29 de outubro de 2020

“Não adianta discurso montado e falar bonito, tem que ser verdadeiro”, diz Dida de Nan em entrevista à Rádio Polo

Fotos: Edson Arruda (Assessoria).

As principais propostas anunciadas no plano de governo do candidato a prefeito em Santa Cruz do Capibaribe, Dida de Nan (PSBD), esteve em pauta na manhã desta quinta-feira (29), na Rádio Polo. O tucano foi o segundo entrevistado na sequência definida em sorteio.

Dida aproveitou o espaço, também, para falar sobre a única pesquisa divulgada até o momento, em que mostra seu nome liderando a corrida eleitoral. No cenário estimulado (quando são apresentados os nomes) do levantamento DataVox, Dida pontuou 37%, enquanto Fábio Aragão (PP) aparece com 28% e Allan Carneiro (PSD) com 15%.

De acordo com o candidato, os números só ‘reforçam’ o que ele tem visto nas ruas. “Quem acompanha, percebe o crescimento de nossa campanha e fico muito feliz”, disse.

Ao ser questionado sobre ser o mais rejeitado na mesma pesquisa (30%, contra 25,3% de Allan e 14,3% de Fábio), o candidato disse que ‘não quer se apegar a isso, que a campanha cresce e que pensa positivo’.

Em determinado momento de sua participação, o candidato falou sobre a repercussão e comentários em torno do seu estilo e tipo de discurso. “Eu trabalho com sentimento, pensando nas pessoas, sou do povo, sou do meio do povo”, disse.

Transparência – Mesmo sem colocar em seu plano de governo, o candidato disse ‘não ver problema’ em passar a transmitir de forma online processos licitatórios da prefeitura. “As pessoas de Santa Cruz me conhecem e sabem bem que sou de trabalhar de forma correta e séria”, falou.

Estrutura – Entre suas propostas, está a requalificação do Calçadão Miguel Arraes de Alencar, vias alternativas de acesso, construção de um centro de convenções, novo matadouro público, quatro escolas, Parque de Exposição de animais, cobertura da Central de Feiras e mais pavimentações e asfaltos.

Ao falar sobre o Calçadão e Central de abastecimento, Dida aproveitou para criticar gestões passadas, lembrando que no espaço do primeiro, existia o conhecido ‘poeirão’ e no segundo, um lixão às margens da rodovia PE-160.

Homem de fé – No plano de governo do tucano, consta a criação dos programas “Renda Mínima”, destinada às famílias não contempladas com o Bolsa Família e o “Cesta Social” visando distribuição de cestas básicas para a população mais carente. “Existe famílias passando dificuldade e isso é triste. O meu pensamento é de estar no meio do povo, só sabe a dificuldade quem passa”, declarou.

Ao ser questionando sobre a viabilidade dos projetos sociais e como conseguir executar, Dida afirmou que ‘sentará com sua equipe para ajustar’, afirmando: “quando se trabalha pensando nas pessoas, principalmente nas mais carentes, e tem fé em Deus, ele abre as portas”.

Cidade grande – O candidato fala em ‘ampliar o São João da Moda’, evento alvo de críticas por parte da oposição, em virtude dos valores investidos. Dida rebate e explica que ‘não vai exagerar, com algo que não possa bancar’, além de enfatizar que existem formas de parcerias com setores privados.

O tucano lembra ainda que um evento de grande porte é um atrativo para turistas e movimenta todo o comércio local.

Confira na íntegra:

Postado por: Janielson Santos

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!