18 de janeiro de 2022

Capilé afirma que poderá dispensar passaporte vacinal para acesso à Câmara de Santa Cruz

 

Apesar dos decretos estaduais, Capilé afirma que só irá cumprir medidas vigentes em decretos municipais (Gilson Fernandes / Blog da Polo)

 

Em entrevista ao programa Estúdio Livre, da Rádio Polo, na manhã desta terça-feira (18), o presidente da Câmara de Santa Cruz do Capibaribe, Capilé da Palestina (PSD) afirmou que caso o município não determine através de decreto, a exigência de apresentação de comprovante de vacina contra Covid-19 para acesso à prédios públicos, ele não irá fazer exigência semelhante no prédio da Casa de Leis santa-cruzense.

“Eu estou esperando uma decisão do município, não tem sentido se apegar a algo que o município não tá (sic) implantando”, afirmou.

Até o próximo dia 31, vigora um decreto estadual que exige a apresentação de comprovante de imunização contra o novo coronavírus para o acesso em estabelecimentos no estado de Pernambuco, sendo necessária a comprovação de duas doses para cidadãos de até 54 anos, e doses para as pessoas com mais de 55 anos.

O presidente da Câmara de Vereadores, além de afirmar que espera a normativa estadual, disse que caso seja editado algum decreto, ele será “obrigado” a cumprir a determinação.

“Se a prefeitura disser ‘a gente vai seguir o decreto’ e baixar um decreto, eu enquanto representante do município e presidente serei obrigado a cumprir também”, pontuou.

Capilé afirmou que nesta quarta-feira (19) irá se reunir com o prefeito Fábio Aragão e que este tema estará em pauta.

Postado por: Walter Miro

18 de janeiro de 2022

Taquaritinga inicia vacinação para crianças entre 5 e 11 anos

 

 

A partir desta terça-feira (17), as crianças de Taquaritinga do Norte com comorbidades já podem se vacinar contra Covid-19.

Nessa etapa, podem receber a vacina as crianças com doenças neurológicas, deficiência neurológica grave, acidente vascular encefálico, paralisia cerebral e esclerose múltipla, crianças com autismo e síndrome de Down, avançando nos grupos conforme a disponibilidade de novas doses.

A vacina deve ser aplicada com intervalo de oito semanas entre as duas doses.

A criança deve ser acompanhada pelos pais ou responsáveis, portando laudo médico que comprove a doença, cartão do SUS e cartão de vacina.

Conforme a assessoria de Comunicação de Taquaritinga, todos os postos de saúde estão disponíveis para aplicar a vacina, de segunda a sexta, das 7h às 15h.

Postado por: Walter Miro

18 de janeiro de 2022

Ministério Público Federal apura erro que fez 40 crianças serem vacinadas com imunizantes contra Covid-19 para adultos na Paraíba

 

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga esteve na cidade (Divulgação / Assessoria)

 

Na última semana, 40 crianças foram vacinadas indevidamente contra o Covid-19 no município de Lucena-PB, Região Metropolitana de João Pessoa.

Estas crianças receberam imunizantes fora do prazo de validade e apropriadas para adultos, o que chamou a atenção do Ministério Público Federal, que abriu investigação a respeito do caso.

A Secretaria de Saúde da Paraíba informou que as crianças tiveram reações leves, como febre e dor no local da injeção.

 

O frasco para vacinação dos adultos apresenta detalhes em roxo, enquanto o das crianças, tem detalhes em laranja (Reprodução / Internet)

 

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, informou que já afastou a profissional que aplicou as vacinas e também está apurando as eventuais causas, uma vez que quando esta vacinação foi iniciada, sequer os estados haviam recebido as doses pediátricas da Pfizer para iniciar a campanha de imunização.

Outro detalhe é que as doses pediátricas e para adultos da Pfizer diferem, sobretudo pela cor dos frascos e tampas, enquanto a dose para adultos é da cor roxa, a dose para crianças é laranja.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que é paraibano, esteve ontem (17) no município de Lucena onde colheu informações sobre o caso. Após a repercussão o acontecido, o secretário de Saúde do município, Antônio Paulo, foi exonerado.

Postado por: Walter Miro

17 de janeiro de 2022

Santa Cruz abre agendamento da vacina contra covid-19 para crianças de 5 a 11 anos

 

A Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe deu início ao agendamento da vacina contra a covid-19 para crianças de 5 a 11 anos, que fazem parte do grupo prioritário estipulado pelo Governo do Estado. No momento, os pequenos com doenças neurológicas crônicas, autismo ou síndrome de Down serão os grupos agendados. O Centro de Vacinação Infantil funcionará no Ame Mulher.

Os pais ou responsáveis já podem acessar o site oficial (www.vacinasantacruz.com.br) e agendar a vacinação. No dia e local marcado, os responsáveis devem apresentar o CPF, Cartão do SUS e cartão de vacinação da criança, além do laudo médico constatando a condição do pequeno. Se os pais não puderem acompanhar a imunização, no local será disponibilizado um termo de autorização, que deve ser assinado pelos pais da criança e apresentado pelo responsável que irá acompanhar a criança na vacinação.

Nessa primeira remessa, foram disponibilizadas 400 doses para vacinação. A secretaria de Saúde ainda informa que, caso o jovem tenha recebido alguma outra vacina, é necessário aguardar um período de 15 dias para receber o imunizante contra covid-19.

