Pesquisar

Condenação de Edson Vieira é tema do Rádio Debate desta quarta-feira

O programa Rádio Debate desta quarta-feira (28) véspera de feriado municipal em Santa Cruz do Capibaribe, abordou a decisão proferida pelo juiz Dr. Moacir Ribeiro da Silva Júnior que condenou o ex-prefeito e candidato a deputado estadual Edson Vieira no caso que ficou conhecido como “escândalo da KMC”.

Em decisão publicada nessa terça (28), o juiz condenou o ex-prefeito, ex-chefe de gabinete e empresas. Candidato a deputado estadual nas eleições 2022, Edson recebeu como pena a suspensão dos diretos políticos por até 12 anos e o pagamento de multa no valor de R$ 1.685.887,80 (um milhão, seiscentos e oitenta e cinco mil, oitocentos e oitenta e sete reais e oitenta centavos).

O processo movido pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE), investiga contratos entre a Prefeitura de Santa Cruz e uma locadora de veículo apontada na denúncia como fantasma. As denúncias partiram de Ernesto Maia, Carlinhos da Cohab e Deomedes Brito, vereadores há época.

O MPPE narrou que, em 08 de janeiro de 2013, uma semana após Edson Vieira ter sido empossado prefeito do município, os réus teriam praticado atos de improbidade administrativa através de decreto emergencial e dispensa de licitação fraudulentos, a fim de legitimar a contratação direta e direcionada da empresa KMC Locadora EIRELI.

O advogado de Edson Vieira, Dr. Marcelo Diógenes participou por telefone e tranquilizou os eleitores, afirmando que o caso não interfere na candidatura de Edson e nem na anulação de seus votos que forem computados no próximo domingo (02).

Ouça o programa na íntegra:

 

Compartilhe agora essa notícia!

Facebook
WhatsApp
Twitter