29 de agosto de 2021

Populares invadem casas do Residencial Cruzeiro neste final de semana

 

Mesmo sendo filmados, invasores não ficaram inibidos e seguiram com o arrombamento a alguns imóveis (Reprodução / WhatsApp)

 

Nas primeiras horas deste domingo (29), alguns populares invadiram imóveis do Conjunto Residencial Cruzeiro, em Santa Cruz do Capibaribe.

Em obras desde 2018, o Conjunto faz parte do programa habitacional Minha Casa Minha Vida (atual Casa Verde e Amarela), do Governo Federal. Recentemente, a prefeitura, anunciou o prazo de entrega das unidade habitacionais para novembro deste ano (relembre clicando aqui).

Durante o ano de 2019, houve o cadastramento dos interessados e em outubro daquele ano, aconteceu o sorteio e divulgação inicial da lista de contemplados, as obras, que estavam em pleno andamento desde então, com previsão de entrega adiada várias vezes, teve um impacto direto com a ausência de repasses do Governo Federal, provocadas inclusive pela pandemia do novo coronavírus, no ano passado.

 

Atualmente, mais de 90% das obras estão executadas (Acervo / Blog da Polo)

 

Já este ano, a Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe anunciou que estaria verificando a lista de contemplados e fazendo o devido acompanhamento através das secretarias de Desenvolvimento Urbano e de Desenvolvimento Social, papel que compete à gestão, uma vez que a execução das obras é de responsabilidade da Caixa Econômica Federal.

Muitos dos contemplados reclamam constantemente, entendendo haver demora para entrega final e agora estão temerosos com toda a situação. Vídeos que circulam nas redes sociais mostram imóveis sendo arrombados e pessoas nas ruas do residencial, demarcando a fachada das casas com letras, nomes e números, a fim de identificar os ocupantes.

 

Sorteio dos contemplados aconteceu no ginásio do bairro Cruz Alta, em 2019 (Acervo / Blog da Polo)

 

O Blog da Polo entrou em contato com a procuradoria do município que informou que a Superintendência do Setor de Habitação da Caixa Econômica Federal, que deve acionar a justiça para a restituição dos imóveis invadidos.

A Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal já foram acionadas para acompanhar possíveis depredações e atos de hostilidade.

Nossa equipe acompanha o caso. Aguarde novas informações.

Postado por: Janielson Santos

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!