Postado por: Eliton Araujo

14 de janeiro de 2022

Variante Ômicron já predomina os casos em Pernambuco

Além disso, primeira criança imunizada no Recife tem 11 anos

Genomas foram analisados e comprovaram a predominância da Ômicron (Divulgação/Miva Filho-SES-PE)

 

Em nova atualização sobre os casos analisados pelo Instituto Aggeu Magalhães (IAM/Fiocruz) do estado de Pernambuco, a Secretaria Estadual de Saúde afirmou que dos 183 genomas analisados, a linhagem do SARS-Cov-2 tem apontado para uma predominância da Variante Ômicron.

Ao todo, 68% das amostras analisadas, que corresponde a 124 casos são da Variante Ômicron, e 59 são do tipo Delta. As amostras foram coletadas de 26 de novembro a 4 de janeiro em cinco cidades: Recife, Caruaru, Salgueiro, Ipojuca e a Ilha de Fernando de Noronha.

“A predominância da variante Ômicron nos traz uma preocupação adicional já que sua velocidade de transmissão é muito superior às outras variantes. Isso só reforça a importância da vacinação. A doença nos não vacinadas tem um impacto muito maior, podendo significar hospitalização e morte”, afirmou o o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Já as amostras analisadas identificadas com a variante Delta são de pacientes provenientes das cidades do Recife (31), Belém do São Francisco (3), Olinda (1), Salgueiro (3), Mirandiba (1), Jaboatão dos Guararapes (1), Serra Talhada (4), Caruaru (3), Goiana (1), Cabo de Santo Agostinho (4), João Alfredo (1), Serrita (1), Timbaúba (1), Feira Nova (1), Araripina (1), Frei Miguelinho (1), Santa Cruz do Capibaribe (1).

Esperança à vista

Maria Antônia recebeu a primeira dose da vacinba contra a Covid-19 em Pernambuco (Reprodução/PCR)

 

Em cerimônia realizada na Sede da Associação de Famílias para o Bem-Estar e Tratamento de Pessoas com Autismo (Afeto) no bairro de Encruzilhada no Recife, a primeira criança pernambucana identificada como Maria Antônia de Oliveira, de 11 anos, recebeu a dose da vacina contra a Covid-19.

A escolha do local se deu por conta do grupo prioritário desta fase inicial da campanha, que contempla crianças de 5 a 11 anos com doenças neurológicas crônicas e distúrbios de desenvolvimento neurológico. Maria Antônia tem síndrome de Down.

Logo depois dela, outras seis crianças com deficiência foram imunizadas: Laura Leite, 9, com síndrome de Down; Bella Carvalho, 7, também com síndrome de Down; Luan Azevedo, 11, com paralisia cerebral; Arthur Melo, 8, com autismo; Lucas Silva, 8, com síndrome de Down; e Rafaela Maia, 8, com síndrome de Down. Cada um deles ganhou, ainda, um livro e certificado de “Supervacinado”.

Postado por: Eliton Araujo

14 de janeiro de 2022

Primeiras doses da vacina que serão aplicadas no público entre 5 e 11 anos chegam a Pernambuco

 

Dose adaptada da vacina da Pfizer deve ser aplicada nas crianças (Myke Sena / Ministério da Saúde)

 

Na manhã desta sexta-feira (14), Pernambuco recebeu as primeiras doses da vacina pediátrica contra Covid-19, que devem ser aplicadas em crianças entre 5 e 11 anos.

O lote contém 55 mil vacinas e acabou chegando com atraso. O voo que deveria desembarcar durante a madrugada, pousou apenas às 10h53.

De acordo com a companhia aérea Latam, “o voo informado anteriormente era uma previsão”.

A Secretaria Estadual de Saúde ainda não divulgou a nova previsão para a distribuição das doses aos municípios pernambucanos.

Em Pernambuco, 1,1 milhão de crianças devem ser imunizadas. O primeiro grupo deve ser o das crianças com comorbidades neurológicas, distúrbios do desenvolvimento e indígenas.

Postado por: Walter Miro

14 de janeiro de 2022

Procon de Santa Cruz espera conscientização dos proprietários e da população com o novo decreto estadual contra Influenza e Covid-19

 

Tallys Maia, gestor do Procon reforça cuidados para evitar autuações do órgão (Acervo/Blog da Polo)

 

Gestor do Procon de Santa Cruz do Capibaribe, Tallys Maia, reforçou a necessidade da população e os proprietários de bares e restaurantes, para se conscientizarem com relação as novas restrições que foram indicadas pelo Governo de Pernambuco e que entram em vigor a partir desta sexta-feira (14). (Veja as novas medidas, clicando aqui)

De acordo com Tallys, inicialmente não haverá autuações do órgão referente a esse novo decreto, mas afirmou que proprietários dos estabelecimentos já tem se adequado as novas medidas e sabem das possíveis sanções que podem incorrer com o descumprimento.

“Vamos contar com a conscientização de toda população e proprietários dos bares e restaurantes, para que passem a exigir o comprovante vacinal. Sabemos que a pandemia não acabou e mesmo com a alta dos casos, percebemos que as mortes tem diminuído justamente pelo avanço da vacinação, que não evita a doença, mas coíbe as mortes”, falou.

O gestor do Procon agradeceu a colaboração da população que tem ajudado com a denúncia dos estabelecimentos que tem descumprido as determinações.

