1 de abril de 2021

2.600 pessoas se recusaram a tomar vacina contra Covid-19 em Pernambuco

 

Informações foram divulgadas na coletiva do Governo nesta quarta-feira (31)

Mesmo tendo aplicado 1.075.625 doses da vacina contra a Covid-19, Pernambuco registrou 2.600 pessoas que se recusaram a tomar o imunizante. A informação foi repassada pelo secretário Estadual de Saúde, André Longo, em coletiva realizada na tarde desta quarta-feira (31).

A vacinação foi iniciada em 18 de janeiro deste ano, quando chegaram as primeiras doses da Sinovac/Butantan, que foram aplicadas na população indígena, trabalhadores da saúde, idosos e deficientes institucionalizados.

“Segundo relatos dos municípios, o registro é de que 2,6 mil pessoas, até agora, recusaram a vacinação. Se você considerar que já aplicamos mais de 1 milhão de vacinas, é um ponto de vista insignificante de forma estatística. Mas fica colocado, de forma transparente, que infelizmente tem pessoas que se recusam a fazer a vacinação”, comentou André Longo.

Não ouve penalidade para quem recusasse o imunizante, desde que essa pessoa não fizesse parte do grupo dos profissionais da saúde. Para trabalhadores da área, uma portaria foi publicada especificamente para detalhar o que deve acontecer caso haja recusa a imunização.

Postado por: Eliton Araujo

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!