4 de fevereiro de 2021

“Não precisamos desse auxílio”, diz Emanoel Ramos, prometendo projeto para acabar com auxílio alimentação de vereadores

Vereador mais jovem da atual legislatura em Santa Cruz do Capibaribe, Emanoel Ramos (PSD), afirmou em sua primeira sessão ordinária, que colocará em pauta projeto para acabar com o polêmico auxílio alimentação dos vereadores, atualmente no valor de R$ 1.200,00 (mil e duzentos reais).

“Já recebemos muito bem, temos um ótimo salário, não precisamos desse auxílio”, disse, acrescentando que o uso com combustível, que os parlamentares têm direito, também será bem explicado.

Ao usar a tribuna na tarde desta quinta-feira (04), Emanoel garantiu ainda que ‘não usará seu mandato para defender cor de partido, nem grupo político’.

O parlamentar afirmou que uma de suas lutas será para pôr fim em ‘inúmeros benefícios e mordomias’ da classe e trabalhar para que haja transparência com gastos, além de economia e eficiência.

Acha justo?

A vereadora Nega (PSD) também aproveitou o uso da tribuna, para falar sobre o tema, garantindo que a bancada abrirá mão do auxílio e questionou os demais vereadores quem fará o mesmo.

Nega ainda deixou um questionamento para a população, se achava justo o valor recebido pelos parlamentares, enquanto o salário mínimo é menor que o auxílio: R$ 1.100,00 (mil e cem reais).

Postado por: Janielson Santos

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!