10 de fevereiro de 2020

“Eu era contra”, afirma presidente da Câmara de Taquaritinga, sobre aumento salarial

Políticos receberão o mesmo que recebiam antes de ações de André Tadeu

Imagem: Assessoria.

O professor Jurandi Tavares, presidente da Câmara de Vereadores de Taquaritinga do Norte, afirmou que era contra o reajuste salarial, aprovado recentemente, na Dália da Serra. Os aumentos servirão também para prefeito, vice e secretários municipais, a partir de janeiro de 2021.

Com as aprovações na Câmara, os vereadores receberão R$ 7,5 mil, prefeito R$ 20 mil, vice prefeito R$10 mil e secretários municipais R$ 6,5 mil.

Os valores são os mesmo que os políticos recebiam antes de ações vencidas pelo advogado André Tadeu da Mota Florêncio, ao argumentar que aprovações em anos anteriores aconteceram fora dos prazos legais.

Em duas votações, os vereadores de Taquaritinga do Norte aprovaram os projetos, no final de janeiro deste ano.

Taquaritinga tem 11 vereadores e o placar foi 9 a 0. O vereador Cláudio Paiva faltou às sessões e o regimento interno só permite voto do presidente da Casa, se houver empate.

Em contato com o Blog Polo +, o presidente afirmou que seria contra o valor aprovado.

Postado por: Janielson Santos

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!