28 de outubro de 2020

“Serei o responsável pela gestão que vai mudar Santa Cruz de maneira honesta, limpa e transparente”, diz Fábio Aragão

Fotos: Fernando Lagosta e Jeferson Felipe

A Rádio Polo iniciou nesta quarta-feira (28), a última sequência de entrevistas com candidatos a prefeito na região. Santa Cruz do Capibaribe é contemplada essa semana e Fábio Aragão (PP) foi o primeiro convidado.

Fábio foi questionado, entre outras coisas, sobre pesquisas, ação contra instituto Naipe’s, campanha, novas adesões e propostas contidas em seu plano de governo.

Datavox e Naipe’s – O candidato disse não acreditar em pesquisa Datavox, divulgada recentemente, onde aponta os seguintes percentuais em cenário estimulado (quando são apresentados os nomes dos candidatos): Dida de Nan (PSDB) 37%, Fábio Aragão (PP) 28% e Allan Carneiro (PSD) 15%.

“Se essa pesquisa está dando esse resultado, é porquê estamos muito bem”, disse, ao lembrar que em 2016, levantamentos do mesmo instituto apontava margem de aproximadamente 20% a favor do então candidato Edson Vieira (PSDB), algo que não se comprovou nas urnas.

O mesmo levantamento aponta que Fábio é o menos rejeitado. Ao ser questionado se essa parte também poderia ser desconsiderada, afirma que a pesquisa ‘mostra alguns resultados que coincidem com seus números internos e outros, não’.

Ainda sobre pesquisa, Fábio afirmou que pediu a impugnação do levantamento Naipe’s, por entender que seria prejudicado. Para ele, o instituto tem ligação com Allan Carneiro.

Economia – Baseado no orçamento de 2020 e previsões para 2021, Fábio entende que é possível uma economia de R$ 20 milhões/ano, enxugando a máquina pública e visando 48% de gastos com pessoal. Atualmente, a folha ultrapassa 60%, sem contar a área médica e limpeza pública.

Magoado – O candidato expôs sua chateação com comentários compreendidos por ele, como pejorativos, quando faz referência ao seu pai, Fernando Aragão. Fábio rebate de forma incisiva que ‘jamais usaria a imagem do pai para benefício próprio’, mas que é impossível fugir desse contexto do seu ‘melhor amigo e professor’.

Propostas – Reestruturação das escolas, implantação do ensino em tempo integral em ‘algumas unidades’, aumento no número de beneficiários e dobrar valor do Programa ‘Bolsa Universitária’ e frota de ônibus de forma gradativa, são algumas das propostas do candidato para educação.

Na saúde, Fábio promete, entre outras coisas, a construção de um Hospital Infantil e ampliação no horário de PSF’s.

O candidato ainda promete melhoramento no tráfego para o Moda Center, com vias alternativas, ciclo faixas, serviços em parceria com a Compesa visando um abastecimento satisfatório e construção de dois parques ambientais.

Postado por: Janielson Santos

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!