1 de março de 2021

As Curtinhas do Romenyck Stiffen

De olho em 2024… Sim, falei 24!

De olho: Perceptível que o vice-prefeito de Taquaritinga do Norte, Gena Lins, está construindo seu caminho político de olho em 2024. Suas aparições constantes em redes sociais e entrevistas nos últimos meses, principalmente a partir do pós 15 novembro de 2020, deixam muito claro suas intenções.

Sinal de alerta: Lero está em seu segundo governo e o caminho natural para sua sucessão em 2024 seria justamente o do vice. Contudo, na política nem sempre dois mais dois são quatro e o grupo Calabar teve o sinal de alerta aceso, pois vem de mais uma novela em sua pré-campanha, perdeu nomes importantes para os grupos adversários e, como consequência, encarou um resultado apertadíssimo e não atingiu 50% dos votos válidos.

É cedo?: É analisando os principais pontos levantados na coluna anterior, para justificar a necessidade de Gena se posicionar e marcar território em seu grupo político, assim tão cedo, pois foi justamente por falta de posicionamento e demarcação de território que ele quase perde a vaga de vice na reeleição do prefeito Lero.

O desafio: Gena precisa ajudar ainda mais na atual gestão, manter a base do grupo unida, cativando principalmente os que não são simpáticos ao seu nome e reconquistar nomes que aderiram aos grupos adversários. Segundo informações de bastidores, é justamente nesses pontos que Gena vem focado nesses dois últimos meses.

Foco: Em conversas de bastidores com membros importantes do grupo Boca Preta, foi repassado que o ex-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), estaria focado no tabuleiro do xadrez político de 22, fazendo os cálculos para uma cadeira no congresso, mas com prioridade na manutenção da cadeira que o grupo detém na ALEPE. Contudo, alguns dos membros do grupo não param de pensar nas probabilidades de 2024.

A preocupação: Tem gente importante no grupo Boca Preta refletindo no doloroso resultado de 2020 e observando cenários para 2024. Independente da gestão do prefeito Fábio Aragão (PP), a maior preocupação do grupo é recuperar eleitores que se tornaram simpatizantes do empresário Alan Carneiro (PSD) e aderiram aos ‘carneirinhos’. Nesse contexto, alguns vêm imaginando e sonhando com um perfil que fizesse frente a Alan.

O sonho: Para alguns desses integrantes do Grupo Boca Preta, o perfil mais sonhando é o do empresário Arnaldo Xavier, pois seria um nome de renovação dentro do grupo, nunca teria atuado na linha de frente, sem manchas no mundo político, com influência no meio empresarial e uma história de sucesso para reconquistar parte do eleitorado que outrora militaram ou votaram no grupo Boca Preta e se identificaram com o perfil de Alan.

Velha história: Se analisar o histórico de bastidores em relação ao nome do Arnaldo Xavier, o sonho desses membros do grupo Boca Preta não será fácil de realizar, pois a história não é nova e seu nome já foi ventilado em algumas oportunidades, mas sempre descartado por parte do mesmo. Contudo, uma coisa seria certa, se o sonho Boca Preta se realizar pode se tornar um pesadelo para alguns de seus adversários. 

Reconstrução: Nomes como o do empresário Arnaldo Xavier surgem como especulação, assim como outros surgirão, em um momento em que o grupo Boca Preta necessita de uma reconstrução após o resultado das eleições de 2020 e o surgimento de um novo grupo que mexeu nas estruturas dos grupos tradicionais no tabuleiro político.

Postado por: Janielson Santos

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!