10 de fevereiro de 2020

Despesas – Brejo continua ultrapassando 70% de gastos com pessoal

Lei de Responsabilidade determina limite máximo em 54%

Imagem meramente ilustrativa.

O terceiro e ultimo quadrimestre de 2019 apontou que o município de Brejo da Madre de Deus continua extrapolando o limite máximo determinado pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), no que diz respeito a gastos com pessoal.

Mesmo diminuindo esses números ao longo dos últimos anos, a prefeitura fechou 2019 com 71,95% da sua receita corrente líquida, comprometida com folha de pagamento de funcionários. O primeiro e segundo quadrimestre fechou com 74,21% e 74,56%, respectivamente.

A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) determina 54% das receitas municipais, como limite máximo para este tipo de gasto.

Acima

Da região, os municípios de Santa Cruz do Capibaribe e Taquaritinga do Norte também ultrapassaram o limite, mesmo que em número menor. A Capital da Moda está em 56,19% comprometido com pessoal, enquanto que a gestão do prefeito Lero, em Taquaritinga, está e 54,5%.

Limite

Toritama e Vertentes estão entre os municípios dentro dos limites. Na Capital do Jeans, os gastos com pessoal estão em 49,66% e a gestão de Romero Leal fechou 2019, com 45,25%.

Os dados oficiais do município de Jataúba, referentes ao terceiro quadrimestre, ainda não foram divulgados. O segundo quadrimestre (entre maio e agosto/2019) foi com 48,02%.

Postado por: Janielson Santos

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!