“Os crimes cometidos, para quem não cumpra as determinações, vão de multas a interdição temporária, permanente e até condução à delegacia por crime contra a saúde pública, além das penalidades que a lei exige”, encerrou.

Tallys citou que haverá um encontro entre a Guarda Civil Municipal, a Vigilância Sanitária, o Procon e a Polícia Militar, para que se apoiem ao iniciar as autuações visando o fiel cumprimento da Lei.

Ouça a participação do Gestor do Procon.

 

Postado por: Eliton Araujo

14 de janeiro de 2022

Medidas restritivas válidas até o final do mês em Pernambuco passam a valer a partir de hoje

 

Estabelecimentos do setor de alimentação e bares exigem atenção especial em virtude do não uso de máscara no momento do consumo (Marcelo Brandt/G1)

 

Entra em vigor a partir de hoje (14) até o dia 31 de janeiro, a série de novas medidas restritivas que visam conter o avanço das síndromes respiratórias (Covid-19 e H3N2) no estado de Pernambuco.

De acordo com os novos protocolos, o passaporte vacinal com, no mínimo duas doses para pessoas com mais de 54 e três doses para as pessoas a partir de 55 anos passa a ser exigido, em em determinados setores, será exigido ainda o teste com resultado negativo para Covid-19.

Confira as alterações válidas com destaque para as medidas a nossa região:

Bares e restaurantes

O setor de alimentação deve exigir o cartão com esquema vacinal para clientes e funcionários. Nas Praças de Alimentação, também será cobrada a carteira de vacinação com o esquema completo, seja em shoppings, centros de compra, feiras, congressos ou restaurantes em hotéis;

Lazer

Em cinemas, teatros e museus, é exigido o distanciamento de um metro entre os frequentadores, bem como a apresentação do cartão de vacina. Em casos de apresentações com mais de 300 pessoas, será exigido o teste de Covid-19 com resultado negativo;

Shows

Os shows devem ter a capacidade máxima para 3 mil pessoas, seja em locais abertos ou fechados. O público ou mesmo os prestadores de serviço precisam apresentar o cartão de vacina e teste com resultado negativo para Covid-19;

Eventos sociais e corporativos

Nos eventos sociais, como festas de aniversário, formaturas, batizados e casamentos, e eventos corporativos, como feiras, palestras, workshops, entre outros, são permitidas até 3 mil pessoas, ou 50% da capacidade do espaço do evento, o que for menor. O cartão de vacinação e teste com resultado negativo também é exigido;

Estádios

Em praças esportivas, a capacidade foi reduzida para 3 mil pessoas, sendo necessário apresentar o teste com resultado para Covid-19 e cartão de vacinação. Prestadores de serviço precisarão seguir os mesmos protocolos do público.

Postado por: Walter Miro

13 de janeiro de 2022

Primeiras doses pediátricas contra a Covid-19 chegam ao Brasil

Pernambuco vai receber cerca de 57.600 doses do imunizante

Doses foram descarregadas nas primeiras horas dessa quinta-feira (13)

 

As primeiras doses da vacina contra a Covid-19 que serão aplicadas em crianças já chegaram ao Brasil na madrugada desta quinta-feira (13). O primeiro lote contém 1,2 milhões de imunizantes da Pfizer/BioNTech e foi descarregada no Aeroporto de Viracopos, em Campinas-SP.

O carregamento é o primeiro de três que serão destinados ao Brasil e que vai contabilizar quase 5 milhões de doses ainda este mês. Desse total de doses que chegaram, Pernambuco vai receber 4,80% do quantitativo de doses.

Até março, a meta do Ministério da Saúde é vacinar cerca de 20 milhões de crianças ainda este primeiro trimestre de 2022.

Em Pernambuco, o secretário estadual de Saúde André Longo, já afirmou em coletiva que o estado já organizou a logística para distrbuir as doses de vacinas com mais rapidez.

Postado por: Eliton Araujo

12 de janeiro de 2022

Pernambuco define grupos prioritários para vacinação de crianças contra Covid-19

 

Vacina da Pfizer deve ser a usada para imunizar o público infantil (Helia Scheppa / SEI)

 

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco definiu quais serão os grupos prioritários para as crianças que deverão nos próximos dias começar a serem imunizadas contra o novo coronavírus.

A decisão foi indicada por especialistas, colocando como escala de avaliação o risco de óbito, dificuldade de uso prolongado da máscara e maior suscetibilidade de adoecimento.

O cronograma ainda não está definido, porém, o primeiro grupo a ser priorizado deve ser o das crianças com síndrome de Down e Transtorno do Espectro Autista.

Logo em seguida as crianças com pneumopatias (doenças que afetam os pulmões) e crianças obesas.

Também serão observadas as necessidades de crianças quilombolas e indígenas, as que convivem com adultos e idosos com comorbidades, antes do público em geral ser contemplado.

Postado por: Walter Miro

12 de janeiro de 2022

Em menos de um mês, Pernambuco chega a 65 mortes por Influenza

 

Imagem ilustrativa (Secom / Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe)

 

Nesta terça (11), a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco confirmou mais 27 mortes em decorrência da influenza no Estado.

Com a atualização, subiu para 65 o número de óbitos por gripe notificados laboratorialmente em menos de um mês (a primeira morte ocorreu em 19 de dezembro passado).

Das 65 mortes, detalha a SES-PE, 22 foram de homens e 43, de mulheres.

