16 de dezembro de 2021

Diogo Moraes e Alessandra Vieira falam sobre audiência pública na Alepe – Ouça o Rádio Debate

Diogo Moraes, Erick Lessa e Alessandra Vieira compuseram a mesa na audiência pública (Divulgação)

Na manhã desta quinta-feira (16) deputados estaduais, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e representantes do comércio e das indústrias, participaram de uma audiência pública que discute os impactos de uma negociação envolvendo o Brasil, Indonésia, Coreia do Sul e Vietnã, na Ásia, que pode reduzir a taxa de importação, que atualmente é de 35%, podendo ser zerada, caso esse acordo prospere.

Em participação ao Rádio Debate da Rádio Polo, o deputado estadual Diogo Moraes (PSB) falou que procurou Lucas Ferraz, Secretaria de Comércio Exterior, e Alexandre Lobo que é superintendente de mesa de negociações dos acordos comerciais entre países, para saber como está o andamento dessa negociação.

“Existe sim (este acordo) em andamento e na questão macroeconômico do Brasil há um processo de desindustrialização no país. O governo Biden (EUA) modificou as relações comerciais e também países da União Europeia, que não tem mais relações de acordos comerciais por questões do Meio Ambiente. E com isso, só sobrou ao Brasil se entregar ao mercado voraz e letal dos asiáticos”, relatou o deputado.

Diogo ainda frisou que esteve no Ministério da Fazenda, em Brasília, e conversou com um dos secretários do ministro Paulo Guedes, que garantiu que o acordo será aprovado, inclusive, revelando que em 3 anos o da Coreia do Sul estará efetivado, e com 5 anos o da Indonésia e Vietnã.

Em seguida, a deputada Alessandra Vieira (PSDB) também participou via telefone e falou sobre a expectativa pela audiência. A deputada foi responsável por protocolar o pedido dessa audiência.

“A gente precisa realmente saber que esse acordo irá parar, vi o vídeo dos ministros, mas é necessário ter isso documentado. Vamos unir as entidades pra gente ir a Brasília conversar com o ministro. Precisamos ao invés de redução, lutar para que isso não aconteça e que a gente possa aumentar a produção da nossa região e que as pessoas não tenham medo”, falou Alessandra.

Além dessa pauta, o programa abordou a paralisação anunciada pelos professores do município, devido à não abertura de negociações com relação ao reajuste salarial de mais de 12%. Além de que a gestão não teria oferecido suporte técnico para as aulas on-line

Ouça o Rádio Debate que vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 8h30 da manhã pela Rádio Polo.

Rádio Polo · Rádio Debate – 16.12.2021

Postado por: Eliton Araujo

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!