14 de janeiro de 2021

Pernambuco proíbe utilização de som em espaço público em estabelecimentos comerciais por 30 dias a partir de amanhã

André Longo e Pedro Eurico em entrevista coletiva (Foto: Hélia Scheppa)

Foi determinado que a utilização de som em bares, restaurantes, comércio de praia e similares em todo o estado de Pernambuco, bem como em espaços públicos está proibida.

O anúncio foi feito nesta quarta (13), pelo secretário de Saúde do estado, André Longo, e pelo secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

A medida visa diminuir a realização de shows e festas que estão acontecendo de maneira irregular e indiscriminada em várias cidades do estado.

Também está proibida a apresentação de orquestras, como as utilizadas em blocos de carnaval, e a música ao vivo no modelo voz e violão, inclusive com a possibilidade de apreensão dos equipamentos.

“Não vamos mais tolerar som ao vivo ou artificial, eletrônico, como também o violão do barzinho e os batidões. Bandas e troças carnavalescas não serão permitidas. Acontecendo, as pessoas serão encaminhadas à delegacia de polícia para responder por crime contra a saúde pública. A Polícia Militar e o Procon tomarão medidas enérgicas”, alertou Pedro Eurico.

Segundo Pedro Eurico, 312 bares e restaurantes foram fiscalizados no Estado nos últimos 90 dias, com o fechamento de 25 estabelecimentos e cerca de R$ 500 mil arrecadados em multas aplicadas.

Postado por: Walter Miro

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!