Pesquisar

“Tenho 90% para aceitar esse convite” revela Galego de Mourinha sobre ir para articulação política do governo Fábio Aragão

Ex-vereador Galego de Mourinha foi entrevistado na Rádio Polo (Eliton Araujo/Blog da Polo)

 

O ex-vereador Galego de Mourinha foi entrevistado na manhã desta terça-feira (27) por Sílvio José e Eliton Araujo, durante a edição do programa Estúdio Livre da Rádio Polo, e dentre os temas, a atual crise enfrentada pelo grupo Taboquinha entre as lideranças do prefeito Fábio Aragão e do candidato a deputado federal José Augusto Maia e sua possível ida para a articulação política do governo municipal.

Galego comentou também sobre sua batalha jurídica que enfrentou com a expectativa de assumir um mandato na Câmara de Vereadores. Ele tentou, sem sucesso, reverter sua condição de inelegibilidade.

Articulação Política

(Eliton Araujo/Blog da Polo)

 

O ex-vereador confirmou que recebeu o convite do prefeito Fábio Aragão para se tornar secretário de articulação política. Galego disse estar 90% inclinado a aceitar o cargo.

“Tenho uma amizade com Fábio que não troco por nada, e tenho medo que eu assuma e passe a ser uma convivência de patrão e empregado que venha a interferir na nossa fraternidade”, disse Galego, relembrando que já atua, em caráter voluntário, num trabalho exercido por um articulador visitando secretárias.

“Ele (Zé Augusto) quer medir forças”

Para Galego, a candidatura de Zé não deve prosperar e que isso é brincar com a consciência da população.

“Ele é candidato para medir forças e isso é querer brincar de fazer política, é brincar com a consciência do povo e é querer tirar proveito e jogar um contra o outro. Ele fala como se fosse obrigação do Taboquinha votar nele, Taboquinha tem que ser como eu e tantos outros que nunca saiu daqui para ir à casa de uma deputada pedir votos para eleger o filho presidente da Câmara”, alfinetou.

Eleições 2024

(Eliton Araujo/Blog da Polo)

 

O ex-vereador revelou o interesse em disputar as eleições de 2024 como candidato a vereador. “Se daqui a dois anos, eu tiver com saúde e o povo me quiser, eu volto a disputar uma cadeira na Câmara novamente”, concluiu.

Para encerrar a entrevista, Galego ainda disse que teria mais coisas a falar, e que numa nova oportunidade trará novidades do grupo Taboquinha.

Ouça a entrevista na íntegra:

 

Compartilhe agora essa notícia!

Facebook
WhatsApp
Twitter