8 de fevereiro de 2020

Fundação Beneficente Padre Zuzinha passa por dificuldades financeiras

A Fundação Padre Zuzinha fica na rua José Olímpio da Rocha, no bairro Novo, próximo ao Parque Florestal e o Estádio Otávio Limeira Alves (Walter Miro)

Criada em 1986, a Fundação Beneficente Padre Zuzinha passa por sérios problemas para manter suas portas abertas no município atendendo a população de Santa Cruz do Capibaribe.

No momento, a arrecadação mensal para custeio e manutenção da Fundação é de aproximadamente 4 mil reais, porém, o ideal para que pudesse prestar seus serviços pagando os profissionais e atendendo em dois turnos, seria de 50 mil reais.

Com o objetivo de aumentar sua arrecadação, a Fundação Padre Zuzinha convida a sociedade a conhecer seus trabalhos, pois necessita aumentar seu quadro de sócios-contribuintes para que consiga arcar com suas despesas.

O local oferece semanalmente ao público, 80 sessões de fisioterapia, consultas com psicólogos, nutricionistas, 15 consultas pré-agendadas com dentistas e aulas com educadores físicos, além da doação de leite para 50 famílias cadastradas em dois dias por semana, onde cada uma recebe aproximadamente dois litros por doação.

A secretária Mônica Silva conversou com o repórter Luís Carlos Roger e relatou as dificuldades:

“Corremos o risco de encerrar as atividades ofertadas ao público, pois a cada mês estamos sempre encerrando as contas com saldo negativo, não é nosso objetivo, pois não podemos deixar de atender a comunidade”, explicou.

A Fundação ainda conta com acervo pessoal do padre José Pereira de Assunção (Padre Zuzinha), que dá nome à instituição, pároco santa-cruzense que foi prefeito e também presidente do Ypiranga, sendo uma das pessoas mais influentes da história da cidade.

Para conhecer o trabalho da Fundação Beneficente Padre Zuzinha, ou já se tornar mais um sócio-contribuinte, ligue para 3731-2273.

Postado por: Walter Miro

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!