28 de janeiro de 2022

MPPE requer extinção de ação referente a construção do Atacadão em Santa Cruz

 

Se

Serra do Exu (Almir das Neves / Blog Merece Destaque)

 

O Ministério Público de Pernambuco se manifestou pela extinção da ação popular movido por Maria Gabriela da Silva Rocha contra a Câmara de Vereadores e a Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, referente a Lei Municipal N° 3.3287/2021, que alterou a área de perímetro urbano.

De acordo com a manifestação do MP, a ação popular não seria o meio adequado para tal situação.

“O objetivo da ação popular, nos termos do art. 5º, LXXIII, da C.F. e do art. 1º da Lei n.º 4.717 /65, é a anulação ou a declaração de nulidade de atos lesivos à moralidade administrativa, ao meio ambiente e aos bens e direitos de valor econômico, artístico, estético, histórico ou turístico compreendidos no patrimônio público. Inexiste nos autos demonstração de ato lesivo ao patrimônio decorrente da sanção da Lei nº 3.328/2021, notadamente porque esta apenas prevê a possibilidade de ampliação do perímetro urbano, após o preenchimento de todos os requisitos legais pertinentes, não versando sobre supressão de unidades de conservação, como indicado à inicial”, diz trecho da manifestação do MP.

Em outro trecho, o MP se posiciona pela extinção da ação popular, sem análise do mérito.

“REQUER o MPPE a extinção do processo sem resolução do mérito diante da inadequação da via eleita, ou caso superado tal ponto, que seja a demanda julgada no mérito pela sua improcedência”, diz trecho da decisão.

Em contato com o advogado Marcelo Diógenes, que representa a autora da ação popular, ele informou que respeita o posicionamento do Ministério Público, mas alega que já existe um agravo de instrumento no TJPE com pedido de liminar para ser julgado pela Corte.

“Respeito o parecer do MP, mas discordo do seu teor, e aguardo o pronunciamento do TJPE sobre o recurso que ingressamos no órgão colegiado”, disse Marcelo Diógenes.

Postado por: Eliton Araujo

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!