Pesquisar

Ex-prefeito de Caruaru Neguinho Teixeira é preso após ser condenado a 14 anos de reclusão

 

Na manhã desta quinta-feira (26) o ex-prefeito e ex-vereador de Caruaru, Manoel Teixeira de Lima, mais conhecido como Neguinho Teixeira, foi preso após ter sido condenado a 14 anos, 2 meses e 10 dias de reclusão por improbidade administrativa.

A prisão se deu em sua residência na rua Bartolomeu de Anacleto, no bairro do Salgado. O ex-gestor foi levado para a delegacia de plantão pela equipe da Operação Malhas da Lei. Ele chegou sem algema e em um veículo descaracterizado. A polícia não emitiu informações a respeito da prisão, mas informou que deve se pronunciar ainda nesta quinta-feira.

De acordo com a Polícia Civil, ele deve passar a noite na delegacia e passa por audiência de custódia nesta sexta-feira (27). Atualmente o ex-prefeito estava trabalhando como motorista de aplicativo.

A ex-secretária de Saúde do município, Cristina Sette, o ex-presidente da Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, José Seródio e a ex-presidente da Fundação de Cultura e Turismo, Socorro Maciel, também estão na lista.

PolíticaNeguinho Teixeira foi candidato a vereador em 1996 quando ficou na suplência. Em 2000, ele foi eleito vereador e reeleito em 2004, quando chegou a ser presidente da Câmara. Em 2008 ele assumiu a prefeitura após o prefeito, há época, Tony Gel, renunciar ao cargo e o vice-prefeito, Roberto Liberato, também renunciar para disputar o cargo de deputado federal.

Em 2010, Neguinho Teixeira lançou pré-candidatura ao cargo de Deputado Estadual pelo Partido Social Democrata Cristão, mas teve o registro de candidatura negado antes da eleição.

Compartilhe agora essa notícia!

Facebook
WhatsApp
Twitter