21 de janeiro de 2022

“Precisa cuidar também dos seus, senão chega deputado de fora e conversa” Dida de Nan expõe falta de sintonia no grupo Boca Preta para as eleições de 2022

Ex-vice-prefeito também cravou apoio a Mendonça Filho para federal

Desde as eleições de 2020, viola não tem sido afinada entre Edson e Dida (Acervo/Blog da Polo)

O Rádio Debate desta sexta-feira (21) contou com a presença do jornalista Antônio Carlos, para debater as pautas relacionadas a entrevista da prefeita e do vice-prefeito de Jataúba, Dra. Cátia Ribeiro e Fábio Mamão, respectivamente, e os bastidores que fervilharam em Taquaritinga do Norte dentro do grupo Calabar.

Num ato solene de inauguração e entrega do prédio do INSS em Taquaritinga, vereadores que fazem parte da base governista reclamaram da falta de atenção durante a cerimônia. Alguns áudios que vazaram demostraram a insatisfação, principalmente dos vereadores Galego de Tonho e de João Eugênio, que desabaram.

Galego de Tonho, inclusive, encaminhou um áudio para um grupo de WhatsApp que tem a participação de secretários e do prefeito, e afirmou que estaria deixando o grupo e não participaria mais de nenhum evento da gestão municipal.

João Eugênio também falou que não foram convidados para discursar, como haviam acertado entre os pares, e que devido a sequer terem composto a mesa do evento, resolveram sair antes do término da inauguração. A presença de Evilásio Araújo, ex-prefeito que está afastado do grupo, também motivou a queixa dos edis.

Em nota, a prefeitura de Taquaritinga do Norte reforçou que o cerimonial do evento é realizado pelo próprio INSS.

Ainda no programa de hoje, o ex-vice-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Dida de Nan, participou por telefone e comentou os últimos acontecimentos que esquentaram o grupo Boca Preta, principalmente referente a informação de que haviam pessoas do convívio familiar de Dida, que não votaria em Edson ou Alessandra para deputado.

“Eu nunca disse que não ia apoiar Edson ou Alessandra, mas preciso ouvir as pessoas e o nosso grupo está muito afastado. Meu apoio a Mendonça Filho para deputado federal é irreversível e os motivos é que tem sido um cara que me dá atenção, me orienta e o principal, não é metido em corrupção”, citou Dida.

Dida ainda elencou que há um afastamento dentro do grupo e que ainda espera que o ex-prefeito Edson lhe procure para conversar. Nan deixou claro que não sairá do grupo, mas ratificou a falta de sintonia.

Ouça o programa que vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 8h30 da manhã pela Rádio Polo.

Rádio Polo · Rádio Debate – 21.01.2022

Postado por: Eliton Araujo

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!