1 de dezembro de 2021

Valmir Ribeiro afirma que seu nome está à disposição para disputar uma vaga na Alepe

Acordo bilateral do governo e definições do grupo Verde foram abordadas, em entrevista

O empresário Valmir Ribeiro concedeu entrevista na manhã desta quarta-feira (01) ao programa Estúdio Livre da Rádio Polo e falou sobre as especulações nos bastidores políticos, que colocam seu nome como possível candidato a deputado estadual, em 2022, pelo grupo Verde de Santa Cruz do Capibaribe. As informações foram trazidas no Blog da Polo, pelo colunista Romenyck Stiffen.

Valmir destacou que o grupo tem se movimentado desde o fim das eleições municipais do ano passado e confirmou uma reunião com o deputado federal André de Paula (PSD), na próxima sexta-feira (03), para que seja definidas questões eleitorais para 2022.

Sílvio José e Valmir em entrevista esta manhã na Rádio Polo (Walter Miro/Blog da Polo)

Reuniões com prefeitos como Edílson Tavares, de Toritama, e Lero de Taquaritinga do Norte estão sendo agendadas pelo empresário Valmir, que inclusive já frisou que Edílson se mostrou entusiasmado com o projeto e que, segundo ele, tende a dar apoio ao nome do grupo.

“Foi passado para que ele (Edílson) fosse essa representatividade do Polo de Confecções na Alepe, ele seria um bom nome também (…) e aí ele decidiu que não vai disputar como deputado, mas é simpatizante ao nosso projeto”, disse.

Lideranças de associações comerciais e comunitárias de cidades da região também estão inclinados em apoiar o projeto do grupo verde, afirmou Valmir, que fez questão de dizer que prefere buscar líderes comunitários e empresários bem-sucedidos que gerem emprego e renda e que defendam mais infraestrutura, tendo em vista a quantidade de impostos e tributos que são repassados pela região ao estado.

Valmir X André de Paula – O empresário afirmou que após a reunião da próxima sexta-feira (03) o grupo irá definir a estratégia para disputar o pleito de 2022 e não descartou dobradinhas com André de Paula em outros municípios, sem citar nenhum, além de trazer que Túlio Gadelha também tem destinado emendas ao município.

Valmir destacou que vai receber os deputados que quiserem trabalhar pelo Polo (Walter Miro/Blog da Polo)

“Ele (André) precisa definir essas questões (…) se vai ser candidato a deputado federal ou ao Senado e, dentro disso, estamos abertos também a outros deputados que queiram contribuir com a gente, como é o caso de Túlio Gadêlha que tem um vereador eleito pelo mesmo partido dele e que destinou emendas para um mamógrafo e o Conselho Tutelar”, disse Valmir.

Economia

Durante a entrevista, Valmir Ribeiro, que também atua no ramo têxtil e faz parte do Sindivest, comentou sobre o projeto do governo federal que prevê um acordo bilateral com países asiáticos e que tem por objetivo baixar a taxa de importação de confecções, atualmente em 35% e poderá chegar a zero.

Para Valmir, a classe política da região deve esquecer cores e bandeiras partidárias e se mobilizarem no intuito de evitar que este acordo seja firmado. Segundo ele, isso afetará a economia do Polo de Confecções e ocasionará redução e até fechamento de empresas de pequeno, médio e grande porte.

Entidades de vestuário e fabricantes da região tem iniciado as mobilizações para levar ao conhecimento dos deputados federais todo impacto do possível êxito desse acordo.

Postado por: Eliton Araujo

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!