8 de maio de 2020

Regras de emergência para uma convivência pacífica durante isolamento social (III) – Por Janaína Souza

Será que você se sente satisfeito por estar lutando bravamente pela vida! É certo que durante a escalada pelas “trilhas” da vivência humana, vamos precisar de algumas receitinhas a mais para conseguirmos chegar com a alma contentada e pacificada. Vejamos algumas regras para os casos de emergência:  

Terceira regra: Preservar o nível cultural da própria vida 

É sempre bom mantermos um lazer. Isso estimula, traz inspiração, tira-nos da rotina. Ler um bom livro, fazer uma caminhada, visitar pessoas, dar um passeio com os filhos, ver o brilho do sol, jogar, dançar, cantar etc.    

São atividades que alimentam a sua alma mesmo em meio às dificuldades. Olhemos para o que está aí, e sempre de novo nos admiremos de quanta coisa existe em termos de graça. Nos alegremos junto com as outras pessoas.  

Quarta regra: resolver os conflitos através de conversas

Um conflito pode ser amenizado quando resolvemos uma coisa de cada vez. Feliz daquele que educa sua vida e sua mente para resolver cada questão em seu tempo e não resolver nada no “calor das emoções”. 

Estou convencida de que com esta “receita” as dificuldades que os esperam serão mais leves do que o que vocês pensam. Boa sorte a todos!

As informações são de inteira responsabilidade do seu autor

Postado por: Janielson Santos

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!