18 de fevereiro de 2020

Helinho adia decisão sobre pré-candidatura para março

Helinho Aragão utilizou todo o seu discurso para comentar os fatos dos últimos dias envolvendo seu nome (Walter Miro)

Após um final de semana sem declarações a respeito de especulações em torno de uma possível pré-candidatura, o vereador Helinho Aragão (PTB) utilizou seu discurso na sessão da Câmara de Vereadores desta terça-feira (18) para marcar a data para determinar sua posição com relação às eleições de 2020, no próximo mês ele dirá se irá ou não disputar as eleições encabeçando a chapa majoritária, ou se tentará a reeleição a vereador.

Helinho não descartou conversas com Fernando Aragão para uma possível composição de chapa ou mesmo para pedir seu apoio na pré-candidatura, gesto semelhante ao que o parlamentar fez no ano passado, declarando apoio e retirando seu nome da postulação por falta de apoio no grupo à época.

“Retirei minha pré-candidatura no ano passado por falta de apoio, mas agora 80% do grupo está me convocando, me organizei mentalmente, conversei com minha família, organizei meus negócios, porque a campanha será diferenciada. Temos respeito com Fernando, precisamos dele no grupo e vamos conversar também para chegar a esta decisão”, afirmou.

Helinho revelou que nos últimos dias, entre as lideranças políticas que ouviu quando do convite recebido, estão os ex-prefeitos José Augusto Maia, Toinho do Pará e Aragãozinho. Helinho disse ter ficado lisonjeado com o convite, por ser um “soldado do partido”.

PSB ou Progressistas

Helinho Aragão revelou ao Blog Polo+ que juntamente com sua posição a respeito da pré-candidatura irá migrar de legenda, não permanecendo no PTB, para filiar-se a PSB ou Progressistas.

“São as duas opções competitivas do nosso grupo, para tentar uma reeleição ou a eleição para prefeito, estarei em um dos dois partidos, mas ainda não há de fato uma decisão tomada”, adiantou.

Postado por: Walter Miro

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!