7 de janeiro de 2021

Governo de Pernambuco proíbe eventos com mais de 150 pessoas e avalia fechamento de praias por causa de pandemia

Para tentar estancar o crescimento de número de casos de Covid-19 no estado, o Governo de Pernambuco decidiu diminuir de 300 para 150 o número máximo de pessoas por eventos.

Em pronunciamento transmitido nesta quarta (06) pela internet, o secretário estadual de saúde, André Longo, disse que está avaliando a possibilidade de fechamento das prais, caso não sejam cumpridas as medidas de prevenção contra o novo coronavírus.

André Longo afirmou ainda que se forem cumpridos os protocolos de prevenção básicos e propagados desde o início da pandemia, é possível conter a contaminação em Pernambuco.

“A situação é preocupante em todo o estado, do litoral ao sertão. Para frear a contaminação, o comitê de enfrentamento à Covid-19 em Pernambuco decidiu reduzir, em todo o estado, a capacidade de realização de eventos para até 150 pessoas”, declarou o secretário.

Já havia sido anunciado no dia 17 de dezembro a suspensão do Carnaval 2021, e que apenas os eventos como formaturas, batizados e casamentos estavam liberadas até o final de janeiro.

Shows em restaurantes, hotéis e outros estabelecimentos, com ou sem venda de ingressos seguem proibidos.

O Governo promoveu uma reunião com prefeitos de cidades litorâneas e pediu que cobrem as guardas municipais a atuação na contenção de pessoas nas regiões de orla.

André Longo afirmou que, se os municípios do litoral seguirem registrando aglomerações e desrespeito às medidas de prevenção, as praias poderão ser fechadas.

“Nós vamos continuar observando as cenas dos próximos finais de semana, para, inclusive, vislumbrar a possibilidade de regressão do plano de convivência com a Covid-19, com restrição do acesso às praias”, disse.

Postado por: Walter Miro

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!