O balanço também atualizou os casos registrados de forma oficial, que agora são 8.337 desde dezembro, sendo 1.945 apenas na última rodada de análises do Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE).

Postado por: Walter Miro

11 de janeiro de 2022

Teste de Covid-19 será exigido em jogos de futebol e eventos sociais em Pernambuco

 

André Longo e Rodrigo Novaes em coletiva de imprensa

 

Jogos de futebol e eventos sociais como casamentos e formaturas que ocorrerem em Pernambuco a partir da próxima sexta-feira (14) e que ultrapassarem a quantidade de 300 pessoas, precisarão apresentar teste negativo de Covid-19 e passaporte da vacina. A medida foi anunciada pelo Governo do Estado.

As medidas fazem parte do planejamento do governo que visa diminuir o contágio da Influenza A H3N2 e o aumento de casos de infecção do novo coronavírus, principalmente após o estado confirmar a chegada da variante Ômicron.

As informações foram divulgadas pelos secretários estaduais de Saúde, André Longo, e de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes, durante coletiva realizada no Palácio do Campo das Princesas, nesta terça-feira (11).

A partir da próxima sexta-feira, também já foi anunciado pelo governo a exigência do passaporte de vacinas para que as pessoas tenham acesso a bares, restaurantes e praças de alimentação, teatros e museus.

Pessoas com 54 anos de idade precisam estar imunizadas com as duas doses da vacina ou a vacina em dose única. Para quem tem mais de 55 anos, é necessário ter tomado a dose de reforço.

Para eventos, será necessário apresentar o passaporte vacinal e um teste de Covid-19 negativo feito nas últimas 24h para exames antígenos e 72h para RT-PCR.

O número máximo de frequentadores será de 50% da capacidade do espaço, ou 3 mil pessoas, em locais abertos, e mil pessoas, em locais fechados. Até a vigência do novo decreto, vale no estado o limite de 7,5 mil pessoas nos eventos.

Postado por: Eliton Araujo

11 de janeiro de 2022

CPI à vista? – Marília Arraes mobiliza bancada do PT para criação da CPI do apagão de dados

 

A deputada federal Marília Arraes e toda bancada do PT na Câmara Federal propôs a criação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar o apagão de dados do Ministério da Saúde em relação à pandemia da Covid-19. O requerimento foi assinado por toda bancada do Partido dos Trabalhadores.

De acordo com a justificativa para criação da CPI, os membros relatam que a falta de informações compromete gravemente o andamento da vacinação no Brasil, como o número de internações e óbitos. Outro problema enfrentado foi a não emissão do certificado que comprovasse que as pessoas estivessem vacinadas.

“A CPI do apagão de dados é fundamental para sabermos a real dimensão da transmissão da Covid e suas variantes pelo país. Pesquisadores não estão conseguindo acessar o sistema de notificação do governo por conta do apagão. Sem essas informações, fica difícil prever os impactos da doença nos hospitais, por exemplo”, afirma Marília.

Vale lembrar que desde o início da pandemia, o Ministério da Saúde não mantém a divulgação das estatísticas da doença de maneira constante. Esses dados são coletados e divulgados pelos órgãos de imprensa.

Postado por: Eliton Araujo

11 de janeiro de 2022

Santa Cruz do Capibaribe tem quase oito mil pessoas com a segunda dose da vacina contra o Covid-19 em atraso

 

A secretária também esclareceu dúvidas de ouvintes sobre o fluxo de atendimento em Santa Cruz do Capibaribe (Eliton Araújo / Blog da Polo)

 

Na edição desta terça (11), do programa Estúdio Livre, da Rádio Polo a secretária de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe, Lívia Borba falou das estratégias da pasta para tentar fazer com que o máximo da população consiga a imunização contra o novo coronavírus.

Dados atualizados do vacinômetro apontam que 70.380 pessoas já estão com a primeira dose da imunização, porém, o número de pessoas que receberam a segunda dose é inferior, são 62.418, uma diferença de 7.962 pacientes.

Entre as estratégias para que este número seja equiparado, nos próximos dias, a Secretaria de Saúde deve iniciar uma busca ativa, usando os agentes comunitários de saúde.

“Essa inclusive foi uma orientação da Secretaria Estadual, para que possamos ter o máximo de pessoas o quanto antes com o esquema vacinal completo e evitar novos casos graves, iremos usar os agentes para estimular as pessoas a irem se imunizar”, adiantou. 

Influenza A

Recentemente, de acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde, Santa Cruz do Capibaribe já teve três casos confirmados, Lívia Borba estima que este número seja acrescido nos próximos dias, em virtude da testagem para a doença que está sendo feita pela rede municipal.

“É importante informar à população que a maioria dos casos são leves, os pacientes devem manter orientações semelhantes à dos tipos de gripe já conhecidos, antitérmicos, antigripais, alimentação regular e hidratação, mas lógico que em casos de maior gravidade, com sintomas mais agressivos, a rede de saúde está à disposição”, afirmou.

Todas as unidades básicas de saúde do município estão oferecendo a vacina da campanha de vacinação regular contra a gripe em Santa Cruz do Capibaribe e também contra Covid-19, e no caso desta em específico, um posto de vacinação está funcionando diariamente no Laboratório Municipal, próximo ao Hospital Municipal Raymundo Francelino Aragão, na avenida 29 de Dezembro, no centro da cidade.

