha mandado distribuir o peixe da Semana Santa lá. Dinheiro para o IPVA pode faltar, mas criatividade para reclamar, não.

CRENÇAS – Além de acreditarem na entrega de peixe na volta do serrote, teve também quem acreditou na trolagem que postaram sobre o governador ter decretado a proibição de captura de tanajura em todo estado de Pernambuco.  A proibição seria para evitar aglomerações próximo a formigueiros.

VACINA SALVA – O negócio é tão complicado que tem gente cismado com vacina e lockdown e acreditando que remédio de verme e cloroquina curam covid-19. Viva a vacina! Viva a ciência! Viva o SUS!

MAIS JÁ? – Olha essa postagem do insta da prefeitura, enviada por um leitor do Resumório: Atenção motoristas! O retorno da Av. 29 de Dezembro, próximo ao Hospital Municipal, está liberado. A necessidade da liberação do retorno é grande, agora a palavra “já” parece que incomodou o leitor. A demora de quase três meses deve ter sido por conta dos gelos baianos e a meia dúzia de placas que foram confeccionadas com material especial. Pelo menos o arrodeio ficou menor.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões aqui expressas, são de responsabilidade de seu autor

Postado por: Eliton Araujo

31 de março de 2021

“Emendas, ele nunca me pediu, nunca me ligou e nunca solicitou”, disse Diogo Moraes sobre o prefeito do Brejo, Roberto Asfora – Ouça o Rádio Debate desta quarta-feira (31)

Programa também abordou bastidores do grupo liderado por Allan Carneiro e as possíveis ‘sangrias’

O Rádio Debate desta quarta-feira (31) transmitido pela Rádio Polo teve como pauta as discussões com relação ao nome que possivelmente deverá sair candidato a deputado estadual pelo grupo verde, liderado por Allan Carneiro em Santa Cruz do Capibaribe. Além do próprio, se mostraram dispostos o vereador Capilé e o empresário Allan César, proprietário da Auto Pronto.

Além das conjunturas visando a eleição estadual do próximo ano, os comentaristas do programa abordaram as críticas de Allan Carneiro ao que chamou de ‘velhas práticas’, após vir à tona as articulações feitas por membros do grupo Taboquinha, que estariam sondando nomes que disputaram a eleição apoiando o grupo de 3ª via na cidade.

Outro tema foi as falas do deputado estadual Diogo Moraes, que teceu críticas ao prefeito do Brejo da Madre de Deus, Roberto Asfora, em entrevista ao programa Cidade em Foco. Diogo afirmou que o prefeito nunca teria solicitado sequer alguma ação do parlamentar para a cidade.

Ouça o programa que vai ao ar de segunda à sexta-feira pela Rádio Polo, a partir das 8h30.

 

Postado por: Eliton Araujo

30 de março de 2021

‘Adesões’ para o grupo do prefeito Fábio Aragão e implantação de novidades pela prefeitura na vacinação e no calendário de pagamento dos servidores – Ouça o Rádio Debate desta terça-feira (30)

 

O Rádio Debate desta terça-feira (30) trouxe como primeira pauta a criação de um calendário de pagamento dos servidores municipais de Santa Cruz do Capibaribe anunciado pela prefeitura. Os debatedores enfatizaram a importância desta informação, que visa dá mais transparência e possibilitar que os funcionários possam se programar melhor.

Ainda foi discutido a implantação do seite que prevê o agendamento da vacinação dos idosos contra a Covid-19 em Santa Cruz. O prefeito Fábio Aragão participou do programa e ressaltou a importância dessas duas ações anunciadas esta semana.

Fábio ainda respondeu sobre a realização dos exames que detectam o vírus no município, ressaltando que os esforços serão voltados ao teste do SWAB, que tem um nível de precisão elevado.

Por fim, Romenyck Stiffen trouxe as informações de bastidores com relação as articulações políticas que vem ocorrendo, principalmente entre membros que fizeram parte do grupo verde liderado por Allan Carneiro, e uma possível migração de alguns nomes para o partido Taboquinhas.

