30 de abril de 2021

“O preço que pagamos pelo Impeachment foi muito alto” declarou o deputado federal Eduardo da Fonte na Rádio Polo

Deputado se mostrou contrário a um  processo de Impeachment contra Bolsonaro

Eduardo da Fonte esteve na Rádio Polo na manhã de hoje – Foto: Jefferson Lulu

 

Entrevistado na manhã desta sexta-feira (30) o deputado federal Eduardo da Fonte (PP) comentou sobre o processo que levou ao Impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, na qual o próprio deputado foi aliado e votou pela saída dela.

“O trauma que um processo como esse (Impeachment) é muito grande, pois na história só tivemos dois e isso gerou um prejuízo na economia, no desemprego e percebemos que nenhum investidor internacional veio ao país. Depois do que vi após o processo de Dilma, foi um erro pois o país não entende o que é uma pedalada fiscal e vimos quanto o Brasil perdeu”, comentou.

Questionado sobre um possível processo contra o presidente Jair Bolsonaro, o parlamentar se mostrou contrário e afirmou que não vê evidências para que este processo seja aberto.

“O presidente Bolsonaro foi eleito pelo povo, a população o elegeu e eu acredito que não há neste momento nenhum fator determinante para tirá-lo. Agora se algo vier a ser comprovado, aí sim deve ser apurado, nós não podemos é deixar que em um momento difícil como esse isso seja politizado. Se a gente politizar, o prejudicado será o povo brasileiro”, afirmou Da Fonte.

O deputado ainda ratificou que o país passou por “cinco” eleições presidenciais em apenas 4 anos e que isso teria fragilizado os investimentos e gerados centenas de prejuízos a economia.

“Tivemos cinco eleições presidenciais em quatro anos, que foi duas para tirar Dilma, duas para deixar Michel Temer e a eleição de Bolsonaro, e eu me pergunto, qual país aguenta tanto prejuízo que afetou a economia, os empregos e a insegurança”, encerrou.

Postado por: Eliton Araujo

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!