24 de agosto de 2021

Filho de costureiros de Toritama é aprovado em seis mestrados internacionais e escolhe estudar em Nova York após ganhar bolsa

Welton Silva é de Toritama e vai cursar mestrado na Columbia University — Foto: TV Asa Branca/Reprodução

Welton Silva é de Toritama e vai cursar mestrado na Columbia University — Foto: TV Asa Branca/Reprodução

Filho de costureiros e oriundo de escola pública, o jovem Welton Silva, de 25 anos, encarou a educação como uma forma de mudar a própria vida. Residente em Toritama, no Agreste de Pernambuco, na graduação, ele cursou línguas estrangeiras e negócios internacionais na Universidade Federal da Paraíba (UEPB). E em setembro de 2021 ele irá cursar mestrado em Educação Internacional na Columbia University, instituição de ensino superior mais antiga de Nova York, fundada em 1754.

Ao todo, Welton foi aprovado em seis mestrados internacionais, mas escolheu a Columbia. Três ex-presidentes estudaram na instituição, inclusive Barack Obama – formado na universidade nova-iorquina em ciência política e em direito na Harvard University. O jovem pernambucano é fluente em inglês, francês, espanhol e arrisca até no alemão.

“Foi muito difícil todo o processo, mas sempre tive o apoio dos meus pais, da minha família e tudo só foi possível por conta deles. Então, agradeço muito a eles pela oportunidade que eles me dão todos os dias de crescer e de ser melhor”, pontuou Welton.

Columbia University, nos Estados Unidos — Foto: Estudar Fora/Reprodução

Columbia University, nos Estados Unidos — Foto: Estudar Fora/Reprodução

Estudar nos Estados Unidos se tornou possível após Welton ganhar uma bolsa da Fundação Lemann, uma organização brasileira sem fins lucrativos que apoia a educação pública. A bolsa é fornecida de forma anual a brasileiros que querem estudar no país da América do Norte. Com isso, o jovem garantiu os custos com a universidade, alimentação, passagens e hospedagem.

A primeira viagem internacional de Welton foi aos 16 anos, quando ele ganhou uma bolsa para estudar no Canadá. Já na faculdade, ele passou seis meses na Alemanha e trabalhou em uma distribuidora de ovos. Conciliar os estudos com o trabalho sempre foi a rotina dele, que já ajudou os pais na costura e deu aulas de inglês.

“Foi um dos piores trabalhos da minha vida”, brincou Welton ao falar da fábrica na Alemanha. “Mas eu consegui aprender muita coisa lá. Por exemplo: disciplina e determinação, foco”, completou.

Confira o quadro 'Me Conte sua História' desta terça-feira

Reprodução Globo.

Os pais de Welton não tiveram a oportunidade de terminar os estudos, mas ver onde o filho deles chegou é motivo de orgulho. “Ele tem uma cabeça boa e, graças a Deus, vai seguir o caminho dele. Foi Deus que colocou isso na vida da gente”, disse o pai, Inácio da Silva.

“O coração de mãe fica bem apertadinho, mas estou torcendo muito por ele, porque eu sei que é um sonho se realizando, graças a Deus. É só alegria”, comemorou Rejane Silva.

Fonte: G1 Caruaru. 

Postado por: Janielson Santos

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!