Ouça o programa que vai ao ar de segunda à sexta-feira pela Rádio Polo, a partir das 8h30.

 

Postado por: Eliton Araujo

29 de março de 2021

Rádio Debate – Mudanças no governo Fábio Aragão, bastidores do grupo Boca Preta e polêmicas envolvendo salários de servidores municipais – Ouça

 

O Rádio Debate desta segunda-feira (29) abordou assuntos da última semana como a troca da secretária de Saúde, a entrevista do prefeito Fábio Aragão sobre as polêmicas das gratificações de salário de um servidor e mudança de planos no grupo Boca Preta com uma candidatura do ex-prefeito Edson Vieira a deputado estadual.

Além disso, houve as discussões com relação as mudanças do governo Fábio Aragão, sendo a principal delas a saída de Paula Moraes da Secretaria de Saúde do município, além de seu adjunto, Rivelino Amorim. A nova secretária, Lívia Borba, assume nesta terça-feira (30).

A entrevista concebida pela deputada estadual Alessandra Vieira, na última quinta-feira (25) ao programa Estúdio Livre da Rádio Polo, também trouxe assuntos debatidos pelos comentaristas, principalmente no campo político do grupo na qual a deputada lidera.

Ouça o programa que vai ao ar de segunda à sexta pela Rádio Polo, a partir das 8h30.

Postado por: Eliton Araujo

29 de março de 2021

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Pressão: Como todos já sabem, trouxemos em primeira mão as mudanças na Secretaria de Saúde do município, a troca de Paula Moraes por Lívia Borba. Apesar de o relato oficial apontar que houve um pedido de saída da própria Paula, por questões pessoais, o clima político era de muita pressão em um período de pandemia e falta de protagonismo.

Chegando, “chegando”: Com um currículo extenso e experiência em cidades de grande e médio porte na região Metropolitana do Recife, a exemplo de Olinda e Abreu e Lima, a futura secretária de saúde, Lívia Borba, está se encaixando na expressão “chegou, chegando”, em uma rápida articulação conseguiu 20 novos cilindros de oxigênio para o município em um período em que o referido equipamento está em quase escassez de compra e reposição, devido à demanda.

Particularidades: A secretária chegará com o desafio de assumir o protagonismo em uma pasta alvo de diversas críticas de uma forte oposição que existe no munícipio e encarar alguns aliados que mais atrapalham do que ajudam. Nesse contexto, Lívia chegará com a sua equipe, ocasionando, assim, uma repaginada na pasta, com mudanças estratégicas. Uma das principais será à saída do adjunto, Rivelino Amorim.

Por falar…: Em mudanças, a deputada estadual Alessandra Vieira (PSDB) não descartou, em entrevista à Rádio Polo, uma possível substituição das peças no tabuleiro político do grupo Boca Preta em 2022. A referida mudança seria o da sua pessoa pelo seu marido Edson Vieira (PSDB), para manutenção da cadeira na ALEPE.

Tentando: O ex-prefeito, também ex-deputado estadual, Edson Vieira está tentando buscar os caminhos viáveis e competitivos para conquistar uma cadeira no Congresso Nacional. Contudo, caso essa viabilidade e competitividade não sejam alcançadas até o prazo legal de 2022, Edson não irá sacrificar a cadeira na ALEPE, podendo até ocorrer à substituição do nome de Alessandra por Edson na disputa.

Um Xavier: Apesar de ser muito cedo, concordamos com isso, mas caso a substituição em 2022 se confirme, as informações de bastidores de que um Xavier poderá estar presente na majoritária do grupo em 2024 cresce a cada dia, com um nome sem tanta rejeição na política. Um desses nomes é o da própria deputada Alessandra e o outro é o sonho de consumo de diversas camadas do grupo, o empresário Arnaldo Xavier, este último sempre esbarra na falta de vontade de participar do protagonismo de uma eleição.

Unificando: Por falar em manutenção de vaga na ALEPE, apesar dos entraves internos, o deputado estadual Diogo Moraes (PSB) vem usando do tempo para tentar reagrupar o grupo taboquinha, pelo menos os nomes de mandato, em busca de sua reeleição.

