23 de julho de 2021

Justiça determina prisão preventiva de Adalberto Cony, acusado de homicídio

 

Adalberto Cony é acusado de matar Fabiana Brasil a facadas (Reprodução / WhatsApp)

 

A Justiça determinou a prisão preventiva de Adalberto Seidel Cony, acusado de praticar um homicídio contra a transexual Fabiana Brasil (30 anos), no dia 7 de julho deste ano.

Fabiana foi executada a facadas às margens da rodovia estadual PE-160, no loteamento São José.

Após o crime, Adalberto foi linchado por populares e ficou gravemente ferido, sendo necessário atendimento médico do mesmo.

 

Fabiana foi morta a facadas próximo à PE-160 (Acervo / Blog da Polo)

 

O acusado foi transferido para o Hospital da Restauração, no Recife, onde ficou internado sob custódia.

Esta semana ele recebeu alta e sua prisão preventiva foi decretada.

Adalberto, o conhecido “Gaúcho” é corretor de imóveis, e estaria residindo há poucos meses em Santa Cruz do Capibaribe.

Postado por: Walter Miro

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!