3 de julho de 2020

Detentos do presídio de Santa Cruz produzem capotes para doação

A produção dos detentos é uma das etapas do processo de ressocialização (Assessoria)

Os detentos do presídio de Santa Cruz do Capibaribe produziram 1.694 capotes para doação que foi realizada através da Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), ao Grupo de Apoio aos Heróis da Saúde.

Inicialmente, os equipamentos de proteção individual (EPIs) serão destinados aos hospitais de Vitória de Santo Antão e Garanhuns, cada um deve receber 500 unidades, o restante dos capotes ainda será destinado para outras entidades.

No período da pandemia, os detentos do estado de Pernambuco produziram 94.550 EPIs, entre máscaras, protetores faciais e capotes. Geralmente as máquinas de costura presentes nos presídios são cedidas por empresar parceiras, os equipamentos produzidos pelos detentos são encaminhados para instituições de saúde e o sistema prisional.

Postado por: Walter Miro

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!