De jeito nenhum: Um exemplo do que falamos no tópico anterior foi à fala do vereador Carlinhos da Cohab (PP) em entrevista ao radialista Alberes Xavier. Segundo o vereador, ele afirmou que não será candidato a deputado estadual de jeito nenhum e reassumiu o compromisso com os nomes que provavelmente serão apoiados pelo prefeito Fábio Aragão (PP), ou seja, os deputados Diogo Moraes estadual e Eduardo da Fonte (PP) federal.

Fora do grupo: Carlinhos da Cohab ainda fez questão de afirmar que é uma pessoa de grupo e quem não apoiar os nomes dessa conjuntura estarão indo na contramão do grupo. A fala de Carlinhos joga um peso enorme nas costas de quem não seguir esses nomes.

Tem outro?: Por falar em eleição estadual, se o grupo carneirinho quiser ter um nome filho da terra na disputa da ALEPE que não seja o líder Alan Carneiro (PSD), precisará dá protagonismo a outra pessoa também. Como é perceptível que o grupo não tem interesse no presidente da Câmara, Capilé da Palestina (PSD), para disputa de 2022 e outro nome não apareceu ainda protagonizando no grupo, os caminhos poderão levar de forma natural para o próprio Alan Carneiro disputar o cargo de Estadual no próximo ano.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade do autor

Postado por: Eliton Araujo

25 de março de 2021

Fala de Irmão Soares sobre trabalho e salário dos vereadores e críticas ao drive-thru de vacinação em Santa Cruz do Capibaribe são pautas do Rádio Debate desta quinta-feira (25)

 

O Rádio Debate desta quinta-feira (25) transmitido pela Rádio Polo debateu sobre a fala do vereador de oposição de Santa Cruz do Capibaribe, Irmão Soares (PSD) que afirmou não concordar com as pessoas que dizer que vereador ganha bem no município, e ainda ressaltou que a atuação é ‘árdua’ e que ‘não é fácil como pensava’.

Após repercussão negativa de sua fala, o parlamentar encaminhou uma nota de esclarecimento na qual reconhece que a frase foi infeliz, e afirma que sempre buscou economizar recursos públicos, renunciando a alguns benefícios que são prerrogativas do vereador.

Também entrou na pauta, críticas relacionadas ao drive-trhu de vacinação da Covid-19 em Santa Cruz do Capibaribe ocorrido esta quarta-feira (24). Além de alguns populares que criticaram a desorganização, o empresário que foi candidato a prefeito pelo PSD, Allan Carneiro, também deu declarações a respeito.

Ouça o programa que vai ao ar de segunda a sexta-feira pela Rádio Polo FM, a partir das 8h30.

 

Postado por: Eliton Araujo

24 de março de 2021

RESUMÓRIO – Com Professor Tenório

 

A CRÍTICA – Já ouvi muitos elogios aos trabalhos realizados por Fábio. Acompanhei de perto muitos deles e é difícil encontrar alguém que discorde de sua competência. Claro que sempre haverá quem não goste, mas no caso de Fábio acredito que até hoje isso seja mais exceção do que regra. Naturalmente, respeitamos a opinião de todo mundo. Mas foi só ele fazer um serviço para outro Fábio, o Aragão, que tudo desandou. Mas se sabe que a questão não é talento e sim política.

A COR DA DISCÓRDIA – As redes sociais foram bastante movimentadas com divergências sobre a cor do letreiro com o nome de Santa Cruz, recentemente pintado pelo artista Fábio Xavier. Teve os defensores das cores da bandeira e os defensores das atuais cores da coberta de retalhos. Muitas críticas dos Bocas Pretas e muitos elogios dos Taboquinhas. Se pra o Boca Preta tá feio e pra o Taboquinha tá bonito, a maioria achou bonito, segundo às urnas.

