26 de novembro de 2020

​RESUMÓRIO – com o professor Tenório

TRABALHO – Para muitos, o tempo de comemorar e festejar já passou. Agora é hora de planejar e trabalhar com força, pois fazer mais e melhor não será fácil. Os desafios são imensos e todo ano é ano de crise. Desde que me entendo por gente que escuto políticos falando em crise.

LIGAÇÃO PREMIADA – Quem trabalhou, votou e ajudou na campanha vermelha está só esperando a ligação convidando para fazer parte da equipe que vai governar a cidade pelos próximos quatro anos. A boa notícia é que muita gente já recebeu a ligação premiada e a má notícia é que boa parte dessa turma vai ficar sem receber a ligação, porque não cabe todo mundo, não foi prometido nada e ainda tem aqueles critérios pré-estabelecidos pelo prefeito eleito, lembram?

EQUIPE – Mesmo com a desconfiança, por parte de alguns, de que seria uma equipe “terrivelmente evangélica”, os secretários anunciados até o momento pelo prefeito eleito, Fábio Aragão, têm recebido muitos elogios, inclusive de adversários.

O HOMEM DA MEIA NOITE – O anúncio do secretariado de Fábio Aragão está sendo feito gradativamente através de lives no seu Instagram. Fábio já está sendo chamado de prefeito blogueirinho. Até aí tudo bem, o problema é que o prefeito eleito só faz essas lives na madrugada. Complicado para quem dorme cedo. Sugiro ao próximo contemplado com a ligação premiada só aceitar o convite se as lives forem feitas um pouco mais cedo.

SÃO JOÃO DA MODA – Talvez a grande preocupação de um governo “terrivelmente evangélico” seja com o próximo São João da Moda, que poderia ter uma noite de forró e o restante da programação gospel. Lembrando que a pisadinha será assim: sem lençol no hospital, sem grandes festas.

CADA QUAL COM SEU CADA QUAL – Não teve e não terá festa da vitória como na eleição de 2018. Em vez de Bell Marques, haverá um culto de gratidão. Cada um comemora e agradece da forma que acha melhor e de acordo com seus princípios. Certamente, há quem goste das duas formas de comemorar e há quem prefira uma delas.

O HOMEM DISFALOU – O candidato Dida de Nan, que não foi para nenhum debate nesta eleição, demorou um pouco, mas resolveu falar. Ele participou de uma série de entrevistas nas rádios da cidade e disse quase tudo que queria. A primeira entrevista foi mais pegada, com uma avaliação sobre o resultado da eleição que deixou alguns aliados numa verdadeira saia justa. Nas demais entrevistas, predominou um tom mais leve, mais a cara de Dida de Nan. A verdade é que nem tudo é dito nos microfones, o melhor sempre fica para o velho e conhecido off.

PERDAS E QUEDAS – Uns perdem e vão para o Rio de Janeiro, Gramado, Foz do Iguaçu, mas ainda tem os tradicionais que perdem a eleição e vão para Maragogi e Tamandaré. Um dos que foram para Tamandaré escorregou e quase caiu na frente de um gaiato que disparou: Cuidado! Não basta perder a eleição ainda vai levar uma queda!  

MUTAÇÃO – Parece que o corona vírus sofreu uma mutação, pois muitos políticos só foram infectados depois que passou a eleição. Ouvi um conhecido manifestado com um político de Santa Cruz, porque apertou sua mão e o abraçou, provavelmente já infectado. Tomara que não, mas depois que acabar o segundo turno Brasil a fora, a tendência é de mais aumento nos casos. 

“Não me queiram mal. Apenas pensem nisso, enquanto lhes digo que fica o dito para ser rido.”

As opiniões aqui expressas são de total responsabilidade do autor

Postado por: Walter Miro

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!