Pesquisar

João Campos anuncia plano de armamento gradual da Guarda Municipal

O prefeito de Recife, João Campos (PSB), pré-candidato à reeleição, foi sabatinado pela Folha de São Paulo e pelo UOL. Durante a entrevista, o gestor revelou planos para um gradual armamento da Guarda Municipal da cidade, um tema que tem ganhado destaque em meio aos desafios crescentes de segurança pública no país.

Atualmente, o Recife é uma das poucas capitais brasileiras onde a guarda municipal não é armada, mas segundo o prefeito, isso pode mudar em breve.

“Primeiro deixar muito claro, a gente não pode confundir o papel da guarda civil municipal com o papel da polícia. Isso tem componentes completamente distintos. Agora, com todos os avanços que nós fizemos, com a estruturação de forças mais organizadas na guarda, a gente tem sim uma avaliação”, explicou o prefeito.

João destacou que o armamento gradual será precedido por um estudo detalhado e cursos de formação específicos para um grupamento tático operacional da guarda.

“Nós vamos começar um estudo para poder ter um novo ciclo, para o grupamento tático operacional específico da guarda. Ter cursos de formação específicos para essa parte da guarda municipal, no reforço da corregedoria, no reforço de equipamentos como ‘body cam’. Com isso a gente vai ter uma equipe treinada, com protocolo específico, vamos construir uma série de indicadores e metas”, afirmou o prefeito.

Ele enfatizou que a implementação será gradual e cuidadosa, visando garantir a segurança da população e dos próprios agentes municipais.

“Vamos começar um processo gradual de armamento da guarda, começando por um grupo específico da guarda. Eu acredito muito na gestão com resultado. Mas nós vamos sim, isso é um compromisso para um segundo mandato, implementar esse armamento gradual pelo GTO, com reforço da corregedoria e com a implementação de ‘body cams’ para esse agrupamento específico”, concluiu João.

Fonte: Folha de PE

Compartilhe agora essa notícia!

Facebook
WhatsApp
Twitter