A CONVERSA – Quatro meses depois e muitas mágoas acumuladas, o ex-prefeito Edson Vieira sentou para conversar com o ex-vice, Dida de Nan, para aparar as arestas deixadas pela campanha. Os mais chegados a Dida tiveram uma impressão sobre a conversa bem diferente da percepção dos mais chegados a Edson. Resumindo, parece que foi uma conversa perDida, assim como a eleição.

A PONTE – O asfalto da entrada da cidade está sendo requalificado, fato que desencadeou um monte selfies e vídeos dos políticos que levaram dois anos para resolver o problema de uma das entradas da cidade e agora estão lá para demonstrar a força que deveriam ter tido tempos atrás.

GOVERNADOR DO MAL – A ponte vai sair. Temo que na inauguração, na porta de uma das lojas mais próximas, algum lojista coloque a música que fez sucesso nos grupos de WhatsApp nos últimos dias, aquela que diz que “Paulo Câmara é o Governador do Mal, com esse tal de lockdown”.

MAIS QUE BOM – O que se passa na cabeça de quem defende os servidores do município e, ao mesmo tempo, faz convite para outras pessoas ocuparem as funções deles? Seria tipo assim, você está fazendo um trabalho muito bom, mas eu convidei alguém para ocupar o seu lugar para fazer um trabalho ótimo!

SAUDADE DO VELHO TEMPO – Parece que o novo tempo sentiu saudade de como a UPA era gerenciada no velho tempo, pois Demir foi convidado para assumir o cargo que já foi seu.

UM MAIA NA RÁDIO E OUTRO NA CHAPA – Com a participação da vereadora Jéssyca Cavalcanti na mesma chapa da UVP (União dos Vereadores de Pernambuco) com Augusto Maia, a outrora crítica ferrenha dos Maias faz um programa de rádio aos sábados com um e participa de uma chapa com outro.

CAFÉ IMPROVÁVEL – Ernesto Maia almoçar na casa da Boca Preta histórica, Dona Zélia do Santo Agostinho, Jéssyca participar de programa de rádio com Ernesto e participar de chapa da UVP com Augusto é muito fácil. Quero ver foto de Jéssyca tomando um cafezinho na mesa de Socorro Maia.

VOTO TROCADO – Boca preta votando num Maia e Taboquinha votando em Jéssyca é feito Bolsonaro defendendo vacina, não se ver todo dia não. Mas será que votam mesmo? Será que o presidente estava falando o que seu coração sente? Sei lá…

A RODA GIRANDO – O sujeito dos protestos nascido em Catolé do Rocha e registrado em Santa Cruz, mas mora em São Paulo não veio com seu chicote e levou uma enxurrada de críticas, pronunciamento do presidente exaltando a vacina e Moro declarado parcial em sua atuação nos processos do ex-presidente Lula. Parece que aos poucos, muito aos poucos mesmo, o cachorro está voltando a mijar no poste.

            “Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões são de total responsabilidade de seu autor

Postado por: Eliton Araujo

23 de março de 2021

Sondagem do vereador Demir para Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe e participação de Diogo Moraes – Ouça o Rádio Debate

 

O programa Rádio Debate desta terça-feira (23) gerado pela Rádio Polo, trouxe informações sobre as possíveis mudanças na área da saúde no governo do prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Fábio Aragão (PP).

O deputado estadual Diogo Moraes (PSB) também participou, por telefone, para falar sobre o início do recapeamento do trecho que liga a PE-160 à Avenida Teófanes Ferraz Torres Filho, cruzando também pela ponte velha que se encontra em fase final de obras para ser reinaugurada.

Diogo também voltou a comentar as ameaças feitas pelos comerciantes de São Paulo direcionadas ao prefeito, aos vereadores e ao governador Paulo Câmara devido as medidas de quarentena que suspendeu as atividades do comércio local.

Por fim, o debatedor Romenyck Stiffen trouxe informações de bastidores de que o vereador oposicionista Demir da Saúde (PSDB) teria sido convidado para assumir a Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe, e que o vereador levaria consigo integrantes do grupo liderado pelo ex-prefeito Edson Vieira.

Ouça o programa que vai ao ar pela Rádio Polo FM, de segunda a sexta-feira a partir das 8h30.

