11 de abril de 2021

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

“Reação?

 

 

Esperado: Com o resultado das eleições em Santa Cruz do Capibaribe, onde somado o resultado das oposições se chega a um calculo de mais de 60% do eleitorado, era esperado que o prefeito Fábio Aragão (PP) não teria 100 dias, seis meses ou quatro anos de governo fáceis.

Aumentando: O grupo Boca Preta, através de alguns vereadores e principalmente seu líder, Edson Vieira (PSDB), vem aumentando o tom contra a gestão Fábio a cada dia. O ex-prefeito Edson Vieira fez um comparativo sobre os 100 primeiros dias de seu governo em 2013 e o de Fábio no corrente ano, além de criticar fortemente alguns pontos da atual gestão, a exemplo da saúde em relação ao combate à COVID-19.

Também: Mesmo que de forma mais tímida, se comparado ao grupo Boca Preta, os Carneirinhos, através de sua bancada de vereadores e seu líder Alan Carneiro (PSD), também não deram sossego ao prefeito Fábio nesses primeiros 100 dias e protagonizaram algumas críticas e até mesmo encaminhamento de denúncia ao Ministério Público. Entre os pontos de cobranças, a saúde também foi o mais levantado pelos carneirinhos nesse período.

Economicidade: Em conversas com alguns parlamentares e membros dos governos, pontuaram que o período foi de arrumar uma casa que estava em desordem e observar os gastos da gestão passada em relação a atual para ver o quanto o município pode economizar, para assim investir em obras e ações para população e que nos próximos dias teríamos anúncios, muitas delas com recursos próprios.

Prestação: Nessa segunda-feira (12), o prefeito irá fazer uma prestação de contas à imprensa e a população referente aos 100 primeiros dias e, provavelmente, anunciar algumas dessas possíveis ações para os próximos dias.

Frota: Não especificando se com recursos próprios ou emendas, nossas fontes nos revelaram que uma frota com mais de 10 veículos será entregue a população nos próximos dias. Entre motos e carros, áreas a exemplo de segurança, saúde, meio ambiente e assistência estariam sendo contemplados com esses veículos.

Saúde: Contudo, é na área da saúde que o governo estaria em estudo para o anúncio de uma grande obra que alguns apostam que se tornará a marca da gestão. Em um olhar rápido no plano de governo e falas em debate e entrevistas nas eleições de 2020, se for seguindo os mesmos, sinceramente não observei nenhum ponto dos mesmos que ultrapasse a promessa da construção de um hospital que seria ou será denominado de Fernando Aragão.

Engrenando: Com a reaproximação do ex-vereador Marlos Melo (PSB) ao Grupo, outros nomes que estavam distante serão anunciados ou vistos no governo com mais frequência nos próximos dias. A lista de insatisfeitos não é pequena, contudo apontam que a dobradinha do vice-prefeito Helinho Aragão (PSB) e o secretário de articulação política Jason Lagos, começam a render frutos. Nomes que estiveram na linha de frente do grupo verde e azul também poderão ser anunciados nos próximos dias.

Saída: Em todo ambiente que existe um ponto de chegada, também existe um ponto de saída. Nossa fonte, e dessa água eu bebo, nos confirmou a saída de presidente do Santa Cruz Prev, Israel Carvalho. Segundo nossa fonte, na reunião dos 90 dias de avaliação dos secretários Israel falou sobre seu trabalho, se despediu agradeceu a Fábio e explicou a todos a situação de sua saída que passou, principalmente, por questão do plano de cargos e carreira de sua profissão de professor, onde no local que está lhe acarretaria prejuízos atuais e futuros. Já existe substituto e será também anunciado a qualquer momento.

Reforço: Ainda segundo nossa fonte, na reunião dos 90 dias foi observada a necessidade de alinhar a comunicação e divulgação das ações para os próximos dias, pois muitas coisas boas em prol da população estariam ocorrendo nas secretarias e que a população não estava tendo conhecimento. Ainda segundo nossa fonte, não haverá mudanças nessa área, pois Gabriela Figueirôa vem dando conta do recado dentro das limitações da pasta, contudo haverá reforço e novas formas de chegar às informações a população. Perceptível que os storys e redes sociais do prefeito e prefeitura não dão conta e nem atingem toda população.

Reação: Parece que o governo municipal conseguiu encontrar a antiga receita de que a principal reação às criticas é o alinhamento entre administração, político e comunicação. Sem esses elementos alinhados é apanhar sem reagir.

Postado por: Janielson Santos

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!