13 de fevereiro de 2020

Jéssyca Cavalcanti dispara contra opositores ao Governo Edson Vieira

Jéssyca em seu discurso citou grupos e o ex-prefeito Toinho do Pará, e ouviu as respostas nos discursos seguintes (Walter Miro)

Na reunião desta quinta (13) a sessão da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe passaria sem maiores destaques por parte dos discursos, o que mais chamou a atenção foi a punição ao vereador Joab (PSD) pela Comissão de Ética, no entanto, não é possível passar pelas falas na tribuna, sem citar as trocas de farpas entre representantes das alas políticas com cadeira na Casa Doutor José Vieira de Araújo.

Na primeira reunião do ano, que coincidiu com a semana de início das aulas na rede municipal, os vereadores da bancada governista resolveram apontar feitos da administração no setor da educação, porém desta vez, cada um escolheu um tema, uns mais incisivos, outros mais amenos.

A líder do governo, Jéssyca Cavalcanti usou grande parte do seu discurso para tecer críticas às duas alas oposicionistas também representadas na Câmara.

Diogo Moraes
Sobre o deputado estadual e pré-candidato representante do Governo do Estado, a vereadora criticou os intervalos de tempo em que ele visita Santa Cruz do Capibaribe:

“Imaginem se Diogo chegar a ser prefeito? Vai governar por teleconferência ou por WhatsApp?”, indagou.

Fernando Aragão

O empresário e pré-candidato que disputou as eleições de 2016 contra Edson Vieira, que este ano pretende bater chapa pelo Progressistas, foi chamado por Jéssyca de “o sisudo Fernando Aragão”, dizendo que ele não consegue resolver os problemas internos da sua ala, onde seus aliados ficariam por horas “atirando para todos os lados em redes sociais”.

Allan Carneiro

A líder do governo também não poupou Allan Carneiro (PSD), a quem disse viver em um “mundo fantástico, que tem solução para tudo, mas só na teoria”. Jéssyca Cavalcanti criticou a gestão do empresário no Moda Center Santa Cruz, afirmando que o mesmo não teria conseguido sanar problemas de calor para os compradores e vendedores e quedas de energia mesmo em setores antigos do parque, como o Vermelho, um dos primeiros a ser erguidos no centro atacadista.

“Allan vem a essa Casa falar de orçamento e apresenta soluções que não funcionam na prática, ele vive em um mundo de fantasia”, comentou.

Réplicas

Carlinhos da Cohab discursou após Jéssyca e apontou falhas estruturais na UPA 24h, falta de investimentos em entidades como Aadesc (de tratamento a pessoas com necessidades especiais) e recordou o aporte financeiro da Prefeitura ao Baile Municipal, ocorrido na última sexta-feira (7).

Capilé foi outro que respondeu críticas à sua ala, no momento a Terceira Via, dizendo que os ataques de Jéssyca não eram coerentes, pois outros síndicos também enfrentaram problemas em suas gestões no Moda Center, inclusive o vereador Ernesto Maia (PT) e o ex-deputado federal José Augusto Maia, que seriam poupados das críticas da parlamentar.

Toinho do Pará (PSB) e Ernesto Maia ainda discursaram após Jéssyca Cavalcanti, e na sua fala citaram obras na educação e investimentos no município com os recursos da época da sua gestão, no caso do vereador que também é ex-prefeito.

Já o decano Ernesto, citou que o governo que Jéssyca é líder na Câmara acumula 42 ações apresentadas no Ministério Público, destacando o caso KMC, e um episódio onde caminhões-pipa que deveriam abastecer prédios públicos teriam sido usados para abastecer a residência do prefeito e familiares.

Postado por: Walter Miro

Ouça A Polo FM Ao vivo
Siga nossas Redes
Fale Conosco
error: Content is protected !!