25 de maio de 2021

Saiba o que pode funcionar durante quarentena rígida no Agreste a partir dessa quarta

 

Período terá duração de 13 dias, a partir desta quarta-feira

 

Reunião do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 em Pernambuco (SEI)

 

A partir de amanhã (26) até o dia 6 de junho, o Governo do Estado determinou que a região Agreste, inserida nas Gerências Regionais de Saúde IV e V, com sede nas cidades de Caruaru e Garanhuns, respectivamente, deverão cumprir uma quarentena mais rígida no comércio, podendo funcionar apenas os serviços essenciais, por no máximo dez horas de atendimento no dia.

Confira os serviços considerados essenciais:

 

 

 

Pela norma vigente até o dia 6 de junho, não estarão autorizados a funcionar as lojas que realizam o comércio de roupas, eletroeletrônicos, movelarias, livrarias, sapatarias, venda de suplementos, utensílios domésticos, venda de artigos de decoração, artigos de festas, academias, clubes sociais parques, ciclofaixas para uso de lazer e quadras esportivas.

As escolas poderão funcionar apenas para a transmissão e gravação de aulas virtuais.

Lanchonetes, bares e restaurantes poderão funcionar apenas como ponto de retirada (delivery).

As igrejas, templos e demais locais de culto poderão ficar abertas, inclusive nos finais de semana, porém, apenas para a realização de  atividades administrativas e serviços sociais. As celebrações religiosas poderão acontecer apenas de forma virtual, sem a presença de público. Confira a edição de hoje do Diário Oficial clicando neste link, onde constam os serviços essenciais e não essenciais.

O coordenador do Procon de Santa Cruz do Capibaribe, Tallys Maia, comentou o decreto para a região, durante o programa Rádio Debate desta terça-feira (25) – Ouça abaixo.

Rádio Polo · Tallys Maia explica novo decreto do Governo do Estado

Postado por: Walter Miro

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!