Pesquisar

“Ele governou sozinho porque não houve diálogo” reclama Flávio Pontes sobre o presidente da Câmara Capilé

 

O vereador Flávio Pontes foi entrevistado na manhã desta terça-feira (06) no programa Estúdio Livre da Rádio Polo, onde avaliou a sua condução como líder do governo Fábio Aragão na Câmara, o relacionamento com as bancadas oposicionistas, críticas a Capilé e falou da futura eleição da Presidência que ocorre dia 15.

Jéssyca Cavalcanti – Recentemente a vereadora fez questionamentos sobre o pedido de crédito suplementar adicional feito pelo prefeito e com recursos voltados ao Natal Encantado, e em entrevista à Rádio Polo, ela alegou que não tem recebido informações exigidas. Em resposta, Flávio disse que a parlamentar pode e deve procurá-lo, desde que esteja com as informações oficializadas.

“A vereadora Jessyca disse que tinha feito umas informações e nunca se chegou com nenhum ofício com data para que a gente possa correr atrás. Galego tem dado suporte a gente na Câmara, mas aqueles que tiverem dificuldades, podem me procurar que estarei a disposição para buscar as informações solicitadas”, falou o líder do governo.

Sobre a reforma do Santa Cruz Prev, o parlamentar também comentou e reforçou a importância da modificação, que vem sendo defendida e proposta pelo prefeito Fábio Aragão.

Presidência

Flávio Pontes defendeu candidatura da lista tríplice

 

Com relação a disputa pela Presidência da Câmara, Flávio teve seu nome cotado em uma possível lista “tríplice”, defendeu a composição da chapa e criticou o presidente Capilé, pela forma como administrou a Casa no último biênio.

“Se a gente começar a pensar fora da caixinha o ideal seria a lista tríplice, e dentre as conversas que temos a gente diz que a Câmara poderia sair fortalecida com essa conjuntura”, disse.

“Com todos os erros e acertos do presidente Capilé, infelizmente ele governou sozinho porque não houve um diálogo entre a Mesa Diretora. Poderíamos discutir e decidir sobre orçamento, destino de algum valor feito pela Câmara e assuntos que iriam impactar na cidade”, lamentou ele.

Ouça na íntegra:

 

Compartilhe agora essa notícia!

Facebook
WhatsApp
Twitter