14 de setembro de 2021

Secretária de Educação aponta precariedade em escolas no município para informar que em cinco escolas as aulas não devem voltar em outubro

 

O teto de parte da escola acabou desabando este ano, mesmo a unidade tendo sido reformada em 2017 (Assessoria)

 

No evento da tarde desta terça (13), onde a equipe da Secretaria de Educação comentou o plano de retomada das aulas para a rede municipal de ensino, a gestora da pasta, Cleciana Alves comentou a situação de abandono em que teria encontrado as escolas da rede municipal, o que teria demandado uma intensa reforma em parte da rede.

“Há escolas onde foram feitas reformas recentes e a situação já está precária, nossa principal preocupação foi com relação à parte elétrica e baterias de banheiros”, disse.

Cleciana destacou ainda o caso da escola Sevy Barros, onde uma viga que sustenta o telhado de uma sala se rompeu, e de acordo com ela, esta escola havia sido reformada em 2017.

A secretária explicou que em cinco escolas estão acontecendo reformas no momento: Sevy Barros (Santa Tereza), Senador José Ronaldo Aragão (Dona Lica), Professor Lindolfo Pereira de Lisboa (Santo Agostinho), Professora Orlandina Arruda Aragão (Dona Dom) e João Maia Neto (São Miguel). Nestas unidades, as aulas seguirão no modelo remoto até o final das reformas.

Postado por: Walter Miro

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!