Postado por: Walter Miro

11 de janeiro de 2022

Lívia Borba e Fábio Aragão se reúnem para discutir ações de combate a síndromes respiratórias na cidade

 

Reunião aconteceu no gabinete do prefeito (Divulgação / Assessoria)

 

Na tarde desta segunda-feira (10), o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Fábio Aragão, se reuniu com a secretária de Saúde, Lívia Borba, para discutir possíveis medidas preventivas, em virtude do aumento de casos de Covid-19 e Influenza A.

Nos próximos dias, novas ações devem ser anunciadas para serem implantadas, como o trailer que foi instalado na semana passada ao lado do Hospital Municipal Raymundo Francelino Aragão para testagem de pacientes.

De acordo com Lívia Borba, os pacientes que apresentarem sintomas leves o indicado é que procurem a UBS mais próxima de sua residência ou a Vigilância em Saúde para realizar a testagem de Covid-19.

Se os sintomas agravarem, a  recomendação é que busque atendimento no Hospital Municipal. Lívia Borba estará participando de entrevista hoje no programa Estúdio Livre na Rádio Polo, a partir das 10h30.

Postado por: Walter Miro

11 de janeiro de 2022

Governo de Pernambuco anuncia ações para conter avanço da Influenza e Covid-19

 

Nos últimos dias a busca por leitos de UTI aumentou no estado e hoje 85% deles estão ocupados (Folha de Pernambuco)

 

Diante do aumento de casos e solicitação de leitos para pacientes com síndrome respiratória aguda grave (SRAG), o Gabinete de Enfrentamento à Pandemia do Governo de Pernambuco definiu ontem (10), novas restrições no plano de convivência.

A partir da próxima sexta-feira (14), será exigido o passaporte vacinal para se ter acesso a serviços de alimentação, cinemas, museus e teatros.

Os eventos terão a capacidade reduzida para três mil pessoas e além da exigência de comprovação de duas doses, será necessário apresentar um teste negativo para Covid-19.

As medidas são válidas inicialmente por 17 dias, até 31 de janeiro.

“Temos um problema duplo com uma epidemia de Influenza dentro da pandemia de Covid. O estado atingiu nesta segunda, 85% de ocupação nas UTI’s, temos feito nossa parte com a ampliação de leitos, mas apenas isso não será suficiente. Estamos ampliando a exigência do passaporte vacinal para salvar vidas e diminuir a quantidade de mais de 500 mil pernambucanos que não concluíram sua imunização”, afirmou o governador Paulo Câmara.

Postado por: Walter Miro

10 de janeiro de 2022

Pernambuco ultrapassa 15 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 aplicadas

 

Vacinação contra covid-19 em Santa Cruz do Capibaribe (Divulgação / Assessoria)

 

A 10 dias de completar um ano do início da campanha de imunização contra a Covid-19, Pernambuco já ultrapassou mais de 15 milhões de doses aplicadas em sua população durante este período.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde do estado (SES-PE) foram ministradas 15.014.102 doses das vacinas contra o coronavírus. Apenas neste final de semana, 17.844 doses foram aplicadas.

Com a primeira dose, o estado já contabiliza 7.299.294 aplicações, o que representa uma cobertura vacinal de 94,89% da população elegível.

Completaram o esquema vacinal 6.348.677 pernambucanos, o que corresponde a 82,53%, dessa quantidade, 6.175.576 pessoas foram vacinadas com imunizantes aplicados em duas doses e outros 173.101 foram contemplados com vacina aplicada em dose única.

Em relação as doses de reforços, foram aplicados até agora 1.314.021, uma cobertura que chega a 19,89%. Outras 52.110 doses adicionais imunizaram pessoas com imunossupressão.

Postado por: Eliton Araujo

10 de janeiro de 2022

Fábio Aragão comenta sobre possibilidade de reabertura do Hospital de Campanha

 

Fábio Aragão foi o primeiro entrevistado do Estúdio Livre em 2022 (Walter Miro / Blog da Polo)

 

Em entrevista nesta segunda (10) ao programa Estúdio Livre, da Rádio Polo, o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Fábio Aragão explicou como o aumento de casos de síndrome gripal e doenças respiratórias estão sendo monitorados pelo governo.

Em virtude de uma reforma que está sendo realizada na UPA de Santa Cruz, a rede de saúde municipal foi adaptada e os atendimentos de urgência foram relocados para o Hospital Municipal Raymundo Francelino Aragão.

Os casos ambulatoriais que eram atendidos no hospital passaram a ser tratados no prédio do CAPS-AD do loteamento Maria Vieira.

Secretaria de Saúde montou estrutura ao lado do Hospital Municipal (Assessoria)

Mas em meio a este cenário de ajustes estruturais, os casos de síndrome gripal avançaram no município, o que levantou a possibilidade inclusive de reabertura do Hospital de Campanha para atender casos mais graves sem a necessidade de transferência.

Desde o início da pandemia, Santa Cruz do Capibaribe já registrou 9.117 casos de Covid-19, com 164 óbitos.

Os dados de síndrome gripal não foram atualizados, porém, na última semana, a Secretaria Estadual de Saúde confirmou que três pacientes já foram acometidos com a Influenza A na cidade, eles já receberam alta após o tratamento na rede pública.

 

 

Postado por: Walter Miro

10 de janeiro de 2022

Festas privadas devem ter restrições impostas por Paulo Câmara nesta segunda-feira

 

Está marcada para às 14h30, uma reunião do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19 em Pernambuco, comandada pelo governador Paulo Câmara (PSB) e a espera é de que o Estado anuncie medidas mais restritivas aos eventos privados.

