Pesquisar

“Eu não vou admitir jogar o prefeito contra minha pessoa”, diz Helinho Aragão durante o programa Fala Prefeito

 

Durante a edição do programa Fala Prefeito realizado na última sexta-feira (23) pela Rádio Polo, o vice-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe Helinho Aragão (PP) comentou sobre as polêmicas entre os familiares do prefeito Fábio Aragão e do candidato a deputado federal José Augusto Maia.

O vice-prefeito demostrou incomodo ao ter seu nome citado em uma articulação ocorrida em 2020 na casa de José Augusto Maia, na qual, segundo o filho de Zé e vereador Augusto Maia, Helinho teria sido indicação do grupo e que Fábio inicialmente não teria aceitado.

“Eu queria também deixar aqui registrado que não adianta prefeito, eu não vou admitir, eu Helinho Aragão não vou admitir jogar o prefeito Fábio Aragão contra a minha pessoa, você está entendendo o que eu tô dizendo, eu não vou admitir jogar o prefeito Fábio Aragão contra a minha pessoa. Um vice leal, um vice fiel, um vice parceiro, um vice que está no dia a dia junto com o prefeito Fábio Aragão discutindo os problemas da cidade pra que a gente possa solucionar, um vice que tem vez e que tem voz, nunca na história de Santa Cruz do Capibaribe houve um vice com o respeito a qual o prefeito vem dando”, disse Helinho.

A “crise Taboquinha” foi exposta após Zé Augusto ter participado de um evento de Diogo e de Eduardo da Fonte, e após entrevistas, tanto do gestor quanto dos filhos de Zé, que culminou também no envolvimento da irmã do prefeito, Simone Aragão.

“O senhor vem fazendo uma gestão moderna, futurista (…) somos dois jovens, mas com responsabilidade e o senhor vem mostrando isso aí, está aí a frente de uma das principais cidades do interior, e isso vem incomodando muita gente pelo seu caráter, pela sua honestidade, transparência e pela dignidade e pulso que tem a frente dessa prefeitura”, finalizou o vice-prefeito.

Compartilhe agora essa notícia!

Facebook
WhatsApp
Twitter