10 de julho de 2020

“Nem a Feira da Sulanca, nem o Parque das Feiras, nem o Moda Center” – Cidades do Polo de Confecções seguirão com feiras suspensas

Após uma manhã com declarações polêmicas em torno de uma possível abertura do Parque das Feiras de Toritama e Polo Comercial de Caruaru, anunciadas inclusive nas redes sociais oficiais dos centros, que acabou levantando dúvidas sobre a possibilidade de reabertura também do Moda Center Santa Cruz, uma fala da secretária executiva de desenvolvimento econômico de Pernambuco, Maíra Fischer ao programa AB1, da TV Asa Branca (filiada a Globo), acabou dando o tom do que pode ser a decisão da reunião convocada pela Câmara Setorial do Setor Têxtil e Confecção e pelo prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira, com o secretário titular da pasta, Bruno Schwambach.

Ao explicar a próxima etapa do plano de retomada das atividades econômicas e convivência com o Covid-19, Maíra apontou que a região do polo de confecções, por sua característica específica da realização das feiras, possui um protocolo próprio, e que isso já foi definido junto com os representantes dos centros atacadistas, bem como com os gestores dos respectivos municípios.

“Neste momento, nenhum destes equipamentos, nem a Feira da Sulanca [Caruaru], nem o Parque das Feiras [Toritama], nem o Moda Center vão poder ser reabertos ainda”, destacou.

Maíra Fischer concedeu entrevista ao programa AB1, da TV Asa Branca (Reprodução / Internet)

Maíra Fischer ainda comentou que estão sendo feitas reuniões com representantes do polo, e da mesma maneira que os três municípios tiveram a suspensão das feiras de maneira simultânea, a retomada acontecerá nas três cidades ao mesmo tempo, de maneira controlada.

“Tivemos reuniões com os representantes das feiras das três cidades e estamos discutindo, a possibilidade de abertura de maneira gradual e nas três cidades”, disse.

Mesmo o plano de retomada econômica e convivência com o Covid-19 permitindo a abertura de alguns setores, cidades da região Agreste estão em uma fase anterior à que prevê esta possibilidade de abertura das feiras e ainda mais, pelo fato de receberem clientes de todos os estados do país, o Governo de Pernambuco tem uma atenção especial para controle de entrada de pessoas nas três cidades, de modo a evitar um possível aumento acentuado no número de casos nas cidades da região.

Maíra lembrou que há uma clausula específica nos decretos do Governo, que não permitem temporariamente a abertura deste segmento.

Postado por: Walter Miro

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!