Postado por: Eliton Araujo

22 de março de 2021

Declarações de comerciantes paulistas e notícia-crime contra o vereador Carlinhos da Cohab – Ouça o Rádio Debate desta segunda-feira (22)

 

O Rádio Debate desta segunda-feira (22) da Rádio Polo FM, abordou como o principal assunto o vídeo em que dois empresários de São Paulo aparecem fazendo ameaças ao prefeito de Santa Cruz do Capibaribe Fábio Aragão (PP) e aos vereadores do município, por estarem seguindo as determinações do Governo de Pernambuco quanto a quarentena que está em vigência no Estado até o dia 28 deste mês.

Um deles foi identificado por Jackson Vilar que é Presidente da Embaixada do Comércio de São Paulo, e outro rapaz de nome não revelado. Os dois tecem críticas ao prefeito e ameaçam que “irão pegar todos vocês de cipó”.

O prefeito Fábio, vereadores, os deputados estaduais Diogo e Alessandra Vieira, o ex-prefeito Edson Vieira, o síndico do Moda Center ‘Menininho’ e o presidente da ASCAP Josivan Ramos, repudiaram as declarações da dupla.

No programa ainda foi discutido a notícia-crime em que o advogado Thalles Henrique Monteiro Arruda, assessor técnico jurídico administrativo da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, entrou contra o vereador Carlinhos da Cohab (PP) ao Ministério Público.

Acompanhe o programa que vai ao ar de segunda à sexta-feira, a partir das 8h30 pela Rádio Polo.

 

 

Postado por: Eliton Araujo

22 de março de 2021

As curtinhas do Romenyck Stiffen

Meu passado me condena!

Prudência: A coerência é um ponto essencial para o político, principalmente em um período onde uma gama expressiva da população se coloca descrente com a referida classe e acompanham atentamente cada posicionamento e um mundo tão tecnológico como o atual registrando para a eternidade, através de vídeos e áudios cada fala e comportamento.

Arsenal: Analisando o pensamento da curtinha anterior que destacamos os dois programas políticos exibidos aos sábados na Rádio Polo FM, tanto o programa “A Voz do Povão”, apresentado pelo vereador Carlinhos da COHAB (PP), quanto o programa “Oposição em ação”, apresentado pelo ex-vereador Ernesto Maia e a vereadora Jéssyca Cavalcanti (PSDB), estão sendo exibido um arsenal de áudios com posicionamentos e falas do passado que se tornam constrangedores para o momento político do presente.

Mudanças: Mudar de partido, de ala política, sair da oposição para situação ou da situação para oposição faz parte do processo político. Contudo, repetindo mais uma vez o que falamos no primeiro tópico é necessário prudência nas falas e posicionamentos, para, assim, manter um mínimo de coerência no decorrer da construção da história política e não cair no constrangimento perante uma população cansada com diversas atitudes políticas.

Discursos fortes: No programa “A voz do povão”, o vereador Carlinhos da COHAB está exibindo um arsenal de áudios com discursos fortes da vereadora Jessyca batendo pesado em um passado não tão distante contra a ex-secretária de educação Socorro Maia e mãe do atual aliado e parceiro de programa da referida vereadora, Ernesto Maia. Carlinhos também não tá esquecendo-se de exibir os fortes discursos e denúncias de Ernesto Maia contra o líder do grupo do qual o ex-vereador agora faz parte, Edson Vieira (PSDB).

Contraponto: Enquanto isso, no programa “Oposição em ação” a vereadora Jessyca e o ex-vereador Ernesto Maia exibem o posicionamento do vereador Carlinhos da COHAB e do vice-prefeito Helinho Aragão (PSB) em relação ao parcelamento do Santa Cruz Prev no passado, em contradição a postura do presente.

Alimentando: Talvez sem perceber, sinceramente não sei, a disputa de áudios nos referidos programas alimenta o discurso construído pelo grupo Carneirinho durante a campanha em relação à postura dos grupos tradicionais. Só lembrando, esse discurso construído na campanha quase leva os Carneirinhos a vitória nas urnas.