Com o avanço da pandemia, inclusive, com a chegada da variante Ômicron em Pernambuco e o aumento dos casos de Influenza A (H3N2), mais de 70 cidades já anunciaram o cancelamento do Carnaval, mas ainda existe cidades que aguardam um posicionamento oficial do governo sobre o tema.

Atualmente as festas privadas estão permitidas com a apresentação do cartão de vacinação com as duas doses da vacina contra a Covid-19, mas a expectativa é de que o estado inicie uma série de restrições a este segmento.

Ainda não foi divulgado se, após o encontro, o governador ou o secretário estadual de Saúde irão realizar uma coletiva para anunciar quais medidas devem ser tomadas.

Postado por: Eliton Araujo

10 de janeiro de 2022

Anvisa autoriza vacina 100% nacional contra Covid-19

 

Vacinação em Santa Cruz do Capibaribe foi iniciada em janeiro de 2021 (Walter Miro / Blog da Polo)

 

Neste final de semana a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou um registro de Insumo Farmacêutico Ativo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que indica que o Brasil terá sua primeira vacina contra Covid-19 de fabricação própria.

Todas as etapas da produção deste imunizante contarão com Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) nacional, anteriormente, os insumos eram importados de países como China e Índia.

Para aprovar o IFA nacional, a Anvisa realizou estudos de comparabilidade, analisando se a vacina teria o mesmo desempenho que a desenvolvida no exterior. Como resultado, os estudos comprovaram a eficácia. A estimativa é de que ainda este mês o imunizante esteja pronto.

Atualmente, cerca de 145 milhões de brasileiros já receberam, pelo menos, duas doses da imunização contra o Covid-19.

Postado por: Walter Miro

8 de janeiro de 2022

Primeiro caso da Influenza H3N2 é identificada no Brejo da Madre de Deus

 

A Secretaria de Saúde do Brejo da Madre de Deus recebeu na tarde desta sexta-feira (07) o relatório com dados sobre a Influenza A H3N2 e teve a primeira confirmação de um caso oriundo do município. Trata-se de uma mulher de 35 anos que esta internada no Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru.

“A maioria dos casos são leves, com sintomas de gripe comum. Apenas os casos mais complexos requerem internação e podem evoluir para a necessidade de cuidados intensivos.” Pontuou a secretária de Saúde, Anne Gabrielle.

Os cuidados para combater a Influenza se assemelham a da Covid-19, como uso de máscaras, higienização das mãos e a vacinação, tanto contra a Covid-19 como a gripe.

Postado por: Eliton Araujo

8 de janeiro de 2022

Ômicron representa 26% das amostras coletadas no fim de 2021 em Pernambuco

 

Secretário de Saúde de Pernambuco André Longo confirmou chegada da Ômicron no estado

 

A temida variante da Covid-19 identificada como Ômicron chegou a Pernambuco e já preocupa devido a alta taxa de contaminação que ela alcança e porque representa 26% das amostras coletadas no final de 2021, período que houve bastante aglomeração nos litorais e zonas rurais do estado.

De acordo com dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde, foram coletadas 80 amostras de pessoas que positivaram para a doença. Dessa quantidade, 21 tinha a linhagem da variante Ômicron. Foram positivos para a variante Delta 59 amostras. Até o momento nenhuma morte devido a nova variante foi registrada em Pernambuco.

As análises do material biológico dos pacientes confirmados com o vírus foram feitas pelo Instituto Aggeu Magalhães (IAM/Fiocruz PE). Em pronunciamento em vídeo, o secretário de Saúde do estado, André Longo afirmou que a constatação da variante é uma preocupação a mais para as autoridades de saúde.

O secretário reforçou a necessidade da população se vacinar, e frisou que no estado cerca de 500 mil pessoas estão sem a 2ª dose tomada.

As cidades com a variante confirmada foram 14 casos em Recife, 1 em Jaboatão, Caruaru, Frei Miguelinho, Garanhuns, Fernando de Noronha, Petrolina e Lagoa Grande. A faixa etária variam de 0 a 67 anos de idade.

Postado por: Eliton Araujo

7 de janeiro de 2022

Pernambuco pode impor novas restrições devido aumento da Covid-19 e Influenza H3N2

 

Em reunião com prefeitos através de videoconferência ocorrido na manhã desta sexta-feira (07) o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), tratou sobre o atual momento da pandemia da Covid-19 e a aceleração dos casos relacionados a Influenza A (H3N2). Paulo reforçou a ampliação da rede de leitos de terapia intensiva, os números de testes rápidos e o incentivo à vacinação.

Além disso, o governador solicitou dos prefeitos que colaborem com reforço dos atendimentos nas unidades municipais de saúde. O secretário estadual de saúde, André Longo afirmou que o estado pode impor novas restrições, visando reduzir o impacto na rede estadual de saúde.

“Apresentamos aos prefeitos os dados atualizados tanto da Covid-19, quanto da Influenza, para que todos estejam cientes da gravidade do momento atual. Voltamos a abrir leitos, adquirimos vans e caminhonetes para ajudar os municípios a vacinar, e também distribuímos testes rápidos. Precisamos também da colaboração de todos para que a atenção básica seja reforçada. Nosso papel sempre será de prestar as informações corretas, as orientações necessárias e dar apoio às prefeituras para proteger e atender a população”, afirmou Paulo Câmara.

