Pesquisar

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

Força: O evento da última quinta-feira, 21/03, mostrou a força do grupo Taboquinha para arregimentar público, uma simples convenção partidária com o ato simbólico de filiação do prefeito Fábio Aragão (agora no PSD) arrastou uma verdadeira multidão para o local do evento. Necessário lembrar que o polêmico bloco da Mala Folia (evento realizado pela Mala 29, formado por eleitores do grupo Taboquinha) já havia demonstrado essa força nas ruas da cidade esse ano.

Responsabilidade: O evento Taboquinha jogou a responsabilidade, até mesmo para o próprio grupo, em realizar eventos não apenas com o grau de organização e profissionalismo, mas também com um público igual ou superior ao que ocorreu na última quinta-feira, 21/03, pois as comparações irão existir. Na observação, “já começou grande na largada”.

Tradição: Assim como o grupo Taboquinha, no último sábado, 23/03, o grupo Boca-Preta também realizou sua convenção partidária com o ato simbólico de filiação da pré-candidata a prefeita Alessandra Vieira (agora no PL). O evento mostrou que o tradicionalismo na cidade é muito forte e que o grupo Boca-Preta, liderado pela família Vieira, hoje, é o grupo de oposição mais organizado visualmente.

Comparação: Como apontei no tópico “responsabilidade”, as comparações são inevitáveis, enquanto o duelo relacionado aos quesitos profissionalismos e organização dos eventos Taboquinhas e Bocas-pretas foram de igual para igual, o mesmo não dá para falar no que diz respeito ao público, inquestionavelmente, nesse quesito, o Grupo Taboquinha saiu muito à frente e as imagens divulgadas pelas próprias organizações falam muito sobre.

“O conforto”: Apesar da comparação do público e paixão do tradicionalismo existir nas ruas da cidade, já cansamos de citar em nossos comentários que as eleições de 2020 e 2022 apresentaram que tem uma enorme parcela do eleitorado que não demonstra seu posicionamento político e pode fazer diferença em qualquer eleição. O grupo Verde, nas eleições citadas, mostrou ter a confiança de grande parte desse público que pensa fora da caixinha do tradicionalismo, é só analisar os eventos de ruas do grupo verde e comparar com os números das urnas.

Falando nisso: Resta saber como se dará a organização política do grupo verde para as eleições de 2024, após a aliança feita com o empresário Robson Ferreira e o PP.

As opiniões expressas nesta coluna, são de responsabilidade de seu autor

Compartilhe agora essa notícia!

Facebook
WhatsApp
Twitter