Pesquisar

Vereadores poderão pedir afastamento de Zeba da Presidência da Câmara de Santa Cruz do Capibaribe

Uma nova crise entre os vereadores pode ser iniciada na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe nos próximos dias, após o presidente do legislativo, Zeba Climério (PP), anular na manhã desta terça todos os atos e efeitos da sessão extraordinária da última quinta-feira (13) que cassou Capilé.

Segundo informações, os 14 vereadores que votaram pela cassação do ex-presidente Capilé da Palestina (PP) deverão se reunir e, uma medida que pode ser articulada é um pedido de afastamento do presidente Zeba Climério (PP) de suas funções. Alguns parlamentares entendem que houve “desrespeito” com os pares.

Jessyca vê anulação da sessão que cassou Capilé como tentativa de proteção

Sobre a anulação da sessão extraordinária que cassou Capilé, a vereadora Jessyca Cavalcanti (Avante) concedeu entrevista e comentou o caso.

“São manobras absurdas na tentativa de proteger um membro que cometeu sim infração da lei de responsabilidade fiscal e falsificou documentos”, alegou a parlamentar, que ainda citou que o presidente “desrespeitou” os 14 vereadores que votaram pela cassação de Capilé.

Zeba faz parte do mesmo grupo político do vereador Capilé, o denominado ‘Grupo Verde’.

Compartilhe agora essa notícia!

Facebook
WhatsApp
Twitter