22 de julho de 2020

RESUMÓRIO – Com Professor Tenório

OS ÚLTIMOS – Aos poucos, as mais diversas atividades econômicas vão voltando ao novo normal. Agora mototáxi, vendedor de animais na feira de gado e peladeiros nem previsão. Nesse caso, os últimos serão os derradeiros.

DATA – Já começaram até a falar em data para reabertura das feiras de confecção, que funcionam com milhares de pessoas, então por que não se dá previsão para uma pelada na quadra, com dez pessoas na linha? Nem após o teste da covid e uso de álcool em gel?

PRESIDA EM ALTA – A aprovação do presidente Jair Messias Bolsonaro em Santa Cruz continua alta. Isso faz com que os pré-candidatos a majoritária e seus fieis escudeiros elogiem as ações do governo federal ou, no mínimo, evitem criticar.

QUERIDO – Bolsonaro é mais querido pelo santa-cruzense do que pelas emas do palácio da Alvorada que já o bicaram duas vezes. E o eleitor de direita aqui está sendo muito bem tratado como nunca antes na história, exceção para quem sai por aí dando foiçada nos carros dos outros.

NA JANELA – O prefeito de Toritama, Edilson Tavares, em seu primeiro mandato já está com moral em algumas cidades da região, servindo de modelo de gestão e até sendo um mentor político. Chegou agora na política e já está sentando na janela. A ciumeira vai aumentar!

PRAZER E MEDO – Sempre foi uma satisfação de muitos dos nossos políticos fazerem porta a porta, visitar as famílias e pedir o voto com abraços e apertos de mão. As visitas e os pedidos de voto continuam acontecendo timidamente em tempos de pandemia, mas em vez do prazer, muito álcool em gel, máscara e medo de se contaminar.

PANDEMIA DE PESQUISA – Em Santa Cruz, além do crescente número de pessoas com covid-19 cresceu o número de pesquisas eleitorais nas ruas. O povo pode até não querer saber de política no momento, mas os políticos querem saber o que o povo está pensando dos políticos. É uma verdadeira pandemia de pesquisas.

ATUAÇÃO EM TEMPO DE PANDEMIA – Construção de uma entrada na UPA, uma passagem molhada e criação de suspense por uma live de prefeito. Essas são algumas obras e ações em tempos de pandemia. Sem grandes recursos, sem grandes obras.

SONHO DISTANTE – O tempo vai passando e a cada dia o sonho da união ou ajuntamento Taboquinha vai ficando mais difícil de se realizar. Quem dera o desafio do grupo fosse tão simples quanto o desafio de postar uma foto monocromática no Instagram. A situação é bem mais tensa e delicada, mas o futuro também aparenta não ser colorido.

REPETIDAS – As novelas são repetidas e todos já conhecem seu final. Em Totalmente Demais Eliza vencerá o concurso e, nos Taboquinhas, como diz um grande amigo meu, o projeto é fadado ao insucesso.

AUDIÊNCIA – A final do Campeonato Carioca entre Flamengo e Fluminense, transmitida pelo SBT desbancou a audiência do quase imbatível Jornal Nacional da Rede Globo, feito só sonhado pela diretoria do Moda Center que mudou o programa institucional para as quintas-feiras à noite durante a exibição da novela das 19h e o Jornal Nacional.

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões aqui expressas são de total responsabilidade do autor

Postado por: Janielson Santos

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!