Sem saber: Como já apontamos em outras colunas, nem os grupos tradicionais, muito menos o novo grupo, estão sabendo lidar com o novo tabuleiro político da cidade. Mesmo assim, dá pra se ter uma noção de quem leva vantagem nesse tabuleiro desorganizado, não por competência, mas pelo sentimento popular das últimas eleições.

Repúdio: Em tempo, venho repudiar um vídeo que circula nas redes sociais incitando a violência contra as autoridades constituídas de nosso município. Nem de longe tal ato se assemelha a um protesto, mas sim a vandalismo. Existem diversos meios para conquistas e defesas de direitos, mas jamais a violência.

Postado por: Eliton Araujo

19 de março de 2021

Sessão ordinária da Câmara de Santa Cruz e protesto contra fechamento do comércio são temas do Rádio Debate desta sexta-feira (19)

O Rádio Debate desta sexta-feira (19) transmitido pela Rádio Polo, contou com a participação do organizador do protesto ocorrido em Santa Cruz do Capibaribe na manhã de ontem, onde comerciantes e empresários mostraram seu descontentamento com a quarentena anunciada pelo Governo do Estado.

Valdir Paulo, um dos que encabeçaram o movimento, falou sobre a aceitação da população que aderiu a convocação e destacou que muitas pessoas estavam desacreditadas, mas que ao ver a mobilização percorrendo ruas do Centro, resolveu seguir o grupo.

Ainda em tempo, os comentaristas discutiram sobre a sessão ordinária realizada na tarde de ontem. A primeira sessão realizada de forma virtual este ano, e que contou com os 17 vereadores.

Toda sexta-feira também é dia de ‘Bola cheia’ e ‘Bola murcha’ da semana, onde os debatedores escolhem seus palpites sobre os políticos que se destacaram, positivo e negativo no decorrer desta semana.

Ouça o programa que vai ao ar pela Rádio Polo, de segunda a sexta-feira a partir das 8h30.

Postado por: Eliton Araujo

18 de março de 2021

Ação Civil do MPPE contra Edson Vieira e polêmica envolvendo as gratificações dos servidores da Câmara de Vereadores de Santa Cruz são temas do Rádio Debate desta quinta-feira (18)

O Rádio Debate desta quinta-feira (18) da Rádio Polo, teve como temas do programa a ação civil movida pelo Ministério Público de Pernambuco contra o ex-prefeito Edson Vieira e sobre a polêmica das gratificações recebidas por servidores da Câmara de Vereadores.

A denúncia das gratificações partiu do vereador Carlinhos da Cohab, que colocou como suspeitas os valores que foram pagos justamente no mês em que o presidente Capilé teve sua verba de representação suspensa pela 2ª Turma da Câmara Regional do Tribunal de Justiça.

Tanto o vereador Carlinhos da Cohab, como o presidente da Casa de Leis, Capilé, participaram e deram sua versão sobre o tema.

O programa desta quinta ainda contou com participação do prefeito Fábio Aragão, que relatou as dificuldades para transferir pacientes que necessitam de UTI devido à Covid-19, e demostrou preocupação com o aumento significativo do uso de cilindros de oxigênios nas unidades de saúde do município. Fábio ainda comentou o início da quarentena rígida decretada pelo Governo de Pernambuco.

Ouça o programa que vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 8h30 pela Rádio Polo.

Postado por: Eliton Araujo

18 de março de 2021

RESUMÓRIO – com professor Tenório

INDEFINIÇÃO – Apesar de alguns acreditarem que sim, a situação judicial que impede Galego de Mourinha de assumir o mandato de vereador não está definida. Eu sendo o vereador Vando da Sertec, ainda não compraria mais um paletó. Afinal, as reuniões da Câmara serão on-line por uns dias. A “Velha” ainda não foi inaugurada, mas ainda vai passar muita coisa por baixo da Ponte.

