Pesquisar

Pernambuco confirma 7ª morte por dengue em 2024

O mosquito Aedes Aegypti, difusor da Dengue, também transmite a Chykungunya e Zika

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco confirmou, nesta quarta-feira (3), a 7ª morte por dengue no Estado. A vítima foi uma mulher de 42 anos, que residia em São Bento do Una, no Agreste. A morte dela foi confirmada no dia 14 de março em Caruaru.

Segundo a SES-PE, a mulher era hipertensa e apresentou como sintomas: dor articular, mialgia, cefaleia, dor abdominal, diarréia, vômitos, exantema, tosse e dispneia. 

O boletim traz os dados compilados entre 31 de dezembro do ano passado e o último sábado (29), quando foi encerrada a 26ª Semana Epidemiológica. Na última semana, a secretaria havia confirmado a sexta morte em decorrência da dengue este ano.

O relatório indica que Pernambuco observa uma tendência de queda no panorama das arboviroses. O levantamento aponta um total de 26.380 casos prováveis de dengue (casos em investigação + casos confirmados).

Esse número de casos prováveis de dengue representa um aumento de 450,3% em relação ao mesmo período de 2023.

Até o momento, destaca a SES-PE, 6.197 casos de dengue foram confirmados no Estado, sendo 108 casos graves prováveis e os sete óbitos confirmados.

Os demais óbitos aconteceram nas cidades de Moreno (2), Moreilândia (1), Trindade (1), Tabira (1) e Tuparetama (1).

Compartilhe agora essa notícia!

Facebook
WhatsApp
Twitter