8 de dezembro de 2021

​RESUMÓRIO – com o professor Tenório

 

 

24 É LOGO ALI – Os bastidores da política de Taquaritinga do Norte fervem com a disputa interna para saber quem será o candidato a prefeito em 2024 pelo grupo Calabar.

DOIS NO PÁREO – O ex-prefeito Evilásio Araújo não é mais o responsável pelas polêmicas do grupo. Os protagonistas da vez são o vice-prefeito Gena Lins e Alisson Dias, o $obrinho favorito. O trabalho agora vai ser dobrado, feito entrega de trator em Santa Cruz, para acalmar os ânimos do grupo até 2024.

NOVES FORA – E as polêmicas na Terra do Café não são apenas na majoritária. O legislativo norte-taquaritinguense segue quente com Hélio de Novo tendo sua ligação atendida pelo prefeito Lero e debochando dos vereadores situacionistas, que devem ter esquecido de colocar o 9 antes do número do prefeito.

LÍDER ESQUECIDO – Além disso, tem o líder do governo, Geovane Cezar, chateado por que foi cortado do vídeo institucional na abertura do lançamento da decoração natalina de Pão de Açúcar. Segundo ele, foi a primeira vez que viu se esquecerem do primeiro a discursar. E até agora não sabe se foi erro, má fé, amadorismo ou qual a razão para cortarem o líder do governo e divulgarem o delegado Lessa que também discursou.

MAIS RESPONSABILIDADE, MENOS SECRETÁRIOS – E a reestruturação pretendida pelo prefeito Fábio Aragão nas secretarias dá mais responsabilidade aos secretários e está deixando a gestão com menos secretários, pois segundo informações de bastidores, pelo menos uns três quiseram entregar os cargos. Aparentemente, dois desistiram de desistir e Beatriz Arruda vai deixar a pasta de Desenvolvimento Urbano.

CONCURSADO – As malas políticas da cidade são os lugares mais indicados para quem gosta de política e pretende dar boas risadas. O Resumório deve muito a elas. O episódio caricato mais recente de uma mala foi esta semana, na aparição de Galego de Mourinha, que disse estar confiante e que em breve estaria com seus trabalhos na Câmara. Assim que Galego saiu, um gaiato perguntou se ele teria feito o concurso da Câmara de Vereadores. Parece que o caminho via concurso está mais fácil do que pelo jurídico. Boa sorte ao amigo Galego de Mourinha, mesmo o pessoal da mala não acreditando muito nesse retorno.

AUDIÊNCIA – Nesta quarta-feira (8), aconteceu uma audiência pública na Câmara de Vereadores de Santa Cruz para debater problemas relacionados ao atendimento das pessoas com deficiência da cidade. Dessa vez, não teve gemidão do WhatsApp atrapalhando, como num outro evento ocorrido lá. Mas chamou a atenção e causou risos a promessa da Secretária de Saúde ao promotor. Lívia Borba disse e repetiu que dia 15 não, mas 30 DE FEVEREIRO aumentará a quantidade de profissionais da saúde para atender as pessoas com deficiência. Algumas mães acabaram concordando: “só se for dia 30 de fevereiro mesmo”.

MAIS TRABALHO – Os seguranças do Moda Center deveriam ter um reajuste salarial dos grandes, pois assim como Helinho Aragão que trabalha como vice-prefeito e acumula as funções de eventos e articulação política na gestão, eles fiscalizam o povo que quer usar aplicativo concorrente nas imediações do parque de feiras, apreendem equipamentos que consomem muita energia nos boxes, como por exemplo, aparelhos de som, ferro elétrico e sanduicheira. Como se não bastasse tudo isso, ainda desempenham a função de evitar jumento acasalando no estacionamento do Moda Center. É mole, ou quer mais?

ARTICULAÇÃO – E quem está tão feliz quantos os professores efetivos de Toritama é o prefeito de Santa Cruz, Fábio Aragão, com a ainda repercussão positiva do Natal Encantado. Com a repercussão do Natal e com o remanejamento de 20% do orçamento aprovado na Câmara com emenda e votos da bancada Verde. Um ano depois, a articulação política da gestão finalmente funcionou.

PAPAI NOEL DA EDUCAÇÃO – O prefeito Edilson Tavares foi o papai Noel dos professores, atendendo até os pedidos que não foram feitos. O gestor deu reajuste salarial para categoria com retroativo a janeiro, deu computador, antecipou décimo e vai dar rateio. Com certeza, não será convidado para a confraternização os prefeitos da região, porque ele deixa os colegas constrangidos fazendo assim.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões expressas nesta coluna são de responsabilidade de seu autor.

Postado por: Walter Miro

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!