27 de maio de 2021

No Rádio Debate, Fábio Aragão admite possibilidade de toque de recolher em Santa Cruz do Capibaribe

 

Prefeito demonstrou preocupação com relação aos estoques de oxigênio na cidade

 

Fábio disse que apesar de ter dobrado a capacidade de cilindros de oxigênio na cidade, a demanda aumentou a ponto de ter reabastecido o estoque mais de uma vez no dia (Acervo / Blog da Polo)

 

Na edição de hoje do programa Rádio Debate, da Rádio Polo, o prefeito Fábio Aragão comentou as dificuldades que o município vêm enfrentando com relação à manutenção de insumos para a área da saúde em meio à pandemia.

Fábio ressaltou a ação realizada no final de semana e nos últimos dias para coibir as aglomerações na cidade, onde a Guarda Civil Municipal, Vigilância Sanitária, Procon e Polícia Militar fiscalizaram estabelecimentos e aglomerações em pontos específicos da cidade onde há focos de concentração de pessoas em alguns horários do dia.

O gestor falou das dificuldades em manter alguns insumos do Hospital de Campanha, como o oxigênio, em virtude da dificuldade de estoques, segundo ele, atualmente há 60 cilindros disponíveis em Santa Cruz do Capibaribe, com uma necessidade frequente de serem reabastecidos, tendo inclusive a necessidade de terem sido abastecidos duas vezes em um mesmo dia, por dias seguidos. A unidade reaberta para o enfrentamento ao período mais crítico da pandemia já realizou mais de 2 mil atendimentos este ano.

 

Toque de recolher

 

Forças policiais estão auxiliando as fiscalizações na cidade (Divulgação / Assessoria)

 

Questionado sobre a possibilidade de instituir medidas restritivas mais rígidas, como outras cidades que por conta própria impuseram toques de recolher, Fábio disse que pode adotar a medida a qualquer momento.

“Estamos verificando os números e essa situação pode acontecer a qualquer momento, podemos endurecer essas medidas com toque de recolher e outras medidas mais restritivas, […] vai depender do comportamento da doença e a questão do contágio, se for necessário tomaremos medidas mais duras, o que tiver de fazer, faremos, para salvar vidas” destacou.

 

Kit merenda e Auxílio Municipal Emergencial

Até a data de hoje (27), o kit merenda referente ao mês de maio ainda não foi distribuído no mês de maio entregue às famílias dos estudantes da rede municipal de ensino de Santa Cruz do Capibaribe, Fábio informou que apenas dois itens estariam em falta para serem adquiridos e distribuídos aos contemplados.

Sobre o Auxílio Municipal Emergencial, o prefeito informou que a empresa vencedora da licitação para o pagamento dos auxílios já está com a relação das famílias que receberão os pagamentos de R$ 100, através de um cartão, para a aquisição de alimentos.

Nos próximos dias, de acordo com Fábio, a Secretaria de Desenvolvimento Social também deve começar a distribuição de cestas básicas a famílias carentes do município com uma cobertura maior do que já estaria sendo distribuído atualmente, pois, a pasta adquiriu através de licitação, uma quantia significativa de cestas básicas.

Ouça novamente a participação de Fábio no Rádio Debate:

 

Rádio Polo · Fábio no Rádio Debate, 27.05.21

Postado por: Walter Miro

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!