27 de abril de 2021

“A Educação não é a vilã, tudo está funcionando”, diz Edilson Tavares sobre retomada das aulas em Toritama

Edilson falou sobre aulas em Toritama, saúde e outros serviços (Anderson Figueiredo / Blog da Polo)

 

Em entrevista ao programa Estúdio Livre, da Rádio Polo, nesta segunda-feira (26), o prefeito da cidade de Toritama, Edilson Tavares (MDB), defendeu o modelo adotado por sua gestão para as aulas no município, de acordo com Edilson, as aulas na cidade estão acontecendo de maneira remota, com atendimentos individuais de professores a estudantes, resguardados pelo distanciamento social, além de equipamentos de segurança sanitária.

“Tudo voltou ao normal, a cidade está com toda sua movimentação, até nossas feiras, porque só a educação ainda não voltou? O Brasil é um dos poucos países do mundo que a educação não voltou”, falou Edilson, sem apresentar dados sobre esse retorno das aulas em outros países.

O prefeito afirmou que várias pessoas estão cobrando o retorno das aulas em Toritama e em várias cidades da região, Edilson afirmou que pelo fato de não estarem acontecendo aulas, vários servidores estão sem serviço.

“São porteiros, merendeiras, pessoal dos serviços gerais que estão sem trabalhar, muitos deles me procuram literalmente chorando, pedindo para trabalhar”, disse.

Edilson afirmou que tão logo haja segurança para o retorno das aulas, Toritama já estará pronta para receber os estudantes.

Sobre os atendimentos em saúde, o prefeito garantiu que o Hospital de Campanha, instalado em uma escola do município, está atendendo a contento, tendo inclusive nos últimos dias atendendo pessoas que necessitaram de intubação antes de serem transferidas a outras unidades hospitalares da região.

Edilson garantiu estar realizando todos os esforços possíveis para garantir a vacinação na Capital do Jeans, justificando assim a sua participação em consórcios para a compra do imunizante.

O gestor de Toritama ainda falou a respeito de um projeto de lei complementar enviado à Câmara pelo Poder Executivo, que teria criado 19 cargos, contrariando orientações do Tribunal de Contas do Estado, no entanto, Edilson garante que para a criação destes cargos, outros foram extintos, segundo ele, os cargos foram criados substituindo outros 22.

O programa Estúdio Livre vai ao ar de segunda a sexta, das 10h ao meio-dia.

 

Postado por: Walter Miro

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!