Os prefeitos demostraram preocupação com a falta de insumos gerada pelo aumento repentino da demanda e a realização de eventos privados, que tem causado aglomerações em diversas cidades pernambucanas.

“Todos esses pontos estão sendo levados em consideração e serão analisados na reunião do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19 na próxima segunda-feira (10). Uma série de temas serão abordados, inclusive a possibilidade de novas restrições”, concluiu André Longo.

A reunião ainda contou com participação do presidente da Associação Municipalista de Pernabuco (Amupe) José Patriota, do procurador-geral do Ministério Público do estado, Paulo Augusto de Freitas Oliveira e do secretário de Saúde, André Longo.

Postado por: Eliton Araujo

7 de janeiro de 2022

MPPE alerta sobre ‘escala desgastante’ dos médicos de Santa Cruz do Capibaribe

Médicos informaram que estão realizando plantões de 24 horas consecutivos

UPA está temporariamente no prédio do Hospital Raymundo Francelino Aragão (Acervo/Blog da Polo)

 

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) visando resguardar os cidadãos de Santa Cruz do Capibaribe dos riscos potenciais decorrentes da adoção de escalas de plantão desgastantes para os médicos que atuam nas unidades de saúde do município, recomendou que a Secretaria de Saúde promova uma fiscalização mais rigorosa das escalas de trabalhos dos médicos.

De acordo com o alerta do MPPE, a escala dos médicos deve ser feita de modo a assegurar que nenhum profissional atue em um total de 24h por plantão. A decisão é em conformidade com Parecer-Consulta nº16/2015 do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe).

O promotor de Justiça, Lúcio Malta Cabral alertou ainda que médicos vinculados à rede de saúde do município informaram que estão realizando plantões de 24 horas consecutivos, ou seja, largando do trabalho em uma unidade de saúde e iniciando a jornada em outra unidade. Tal prática é contraindicada por Conselhos Regionais de Medicina em vários estados, pois fragiliza a saúde do profissional e reduz sua capacidade de prestar o atendimento com a qualidade e eficiência que os pacientes merecem.

Em outros casos, o MPPE também tomou conhecimento de que médicos estavam escalados para plantões no mesmo dia e horário em dois lugares diferentes, o que se configura como uma escala inverídica.

“A realização de duas atividades ao mesmo tempo é prática desaconselhável a qualquer profissional médico, sendo a sua realização, mesmo que em sobreaviso, um agravo à ética médica, estando tal profissional sujeito às sanções dispostas no regimento do corpo clínico do hospital e no Conselho Regional de Medicina”, ressaltou Lúcio Malta Cabral, no texto da recomendação.

O promotor de Justiça estabeleceu prazo de 20 dias para que a Secretaria de Saúde responda se acata ou não as providências recomendadas e alertou que o descumprimento dos termos poderá ocasionar a adoção de medidas mais drásticas, a fim de evitar ameaças à saúde dos profissionais e da população local.

Postado por: Eliton Araujo

7 de janeiro de 2022

Santa Cruz do Capibaribe abre novo ponto de testagem de Covid-19 e Influenza A (H3N2)

 

Atendimento busca melhorar o fluxo no Hospital Municipal e demais unidades de saúde (Assessoria)

 

A Secretaria Municipal de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe iniciou esta semana mais um ponto de testagem para detecção de Covid-19 e H3N2, situado ao lado do Hospital Municipal Raymundo Francelino Aragão, no centro da cidade.

É importante salientar que a testagem para H3N2 está condicionada à recomendação médica. Caso os cidadãos apresentem sintomas gripais, é importante que inicialmente procurem a Unidade Básica de Saúde do seu bairro e realizar o teste rápido contra Covid-19.

Em caso de resultado negativo, os profissionais das UBS’s avaliarão o paciente para averiguar a necessidade da realização do teste PCR de H3N2, no trailer ao lado do Hospital. O teste será encaminhado para análise no Laboratório Central de Pernambuco.

Já os cidadãos que buscarem atendimento na UPA (Hospital Municipal), o procedimento será semelhante, realizando primeiro o teste de Covid-19 e, após avaliação médica, será encaminhado para o trailer para testagem contra a Influenza A H3N2. O trailer de testagem atenderá de segunda a sexta-feira, das 08h às 15h.

Postado por: Walter Miro

7 de janeiro de 2022

Pernambuco confirma 31 casos de infecção conjunta por Covid-19 e Influenza

 

 

Nesta quinta-feira (06), a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco apresentou dados indicando que já foram confirmados no estado, 31 casos de ‘flurona’, acrônimo dado à coinfecção por Covid e influenza.

Todos os 31 pacientes testaram positivo para o novo coronavírus e para o subtipo H3N2 do vírus da Influenza.

Nenhum óbito aconteceu em Pernambuco em função desta coinfecção e um dos casos acabou evoluindo para Síndrome Respiratória Aguda Grave.

Os casos foram detectados em Recife (16), Caruaru (4), Jaboatão dos Guararapes (4), Salgueiro (2), Abreu e Lima (1), Cupira (1), Igarassu (1), Paulista (1) e Vitória de Santo Antão (1).

As faixas etárias variam entre 0 e 60 anos.

