16 de fevereiro de 2020

Do Maracatu ao Brega Funk… Centenas de pessoas festejam pré-carnaval em São Domingos

No encontro do Bloco do Jan e o Roseira na Folia, os foliões receberam um banho de carro-pipa para aliviar o calor e seguirem na festa (Walter Miro)

Na tarde deste sábado (15), as ruas do distrito brejense de São Domingos se enfeitaram para receber a celebração de pré-carnaval, que há 16 anos anima os moradores do local. E a festa a cada ano toma maiores proporções, este ano foram três blocos, em um público estimado de 1.500 pessoas.

O primeiro bloco a se reunir para tomar as ruas foi o “Roseira na Folia”, que desde as primeiras horas da tarde ocupou a travessa Supriano de Santana com paredão de som, tendas e cerca de 200 pessoas (a quantidade confeccionada de abadás) para entrar no clima da festa. 

Este foi o terceiro ano consecutivo que o bloco foi às ruas, em uma iniciativa de amenizar o preconceito com a “Roseira”, apelido do conjunto de ruas iniciado na travessa, a presidente do bloco, Jéssica Santos, fala do crescimento do grupo a cada ano.

“No primeiro ano saímos com fantasias, sem abadás, mas já com um bom número de pessoas, em 2019 resolvemos fazer cerca de 80 camisas e vendemos todas, este ano fomos ainda mais ousados e fizemos 200 camisas, novamente foi um sucesso, esperamos que nosso bloco cresça ainda mais”, estima.

Este ano, mais de 200 pessoas desfilaram com o Roseira na Folia (Walter Miro)

O irmão de Jéssica, Jeferson Santos, também responsável pela organização do bloco, comentou a diversidade musical presente na concentração. 

“Temos um público de todas as idades no bloco, então tivemos momentos com música infantil, com sucessos que agradam a juventude e com o frevo tradicional, em todos os momentos as pessoas interagiram, mostrando que não existe uma idade ou um ritmo apenas para brincar o carnaval”, observou.

Após a concentração, o Roseira na Folia saiu contagiando o público até a rua Luís Cecílio de Santana, a principal do distrito, onde se encontrou com o “Postinho Folia”, um grupo de amigos que se reúne há anos para conversar na calçada de um posto de saúde desativado no local. 

Grupo de amigos deu origem ao Postinho Folia, que participou pelo segundo ano da festa (Walter Miro)

“Este é o segundo ano que confeccionamos abadás para brincar no pré-carnaval de São Domingos, uma simples brincadeira de amigos que já está ajudando a contribuir com esta festa tão importante para nosso distrito, que carece de opções assim”, afirma Jonas Wellington, organizador do bloco.

Tomada a rua com as duas agremiações, acontece a união com o grupo mais antigo, o Urso Capibaribe, que iniciou as festividades no local, e este ano além de orquestras de frevo que comandaram a celebração, o Maracatu Leão Misterioso, de Nazaré da Mata também abrilhantou o evento, com uma festa de cores e cultura para misturar ainda mais os ritmos e o público em uma celebração que seguiu noite adentro, mesmo com a chuva que caiu em São Domingos nas primeiras horas da noite, para refrescar os foliões.

Maracatu Leão Misterioso, de Nazaré da Mata abrilhantou o pré-carnaval de São Domingos (Walter Miro)

Edson Capibaribe, idealizador do Urso, comemora o fato de a festa acontecer todos os anos em um clima harmonioso.

“São dezesseis anos e nenhum boletim de ocorrência, você tem noção do que significa isso? Nós conseguimos fazer um pré-carnaval em São Domingos visitando as ruas, convidando as pessoas, enchendo as ruas com música e famílias que querem apenas ter no local onde vivemos, ter um pouco da maior festa popular do Brasil”, finaliza.

Postado por: Walter Miro

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!