12 de setembro de 2020

“Serenidade”: Defesa de Allan Carneiro emite nota, nega ilegalidade e informa que recorrerá

Justiça aplicou multa de R$ 5 mil, em ação movida por Dida de Nan

A defesa de Allan Carneiro, pré-candidato a prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, enviou nota à redação do Blog da Polo, na tarde deste sábado (12), após publicação sobre decisão de multa no valor de R$ 5 mil, referente a ação movida pelo pré-candidato do PSDB, Dida de Nan.

Na decisão, o juíz Moacir Ribeiro da Silva Junior considerou que trecho de uma declaração de Dida, teria sido ultilizada fora de contexto, em vídeo divulgado nas redes sociais, resultando “na ridicularização e degradação da honra” do adversário.

De acordo com a nota, a defesa afirma que recebeu a sentença com “serenidade”, nega que tenha havido ilegalidade e informa que vai recorrer. Confira:

A Assessoria Jurídica do Sr. Allan Carneiro vem a público esclarecer que recebe com serenidade a decisão proferida pelo Juízo Eleitoral. No curso do processo restou demonstrado que o ato praticado pelo Sr. Allan Carneiro não possui qualquer conteúdo de propaganda eleitoral antecipada e consistia meramente em crítica ao atraso nos repasses da contribuição ao Santa Cruz Prev, sem nenhuma referência a candidatura, política, eleições, ou qualquer outra situação de que se pudesse inferir conteúdo eleitoral, demonstrando tratar-se de verdadeiro ‘indiferente eleitoral’

Respeitamos a decisão da Justiça Eleitoral, mas iremos recorrer da decisão para que seja reconhecida que não houve qualquer ilegalidade no ato praticado, bem como, afastar a penalidade de multa”. 

Postado por: Janielson Santos

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!