7 de maio de 2020

‘Helinho está sendo usado para atrapalhar Fernando Aragão’, entende Galego de Mourinha

Ex-vereador afirma ainda que Diogo Moraes ‘virou as costas’ para pessoas que ajudaram sua campanha

O ex-vereador Galego de Mourinha costuma ‘apimentar’ a política local sempre que concede entrevistas. Na manhã desta quinta-feira (07), em participação no Programa Rádio Debate na Polo, não foi diferente.

Entre outras coisas, Galego ratificou que tem projeto para ser candidato a deputado estadual em 2022. Para isso, diz que já iniciou articulações com prefeitos, pré-candidatos este ano, tendo como parceiro o deputado federal Eduardo da Fonte (PP).

O ex-vereador afirmou que não vai adentrar em ‘barca furada’, afirmando que caso se confirme um projeto para 2022, será em condições de disputar de forma digna eleitoralmente.

De acordo com o entrevistado, o foco eleitoral nesse momento, porém, é a pré-candidatura de Fernando Aragão (PP), que busca a prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe.

Ao comentar as divisões no grupo Taboquinha, disse não acreditar no projeto encabeçado pelo vereador Helinho Aragão (PSB), falando de supostas pesquisas internas do grupo de oposição. Galego entende que há políticos que estão ‘querendo usar Helinho’ com o interesse em atrapalhar o projeto de Fernando Aragão.

Ingratidão

O deputado estadual Diogo Moraes (PSB) não foi poupado das críticas de Galego, muito pelo contrário. De acordo com ele, o parlamentar ‘teria virado as costas’ para que lhe ajudou em 2018.

“Ele (Diogo) dizia que o prefeito era ingrato e o que ele fez com Fernando? O que ele fez com quem aderiu a ele?”, questionou, fazendo relação ao pleito eleitoral passado e afirmando que não ‘confia politicamente’ no deputado.

Mesmo com as críticas quanto ao relacionamento político e a suposta dificuldade de comunicação com Diogo Moraes, Galego disse reconhecer o trabalho do parlamentar e acredita que muitos dos benefícios advindos do governo, passaram pelo prestígio do socialista junto ao governo estadual.  

Fome e vontade de comer

Ao comentar sobre uma possível junção entre Fernando Aragão e Allan Carneiro, Galego de Mourinha entende que seria não apenas ‘importante’, mas ‘fundamental’ para cidade de Santa Cruz do Capibaribe. O ex-vereador ressaltou que não presenciou nenhum tipo de sinalização entre os pré-candidatos, mas que essa seria a sua vontade pessoal.

Elogios

No final da conversa, Galego fez uma avaliação positiva em relação ao trabalho da deputada estadual Alessandra Vieira (PSDB).

“Vem fazendo um trabalho excelente como deputada. Não esperava que fosse tão prático, trabalho bem feito como parlamentar. Não podemos esconder. Tem sua preocupação e trabalho voltado para região, principalmente Santa Cruz do Capibaribe”, comentou.

A entrevista na íntegra será postada no final da tarde.

Postado por: Janielson Santos

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!