Pesquisar

Fábio Aragão concede entrevista na Rádio Polo nesta segunda-feira (10)

.

Foto: Kinho Prado

.

O programa Estúdio Livre desta segunda-feira (10) recebeu no estúdio da Rádio Polo, o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Fábio Aragão (PP). O gestor falou sobre questões administrativas, como sua viagem a Brasília na semana passada e relacionou algumas ações que vêm sendo executadas.

Ida a Brasília – Fábio relatou que sua ida a Capital Federal junto aos vereadores e ao ex-deputado Diogo Moraes (PSB) serviu para estreitar relações com os deputados e ministros, mas pontuou que os encontros sempre se deram de forma mais rápida.

Matadouro – O prefeito disse que a obra deverá ser construída agora através de recursos próprios. Ele lamentou que a primeira proposta de terceirizar o Matadouro não tenha sido amadurecida, mas disse que se caso os vereadores optem por atender a essa proposta, ela poderá ser enviada novamente pelo poder executivo. Fábio citou que o local precisa ter uma miniestação de tratamento de água para que dejetos não sejam descartados no rio.

Central de Feiras – Quanto as obras da cobertura, Fábio disse que vem mantendo contato recentemente com a secretária de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) de Pernambuco, Simone Benevides. Segundo o prefeito, a execução da obra está garantida através do governo estadual. Fábio ainda afirmou que deverá prolongar o contrato de aluguel com o Cabana Clube, por ser quase inviável que a obra saia no tempo estimado.

Loteamentos inapropriados – O gestor ratificou que durante seu mandato ainda não fez liberação de nenhum loteamento, mas informou que está averiguando as recentes denúncias de construções às margens do Açude da Manhosa. O prefeito alertou que os futuros compradores de imóveis avaliem onde estão empregando seus dinheiros.

Judicialização do PL do Hospital – Sobre o projeto de financiamento do novo hospital, o prefeito alegou que ele foi judicializado devido os vereadores aprovarem uma emenda, que não visão dele é inconstitucional. Segundo o prefeito, existiu diálogo desde sempre nesse tema, citando inclusive as audiências públicas.

Gramado sintético do Arizão – O prefeito afirmou que a obra só deve ser executada se for através de recursos próprios. Fábio informou também que um estudo precisa ser realizado para saber como se dá o cuidado com o gramado devido o local também servir como pátio do São João da Moda.

Assista a entrevista na íntegra:

 

Compartilhe agora essa notícia!

Facebook
WhatsApp
Twitter