Postado por: Walter Miro

6 de janeiro de 2022

Ministério da Saúde anuncia vacinação contra Covid-19 para crianças entre 5 e 11 anos com intervalo de dois meses

 

Coletiva aconteceu na tarde de ontem (Myke Sena / MS)

 

Na tarde desta quarta-feira (5), o Ministério da Saúde anunciou a autorização para início da vacinação de crianças entre 5 e 11 anos contra o Covid-19.

De acordo com a pasta, o intervalo entre as doses será de oito semanas e o imunizante a ser usado neste público será o da Pfizer.

O Ministério recuou da possibilidade de exigência de prescrição médica para aplicação da vacina. A única obrigatoriedade será a presença de pais ou responsáveis no momento da vacinação, como prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Caso outra pessoa leve a criança para uma unidade de saúde, precisará apresentar uma carta de autorização do responsável legal.

Postado por: Walter Miro

5 de janeiro de 2022

Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe emite nota sobre aumento de casos de síndrome respiratória

 

Hospital Municipal de Santa Cruz do Capibaribe (Acervo / Blog da Polo)

 

Nos últimos dias, a população percebeu o significativo aumento de pacientes apresentando sintomas de gripe e outros problemas respiratórios, o que inclusive lotou o Hospital Raymundo Francelino Aragão, em Santa Cruz do Capibaribe.

Nesta quarta-feira (05), a Secretaria de Saúde do município emitiu uma nota informando sobre o fluxo de atendimento nas unidades de saúde e salientando ainda que, no momento, dispõe de seis médicos plantonistas na rede para atender a população.

Confira a nota:

A Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe vem a público informar que nos últimos dias houve um aumento significativo nas demandas da UPA 24h e do AME Infantil. A gestão municipal vem realizando diariamente o monitoramento dos casos de síndrome gripal no município. Devido a virose, que acometeu todo o país, o fluxo no atendimento das unidades de saúde aumentaram consideravelmente, o que pode ocasionar algum tempo de espera para os atendimentos médicos na UPA 24h. Além disso, pacientes de toda região estão procurando atendimento na rede de saúde do município, aumentando ainda mais a demanda nos atendimentos médicos com sintomas gripais.

A Secretaria de Saúde ainda reforça que a rede municipal conta, atualmente, com seis médicos plantonistas, sendo quatro na UPA 24h e dois no AME Infantil. Além disso, o quadro de médicos, enfermeiros e técnicos foram reforçados para melhor atender a população. Recentemente, três casos da influenza H3N2 foram confirmados no município, com isto, tudo está sendo preparado para que a rede de saúde municipal esteja preparada para atender toda população.  Os pacientes que apresentam sintomas de síndrome gripal estão sendo devidamente atendidos e a secretaria está realizando o monitoramento dos casos diariamente.

É de extrema importância que a população faça a sua parte, utilizando máscara e mantendo o distanciamento social, para evitar novas infecções.

Secretária de Saúde

Postado por: Walter Miro

5 de janeiro de 2022

Pernambuco chega a 30 mortes pela H3N2, número de casos passa dos 5.200

 

Imagem ilustrativa (Reprodução / Internet)

 

Subiu nesta terça-feira (04) para 30 o número de mortes em decorrência da Influenza A H3N2 no estado de Pernambuco, de acordo com dados da Secretaria de Saúde. O mesmo levantamento aponta que já são 5.253 as pessoas com diagnóstico confirmado da doença.

Uma nova rodada de análises foi divulgada pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE), onde foram confirmados apenas nesta rodada, 19 óbitos.

Entre os 30 pacientes mortos pela doença, 13 são do gênero masculino e 17 do gênero feminino, embora este dado não aponte maior vulnerabilidade por gênero à doença. Todos tiveram diagnóstico confirmado para H3N2.

Já há casos confirmados em todas as regiões de Pernambuco.

Postado por: Walter Miro

3 de janeiro de 2022

Pernambuco não tem registro da variante Ômicron, revela Secretaria Estadual de Saúde

André Longo, secretário de Saúde de Pernambuco (Ashlley Melo)

O secretário estadual de Saúde, André Longo, revelou que, em um novo sequenciamento genético feito pelo Instituto Aggeu Magalhães (IAM/FiocruzPE), não foi detectado nenhum caso da variante Ômicron no Estado. O dado foi revelado na última sexta-feira (31).

“Recebemos nesta sexta-feira, mais um relatório de circulação de linhagens de SARS-CoV-2 pela Fiocruz. Até agora, não podemos afirmar que ocorre a circulação da variante Ômicron em Pernambuco. Vale ressaltar que as amostras correspondem ao final do mês de novembro e início de dezembro e todas as análises, deste período, mostram que os pacientes foram infectados pela Delta. No entanto, já enviamos para sequenciamento genético amostras coletadas nas últimas semanas de dezembro e aguardamos os resultados nos próximos dias”, ressaltou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

O novo relatório com análise de 120 genomas apontou que todas as amostras eram referentes a variante Delta e suas sublinhagens e foram coletadas em pacientes residentes nas cidades de Afogados da Ingazeira (3), Belém do São Francisco (10), Cabo de Santo Agostinho (1), Carnaubeira da Penha (2), Caruaru (1), Custódia (1), Exu (1), Floresta (1), Garanhuns (2), Igarassu (3), Itambé (1), Jaboatão dos Guararapes (1), Moreilândia (2), Ouricuri (1), Recife (53), Salgueiro (12), Santa Filomena (3), Serra Talhada (3), Serrita (17), Sertânia (1) e Timbaúba (1).

Postado por: Eliton Araujo

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!