BLITZ QUE DÁ DOR DE CABEÇA – A palavra Blitz tem tirado o sossego do prefeito de Santa Cruz, Fábio Aragão. E não estou falando da vereadora Jéssyca Cavalcanti que faz a “Blitz mulher de coragem” em repartições públicas. Me refiro aquelas de trânsito mesmo.

OS PEDIDOS – Após o desgaste com a constância de blitz em Santa Cruz, os governistas informaram e mostraram que foi um pedido do promotor a vinda delas para Santa Cruz. Dias depois, Fábio Aragão disse em entrevista na Rádio Polo que pediu ao Governador que tirasse as blitz de Santa Cruz, afirmando que Paulo Câmara pegou o telefone ligou para alguém e que não tinha mais visto blitz na cidade.

BRONCA – Após as declarações de Fábio, o Ministério Público vai apurar se ele cometeu ato de improbidade administrativa. Se Fábio pediu e Paulo Câmara atendeu, caso haja alguma bronca, o Governador também será responsabilizado? Fábio disse que depois do pedido ao Governador não viu mais blitz na cidade, então, ele está precisando andar um pouco mais.

BOM DIA – Daqui uns tempos, prefeitos e ex-prefeitos com acusação de improbidade administrativa vai ser mesmo que um bom dia, de tão comum. Parece que a administração pública definitivamente não é para amadores.

O GOVERNADOR RESOLVEU – Sabe aquele probleminha de transporte escolar para estudantes da rede estadual que estavam desde o dia quatro de fevereiro sem conseguir ir à escola e a gestão municipal não conseguiu resolver? O Governador Paulo Câmara acabou resolvendo com o decreto que restringe atividades não essenciais. Pelo menos até o dia 28 de março não se tocará mais no assunto.

HOMEM POLÊMICO DO GOVERNO – O chamado nas malas de homem forte do governo e segundo prefeito, o vereador Carlinhos da Cohab, pode até ter essa força toda no governo municipal, mas na Câmara de vereadores a história é diferente. Uma hora se desentende com o controlador do som, outra hora servidor da casa faz montagem da foto dele como Carmem Miranda e publica em grupo de WhatsApp. Aonde o homem vai, a polêmica vai atrás.

CONTAGIANTE – E a tal da insatisfação política é altamente contagiante. Quando a gente pensa que só os três grupos políticos de Santa Cruz têm muita gente insatisfeita, vem Taquaritinga do Norte com outro festival de insatisfação, tanto no lado azul quanto no vermelho.

INCERTEZA – Decreto de quarentema posto, resta saber como será o comportamento da população, se respeita, desrespeita, protesta… As confabulações nas redes sociais dão conta de rebeldia, desobediência e protesto, será?

FLORAL – Que tenhamos todos um restante de semana alegre e colorido como as camisas florais do vereador Caetano Motos.

            “Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões desta coluna são de responsabilidade de seu autor

Postado por: Eliton Araujo

17 de março de 2021

Insatisfação de integrantes dos três grupos políticos de Santa Cruz e apuração de ato de improbidade cometida por Fábio Aragão são temas do Rádio Debate desta quarta (17) – Ouça

O Rádio Debate desta quarta-feira (17) discutiu a decisão do Ministério Público que vai apurar se o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe Fábio Aragão, cometeu ato de improbidade administrativa ao pedir ao governador de Pernambuco, que suspendesse as fiscalizações de trânsito realizadas pelo Detran na cidade.

O pedido de suspensão das ações de trânsito foi revelado pelo prefeito em entrevista ao programa Estúdio Livre da Rádio Polo última sexta-feira (12). “Devido a questão pandêmica, devido a questão social, eu disse: governador, tire por favor!”, falou Fábio.

Além disso, os debatedores avaliaram as possíveis insatisfações de integrantes dos três grupos políticos de Santa Cruz, que teriam encaminhados mensagens para os programas do final de semana, que tem o comando do vereador Carlinhos da Cohab (Voz do Povão) e da vereadora Jéssyca Cavalcanti e do ex-vereador Ernesto Maia (Oposição em Ação).

Acompanhe o programa que vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 8h30 pela Rádio Polo.

Postado por: Eliton Araujo

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!