Pesquisar

Prefeito Fábio Aragão comenta sobre audiência pública, desistência de Allan e possível aumento de sua bancada na Câmara

 

Gestor foi entrevista no Estúdio Livre da Rádio Polo

 

O programa Estúdio Livre desta quinta-feira (26) recebeu no estúdio da Rádio Polo, o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Fábio Aragão (PP). Na ocasião, ele comentou sobre a audiência pública marcada para a noite de hoje na qual haverá a discussão sobre a proposta de financiamento do Finisa, que se aprovado, pode viabilizar a construção do Hospital Fernando Aragão.

O prefeito também comentou sobre o andamento das obras com relação a cobertura da Central de Feiras, da estrada que liga Santa Cruz do Capibaribe a Barra de São Miguel na Paraíba; do transporte universitário e do cenário político local.

Folha salarial extrapolada – o prefeito comentou sobre a pergunta de um ouvinte que questionou a quantidade de servidores contratados e comissionais, na qual o recurso economizado daria para custear a construção do Hospital. Fábio, no entanto, afirmou que não conseguiria diminuir os custos com pagamento de pessoal devido os salários dos professores serem um dos “maiores de Pernambuco”. Além de ter também alegado que a alíquota suplementar da Previdência Própria também onera os cofres municipais.

“Hoje a gente tem um dos maiores salários (de professores), acho que de Pernambuco é certeza, talvez do Brasil. Por conta disso a gente tem um percentual de folha que a gente não consegue baixar”, disse.

Encontro com Raquel Lyra – o prefeito comentou sobre o encontro que deve ter com a governadora de Pernambuco, Raquel Lyra, nos próximos dias e destacou que irá apresenta-la a estrutura do Hospital e solicitar o apoio para manutenção e ampliação das ofertas de serviços. Além disso, uma pauta de ações será entregue a ela, principalmente com prioridades para a cobertura da Central de Feiras e o abastecimento de água.

Reeleição? – Fábio ao falar sobre o Hospital sinalizou que pode ser o prefeito que irá pagar parte do financiamento, caso opte e seja reeleito. “Muitos dizem que estou fazendo para os próximos prefeitos pagarem. Eu tenho a prerrogativa de ser candidato denovo, não estou dizendo que vou ser, mas posso ser e posso ser reeleito, e posso estar fazendo para eu mesmo pagar”, pontuou.

Adesão de três vereadores – Com especulações da adesão dos vereadores Gilson Julião (MDB), Irmão Soares (PSD) e Emanuel Ramos (PSD), o prefeito destacou sua admiração pelos parlamentares e falou que “se vier, serão bem vindos”.

“Quero (…) claro que quero que esteja conosco. Todos eles têm motivos de estarem no nosso grupo. Sempre elogiei a postura deles, são pessoas que votam de acordo com os projetos e que tem muito a contribuir, me dou bem com todos eles, independente de sermos adversários”, disse Fábio.

Desistência de Allan Carneiro – Analisando os últimos fatos ocorridos nesta semana, que culminou na desistência da vida pública do empresário Allan Carneiro, Fábio afirmou que, o agora ex-político, se perdeu da sua proposta inicial, mas desejou boa sorte e falou que a decisão de Allan foi um “ato nobre”.

“Eu acho que Allan se perdeu do propósito inicial dele. Começou com uma proposta muito boa e tinha ideias, inclusive eu tinha um respeito muito grande por ele naqueles debates que a gente tinha (na eleição de 2020). Acho que ele tomou algumas atitudes que me fizeram ficar com a imagem que eu tinha dele arranhada”, disse o prefeito, que emendou. “A decisão é muito pessoal, eu respeito isso, ele falou que era familiar e eu respeito muito isso. Desejo boa sorte e acho que ele contribuiu com o debate político”, avaliou o gestor.

Assista o programa na íntegra:

 

Compartilhe agora essa notícia!

Facebook
WhatsApp
Twitter